Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Numerologia Arcana

by Eva Wolf Heart

Numerologia Arcana

by Eva Wolf Heart

11/05/2017 - 17:8

Eva Veigas, 11.05.17

11.jpg

 

 

Quinta-feira,11/5/2017

 

Frequência do dia:11:2

Frequência da data: 17:8

 

 

Dia de Júpiter

Runa do dia: 11 - ISA

Arcano Regente do dia: 2 - A Sacerdotisa Sagrada da Grande Mãe

 

 

Ativar a energia contida no dia de hoje requer mestria, paciência, atenção, uma boa dose de alegria e espírito aventureiro, e, acima de tudo um coração honesto e humilde.

 

 

Chegámos à entrada dos Sagrados Portais Dourados que nos conduzem ao Jardim da Deusa.

Lá dentro, a Grande Sacerdotisa e a sua filha, a Donzela Brigid irão questionar-nos acerca do nosso valor, da nossa dignidade enquanto filhos e filhas da Grande Deusa.

 

Cuidado, sejamos sensatos e sábios ao responder, pois há apenas uma resposta válida e ela deve surgir do nosso coração, sem entraves, nem julgamentos, nem filtros de qualquer espécie. A Deusa conhece-nos e a Sua Serva também.

 

O 11 é símbolo de mestria, do sábio poder sobre nós mesmos, de conhecimento dos Mistérios Antigos. Ele não serve para nos engrandecermos e muito menos para nos devolver a sensação de superioridade sobre os outros.

 

Ter estes números a dançar nos nossos mapas numerológicos, ou outros símbolos que a ele se assemelhem, não é sinónimo de termos adquirido mestria ou sabedoria, é antes um convite a iniciar o percurso para um dia lá chegarmos.

 

Ai daquele que se arvora em mestre dos outros e recebe, cheio de vaidade, os créditos sobre as conquistas de cada um.

 

A Deusa não dorme e os Seus Servos também não.

 

O 17 simboliza a união do princípio Masculino Sagrado com a Sabedoria profunda e meticulosa que nos permite dar direção à nossa vida e nos devolve orientação a cada momento.

 

É um número que verdadeiramente ativado reverbera em nós guiando-nos através das sombras em direção à harmonização e à integração do Ser Cósmico. A caminhada é longa e por vezes apetece desistir, mas da Sombra, a Deusa chama-nos e é impossível não ouvir a sua voz, que ora é doce e suave como o perfume das flores do seu Jardim, ora é aguda e nos espeta com os espinhos das suas rosas.

 

A Runa Isa, também ela correspondente ao Número 11, revela a energia do gelo primordial, da matéria primordial.

 

 

Isa recorda-nos dos momentos em que olhamos noutra direção que não a nossa, e arremessa-nos contra o nosso próprio gelo primordial. Todas aquelas emoções congeladas, estagnadas, todo o nosso frio espiritual, toda a nossa dureza de coração, toda a nossa incapacidade de perceber o quão errados estamos tantas e tantas vezes. Quantas vezes nos encontramos cientes da nossa razão, quando na verdade, nada disso importa!

 

O que importa é deixarmo-nos guiar pela Deusa Imortal, que nos guia de volta ao Caminho, sempre que pedimos e sempre que nos reorganizamos internamente.

 

Que partes de nós estão sob as calotes polares da nossa ignorância?

 

Que dores queremos tão desesperadamente ocultar sob o manto de gelo da nossa ineficiência e da nossa incapacidade de amar todas as nossas partes?

 

Que partes de nós se encontram endurecidas e enrijecidas pelo tempo?

 

Que partes de nós estão enfraquecidas e quase a quebrar pelo peso da zanga, do rancor, da raiva, da inveja, da cobiça, do mal que achamos que nos fizeram, da culpa que carregamos e da culpa que atribuímos aos outros?

 

 

É tempo de meditar profunda e serenamente, de nos retirarmos do mundo, nem que seja durante 5 minutos (5 minutos numa dobra de espaço quântico - de não tempo, de não lugar - é muito tempo), para nos desnudarmos ante a Deusa e nos olharmos desde dentro, percecionando a realidade como nunca antes nos atrevemos a ver.

 

Eva Veigas