Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Numerologia: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

Numerologia: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

Numerologia: 20/9/2018

20.09.18 | Eva Veigas

green ocean waves during daytime

 

Photo by Paolo Nicolello

 

Essência do Dia ~ 20/9/2018 ~ Tom Magnético da Ordem Cósmica ~ 22:4

 

 

20 de Setembro de 2018 ou 2:9:2, produz uma onda gigante que agita as nossas águas mais profundas, aquelas que, não se encontrando estagnadas, se encontram a grande profundidade no nosso oceano interior de emoções. Esta onda anuncia que os nossos campos emocionais serão deslocados a grande velocidade provocando avultados rasgos nas nossas, aparentemente, tranquilas vidas.

 

Toda esta agitação serve um Propósito Maior o qual iremos aceitar, mas não sem antes o compreendermos, pois aceitar sem compreender e entender, pelos menos algumas partes das peças deste puzzle gigantesco, não nos fará qualquer sentido, tampouco nos ajudará a conhecer mais de nós mesmos ou a entender como vivemos a nossa dualidade.

 

Esta onda tem de ser entendida como uma necessidade, uma bênção, pois ela nos trará grandes oportunidades de crescimento e de aprendizagem, sobretudo acerca de como o que se passa dentro de nós (quer disso tenhamos maior ou menor consciência) afecta directamente o nosso comportamento, o nosso humor, as nossas atitudes em relação aos outros, as nossas decisões, as nossas acções e assim por diante.

 

A Ordem Cósmica reflecte-se na ordem humana, o grande no pequeno e vice-versa. É um momento impactante para nós, pois  ainda recentemente, vivemos vários meses numa espécie de adormecimento, de letargia profunda, onde nada parecia estar a suceder e de repente, recomeçámos a nossa escalada, como se tivéssemos sido tomados por um súbito estímulo que surgiu não sabemos bem de onde. Apenas sabemos que é preciso continuar, que é bom continuar, que é importante continuar esta caminhada.

 

Sentimo-nos um pouco como uma gigantesca onda do mar, que antes de se formar, recua para bem longe da costa e ganhando força e volume, sobe em direcção aos céus, ganha uma crista e avança em direcção a terra firme.

 

Assim estamos nós, na crista dessa onda, como uma vertigem, seremos atirados para terra, em direcção ao chão. Pode ser que nos estatelemos ao comprido ou que sejamos arremessados contra as rochas, porém nada há a temer, pois não é do nosso corpo físico que falo, mas, sobretudo do emocional.

 

Estamos sob a regência de um 9 e de um 11 durante todo este mês e hoje, mais do que em qualquer outro dia, esses números ganham força, tornam-se mais visíveis, poder-se-ia afirmar quase palpáveis.

 

Esta onda será filtrada através das peneiras de 9 e 11, portanto tudo o que não tiver sustentação, tudo o que for inútil, supérfluo, fingido, manipulado, falso… irá simplesmente ser destronado pelo movimento fortíssimo destas Águas Sagradas que há muito aguardam pela oportunidade de fazer o seu trabalho – o de nos devolver a verdade pura e cristalina, como pura e cristalina é esta Água Sagrada.

 

Porém, esta onda fará mais do que nos desarrumar por dentro. A sua velocidade e intensidade surge de tal forma que “estranhamente” nos dará tempo para nos reorganizarmos outra vez antes que este dia termine e dê lugar a outro.

 

Haverá lugar a silêncios profundos e algo pesados, para logo depois surgir uma extraordinária vontade de agir imediatamente após termos visto e observado onde se encontrava o nosso engano, a nossa ilusão, o nosso erro. Véus serão levantados e rasgados ao longo do dia, num movimento amplo e ordenado, não deixando margem para equívocos ou dúvidas da nossa parte.

 

Para quem estiver atento e apto a aprender, numa postura humilde e de grande abertura este dia será uma grande e única oportunidade a não ser desperdiçada.

 

Eva Veigas