Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Numerologia e Tarot: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

Numerologia e Tarot: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

18
Set18

Numerologia: 18/9/2018

Eva Veigas
 silhouette of man standing on hill during starry night
 
Photo by Joshua Earle
 
 
Essência do Dia ~ 18/9/2018 ~Tom Cósmico da Cooperação ~ 29:11:2
 
 

O Tom Cósmico da Cooperação liberta o poder encerrado em 18:9:18 ou 9:9:9. Na verdade, trata-se de um triplo 9 que contém em si mesmo mistérios prontos a serem descodificados, embora essa não seja, para muitos, uma tarefa fácil ou sequer passível de ser imediatamente desvendada.

 

 

A fim de usar o Poder da Cooperação connosco mesmos ou com os outros precisamos de nos abrir a todas as possibilidades e a todas as realidades. Um triplo 9 muda a realidade ou o cenário em que se vive, pois abre as portas do sonho, do imaginário e do real onde tudo se combina perfeitamente, já que um não se distingue do outro.

 

Somos livres de sonhar a nossa realidade, uma e outra vez, mas para isso precisamos de nos retirar um pouco do mundo, mesmo que por breves segundos, a princípio, e, depois, ir aumentando esses momentos com o intuito de adquirir prática.

 

Nesse espaço de silêncio e paz podemos ver e escutar outras realidades, podemos sonhar dentro do nosso sonho, recriando estruturas internas complexas, descongelando partes integrantes dessa nossa estrutura rígida que assenta em princípios e verdades obsoletas, que estagnaram no tempo e no espaço das nossas eternidades.

 

Retirarmo-nos do mundo não significa fugir das nossas responsabilidades, mas antes aprender a criar espaços seguros onde nos seja possível aprender (connosco e através dos outros) acerca das nossas capacidades e habilidades criativas e de como podemos contribuir para a criação do novo, de um novo modelo, de um novo mundo...

 

A fim de sermos bem-sucedidos em qualquer empreendimento na nossa vida, precisamos de saber ir largando o apego ao que vamos fazendo, conquistando, construindo ou destruindo.

 

Saber largar não significa desprezar, ignorar ou virar as costas, mas apenas validar o que se fez, com a consciência de que se fez o melhor dentro das nossas possibilidades. Se nos sentimos mal com a nossa consciência é porque de alguma forma sabemos que não demos o nosso melhor.

 

Porém, dado que o passado não pode ser alterado, porquanto ele invade a nossa memória a todo o momento, mais vale pacificarmo-nos com essa questão e seguir em frente, tentando resolver o que ainda for passível de ser resolvido, da melhor forma que pudermos e soubermos.

 

E se estivermos dispostos a resolver alguma coisa do passado que ficou por concluir, por dizer ou por fazer, é para resolver mesmo e não para colocar pensos rápidos nas feridas ensanguentadas ou nas fracturas expostas, porque isso, todos sabemos que não irá resultar.

 

Se é para resolver então acerquemo-nos de nós mesmos em silêncio e aceitação total por tudo o que somos e representamos na nossa própria vida.

Olhemos para a nossa profundidade mas não para ficarmos lá, agarrados aos dramas passados, mas antes para avançarmos na vida, usando o poder de construir, colaborando com o mundo, com os outros e connosco mesmos, disponibilizando o nosso conhecimento, colocando a nossa experiência em movimento, ao Serviço, numa entrega despojada da necessidade de sermos reconhecidos.

 

Estamos aqui para viver e para nos tornarmos humildes e pequenos entre os Homens e não o contrário!

 

Eva Veigas

Mais sobre mim

foto do autor

Contactos

Email: evaveigas@sapo.pt

Follow me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • Exercícios e Orações

    Numerologia: 2018

    Numerologia

    Significado dos Dias de Nascimento

    Runas

    Tarot

    Videos

    Cursos / Ws Realizados

    PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

    •  
    •  

    Entrevistas

    Parcerias

    Sapo Astral Vídeos

    Sapo Desporto

    Arquivo

      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D