Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas

NUMEROLOGIA ARCANA

NUMEROLOGIA ARCANA

Curadores

22239518_L3RGW.jpeg

Os curadores são pessoas feridas que aprendem a curar-se.
É um processo espontâneo e natural.
A vocação de curandeiro tem a ver com a vocação do descontentamento, de não nos conformar-mos com o que outros se conformam.
Um curador é alguém que sente demais as suas feridas.
Todos nascemos feridos.
A maioria das pessoas adapta-se, mas o curador é o extremo oposto: ele tem muito contato com a sua experiência.
E esse descontentamento leva-o à opção inevitável de reparar a sua alma e de se curar como ser humano.
Esse processo faz com que os curadores desenvolvam um grande potencial de regeneração emocional e espiritual, causando-lhes uma transformação profunda.
Assim, uma vez que conhecem o caminho, são capazes de ajudar os outros.
Um curador não é alguém a quem vais para te curar. Um curador é alguém que desperta a tua própria consciência para curares a ti mesmo.

Autoria desconhecida

She

22239515_WYtT4.jpeg

'She sat at the back and they said she was shy,
She led from the front and they hated her pride,
They asked her advice and then questioned her guidance,
They branded her loud, then were shocked by her silence,
When she shared no ambition they said it was sad,
So she told them her dreams and they said she was mad,
They told her they'd listen, then covered their ears,
And gave her a hug while they laughed at her fears,
And she listened to all of it thinking she should,
Be the girl they told her to be best as she could,
But one day she asked what was best for herself,
Instead of trying to please everyone else,
So she walked to the forest and stood with the trees,
She heard the wind whisper and dance with the leaves,
She spoke to the willow, the elm and the pine,
And she told them what she'd been told time after time,
She told them she felt she was never enough,
She was either too little or far far too much,
Too loud or too quiet, too fierce or too weak,
Too wise or too foolish, too bold or too meek,
Then she found a small clearing surrounded by firs,
And she stopped...and she heard what the trees said to her,
And she sat there for hours not wanting to leave,
For the forest said nothing, it just let her breathe'

 

Author unknown....

𝓔𝓢𝓟𝓔𝓡𝓐𝓝Ç𝓐

25 Bible Verses About Hope - Hopeful Scriptures
 
 
𝓔𝓢𝓟𝓔𝓡𝓐𝓝Ç𝓐
 
A minha palavra para 2022 e que se segue à profunda renovação interior e preparação da minha sementeira em 2021, que tão desafiante foi, é... Esperança.
 
Para mim um novo ciclo numerológico começa. Não é um ciclo qualquer, é o 3º e último Ciclo de Vida, de acordo com os princípios da Numerologia.
 
Para quem percebe um pouco (ou muito) do simbolismo dos Números, trata-se de um Ciclo 7...
Tão desafiante ele será, que ainda nem começou e já sinto diferentes ondas percorrendo cada espaço dos meus corpos energéticos e físico.
 
O que me aguardará? Não sei!
 
O que me será proposto aprender, fazer ou partilhar? Não sei!
 
O que poderei melhorar e limar? Não sei!
 
Apenas sei que a Esperança com que nasci e a qual sempre consegui manter VIVA e Brilhante, Intensa e Cintilante, está bem ancorada em mim.
 
E dado que o momento actual é tão desafiante quanto rico e empoderador, resta-me a Esperança de continuar a acreditar que cada coração pulsante pode sempre abrir-se ao AMOR uma primeira vez - ou, continuar a abrir-se, como tem feito até aqui, até que quebre e possa dessa forma conter toda a LUZ que lhe é dirigida.
 
Dessa Luz/Consciência surge uma maior, uma imensa e grandiosa Responsabilidade. Responsabilidade por cada pensamento, por cada pensamento, por cada sentimento, por cada acção, por cada declaração!
 
Continuarei a espalhar sementinhas de Esperança em todos os lugares possíveis e onde me permitam.
 
Por isso a minha palavra é... E S P E R A N Ç A!
 
E a tua palavra, qual é? E porquê?
 
 
Abraço cada um de vós empunhando com Amor
e Dedicação a Chama Brilhante e Benevolente da Esperança.

Aprende a largar a tua pele!

85106550_136021664555653_8342843968114917376_n.jpg

 

 
"Nenhum estudante jamais realizará qualquer progresso no desenvolvimento espiritual se saltar de um sistema a outro, utilizando ora algumas afirmações do Novo Pensamento, ora alguns exercícios de respiração a posturas meditativas da ioga, para prosseguir depois com algumas tentativas nos métodos místicos de oração. Cada um desses sistemas tem o seu valor, mas esse valor só é real se o sistema é praticado integralmente."
 
Dion Fortune
 


Coloca o teu conhecimento, a tua experiência e os teus recursos ao serviço dos outros, mas apenas e só, quando sintas que estão suficientemente amadurecidos. Os frutos das árvores, quando são colhidos antes do tempo, têm um sabor amargo e geralmente não se podem comer. Falta-lhes o calor/a luz do Sol, que os amadurece e nos nutre/ilumina por dentro quando os ingerimos conscientemente.

Paralelamente, se distribuis conhecimentos ainda pouco enraizados em ti, pouco sentidos empiricamente, portanto ainda não amadurecidos e integrados, mais cedo ou mais tarde serás questionado pelos outros, que também podem cobrar-te por teres disponibilizado e oferecido um "serviço" amargo, pouco rigoroso, pouco trabalhado, pouco estruturado.

Para quê viver horas amargas se é perfeitamente possível trabalhar a paciência, a resiliência, aprender a esperar, permanecer diante de determinado assunto até o compreendermos por dentro e por fora?

Porque não sabemos esperar?

Porque queremos sempre provar algo a alguém.
Provar que também sabemos, que também somos capazes de fazer algo, porque queremos estar no controlo de todas as situações, sobretudo nos dias de hoje, onde é demasiado fácil "ficar para trás", não é verdade?

Quem é que nos ensinou a (querer) queimar etapas? Que competição disparatada é esta que queremos vencer? Acaso sabemos que género de prémio nos aguarda? E para que queremos o prémio? Para colocar na prateleira a ganhar pó? Para dizermos que um dia fomos vencedores disto ou daquilo?

O corpo perece. A alma não precisa de prémios. O teu corpo de luz muito menos, e todos os níveis que daí em diante experimentas não fazem a menor ideia do que seja competição. O que a tua essência presencia (ou vê, se preferires) é a luz brilhante e radiante da tua consciência pura, sintonizada com todas as outras consciências, ou com grupos de consciências, que trabalham para um mesmo fim e servem apenas a Luz Maior, o Amor Maior.

Portanto, aproveita o dia de hoje que é rico em oportunidades, rico em possibilidades; aproveita porque estás a respirar e se estás a respirar estás vivo (não sei se estarás vivendo ou se estarás na plateia a ver os outros viver) de maneira que aproveita bem este dia e leva contigo o que tens dentro, distribuindo apenas os frutos amadurecidos. Quanto aos restantes deixa-os amadurecer ao seu ritmo, de acordo com os ciclos da Natureza.

Permite que a transformação se dê, tal como nos ensina a Mãe-Serpente. Ela solta a pele, não a arranca.
Não arranques as coisas de dentro de ti. E quando soltares, é como se exalasses um suspiro... solta... agradece... sorri e continua o teu caminho, sem que todos precisem de saber o quanto sofreste (ou sofres), o quanto és bonzinho para toda a gente e depois ninguém te valoriza. Guarda para ti as tuas consquistas internas. Sorri para dentro de ti. Sorri para os deuses e deusas, sorri para a Terra e para o Céu, mas não te vanglories para fora, os outros não precisam disso e tu ainda menos.

Questiona o teu ser interno, busca as respostas dentro de ti. Estão todas lá aguardando que tenhas discernimento, força e coragem de adentrares as câmaras escuras da tua alma.

Amor e bênçãos no teu caminho

Eva Veigas
 
 

Imagem: David Clode

Local: Cairns aquarium, cairns city, australia

Legenda: This water python has just shed its old skin, revealing the beautiful new iridescent skin underneath. The Australian Aboriginal people have myths and legends about a rainbow serpent, and perhaps a sight like this inspired them.

Esta píton-d'água acaba de perder a sua antiga pele, revelando a nova e bela pele iridescente por baixo. O povo aborígene australiano tem mitos e lendas sobre uma serpente arco-íris, e talvez uma visão como esta os possa ter inspirado.

Blog em actualização

Seremos breves. Gratos pela compreensão.

Honras e Bênçãos

A Todos os que vierem por Bem! Caminhemos juntos nesta jornada de autodescoberta e superação. Sejamos, a cada dia, mais e melhores humanos. Eva Veigas

A Cura Começa em Ti

Se não sabes por onde começar... começa por ti mesmo, cura a tua criança ferida e curarás a tua mãe e o teu pai, as tuas avós, os teus avôs e os teus antepassados todos - homens e mulheres que pisaram a Terra antes de ti, que viveram e lutaram, que riram e derramaram lágrimas, que caíram no sono da morte, mas que deixaram a semente para que tu possas estar aqui hoje. - Eva Veigas - Cascais, 18 Dezembro 2019

Ma'at

~ ~ ~ ~ "Destas penas de avestruz da Dupla Verdade, tão delicadas que o mais subtil hálito mental pode agitar, pendem através das correntes da Causa e do Efeito, os pratos ou esferas onde o Alpha (o primeiro) e o Ómega (o último) , se equilibram. Não é possível deixar cair um alfinete sem provocar uma reacção correspondente em cada estrela." ~ ~ ~ ~ A. Crowley, O Livro de Thoth

Eva Veigas

foto do autor

Filha das Estrelas

A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas. Sou mais antiga que a Terra. Mais antiga que a Lua e que o Sol. Viajei entre Galáxias. Visitei outros espaços. Outras dimensões. Trago na Alma. A Sabedoria dos Tempos. E de outros lugares. A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas © Eva Veigas

Regra de Ouro

Nenhum estudante jamais realizará qualquer progresso no desenvolvimento espiritual se saltar de um sistema a outro, utilizando ora algumas afirmações do Novo Pensamento, ora alguns exercícios de respiração a posturas meditativas da ioga, para prosseguir depois com algumas tentativas nos métodos místicos de oração. Cada um desses sistemas tem o seu valor, mas esse valor só é real se o sistema é praticado integralmente." Dion Fortune

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub