Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Numerologia e Tarot: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

Numerologia e Tarot: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

16
Mai18

V de Paus ♣️ Arcano regente de 14/5 a 20/5

Eva Veigas

5 Paus.jpg

 


O Espírito dança desenhando movimentos no ar, convidando-nos a saltar das zonas por demais conhecidas, a tal de zona de conforto, que é na verdade cada vez mais desconfortável.

 

Convida-nos a sair do marasmo, da indefinição, da hesitação e pede-nos que honremos o compromisso há muito firmado por nós.

 

Algures, num qualquer momento desta eternidade, esquecemo-nos ou fizemos por esquecer, esse acordo, esse compromisso connosco, no qual nos empenharíamos em crescer, em aprender a não desistir, em aprender a lidar com o novo, em aprender a aceitar a mudança inevitável a que todos estamos sujeitos.

 

Agora é tempo de nos preparamos para esse reencontro de amor, esse regresso a nós, que nos permitirá trazer à luz esse acordo amarelado e vivificá-lo, renovando esses votos e celebrando em doces festejos esse regresso à Origem.

 

Permite que o teu Espírito dance e ele te mostrará o caminho da Glória e da Liberdade.

 

Bênçãos e Paz 
Eva Veigas

11
Mai18

Arcano regente de 07/5 a 13/5

Eva Veigas

 

6 Amantes.jpg

 

 Os Enamorados 

 



Os Enamorados simbolizam as nossas escolhas, não só a escolha do parceiro, pois isso seria demasiado redutor para este Arcano Maior do Tarot, mas as escolhas que se fazem em momentos importantes da nossa vida.

É claro que os Enamorados falam de relacionamentos, da qualidade dessas relações entre dois seres, do exercício da nossa vontade ou desejo de nos conhecermos em profundidade através do outro, mas, e acima de tudo, esta lâmina fala da complexidade das condições exigidas para este tipo de compromisso.

É acerca deste aspecto que recai a nossa atenção neste período.

Que espécie de compromisso criámos? De que forma o honramos? O que fazemos para o nutrir? O que nos propomos aprender com ele? Quais os principais obstáculos que surgem e como os ultrapassamos? 

Os Enamorados falam de princípios elevados, nobres... falam de honra e de lealdade, falam de liberdade e de respeito pelos próprios valores e pelos valores do outro.

Mas há outras escolhas e outros compromissos para além dos relacionamentos amorosos. 

O relacionamento com o nosso próprio eu interno. O momento em que nos comprometemos connosco, numa atitude claramente despojada de egoísmo e vaidade. Um compromisso (talvez o mais importante das nossas efémeras existências) que marca o início da nossa busca por Deus Pai/Mãe. Um compromisso com a nossa própria vida que nos abrirá as portas às maravilhosas aprendizagens resultantes desse relacionamento íntimo connosco, em comunhão com o Sagrado.

Este é um período abençoado para selar esse "acordo", esse compromisso, essa união sagrada, esse casamento alquímico entre o Feminino e o Masculino, para o qual nos devemos preparar.

Bênçãos e Paz 
Eva Veigas

30
Abr18

A Rainha de ♣️ Arcano regente de 30/4 a 6/5.

Eva Veigas

24 Rainha de Paus.jpg

  

A Rainha de  
O Arcano regente de 30/4 a 6/5.



A Rainha de Paus traz-nos uma proposta maravilhosa: a de descobrirmos os nossos dons naturais ou inatos.



Todos nós nascemos com um dom ou talento. Há, na verdade, quem afirme que nascemos com 5 (cinco) dons ou capacidades específicas, as quais teremos de descobrir e identificar e, caso seja essa a nossa escolha, de as conhecermos, de as desenvolvermos, de nos abeirarmos delas e tentar compreender o que elas têm para nos oferecer.



Assim, durante este período, é favorável viajar ao encontro destes dons e capacidades escondidas, ocultas muitas vezes debaixo do manto da falta de fé e de confiança em nós mesmos. 



A crença de que somos incapazes de fazer seja o que for, reside muitas vezes numa verdadeira limitação auto imposta, mas que também dá muito jeito para justificar a nossa preguiça, a nossa inércia e a nossa falta de resiliência.


Desta forma, a Rainha de Paus vem ajudar-nos a abrir caminho em direcção aos nossos dons e capacidades, e a ela podemos recorrer (já que a sua presença se encontra dentro de cada um de nós), pois ela possui a chave que abre as portas do auto conhecimento, a magia pura e simples, uma certa clarividência, e a sensatez e firmeza necessárias para percorrer esse caminho.


Bons encontros e aproveitem bem este momento

 

Bênçãos e Paz
Eva Veigas

09
Mar18

De 12 a 18 de Março - V Ouros

Eva Veigas

Foto de Eva Veigas Medicine Woman.

 

A mensagem do Tarot para este período é-nos revelada pela carta ou arcano menor V Ouros.


O que está em causa é um momento em que devemos prestar especial atenção aos aspectos materiais da vida e à nossa relação com a materialdade ou com a fisicalidade do mundo.

 

Esta carta fala especificamente do aspecto mendicante que existe em todos nós, ainda que em alguns casos ele possa estar oculto ou velado, já que muitas pessoas conseguem esconder de forma brilhante este aspecto nas suas vidas.

 

A condição de mendigo surge sempre que nos colocamos numa posição de pedinte relativamente a algo que é nosso por direito. Sempre que mendigamos por atenção, por carinho, por amor, por respeito, etc. ficamos numa posição subalterna, criamos a condição ideal para sermos humilhados, ignorados, marginalizados, etc.

 

Se mendigamos é porque sentimos que algo nos falta e há que preencher esse vazio a todo o custo.

 

Por vezes, esta nossa posição torna-nos exigentes e egoístas, levando-nos a cobrar dos outros algo que também ainda não somos capazes de oferecer.

 

Portanto esta carta fala-nos da importância de observarmos com isenção, as nossas reais necessidades, as nossas verdadeiras motivações e prioridades.

 

É importante não deixarmos passar nenhuma oportunidade boa para crescer e transformar o que no nosso interior está pronto a ser aperfeiçoado, mas para isso precisaremos de deixar cair as crenças que nos limitam e nos impedem de viver uma vida plena.

 

Eva Veigas

 
15
Dez17

Consultas de Tarot

Eva Veigas

tarot.jpg

 

Uma consulta de Tarot abrange diversas áreas da nossa vida e será sempre adaptada à questão trazida pelo consulente. No entanto, há sempre algumas sessões específicas que estão ao seu dispor quer presencialmente, quer por messenger, skype ou ainda por telefone.

Cada sessão tem a duração de 1h30m.

No momento da marcação, a qual pode fazer para evaveigas@sapo.pt  deve indicar o seu nome e a sua data de nascimento.

 

 

Consulta Temáticas:

 

Leitura de Tarot Anual - A Renovação

 

Uma Leitura de Tarot Anual é uma consulta que consiste na interpretação de 12 Arcanos, um para cada mês do ano.

 
Todavia, o ano a que me refiro não tem de começar forçosamente em Janeiro e terminar em Dezembro.
 
Na realidade pode começar em qualquer mês, embora eu aconselhe a realização desta leitura em determinados momentos do ano, como por exemplo:
 
- 15 dias antes ou depois do seu aniversário
- 15 dias antes ou depois dos Solstícios de Verão ou de Inverno
- 15 dias antes ou depois dos Equinócios da Primavera ou do Outono
- Sempre que ocorrer uma mudança relevante na sua vida
 
Ressalvo no entanto, que o mais importante é que cada um realize esta consulta de acordo com a sua intuição e necessidade.
 
 
Porque é que estas sessões devem ser realizadas em momentos próximos destas datas?
 
Estes são períodos muito especiais, onde diversos eventos cósmicos (como aqueles que estão associados ao nosso nascimento - aconselha-se consulta de numerologia - e ao nosso percurso de vida) geram um movimento específico, onde se concentram e articulam diversas forças invisíveis para nós, e que, possibilitam a ocorrência de um complexo processo de transformação interna.
 
Este processo envolve sempre (quer queiramos quer não, quer gostemos quer não) uma morte e uma consequente renovação, desde o nível celular até aos sistemas mais complexos que nos regem e nos permitem interagir no mundo material, passando por todas as dimensões internas e desconhecidas para a maior parte de nós, o qual nos catapultará para novos formas de ser e estar, pois tudo o que ocorre no nosso mundo imaterial (interno) tem a sua contrapartida no nosso mundo material (externo) e vice-versa, dado que são mundos ou campos interligados e que não são passíveis de ser separados.
 
Em que consiste esta Leitura Anual?
 
Num ciclo anual, cada mês revela uma etapa específica (com os seus respectivos desafios, mais ou menos intensos - pontos fortes e pontos fracos), que vai progredindo (evoluindo ou involuíndo) ao longo de todo o ano.
 
É perante esses desafios, que somos chamados a aplicar o nosso conhecimento, articulado com a nossa sabedoria interna, de modo a trazer soluções criativas a toda a espécie de problemas mais ou menos complexos.
 
O Tarot permite, através dos seus Arcanos indicar um caminho, o qual poderá ser percorrido ou não, dando informações preciosas e concisas acerca dos eventos que ocorrerão na sua vida. De modo algum o Tarot impede que eles ocorram, mas de certeza que contribuirá para melhor lidar com as suas consequências.
Obs. Esta consulta tem como pano de fundo, as energias dominantes dos regentes numerologicos dos meses pessoais do seu mapa natal progredido.
 
 
Leitura - O Relacionamento Intrapessoal
 
O tema central desta sessão é a qualidade do relacionamento intrapessoal, ou seja, a qualidade da relação que temos connosco.
 
Até que ponto conhecemos o ser com o qual nos relacionamos 365 dias por ano, 7 dias por semana, 24 horas por dia?
Até que ponto celebramos essa relação? Que valor lhe atribuímos? Como a qualificaríamos?
 
Até que ponto temos consciência de que a forma como nos relacionamos connosco afecta as nossas relações com os outros, com o meio que nos envolve?
 
Que obstáculos se apresentam para o estabelecimento de uma relação saudável connosco? E que qualidades temos para melhorar e desenvolver essa relação tão especial?
 
O relacionamento intrapessoal visa abrir-nos um campo onde a nossa emocionalidade reprimida impede que nos relacionemos intimamente connosco. Se não formos capazes de nos relacionarmos connosco mesmos, de nos amarmos, de nos sentirmos felizes por sermos quem somos, de nos sentirmos realizados com o que fazemos, etc., nunca poderemos experimentar sensações de satisfação pessoal, de confiança em nós e consequentemente nas nossas escolhas e estaremos sempre buscando compreensão e validação de fora, dos outros.
 
Estas e outras questões são levantadas e analisadas à luz de uma nova consciência trazida pelos mágicos princípios do Tarot que permite abrir um leque de informação valiosa demais para a ignorarmos, mostrando padrões karmicos (ou padrões de resposta automáticos que ignoramos por diversos motivos) o que nos irá ajudar a criar pontos de contacto entre o que permanece oculto em nós (embora ao nosso alcance) e o que deixamos revelar no exterior através das nossas atitudes, comportamentos, gestos, hábitos, etc.
 
 
Leitura - O Relacionamento Interpessoal
 

O Relacionamento Interpessoal abrange todo o tipo de relacionamentos (conjugal, familiar, amizade, trabalho, social, etc.).


O tipo de relacionamento que mantemos com cada pessoa é único e especial, pois cada relação devolve-nos partes essenciais de nós, mesmo que em alguns casos não gostemos do que essa relação nos devolve.


O Tarot permite caracterizar o tipo de relacionamento que temos com cada pessoa, incluindo questões karmicas passadas ou presentes.


O Tarot permite retirar os véus que escondem os verdadeiros 'eus' atrás da máscara, dando-nos orientações no sentido de melhorar ou harmonizar os relacionamentos mais difíceis ou complexos, transformando-os em relações mais saudáveis, autênticas e essenciais.

 

 

Leitura - A Saúde

 

A Saúde é um dos temas mais procurados pelos consultantes, dado que ela constitui, sem dúvida alguma, a base ou o pilar da vida de qualquer ser vivo. Ora o ser humano é sem dúvida aquele que se preocupa com a Saúde mas que muitas vezes nada faz para a manter.
 
Nesta caso o Tarot aponta caminhos, propõe soluções e aconselha um estilo de vida que se coadune com a personalidade do indivíduo, de modo a que seja possível obter maior eficácia dos tratamentos ou dos hábitos que se pretendem integrar.
 
Nota importante: A sessão sobre Saúde e Bem-Estar não dispensa em caso algum o acompanhamento médico, a medicação, ou quaisquer tratamentos prescritos e sua duração. O tarólogo é um conselheiro, um intérprete capaz de ler símbolos e de os relacionar entre si, mas em caso algum substitui o médico!
 
 
Eva Veigas
 
 
29
Set17

O Tesouro Interno e a Roda da Fortuna

Eva Veigas

tesouro.jpg

 

E a Roda gira... gira sem parar... já diz o povinho: Cá se fazem cá se pagam!


Este ano então é sempre a despachar não fosse o ano da Roda da Fortuna. E que grande Fortuna! Mas é só para quem tem olhos, ouvidos e demais sentidos sintonizados com o AMOR.

 

O AMOR Real e não as paixonetas, o AMOR Real e não o que lhe convém, O AMOR Real e não o "só te amo se tu me amares" ou "só gosto de ti se fizeres o que eu digo e se não fizeres és má pessoa".

 

A Roda gira, não se detém ante os "egozinhos" e as "pessoinhas" (graças a todos os deuses que assim é)!

 

A Roda gira, indiferente à passagem do tempo, às dores, sofrimentos ou limitações de cada um.

 

Quem tem ouvidos que ouça, quem tem olhos que veja... que veja através dos véus do seu próprio egoísmo e presunção, arrogância e prepotência.

 

Praticar a humildade nos dias que correm é coisa para poucos e esses poucos não precisam nem querem disso fazer alarde. A humildade, como tantas outras virtudes, está disponível para todos, mas nem todos estão disponíveis para a praticar, para a viver, para a sentir e experimentar nas mais variadas situações... mas depois são todos só luz e amor e tal... pois sim... continuam mergulhados na mesma falsa ilusão do ego. A diferença é que dantes escondiam-se atrás da religião, agora escondem-se atrás da falsa espiritualidade da New Age.

 

Moderno, agora, é dizer tudo e "mais um par de botas" em nome da Nova Era... como se soubessem o que isso é! A maior parte das pessoas conhece a palavra cooperação do dicionário ou então repetem-na à exaustão como papagaios.

 

A palavra-chave da Nova Era é Cooperação... ai e tal eu sou Aquário, tenho Úrano não sei onde, eu sou um 11 e um 22 e um 45, 5... dizem alguns com um grande orgulho e convicção, sem nunca terem estudado a fundo os seus mapas, não no papel, mas em si mesmos.

 

Sem perceberem que o caminho que estão a tomar está a levá-los ao mesmo sítio de sempre. A diferença é o cenário e a tecnologia, mas é mais do mesmo: pura ilusão! Continuam a não saber do que falam quando falam em Cooperação e muito menos em Nova Era ou Espiritualidade. Continuam com os mesmos medos e com as mesmas mentes, mas concluem que estão todos iluminados.

 

A Fortuna, (a Roda ou a Parte) nada tem a ver com caprichos do ego, nem com comprinhas no shopping, nem com a aquisição do último modelo do carro xpto, ou da casa na praia (até porque isto com os "tsunamis", tem de se ter cautela).

 

A Fortuna é um tesouro interno, mas não é um tesouro fácil de aceder ou de descobrir, é por isso que ele está escondido (oculto) no nosso interior. Se fosse no exterior já o teriam encontrado. Mas como ele reside no mais recôndito espaço das pessoas, e elas, por sua vez, não querem ter trabalho de partir pedra, de fazer mudanças, de desbravar caminho, de caminhar pelos próprios pés, de ferir as mãos, de encontrar o cajado interno que as apoiaria sempre e até ao "final" desse caminho, jamais o irão encontrar. agarrados ao ego, à ilusão, à mentira pessoal, agarrados como lapas às rochas, com medo que o mar os leve e lhes lave a alma.

 

E a Roda gira... e girará sempre, tal como os planetas giram nas suas órbitas, eternamente, sem parar...

 

#innertreasure #wheeloffortune #wakeup

Eva Veigas

25
Set17

Estudo de Tarot Semestral

Eva Veigas

Exemplo de um Estudo de Tarot realizado para 6 meses.

 

Este Estudo é constituído por 10 cartas que correspondem a 10 casas ou áreas da nossa vida.

Tem a particularidade de ser completamente personalizado, portanto não há textos previamente escritos nem existe nenhum programa de computador. Pode ter entre 10 a 12 páginas.

O lançamento é feito por mim, como em qualquer consulta de Tarot presencial, bem como a interpretação intuitiva dos Arcanos. São utilizados tanto os Arcanos Maiores quanto os Menores.

Encomendas e preços via email evaveigas@sapo.pt

 

Tarot Transmutação.jpg

 

 

Exemplo de um Estudo de Tarot Semestral

 

Período de 25/9/2017 a 24/3/2018

 

 

 

Síntese: 8 de Ouros – O que desejas?

 

Esta carta aparece com o propósito de te lembrar que antes de te lançares em qualquer desafio ou novo projecto por mais aliciante que pareça, é importante definires o que realmente desejas para ti. Mais do que traçar metas e objectivos é importante definires as tuas intenções. Assim os próximos 6 meses trarão a oportunidade para colocares o foco nas tuas verdadeiras intenções. (...)

 

 

1ª Casa – A Identidade ou o Código do Eu: O 2 de Copas – A Assertividade

 

Esta carta representa o “Eu” no momento da consulta e refere-se à necessidade de efectivar um compromisso contigo própria. Se o primeiro passo é definir e reforçar a tua intenção no momento presente, o segundo passo é selar essa decisão entre as tuas duas partes, aquelas que geralmente causam discórdia e desunião e te desvinculam das tuas nobres intenções.(...)

 

 

2ª Casa – A Saúde – O 8 de Paus – Liberdade e Entrega

 

O 8 de Paus revela que existem alguns pequenos obstáculos no que concerne à tua saúde. A saúde é sem dúvida uma das áreas que mais ocupa e preocupa as nossas mentes, não fosse ela a base que nos devolve energia, sustentação e equilíbrio para podermos viver as nossas vidas o melhor possível. (...)

 

 

3ª Casa – A Família – O 7 de Espadas – A Criança Interior

 

A casa da Família ocupa outra posição de destaque na nossa vida e com certeza o teu caso não será excepção. O 7 de Espadas revela uma dificuldade em equilibrar o essa área da tua vida com as restantes e isso está a desgastar-te e a impedir o livre fluxo da tua energia criadora e amorosa.

Precisas de te voltar para dentro e ir ao encontro da tua criança interior, para trazer o melhor de ti para a superfície. É tempo de regressar à inocência libertando os velhos do Restelo que habitam a tua mente. (...)

 

 

4ª Casa – Evolução Pessoal – O 4 de Espadas – O Casamento ou a União

 

A tua evolução pessoal está directamente dependente ou relacionada com o teu casamento. O casamento é uma união sagrada com algo ou alguém a quem ficarás ligada durante muito tempo. Aqui não se trata literalmente de um matrimónio, embora possa ser esse o teu caso. Aqui falamos de qualquer união que se encontra por demais desgastada e que te deixa exaurida, extenuada, sobretudo do ponto de vista da tua organização mental. Essa união, esse contrato, exige demasiado de ti, explora-te em todos os sentidos, pelo que este é o momento de avaliares essa situação bem de frente e sem medos. Lembra-te que há muitas oportunidades lá fora à tua espera. (...)

 

 

5ª Casa – Vida Afectiva – Valete de Paus – A Lei da Atracção

 

A tua vida afectiva está prestes a seguir um novo rumo. Poderás ter que seguir adiante e sozinha, atravessando o teu próprio deserto, porém nunca estarás efectivamente só, a não ser que seja verdadeiramente essa a tua crença interna. Lembras-te da intenção que criaste? Será que ela não está relacionada com este segmento da tua vida? O que criaste será manifestado, porque a tua energia de criação segue a intenção, mesmo que tu não consigas ver ainda os efeitos dessa manifestação. (...)

 

 

6ª Casa – Amizade e Relacionamentos Sociais – O 4 de Copas – Só o Amor cura

 

O campo da amizade e/ou dos relacionamentos sociais está preso devido à tua incapacidade temporária de expores as tuas vulnerabilidades. Há aspectos da tua personalidade, que desejas que desapareçam, que se evaporem. Que partes são essas que desejas castrar e evitar? Que parte de ti é tão negra e sombria que desejarias apagar? Essa partes que tanto desejas ocultar de ti mesma, estão à vista daqueles que te são próximos que por uma razão ou por outra te podem confrontar. Não receies ser confrontada, pois da discussão (das sombras) nasce a luz! (...)

 

 

7ª Casa – Carreira, Bens Materiais, Prosperidade – A Estrela . O Empreendedorismo

 

Esta área vai passar por uma grande revolução, pois o momento é de grande avanço e muitas oportunidades que tanto podem surgir de fora, como podes ser tu mesma a criá-las. És o guionista da tua própria história, recordas-te? Podes escrever uma história totalmente nova no que toca à tua vida profissional. Será muito adequado para ti avaliares a possibilidade de trabalhar por conta própria. (...)

 

 

8ª Casa – Os Desafios – O 10 de Copas – Dar e Receber

 

Os teus Desafios encontram-se na busca de equilíbrio entre o dar e o receber. Se não sabes fazê-lo podes propor-te aprender? O 10 de Copas revela que o maior desequilíbrio ou obstáculo neste momento, está relacionado com a gestão familiar. Há muitas emoções dispersas e tudo parece estar de cabeça para baixo. É preciso observar tudo isto a partir de uma nova perspectiva para que compreendas até que ponto é importante obter esta aprendizagem. (...)

 

 

9ª Casa – Mensagem Final – O Carro – Visualização Criativa

 

A tua Mensagem Final mostra-te que a tua vida está a avançar rapidamente para uma nova direção. A etapa seguinte será mais célere e eficiente caso tenhas em consideração todas as indicações dadas pelas cartas anteriores. Ajuda se sonhares acordada e se souberes usar uma técnica do género da visualização criativa ou outra que seja mais adequada para ti, para te ajudar a progredir mais rapidamente.

Um ciclo está a chegar ao fim e logo outro se apresenta diante de ti. Não deixes escapar nenhuma oportunidade para te tornares mais consciente de ti, (...)

 

 

 

Nota: Em hipótese alguma, a análise contida no Estudo de Tarot Semestral constitui orientação legal, financeira, empresarial, psicológica, médica, ou de qualquer outro tipo. Mais, não representa indicação, diagnóstico ou prescrição de tratamento de qualquer tipo, seja ele médico, mental, espiritual ou outro.

Qualquer dúvida ou sugestão acerca do Tarot Semestral, contactar através do e-mail evaveigas@sapo.pt

 

28
Jul17

Bio

Eva Veigas

Minha foto 2.png

 

"Nada lhe posso dar que não exista em si. Não posso abrir-lhe um  outro mundo de imagens, além daquele que existe na sua própria alma. Nada lhe posso dar senão a oportunidade, o impulso, a chave. Eu ajudá-lo-ei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo.”

Hermann Hesse

 

Nasci a 9 de Abril de 1969, filha da Invictae cidade do Dragão. 

 

Ariana de Signo Solar, Capricorniana de Signo Lunar com Ascendente em Sagitário, considero-me uma mulher determinada que não baixa os braços ante nenhuma circunstância, por mais penosa ou dura que seja. 

 

Sou alegre por natureza, de sorriso fácil, sensível, sonhadora, intuitiva e inspirada ou não fosse esse o Número 11, o Caminho da minha Alma. Um Caminho solitário, mas maravilhosamente rodeado de Amor.

 

Sou uma mulher de paixões arrebatadoras, experimento aquilo que me escolhe e me chama desde o mais profundo recanto da minha alma. Foi assim que me encontrei, por exemplo, com a Numerologia, o Reiki ou o Xamanismo.

 

Acima de tudo creio na Magia do Amor que move, sustenta e interliga tudo no Cosmos. Sou rendida à Vida e defensora do AMOR MAIOR. 

 

Sou filha de uma longa linhagem de curadores e curandeiras, rezadeiras e benzedeiras, e desde sempre, encontrei na ajuda desprendida aos outros, uma forma de praticar a "minha" arte de curar. 

 

Pratico a arte de curar desde cedo e desde sempre. A cura com as mãos é prática comum entre os membros da minha família bem como a capacidade de intuir e antever situações.

 

Os Arcanos para nós são Sagrados mas não são Segredos. As Plantas são Medicina, os Cristais elevam as Frequências e os Animais trazem Bênçãos.

 

Acredito no Potencial Oculto em cada um de nós!

Sou uma amante e defensora de qualquer método que manifeste intenção pura de transformar o ser, em ser humano para posteriormente o transformar em Ser Consciente da sua Divindade. Acredito no potencial oculto que existe em cada um de nós ao qual podemos aceder sempre que nos dispusermos a evoluir.

 

Por outras palavras, acredito e sei que podemos lapidar a pedra em bruto - o nosso ego, o inconsciente - até esta se tornar no mais belo e puro diamante ou como diriam os antigos alquimistas transformar o chumbo em ouro.

 

Creio que não haverá melhor metáfora para ilustrar a Via ou, o Caminho que qualquer um de nós pode tomar, em qualquer momento de uma qualquer encarnação, em direção a uma maior e mais profunda consciência si.

 

Nas minhas consultas, aposto muitas vezes na interdisciplinaridade dos diversos ramos de conhecimento que estudo, para ajudar aqueles que se propõem a ajudar-se a si mesmos.

 

Usando a Magia dos Números, do Tarot e dos Oráculos, do Ritmo do meu próprio Coração, do Toque Sagrado do Tambor, da Cura, da Palavra, do Som, da minha Canção, da minha Magia... ajudo aqueles que querem dar uma oportunidade a si mesmos de reencontrar o Sentido da Vida.

 

Faço-o, porque o fiz comigo em primeiro lugar, porque me dei essa oportunidade - de Ser (n')o Caminho.

 

A Vida é Mestra! Mas só é Vida quando se é Amor. E o Amor é o ingrediente secreto que tudo envolve e tudo cura.

 

Só o Amor Cura! Só o Amor Cura! Só o Amor Cura!

 

Eva Veigas

 

25
Jul17

Diferenças entre Tarot e Oráculos

Eva Veigas

Atualmente existem inúmeras variações dos baralhos de Tarot, desde os desenhos, figuras, símbolos, cores, temas (como por exemplo, Tarot dos Anjos, Tarot dos Celtas, Tarot Egípcio) etc., mas todos eles respeitam aspetos incontornáveis, como por exemplo, o número de cartas (78) que constitui o baralho, a existência de Arcanos Maiores e de Arcanos Me7 Harmonia.jpgnores, e ainda mantendo inalterável, o significado original de cada carta.

Se esses princípios não forem mantidos já não estaremos a falar de Tarot, mas sim de Oráculos ou Jogos de Adivinhação.
Quando consultamos o Tarot ou um qualquer Oráculo, não se pode dizer que a diferença nas respostas que se obtém seja abissal, muito pelo contrário. Talvez a maior diferença esteja mesmo no reconhecimento que é feito por cada de um nós, isto é, no valor que atribuímos a cada uma dessas ferramentas.


O Tarot aponta um caminho, mostra possibilidades, acrescenta-nos, "obriga-nos" a olhar em determinadas direções e a ver a nossa vida e os factos nela contidos sob novas e refrescantes perspetivas. 


Os Oráculos também funcionam dessa maneira. Aliás, só funcionam dessa maneira. Quem interpreta os símbolos, tem que saber trabalhar confortavelmente com as informações contidas em cada lançamento, tem que ter uma postura isenta. Não pode querer vestir a pele do cavaleiro que salva a donzela do dragão.

Quem interpreta o Tarot é apenas o mensageiro das notícias, ele não pode dourar a pílula, não pode compor a história, não lhe compete esse papel. O papel do intérprete da linguagem simbólica sagrada, é o de se assegurar que a mensagem chega ao destinatário e que é devidamente compreendida  de forma clara e isenta. O que o consulente faz com a informação não é da responsabilidade de quem interpreta.

 

 

 

Então, quando decidirem consultar o Tarot ou outro Oráculo devem fazê-lo com reverência. Lembrem-se: estarão perante uma ferramenta milenar, que tem sido mantida viva ao longo de incontáveis gerações. Muitos dos nossos ancestrais deram a vida ou sofreram para que este tesouro chegasse intacto até aos nossos dias. É nosso dever cuidar dessa herança. É uma forma de honrar os nossos ancestrais.


Muitos de vós pretendem que o Tarot (ou mesmo qualquer outra ferramenta) seja uma tábua de salvação. Pensam que a consulta resolverá os vossos problemas e que as respostas lhes servirão como uma espécie de Manual de sobrevivência, porém, não poderiam estar mais longe da verdade. Ninguém, absolutamente ninguém, seja que tipo de terapeuta ou facilitador for, tem o direito, ou o poder, de vos dizer o que devem fazer em relação às vossas escolhas e decisões.

A nossa missão é simples e humilde e serve apenas um propósito: o de o reposicionar ante si mesmo, levando-o a fazer um movimento interno de olhar noutra direção. De olhar para dentro, para si!


Portanto abram o vosso coração e escutem com amor e humildade a mensagem que os Arcanos vos querem transmitir.

Quando quiserem  interpretar um dado momento na vossa vida, orientação sobre uma escolha, sobre a vida familiar, afetiva, profissional, espiritual ou mesmo sobre a saúde... podem estar certos que a tudo o Tarot responde, por vezes, se não sempre, obrigando-nos a reequacionar os nossos padrões de vida, de comportamento, as nossas escolhas, decisões e atitudes.


As respostas nem sempre são de acordo com os nossos desejos, expectativas ou intenções, porque o Tarot não cede a caprichos, nem a egos inflamados. Ele fala a secreta e antiga linguagem da alma, portanto, revela-se àquela parte de nós que é divina, que é essência pura.

Cabe a nós escrever a nossa história, pois o Tarot como qualquer outro oráculo, a meu ver, não pode determinar a nossa história de vida, antes permite obter informações acerca das possibilidades que se nos apresentam num dado momento da nossa existência na Terra.

24
Jul17

O Tarot

Eva Veigas

il_570xN.273980291.jpg

 

 

 

De modo algum irei aqui tentar responder à antiga questão, colocada em todos os tempos e em todas as eras - o que é o Tarot? Limitar-me-ei a descrevê-lo, pois qualquer resposta que pudesse aqui apresentar seria profundamente redutora, ficando sempre aquém da universalidade, da beleza, da complexidade e da perplexidade que acompanha o Tarot.


Assim, o Tarot é um oráculo constituído por 78 cartas ou arcanos que se dividem em três grupos:
 
1º -  22 Arcanos Maiores
2º - 40 Arcanos Menores
3º - 16 Figuras da Corte

Arcano (do latim arcanu “secreto”) significa mistério, enigma, segredo profundo a ser revelado.

Os Arcanos Maiores são 22 e estão numerados de 0 a 21. 

Os Arcanos Menores são 40 e estão estruturados em quatro naipes que por sua vez se encontram associados aos quatro elementos:
Ouros / Terra, Copas / Água, Espadas / Ar e Paus / Fogo. São numerados do Ás ao 10.

As Figuras da Corte representam 16 arquétipos da personalidade, resultantes da combinação dos quatro elementos (Fogo, Água, Ar e Terra) divididos em quatro famílias ou grupos: Paus, Copas, Espadas e Ouros.

Os Arcanos Menores e as figuras, como já se viu, estão associados a cada um dos 4 Elementos filosóficos de Fogo, Água, Ar e Terra, e definem a forma material de todas as coisas manifestas. Trata-se, portanto, da Energia Primordial manifestada no plano físico.

Assim, temos a seguinte relação:

Copas – Água (Emoções)
Ouros – Terra (Material)
Espadas – Ar (Mental
Paus – Fogo (Espiritual)

Mais sobre mim

foto do autor

Contactos

Email: evaveigas@sapo.pt

Follow me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • Exercícios e Orações

    Numerologia: 2018

    Numerologia

    Significado dos Dias de Nascimento

    Runas

    Tarot

    Videos

    Cursos / Ws Realizados

    PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

    •  
    •  

    Entrevistas

    Parcerias

    Sapo Astral Vídeos

    Sapo Desporto

    Arquivo

      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D