Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas

Medicina para a Alma

Eva Veigas

Medicina para a Alma

Número 16:7 - Regente de 1 a 7 de Ago

 

rcgorman01.jpg

 

 

“Quando um determinado número de pessoas tiver fé suficiente para mudar este cenário, todas as outras pessoas – em todas as partes do planeta – serão beneficiadas por esta mudança.”

 

Paulo Coelho in “Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei”

 

 

O Regente deste período é 7 (redução de 16). Esta vibração energética emanada pelo Número 7 religa-nos aos planos mais subtis e intuitivos com os quais nos podemos sintonizar sempre que quisermos.

 

É uma semana preciosa na medida em que é a única durante todo o ano 2015 a coexistir com um mês que está sob a mesma regência. É importante, para quem sentir, ler acerca do regente numerológico do mês de Agosto, para entender melhor o significado desta semana numerológica.

Também é a penúltima semana sob esta regência, este ano. A última será em Setembro.

 

É tempo de nos alinharmos com o nosso poder psíquico e de o usarmos para o nosso bem. A mente não é uma coisa má. Por vezes é mal usada e mal gerida. É como uma empresa mal administrada. Perde-se imenso tempo com pensamentos que geram divisão interna e externa, pois produzem conflitos de vária ordem.

O objectivo é precisamente aprender a harmonizar esses conflitos internos que muitas vezes nos conduzem a escolhas e caminhos difíceis que poderiam ser evitados se estivéssemos mais atentos ao que pensamos, verbalizamos e em que vibração se encontra o nosso coração, quando emitimos a nossa própria energia.

 

Se não estivermos vibrando em alegria, harmonia e equlibrio dentro do nosso coração, o mais provável é produzirmos energias dissonantes em nós e à nossa volta, o que obviamente irá afectar as pessoas que amamos. É preciso não esquecer que afectamos não só as pessoas que conhecemos, mas também todas as que não conhecemos. Contaminamos o ambiente, os animais, as plantas e o próprio ar que respiramos, com a nossa raiva, o nosso ódio, a nossa dor… É preciso cuidar dos pensamentos e da energia que os acompanha.

 

Esta semana é excelente para iniciarmos novas abordagens de ser e de estar na nossa própria vida. A nossa presença neste planeta não é ao acaso. Fomos escolhidos e escolhemos estar aqui. Façamos por merecer este estágio, contribuindo com a nossa luz, com a nossa sabedoria, com a nossa entrega irradiando alegria e infundindo paz neste planeta e em tudo que ele contém.

 

Banhemos o nosso Ser em águas perfumadas com as nossas poderosas essências e tudo à nossa volta será perfumado em Amor.

 

Eva Veigas

 

16:7 - O Regente de Agosto 2015

gorman_43987_2.jpg

 

 

Análise Numerológica para Agosto 2015

 

 

“O guerreiro sabe que a intuição é o alfabeto de Deus, e continua a escutar o vento e a falar com as estrelas.”

 

Manual do Guerreiro da Luz

 

 

16:7 – O Regente de Agosto 2015

 

 

O Regente de Agosto é 7 (redução de 16). Esta vibração energética emanada pelo Número 7 religa-nos aos Planos Mentais e às esferas superiores relacionadas com a Mente de Deus.

 

É preciso trabalhar a nossa clareza mental de forma cada vez mais profunda. É preciso abrir a nossa mente a novas possibilidades. Entre aquilo que a mente consegue conceber e aquilo que é possível manifestar vai uma pequena distância, porém para a maioria de nós isso não passa de pura ilusão ou utopia. A verdade é que tudo o que o homem concebe é passível de ser concretizado e o o mistério que o 7 revela é que não é preciso que o lapso de tempo entre uma coisa e outra seja gigante.

Noutros tempos, sabemos que foram necessários, por vezes séculos, para vermos materializado o sonho de alguém. Referimo-nos as essas pessoas, como aqueles que viveram à frente do seu tempo… Interessante!

Como pode alguém viver à frente do seu tempo? Não seriam antes os outros que viveram numa cegueira tal (amedrontados pelas circunstâncias), que não se permitiram experimentar?

 

Enfim… vivemos tempos novos e maravilhosos, onde tudo é possível experimentar e experienciar. Aproveitemos então este convite do 7 que nos assegura que sempre que elevamos os nossos pensamentos, envoltos numa fé inabalável, porém não cega, poderemos fundir-nos com a mente superior (ou com o nosso Eu Superior). Nesse estado é possível receber todo o tipo de informações através da nossa visão e audição internas.

 

Tudo é possível neste aqui e agora, mas é preciso confiar, acima de tudo em nós. É preciso recordar que em nós residem todas as respostas, todas as soluções para os nossos infindáveis quebra-cabeças. Porém é preciso recordar que isso não se ensina. Tem que ser através de um esforço da nossa própria vontade. É preciso querer evoluir. É preciso estar aberto à transformação interior e é preciso aceitar que já temos as condições necessárias para contribuir, cada um a seu modo e ritmo para o Bem da Humanidade.

 

A vontade de dar início (1) a novos projectos somada à sensibilidade e harmonia (6) com que se quer começar esta nova etapa dentro do grande ciclo que se está a fechar, irá levar-nos para patamares que o ser humano nunca experimentou.

 

Há que confiar e ser constante (1) no meio das tempestades da vida, mantendo a criatividade em níveis um pouco acima da média para poder levar a cabo os nossos intentos e por outro lado é preciso abandonar as velhas crenças relativas ao perfeccionismo e aos ideais impossíveis de realizar (6). É preciso assentar bem os pés na terra e esta frequência 16:7 não é a que mais nos ajuda a fazê-lo, portanto é necessário dar uma atenção redobrada ao nosso ancoramento diário.

Há que permanecer isento dentro da nova realidade que se está instalando. Por isento eu quero dizer que quem estiver a querer obter benefícios para si próprio, não chegará muito longe, pois essa atitude corresponde à velha energia – aquela que todos conhecemos tão bem.

 

É tempo de fazer escolhas diferentes e vincar bem aquilo que se quer. Queremos avançar juntos em prol de um Bem Maior? Não temos que esperar uns pelos outros… basta que a nossa intenção seja clara e definida, que nos aceitemos como somos, com as nossas características particulares, e que, obviamente, aceitemos os outros, com as suas fantásticas diferenças.

 

Se fôssemos todos iguais, o mundo seria imensamente monótono.

 

Este mês é então indicado para colocarmos em prática, os nossos conhecimentos, por um lado, e por outro para nos propormos a aprofundar mais as nossas aprendizagens, sejam elas de que nível for.

 

Estudar, aprender, ensinar, partilhar são palavras-chave para este mês de Agosto. Porém há que saber dosear esta vibração 7, pois ela absorve muita energia mental, portanto, devemos intervalar os estudos com momentos de repouso, sobretudo da mente. Fazer coisas que não exijam grande concentração é o ideal.

 

A nossa capacidade de relaxar na vida reflete a nossa disposição para confiar em nós mesmos e por consequência nos outros e na vida.

 

Eva Veigas

Numeróloga Transpessoal

6 – O Regente de Agosto 2014

 

 

“A amizade nunca é espalhafatosa. As demonstrações de afeto só provam a instabilidade dos sentimentos, a inquietação, o medo de perder o que se ama.”

 

Sabedoria Ameríndia

 

 

 

O Senhor da Beleza, das Artes e do Amor sucede (quase que por consequência natural, depois de uma metamorfose profunda em que o Ser foi literalmente desprovido da sua identidade a fim de se poder reconstruir e renascer) ao 5, o Senhor da Liberdade e das Mudanças.

Assim, perante uma nova forma de Ser e de Estar encontramo-nos agora num patamar onde nos é possível distinguir facilmente a beleza das coisas, das pessoas e dos lugares.

Sentimos a beleza do pôr-do-sol, o aroma de uma flor, assistimos com o olhar cheio de ternura às mais variadas manifestações da natureza e passamos a ver e a detetar beleza em tudo o que nos rodeia.

Na verdade, a beleza esteve sempre lá, éramos nós que não a conseguíamos ver, enredados que estávamos nas teias do egoísmo e da ilusão própria de quem trilha o caminho dos homens.

Sob esta nova e vivificante frequência do 6 estaremos, a priori, preparados para enfrentar novos e cada vez mais estimulantes desafios.

Desta vez, seremos confrontados com o nosso egoísmo e com os nossos enganos acerca do que é amar e ser amado.

O 6 coloca em evidência, como já se disse, a beleza e o amor às artes, mas também, e acima de tudo, o amor que sentimos e desenvolvemos pelas outras pessoas. 

Porém, por causa deste amor surgem todo o tipo de equívocos causadores, em grande parte, para não dizer na totalidade, do sofrimento da humanidade.

É que os seres humanos confundem amor com posse e a partir daí está arruinada, à partida, a possibilidade de mantermos relacionamentos saudáveis uns com os outros.

Muitos de nós, a maioria talvez, deseja ser amado a todo o custo, esquecendo-se que para receber tem que se dar. Mas em verdade, ninguém, sujeito às Leis Universais, recebe seja o que for, sem que antes o tenha dado.

Ora esta simples Lei, porque tudo no Universo é simples e descomplicado, atrapalha a vida dos comuns mortais que desejam receber sem dar nada em troca.

E eis que surge novo equívoco: é que há pessoas que se queixam de dar, dar, dar e nunca receber…(?). Como é isto possível? Acaso as Leis do Universo só funcionam para alguns? Claro que não!

A questão é mais profunda, e este mês vai convidar-nos a encontrar as reais motivações dessa doação que afirmamos ser sincera que nos exige sacrifícios enormes que pretendemos ver reconhecidos a cada momento, adotando uma postura de cobrança do outro. Cobrança de atenção, cobrança de carinho, enfim, chega-se muitas vezes ao ponto de mendigar por amor.

Mendigar por amor…

O Amor é abundância, é infinito, é imenso, é arrebatador, amor é o que irradiamos para fora do corpo físico quando nos sentimos pertença deste Universo magnífico.

Como é possível sermos mendigos quando o amor jorra a partir do nosso próprio centro?

Não daremos apenas para sermos aceites? Será que essa entrega não será unicamente para que o outro veja quão boazinha ou bonzinho, eu sou? Como eu me esforço, sacrificando a minha própria vontade para que o outro reconheça em mim semelhante altruísmo? Não será que muitos de nós necessitam de um reconhecimento constante para fazerem algo na vida, como se esse mesmo reconhecimento fosse o alimento da sua própria motivação?

Então, onde está o amor, nesses casos?

Amar é doar-se a cada momento, é entregar-se por inteiro sem medo de julgamentos e sem necessidade de reconhecimentos. É dar-se sempre mais e mais sem reclamar e sem exigir do outro nada em troca (mas afinal, o outro pediu alguma coisa?). Não! Ele limitou-se a receber. E saber receber também é uma forma de amar. Lembrem-se que há muitos entre nós que não sabem receber, refugiando-se atrás de uma falsa modéstia, quando, na verdade, escondem sob as suas carapaças verdadeiros ogres à espera de serem alimentados pelos outros.

Portanto este será um mês difícil sob este ponto de vista, pois ele exporá sem misericórdia todos os egoísmos, manias e ciúmes que se ocultam por detrás das máscaras da bondade, da generosidade e do amor.

Aproveitemos então para refletir acerca destes comportamentos distorcidos e identifiquemos em nós as carências, o medo de não sermos aceites pelo outro, na família, no grupo, na comunidade, na escola, no trabalho, nas redes sociais, onde quer que nos relacionemos com os outros de alguma forma.

Certamente ficará espantado ao descobrir que o que o movia não era o amor pelo outro, mas sim o medo de não ser aceite por ele.

Número 22 - Regente de 22 a 31 de Ago

 

 

Se conseguiste ultrapassar os desafios das semanas anteriores, estás apto a saborear o presente que Deus te enviou esta semana, sob a influência do número 22. Esta é uma vibração muito especial. Não afirmo que é especial por ser melhor do que as anteriores, mas sim por ser absolutamente diferente e única.

 

Esta é uma vibração mestre, um número dobrado. Vale a pena refletir no facto de o 2 estar repetido. Digamos que a Vida nos está a mostrar um Caminho, enviando sinais a toda a hora… Para esta semana a mensagem é qualquer coisa como: cuidas das tuas emoções? És livre? Não estás preso ao passado? As tuas emoções são saudáveis? Ótimo! Estás pronto para trabalhar numa outra dimensão. Na verdade o 22 é um 4 numa oitava acima, se não repara: 2 + 2 = 4.

 

O 4 remete-nos para o elemento Terra, que nos proporciona a segurança, a estrutura sólida em que nos apoiamos, enquanto o 2 está associado ao elemento Água e nos faculta a vida, o sangue, a fluidez, o 2 recorda-nos que devemos ser flexíveis e humildes como a água. A Terra precisa da Água. Assim este 22/4 necessita de ser trabalhado num outro nível de compreensão. Este 22/4 não precisa de ver para crer, ele acredita, porque é conhecedor da vida e de tudo o que ela contém. Ele é sábio porque conhece a substância que mantém os universos em absoluta conexão.

 

Quem souber comunicar-se e ligar-se a esta frequência poderá ter experiências absolutamente novas, ter ideias originais, sentir mais força física, sentir a intuição de uma forma completamente nova entre outras experiências muito marcantes.

 

Esta vibração é muito forte e associada a um mês de vibração 5, obriga a um derradeiro movimento de olhar para dentro, porém não mais esse movimento será doloroso, será um movimento despido de vaidades, totalmente direcionado para novas tomadas de consciência cada vez mais aceleradas.

 

Ainda em relação a esta vibração 22, acrescento: Nem todos a viverão, mas todos sentirão a sua presença.

 

 

Agosto 2013 - Regente 14:5

 

Análise Numerológica para Agosto 2013

 

“Sê a mudança que queres ver no mundo.”

 

Gandhi

 

14:5 – O Regente de Agosto 2013

 

É possível que sob esta vibração se sinta instável e inseguro. O 5 é uma vibração que provoca muito desequilíbrio sobretudo naquelas pessoas do tipo inseguro, avessas a mudanças ou cuja autoconfiança esteja comprometida.

A insatisfação pessoal pode começar a tomar conta de si, o que obviamente poderá complicar a sua vida. Se não tomar medidas para o evitar, o caos instalar-se-á durante este mês, trazendo consequências aborrecidas para o resto do ano.

Portanto, aja com determinação e aceite as mudanças que o mês lhe propõe. Por vezes são tão necessárias quanto o ar que respiramos.

O que nos faz sofrer, na realidade, não é a mudança em si, mas sim as expetativas que criamos em relação a ela. O processo de ansiedade que se desenvolve por causa da nossa resistência à mudança é causador de inúmeras doenças físicas e psicológicas. Portanto, avalie bem a sua situação. Seja rigoroso nessa análise. Situações mal digeridas fomentam uma incorreta expressão das emoções. Aprenda a expressar corretamente as suas emoções – se for preciso peça ajuda a um profissional. É sempre melhor, ter alguém com quem possa desabafar do que guardar isso tudo para si. Ninguém consegue viver para sempre a acreditar que está tudo bem, quando na realidade não está. Desmascare a sua mentira pessoal e a sua vida começara efetivamente a progredir e a mudar. Divida o seu peso com outra pessoa (de preferência um profissional, mas sobretudo alguém em quem confie de verdade) e tudo parecerá menos terrível.

Quando começar a perceber que a mudança faz parte da vida e que a metamorfose, pela qual está a passar, é não só necessária como benéfica, irá mergulhar de cabeça na mais bela e fascinante aventura da sua vida. Nem todo o processo é consciente, porém, fique atento e notará subtis mas importantes alterações no seu dia-a-dia.

Reflita nestas palavras de Osho e sinta o poder da transformação que este mês pode trazer: “Você não tem consciência de quem você é” (…) É possível dizer de uma lagarta que ela não tem consciência de que poderá transformar-se numa borboleta. (…) Todas as lagartas são bodhisattvas, (…) Um bodhisattva é alguém que tem potencial para transformar-se em borboleta, que pode vir a ser um buda, alguém que é um buda em semente, na essência… (…) A borboleta não consegue demonstrar que a lagarta é capaz de transformar-se em borboleta; não existe uma maneira lógica de fazê-lo. Mas a borboleta pode provocar um anseio na lagarta – e isso é possível.” Osho.

No final da transformação será a mesma pessoa sem o ser, portadora de uma nova visão, de um novo poder, de uma nova vida.

Observe o Hierofante1, já viveu múltiplas vidas dentro de uma só. Passou por muitas etapas, experimentou o bom e o mau, viveu todas as dualidades e transcendeu o ego. Representa um mestre, um sábio, um ser de fé, cuja alma foi purificada pelo fogo divino. Percorreu um longo caminho até poder partilhar os seus ensinamentos com aqueles que estão prontos para iniciar a sua iniciação espiritual. Tornou-se grande porque reconheceu o seu poder interno e agora consciente da imortalidade da sua alma, usa a sua maestria pessoal para revelar, através do seu exemplo de vida, o produto de uma imensa transformação.

 

1 Arcano V – O Hierofante ou O Papa

 

Eva Veigas

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

  •  
  • Exercícios e Orações

    Numerologia: 2018

    Numerologia

    Significado dos Dias de Nascimento

    Runas

    Tarot

    Videos

    Cursos / Ws Realizados

    PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

    •  
    •  

    Entrevistas

    Parcerias

    Sapo Astral Vídeos

    Sapo Desporto

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D