Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Numerologia e Tarot: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

Numerologia e Tarot: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

03
Jan18

Numerologia Janeiro 2018

Eva Veigas

Foto de Eva Vilela Veigas.

 

Regente Numerológico – 12:3

 

Dados numerológicos do mês:

- Vibração Universal do ano 2018: 11:2

- Janeiro: 1º mês do ano

- Vibração Universal de Janeiro 2018: 12:3

 

 

Iniciamos este ano, e este mês em particular, sob uma forte influência lunar, não só por causa da Lua Cheia do dia 1, mas também porque o ano começou numa segunda-feira, um dia consagrado à Lua desde tempos imemoriais.

 

A Lua está associada aos ciclos da vida: à fertilidade, à gestação, ao nascimento, ao crescimento, à transitoriedade, e à morte, por esse motivo é impossível dissocia-la do nosso complexo processo emocional, estando ainda relacionada com o inconsciente, com os processos que ocorrem na sombra e com tudo o que é transitório, oculto ou invisível.

 

A Lua Cheia, plena, atingiu o seu auge, o que permite iluminar partes desse inconsciente quer a nível coletivo quer a nível individual.

 

É tempo de dar mais um passo no caminho, com mais consciência, mais clareza e maior discernimento acerca de tudo o que estivermos a experienciar neste momento.

 

O 12 representa uma etapa preciosa em que podemos observar quer o nosso mundo interior quer o nosso mundo exterior a partir do ponto mais sagrado em nós, mais puro e mais genial – a Câmara Secreta do nosso Coração Luminoso -, pois este é um processo que exige muita criatividade, imaginação e capacidade de expressar os nossos sentimentos e emoções mais profundas, com o fim de nos libertarmos da toxicidade resultante das mais pesadas e duras experiências vividas nesta existência.

 

As experiências dolorosas deixam, devido ao trauma vivido, marcas profundas que com o passar do tempo nos vão envenenando o espírito caso não façamos a devida purificação interna. Morrer para o passado é a tarefa mais complicada para o ser humano, porém a mais necessária e importante. Funciona como uma peneira que liberta todo o excesso, todo o peso, toda a dor, deixando apenas o amor contido em cada aprendizagem.

 

O 12 é um tempo de paragem, mas não de uma paragem forçada ou imposta por algo ou alguém. Devemos ser nós a parar para observar, para sentir, para tocar essas partes de nós que estão insensíveis, inanimadas, mortas para o mundo, incapazes de cocriar a mais pequena solução para os nossos problemas e desafios diários, partes de nós que estão frias, magoadas, infelizes, tristes, revoltadas, zangadas, iradas, devido aos traumas experimentados.

 

É preciso tocar-lhes mas em amor, com muito cuidado, com muita cautela, ou essas partes de nós ainda se tornarão mais distantes, mais frias e escorregadias. É preciso saber fazer, usando a nossa inteligência emocional, o nosso discernimento. Fazer tudo com serenidade e calma, criando um ambiente pacífico e amoroso para que a cura e o perdão possam acontecer, harmonizando em nós todos os aspetos opostos, isto é, transformando a oposição em complementaridade.

 

Para usufruir em pleno das energias exortadas pelos Números de Janeiro, podemos aconchegar-nos na essência deste mês que é regida pelo Número 20 e que traz consigo uma energia renovada, que possibilita a restauração e a recuperação do que em nós se encontra desgastado e esgotado.

 

Aproveite ao máximo para repor as suas energias, para descansar e para respirar ar puro. Tente obter equilíbrio entre o número de horas que dedica ao trabalho, ao descanso e ao lazer. O seu corpo e o seu espírito agradecem.

 

Mantra do mês: Reinvento-me a cada momento.

 

 

Regentes das semanas de Janeiro

 

 

Número 3 – De 1 a 7 Janeiro

 

 

- Dia 1 – Lua Cheia – Super Lua

 

- A influência do Número 3 será muito intensa, e far-se-á notar por um excesso de euforia, uma imensa vontade de colocar mil e um projetos em prática e uma tendência forte para nos precipitarmos e nos atirarmos de cabeça à primeira oportunidade que nos apareça.

 

Importa observar tudo com calma e avaliar cada situação cuidadosamente pois a falta de foco e a vontade de querer experimentar muitas coisas novas e diferentes, ao mesmo tempo, é muito apelativa sob a influência destas frequências numerológicas.

 

Mantra da semana: Encontro-me com a Deusa a cada inspiração.

 

 

Número 5 – De 8 a 14 de Janeiro

 

- Dia 8 – Lua Minguante

 

- A influência do Número 5 estará muito forte e será bem favorável para quem estiver envolvido em projetos criativos que proporcionem um estímulo e uma renovação na vida de outras pessoas.

 

A dificuldade pode estar numa tentativa em se esforçar demasiado para corresponder às suas próprias expectativas ou às dos outros.

 

Mantra da semana: Sou o Amor em ação.

 

 

Número 8 – De 15 a 21 de Janeiro

 

- Dia 17 – Lua Escura

 

- Dia 19 – Dia sob a regência do Número Mestre 22

 

- A influência do Número 8 marca este período, trazendo infinitas possibilidades para aumentar o conhecimento em qualquer área que queiramos ou precisemos. Esta informação serve tanto a nível pessoal como a nível profissional. É preciso estar atento e não deixar escapar nenhuma boa oportunidade que possa alterar a nossa vida de um momento para o outro.

 

- A dificuldade pode estar no medo de estar à altura do desafio ou de ser merecedor de êxitos e sucessos em qualquer área da nossa vida.

 

Mantra da semana: Mereço viver experiências positivas que reflitam a minha essência.

 

 

Número 4 – De 22 a 31 de Janeiro

 

- Dia 24 – Lua Crescente

 

- Dia 28 – Dia sob a regência do Número Mestre 22

 

- Dia 31 – Lua Cheia (Lua Azul) *

* Designa-se assim por ser a segunda Lua Cheia do mês

 

- A influência do Número 4 reflete um período favorável para transformar todo e qualquer aspeto negativo ou tenso nas nossas vidas, por muito doloroso ou penoso que possa ser.

 

A procrastinação, o eterno adiar, é a maior dificuldade que podemos sentir durante este período. Só com muita disciplina e trabalho poderemos vencer este desafio. Usar a imaginação e a criatividade pode ser uma excelente opção para combater a inércia que acompanha este período.

 

Mantra da semana: Transmuto todas as minhas dificuldades em projetos criativos.

 

22
Jan17

Pensamento do Dia

Eva Veigas

walk.jpg

 

"A verdadeira sabedoria não está na vontade, não se trata de conseguir o que a gente quer; mas de aprender a querer o que a gente precisa para crescer e tornar-se um ser completo."

~ Enrique Esquenazi

15
Jan17

5 - Regente Numerológico de 15 a 21 de Janeiro

Eva Veigas

55.jpg

 

5 - Regente Numerológico de 15 a 21 de Janeiro

 

Até ao próximo dia 21 de janeiro estaremos sob a regência do Número 5 que em conjunto com os regentes 1 do mês e do ano, acentua o convite à mudança de paradigma que temos vindo a testemunhar.

 

O 5 clama por liberdade. Liberdade de pensamento, de expressão, de comunicação, de movimento, de acção.

 

As grandes revoluções surgem sempre por via da opressão que, de forma mais ou menos intensa, se vai manifestando sobre as pessoas.

 

O 5 é um revolucionário, é impaciente, tem dificuldade em seguir normas e regras demasiado gastas, por isso tem uma tendência para destruir e romper de forma abrupta com tudo o que esteja demasiado cristalizado, plasmado, dormente.

 

O 5 chega e arrasa, esmaga, destrói, irrompe em fúria, zangado, revoltando-se contra o que está edificado em cima de alicerces pouco seguros, pouco firmes.

 

O 5 é como uma tempestade, um furacão que arrasa tudo por onde passa, deixando atrás de si um rasto de destruição.

 

Em conjunto com a regência do 1 esta pode ser uma semana numerológica bastante movimentada, trazendo diversos tipos de mudanças que podem ser bastante bruscas e inopinadas.

 

Tudo o que estiver em vias de desmoronar, desaparecer, ruir, cairá como um castelo de cartas.

 

O melhor que podemos fazer no meio do caos que pode manifestar-se na nossa vida de diversas formas, é pacificarmo-nos internamente, manter a calma, serenar a mente e prepararmo-nos para iniciar um processo de reconstrução baseado num novo modelo que faça valer a pena toda a destruição causada por esta energia poderosa, mas algo perigosa caso não sejamos suficientemente cautelosos.

 

Na prática refiro-me à desnecessária compra de brigas alheias, a todo o tipo de relacionamentos onde o amor, a amizade ou qualquer outro tipo de sentimento acabou há muito, a trabalhos ou empregos onde as pessoas se movem como autómatos não existindo qualquer processo criativo em marcha, a crises de todo o tipo, e ainda a sistemas de crenças completamente obsoletos.

 

Todas as áreas de vida que se encontrem desvitalizadas necessitarão urgentemente da nossa atenção a fim de recuperar, resgatar e regenerar cada uma delas, antes que seja tarde demais.

 

O 5 incita à desordem, mas não por ser um arruaceiro. O 5 é o que tem coragem para deixar ir, para deixar cair, porque tem a capacidade de criar uma nova ordem, uma nova paz, um novo caminho, uma nova estrutura que depois será maturada em 6.

 

Tenhamos nós a coragem e capacidade do 5 para resgatarmos a nossa própria liberdade.

 

 

Em profunda comunhão com a Vida

Eva Veigas

14
Jan17

Frequências numerológicas do dia 14/01/2017 – 5:1:1

Eva Veigas

wa.jpg

 

Frequências numerológicas do dia 14/01/2017 – 5:1:1

Regente natural do dia – 14:5 
Regente universal do dia -16:7

 

Hoje é dia 14/01/2017, o que traduzido para a Numerologia resulta na seguinte frequência - 5:1:1

 

Tempo de perguntar a nós mesmos que contributos podem servir o Bem Maior, o Bem do Todo. Que parte de nós está disponível para se entregar sem reticências, que parte de nós não se preocupa com o julgamento alheio, que parte da nossa estrutura mental e emocional já está desformatada ao ponto de seguir as orientações do nosso Eu Superior.

 

Que parte de nós já se apercebe que o egoísmo é uma forma de nos desresponsabilizarmos por nós próprios e pela chama da vida que tão delicadamente foi colocada no centro do nosso peito?

 

É tempo de subir mais uma oitava e reconhecer o poder de que dispomos que é tão vasto e criativo e começar a usá-lo para o fim que ele foi desenhado.

 

Queremos preservar a Vida (a nossa e a do Planeta) a todo o custo ou estamos dispostos a abdicar dela por causa da nossa vaidade, despeito, orgulho, arrogância e impaciência?

 

Abraço-me-nos de coração cheio!

 

Em Profunda Comunhão com a Vida
Eva Veigas

13
Jan17

Frequências numerológicas do dia 13/01/2017 – 4:1:1

Eva Veigas

moon.jpg

 

Frequências numerológicas do dia 13/01/2017 – 4:1:1

 

Regente natural do dia – 13:4

Regente universal do dia -15:6

 

Hoje é dia 13/01/2017, o que traduzido para a Numerologia resulta na seguinte frequência - 4:1:1

 

(Re) nascemos! E agora?

 

A proposta do momento é começar a ganhar consciência do que necessitamos para que este renascimento seja a porta de entrada de uma nova consciência planetária.

 

Um aspeto está hoje em evidência: a importância de aplicar na prática, aquilo que se sente com o coração. E este é só por si um imenso desafio.

 

O nosso coração a pedir que nos vulnerabilizemos, que nos permitamos sentir, que expressemos em verdade o que nos vai alma e quando chega o momento ficamos constrangidos, tolhidos pelo medo de não sermos aceites, paralisados pelo medo de sermos julgados pelo que somos…

 

De acordo com as nossas velhas crenças acreditamos que dessa forma evitaremos o confronto e nessa postura irredutível permaneceremos sós, sem nos oferecermos a possibilidade de nos conhecermos mais um bocadinho, através do outro.

 

Nós queremos muito conhecer as outras pessoas, achando que sabemos mais do que elas, que sabemos o que é melhor para elas, quando na verdade, os outros refletem partes de nós que de outra forma seria impossível conhecer ou sequer saber da sua existência.

 

Imaginem este planeta sem água, sem nada que possibilitasse ver o nosso reflexo em lado algum. Teríamos nós a possibilidade de conhecer o nosso rosto? A cor dos nossos olhos? Certamente que não!

 

Do mesmo modo precisamos compreender que o reflexo que os outros nos revelam não é para continuarmos a fazer julgamentos e comparações sem nexo. O que precisamos de compreender e de reconhecer é o quão preciosa é a presença dessas pessoas na nossa vida, pois é através delas que nos conhecemos um pouco mais a cada instante.

 

Se há aspectos da nossa personalidade que gostaríamos de melhorar e se trabalhamos para os transformar, podemos agradecer aos mestres que se apresentam diante de nós a cada instante.

 

Podemos ficar irritados, zangados, furiosos, frustrados, no confronto com o outro, porém, tudo isso é fruto da nossa vaidade, dos nossos complexos de inferioridade/superioridade, da nossa falta de amor-próprio.

 

No momento em que abençoarmos cada ser que está à nossa frente, que nos devolve tanto de nós mesmos será fácil, sentir o eco dentro do nosso próprio coração.

 

Nesse momento podemos escolher em absoluta humildade e consciência um caminho de profunda transparência e verdade, onde a única coisa que importa é permanecer em aprendizagem permanente.

 

Abraço-me-nos de coração cheio!

 

 

Em Profunda Comunhão com a Vida

Eva Veigas

12
Jan17

Frequências numerológicas do dia 12/01/2017 – 3:1:1

Eva Veigas

Lugar Poder.png

 

Frequências numerológicas do dia 12/01/2017 – 3:1:1

Regente natural do dia – 12:3
Regente universal do dia -14:5



Hoje é dia 12/01/2017, o que traduzido para a Numerologia resulta na seguinte frequência - 3:1:1

 

O dia de hoje evoca uma matriz colorida, repleta de simbolismo.

 

Hoje há um convite para Renascer.

 

Depois dos últimos dias que têm sido marcados por um constante fechar de portas, por um apelo constante a um reposicionamento face às nossas escolhas, ao que achamos que sabemos, ao que demos como garantido, ao que acreditamos que é a nossa realidade, eis que surge esta lufada de ar fresco, que nos está a permitir concluir uma importante etapa, algo definitiva aliás, neste processo.

 

Renascer implica regressar de algum modo ao estado da “não-materialidade”, da “não-forma”, da “não-existência” de coisas, feitas de matéria orgânica ou não.

 

É preciso renascer, mas desta vez não é das cinzas, porque até essas deverão ter sido diluídas de acordo com as experiências de cada um.

 

Quando as experiências na matéria terminam, onde ficam depositadas as aprendizagens? Para onde regressamos?

 

Talvez não regressemos a lado nenhum porque não há nenhum “sítio” para regressar, porque na verdade nunca chegámos a sair.

 

Nós já estamos em casa, sempre estivemos em casa! Só nos falta reconhecer isso.

 

Criámos dentro da mesma malha ilusória a ideia de que saímos de casa para voltar mais tarde, muito mais tarde, munidos de certas experiências e conhecimentos e de tal forma acreditámos nessa construção que criámos também a ideia do regresso a “casa”.

 

O que aconteceu foi um mergulho na ilusão da separação e o que estamos a resgatar é a ilusão criada. Nada mais.

 

Aqui, aprendemos, uns com os outros, a recordar que a nossa casa é onde estiver o nosso coração. E o nosso coração quando está inteiro só conhece uma linguagem que é universal e que geralmente se designa por Amor.

 

Por isso em nome desse Amor, fazemos o que é preciso, encarnamos uma e outra vez com diferentes fins ou propósitos, até que essa ilusão seja diluída e voltemos a conceber a ideia de Totalidade, de União, de Transcendência da Dualidade…

 

Aquilo a que chamamos “hoje” é um pontinho minúsculo nas malhas intermináveis de mundos entrelaçados e “hoje” significa escolher - aqui e agora - renascer da imaterialidade, para experimentar a Fusão do Ser!

 

 

Abraço-me-nos de coração cheio!


Em Profunda Comunhão com a Vida
Eva Veigas

11
Jan17

Frequências numerológicas do dia 11/01/2017 - 11:1:1

Eva Veigas

balsamo.jpg

 

Frequências numerológicas do dia 11/01/2017 - 11:1:1

 

Regente natural do dia - 11

Regente universal do dia -13:4

 

Hoje é dia 11/01/2017, o que traduzido para a Numerologia resulta na seguinte frequência - 11:1:1

 

Hoje é um dia especial. Especial não só por ser raro, mas sobretudo por causa da sua especificidade, da sua singularidade.

 

São quatro, os uns que marcam este dia, e os primeiros dois, formam o Número 11, um Número que cada vez mais povoa a mente e a imaginação de muitas pessoas.

 

Todos se perguntam porque é que o observam ou registam tantas vezes, sobretudo nas horas, nas matrículas dos carros, nos números das portas, etc.

 

Toda a vida este Número existiu, sempre esteve lá para quem se permitia vê-lo, mas só recentemente, a maioria o começou a reconhecer, a princípio com desconfiança, pensando que era o seu cérebro a pregar partidas, depois, aos poucos, acostumou-se a ele e agora parece que não se vive sem a sua presença.

 

Trata-se de um fenómeno próprio do nosso tempo, assim como noutros tempos e lugares outros Números, outras frequências ou outros sinais têm a sua função.

 

O 11 que nós vemos a cada passo, é o desdobramento de uma onda gigante composta de múltiplas características específicas, que “cobriu” a Terra aquando da abertura do primeiro portal 11:11.

 

É disso que se trata - um portal dimensional que nós todos, a grande maioria sem disso ter consciência, ajudámos a abrir, de modo a possibilitar a ascensão desta dimensão.

 

É natural que quando vemos um 11 ou mais do que um, as nossas dinâmicas internas, que se encontram bastante enferrujadas, adormecidas, anestesiadas ante toda a dor e sofrimento que entretanto criámos, se movam um pouco, e portanto, é também natural que surja a confusão, o questionamento interno e a desconfiança acerca do que é que está a acontecer.

 

Muitas pessoas “sentindo” pela primeira vez nas suas vidas sensações “estranhas” ou desconfortáveis no corpo, pensamentos de qualidade diferente da habitual (geralmente mais elevada e aferida), urgência em perdoar, urgência em compreender o propósito das suas vidas, etc., ativam ainda mais os seus medos, sem se aperceberem que esses mesmos medos, os fantasmas do passado, aquilo que fizeram tão inconscientemente, tão maquinalmente, tão automaticamente, surgem agora de forma mais e mais consciente nas suas mentes, no seu coração, no seu corpo (porque o corpo pelas suas características é o que envia e mostra mais sinais, quando partes específicas deixam de funcionar ou de funcionar bem), de modo a tornar verdadeiramente visível todas as dinâmicas que necessitam de cura e de purificação, de limpeza e desintoxicação a todos os níveis.

 

Este é o momento de transmutar, de reciclar conscientemente todas as dores, todo o constrangimento, toda a carga pesada que temos vindo a acumular, não só nesta vida, como em outras que estão energeticamente atadas a esta.

 

É tempo de resgatar as partes de nós que não se cumpriram ainda, de trazê-las para a luz, de permitir que sejam iluminadas pelo nosso Sol Interior, de sair das nossas profundezas com confiança, envoltos em inocência, afirmando a nossa vontade de sair do obscurantismo, trazendo vida e equilíbrio à nossa estrutura.

 

O 11 surge assim como um bálsamo curador, para ser usado em doses homeopáticas, pois ele contém a genuína alegria, a maturidade conquistada e a vontade de cooperar, num nível mais digno e mais de acordo com a nossa humanidade.

 

Esta é a condição que podemos criar para realizar este trabalho magnífico de nos cumprirmos enquanto filhos e filhas da Terra.

 

 

 

Em Profunda Comunhão com a Vida

Eva Veigas

Mais sobre mim

foto do autor

Contactos

Email: evaveigas@sapo.pt

Follow me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • Exercícios e Orações

    Numerologia: 2018

    Numerologia

    Significado dos Dias de Nascimento

    Runas

    Tarot

    Videos

    Cursos / Ws Realizados

    PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

    •  
    •  

    Entrevistas

    Parcerias

    Sapo Astral Vídeos

    Sapo Desporto

    Arquivo

      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D