Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Numerologia e Tarot: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

Numerologia e Tarot: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

01
Mar18

Numerologia Março 2018

Eva Veigas

 

porta2.jpg

 

 

Regente Numerológico – 14:5

 

 

Dados numerológicos do mês:

- Vibração Universal do ano 2018: 11:2

- Março: 3º mês do ano

- Vibração Universal de Março 2018: 14:5

 

 

"Querer ser livre é também querer livres os outros."

Simone de Beauvoir

 

 

O mês inicia-se novamente numa quinta-feira, tal como o mês passado, pelo que se mantém o tema de Júpiter, que governa o signo de Sagitário e que rege a abundância, o prestígio social e o dinheiro, estando associado à fé, à confiança, ao desenvolvimento e à expansão em diferentes áreas da nossa vida.

 

Assim, temos durante este mês dois períodos especiais e distintos em que estas forças se conjugam e nos revelam importantes lições acerca destes temas. São eles, o período de 8 a 14 e de 22 a 31 de Março.

 

Depois da desafiante e transformadora proposta do mês anterior surge agora Março com nova e vibrante energia sob a forte regência do Número 5.

 

O Número 5 é o Senhor da Mestria e da Liberdade Interior, regido pelo Fogo e pelas suas Salamandras, que queimam tudo o que de nós se foi desprendendo ao longo da transformação a que fomos sujeitos em Fevereiro.

 

Foi muito intensa e dura a prova, mas chegámos inteiros. Talvez ainda não o sintamos na totalidade, mas estamos mais fortes e mais preparados hoje do que ontem. Esta preparação foi absolutamente necessária pois os desafios não terminam, apenas dão lugar a outros.

 

Haverá maior desafio do que alcançar a liberdade interior? Haverá maior desafio, no momento em que nos encontramos, do que nos propormos adquirir um nível de mestria pessoal que nos remeta para um patamar onde deixemos de estar dependentes dos outros a todos os níveis?

 

A compreensão do verdadeiro significado do que está por trás desta “meta” pouco importa agora. O que importa considerar é em que nível de dependência nos encontramos e o que podemos fazer em relação a isso.

 

5 é desprender, é desvincular, é deixar de resistir, é largar, é deixar ir, mas… atenção, este 5 é uma redução de 14, portanto este deixar ir, não é bater com a porta e virar as costas a uma qualquer contrariedade. Não é largar tudo por causa de uma birra. É largar em total consciência, com a compreensão de que é preciso largar para crescer. Se for uma relação é preciso compreender que ambos precisam de crescer e o que pesa é o crescimento e não o ir ou ficar.

 

Por exemplo, por vezes é preciso ficar numa relação para que ambos cresçam, mas isso exigirá que um, ou ambos, largue(m), deixe(m) ir, se desvincule(m) de determinados comportamentos, exigências ou atitudes. Outras vezes, é melhor sair da relação para dar espaço a que as raízes de ambos possam crescer e tornar-se mais fortes. Que esse largar nunca seja feito sob uma energia de vingança, ódio, raiva ou zanga. O mesmo se aplica no trabalho, na amizade, etc.

 

O 14 é um Número que ajuda o indivíduo a organizar-se melhor, a ajustar-se a um novo padrão ou modelo de comportamento, que se espera, seja o próprio a criar. Sempre que seguimos os padrões e os ritmos dos outros ficamos reféns dessas energias e voltamos à dependência, à fé cega e à obstinação.

 

Deixemos de ser Velhos do Restelo e tornemo-nos mais refinados, mais abertos ao novo, ao estranho, ao desconhecido. Deixemos de lado a desconfiança, baixemos a guarda e as espadas, pois as espadas só devem ser levantadas para defender a Vida e a Verdade.

 

A Liberdade pode e deve ser alcançada, mas há um longo caminho a percorrer. Desengane-se quem pensa que a irá atingir numa só vida. Estamos a dar pequenos passos nesse sentido, e muitas vezes, quando olhamos para a nossa própria vida e em nosso redor, constatamos que a Liberdade continua a ser posta em causa. Vemos liberdades, direitos e garantias serem violados a cada momento e até o direito à vida continua a ser-nos muitas (demasiadas) vezes sonegado.

 

Lutamos pela Liberdade, mas não sabemos ainda fazê-lo da melhor forma. Grupos de pessoas lutam por uma liberdade que parece cada vez mais longínqua. Luta-se pela Liberdade com armas em vez de Amor, porque a linguagem do Amor não é aceite, é incompreendida, como sempre foi e será ainda durante muito tempo. Mas é no Amor que reside a semente da concórdia, que um dia nos permitirá viver essa Liberdade, senti-la, experimentá-la. Até lá estamos sujeitos a uma série de Leis Universais, entre elas, a Lei do Retorno, à qual ninguém escapa.

 

O que podemos fazer? Podemos aprender e aplicar a Lei da Temperança (do lat. temperare – temperar), aprendendo a dosear o sal com que temperamos ou não a nossa vida. Se formos exagerados, tanto por excesso como por defeito, tornaremos a nossa vida salgada ou insossa demais. Há que aprender a gerir “o 8 e o 80” e escolher o caminho do meio, pois esse, é o que mais se aproximará da Liberdade e da Mestria internas.

 

Ser Mestre interno é conhecer a fundo cada uma das nossas faculdades, das nossas capacidades, cada um dos nossos limites. É saber quando falar e quando silenciar. É saber respeitar a nós mesmos e aos outros. É saber onde termina a nossa liberdade e começa a do outro.

 

Mantra do mês: Ao encontro do desconhecido em mim.

 

 

Regentes das semanas de Março

 

Número 5 – De 1 a 7 de Março

- Dia 2 – Lua Cheia

 

Esta é a segunda semana numerológica do ano sob a regência do Número 5. A primeira aconteceu entre os dias 8 a 14 de Janeiro, embora com contornos um pouco diferentes, devido aos Números compostos que deram origem ao 5.

Uma semana 5 remete-nos sempre para um período onde podemos fazer uma espécie de balanço do momento em que nos encontramos, tendo em conta o caminho percorrido até aqui e aquele para onde nos estamos a dirigir. É um tempo de reposicionamento. Há muitas mudanças no ar e a energia que transita durante este período a par com a regência do mês, mostra-nos a importância dessas mesmas mudanças.

A Lua Cheia abre praticamente este momento, pois acontece logo no dia 2 e a sua influência prolonga-se até ao meio deste período, ou seja, até ao dia 4 sensivelmente. É tempo de expansão e de ganho de compreensão/luz sobre o momento presente.

O que precisa de ser visto? O que está a ser iluminado desde dentro? Que consciência é esta que vai ganhando forma? O que posso fazer com isto? Que mudança me está a ser pedida? Que caminho estou eu a percorrer? É mesmo isto que eu preciso?

 

Mantra da semana: Permito-me balançar para ganhar equilíbrio.

 

 

Número 7 – De 8 a 14 de Março

- Dia 8 - Dia sob a regência do Número Mestre 22

- Dia 9 – Lua Minguante

 

Primeira semana do ano sob a influência do Número 7, o Senhor do Ar, que nos vem pedir silêncio. É preciso serenar a mente, depois da agitação da semana anterior. Ter em conta também que o mês é marcadamente agitado e possivelmente caótico, pois antes que tudo se reorganize instala-se a confusão e o aparente caos.

O 7 ajuda-nos a afastar um pouco do alvoroço, da inquietação, do nervosismo e da ansiedade por eles causada, permitindo alguns momentos de sossego, de modo a recuperar a serenidade e a calma necessárias ao reequilíbrio interno.

É um bom momento para meditar, refletir, repensar, recolhermo-nos e prepararmo-nos para receber e escutar a nossa intuição, que estará mais afinada do que é habitual. A Lua, na sua fase minguante acompanha-nos e ajuda-nos a permanecer numa certa quietude interna, mesmo que fora de nós tudo pareça demasiado avassalador.

Mantra da semana: Eu Sou Silêncio.

 

 

Número 3 – De 15 a 21 de Março

- Dia 17 - Dia sob a regência do Número Mestre 22

- Dia 17 – Lua Escura (Lua Nova)

 

De assinalar que o dia 17 que é regido pela forte vibração do Número Mestre 22 é também o dia que assinala a entrada da fase da Lua Escura, mostrando assim a importância deste dia e deste período em particular.

A Lua Escura envolve-nos durante este período, cujo regente é 3, um 3 muito interessante pois é redução de 39, um Número secundário que promove a amplificação do Amor em nós, o qual se derrama para fora de nós, através da alegria, da espontaneidade e da capacidade de expressarmos com leveza o que esta dentro de nós.

A alegria é algo que muitas pessoas se queixam de ter perdido. Mas será que algum dia a sentiram verdadeiramente? Quem é genuinamente alegre, jamais perderá a alegria. Portanto, aqueles que a buscam, provavelmente nunca a experimentaram.

Aproveitem este momento para se encontrarem com ela e compreenderem que ser ou estar alegre não é uma coisa mundana, não vos chega por causa de um momento engraçado ou de alguma anedota divertida. Alegria não deve ser confundia com diversão passageira, “risota” ou tolices. Essas coisas são o que são e valem o que valem.

Alegria é um estado natural. É um estado de espírito que nos devolve um estado de amor e de paz, de abundância e de gratidão por tudo o que é.

 

Mantra da semana: Eu Sou o Caminho da Alegria de Ser.

 

 

Número 8 – De 22 a 31 de Março

- Dia 24 – Lua Crescente

- Dia 26 - Dia sob a regência do Número Mestre 22

- Dia 31 – Lua Cheia

 

Este último período de Março é muito rico em possibilidades e vivências, já que o Número 8 é ele mesmo um Número que representa abundância, progresso, amplificação e expansão de toda e qualquer experiência que se nos apresente. É tempo de colheita e de receber. É tempo de abrir os braços à experiência e abraçar tudo o que nos envolve.   

A Lua vai crescer a partir do dia 24 e portanto iremos saindo do período de escuridão, do encontro connosco, onde, supostamente mergulhámos em silêncios profundos, remexendo tenaz, mas alegremente, no fundo da nossa alma em busca de visão e clarificação (no escuro vê-se bastante melhor!).

Nós cresceremos com a Lua, aumentando o nosso poder de mudar e transformar o que precisamos, sempre numa tentativa de melhorar e aprimorar as nossas qualidades e limar as nossas arestas.

No último dia do mês a Lua Cheia iluminará de novo os nossos rostos e os nossos corpos; é tempo de colheita, que será, como sempre, farta para uns e fraca para outros, de acordo com o mérito e com o que cada um plantou.

É com esses frutos que nos nutriremos no mês seguinte.

 

Mantra da semana: Eu Sou o Progresso em acção.

 

 

Eva Vilela Veigas

 

Mais sobre mim

foto do autor

Contactos

Email: evaveigas@sapo.pt

Follow me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • Exercícios e Orações

    Numerologia: 2018

    Numerologia

    Significado dos Dias de Nascimento

    Runas

    Tarot

    Videos

    Cursos / Ws Realizados

    PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

    •  
    •  

    Entrevistas

    Parcerias

    Sapo Astral Vídeos

    Sapo Desporto

    Arquivo

      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D