Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eva Veigas ~ Medicine Woman

"O tempo é como a onda que chega à costa. Ela leva algumas coisas, mas traz outras.” ― Amy Neftzger

Eva Veigas ~ Medicine Woman

"O tempo é como a onda que chega à costa. Ela leva algumas coisas, mas traz outras.” ― Amy Neftzger

02
Mar15

Necessidades do ego versus Necessidades da essência

Eva Veigas

 

 

gnome1.jpg

 

O ego tem muita necessidade de se afirmar. Ele quer afirmar-se de todas as formas que conhece tentando manipular a atenção de todos em seu redor.

 

Quando um ser humano se refere a algo que já vivenciou ou experimentou de uma forma leve, sem julgamentos nem interferências do seu próprio ego, pois o Espírito falou através dele, logo emergem muitos egos ao seu redor opinando, desdenhando com altivez, ou seja , tentando baixar a frequência desse ser humano, ou, por outro lado elevando para patamares que também não são a realidade que esse ser humano experimentou, tentando, mais uma vez através da manipulação “endeusá-lo. De uma maneira ou de outra pretende-se sempre com isso, consciente ou inconscientemente chamar a atenção sobre si mesmo.

 

O ego tem destas necessidades. Não lhe basta ouvir, integrar e fazer a própria síntese, isto, quando permite sequer que o outro chegue a concluir a partilha que iniciou. Na maior parte das vezes os egos tiram conclusões precipitadas, tão entretidos que estão em julgar os outros, sem nunca terem passado por determinadas vivências.

 

É preciso, começar a aprender a adestrar o ego, pois ele é indisciplinado, não gosta de regras, nem de obedecer a frequências mais elevadas onde a linguagem é de tal modo simples e amorosa que isso o chega a irritar, pois não se pode entender a linguagem do coração até se ter caído dentro do próprio coração.

 

O ego é muito importante no nosso caminho espiritual, pois é através dele que entramos em contacto, no início da caminhada, com os aspectos mais leves da nossa alma, com o lado mais inefável do Ser, e isso de início pode ser de tal modo assustador, que é preferível escarnecer, desdenhar ou virar as costas ao chamamento.

Sim, a alma chama-nos, a nossa essência lança apelos desde a nossa mais tenra idade, em todas as existências terrenas, mas nós teimamos em ignorá-la. Preferimos seguir o nosso caminho de teimosia, de indiferença em relação aos outros e a tudo o que nos rodeia, e essa escolha é-nos dada, através do nosso livre-arbítrio.

A essência não nos condena, nem nos julga, porque ela não tem necessidades.

 

Oh! Mas devem estar admirados… então agora estou a contradizer-me? Então o título desta pequena mensagem não é exactamente “Necessidades do ego versus Necessidades da essência”?

 

E agora digo que afinal a essência não tem necessidades?

 

Digo, sim! Afirmo e repito!

 

O título foi só para confundir os egos dos mais distraídos, porque os atentos, esses repararam logo na “armadilha”.

A essência não tem necessidade de nada porque ela já É! A essência não existe para prover as necessidades do ego. Pois… não mesmo!

 

A essência tem todo o tempo do mundo, todas as eternidades, pois o seu “papel” serve “apenas” a função de nos ajudar a cumprir-nos a cada momento. O seu chamamento um “dia” (um momento qualquer da existência) vai ser ouvido e nesse momento tudo o que foi, deixará de existir.

 

E a essência será revelada ainda no corpo físico, pois nesse momento todos poderão observar que aquela alma foi tocada pelo Grande Espírito, porque ela se permitiu receber toda a Compreensão, toda a Cura, toda a Harmonia, toda a Beleza, toda a Generosidade que lhe estava destinada podendo assim cumprir-se em Amor.

 

Onde está a tua necessidade agora?

 

 

Eva Colibri Azul 11

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

  •  
  • Exercícios e Orações

    Numerologia: 2018

    Numerologia

    Runas

    Tarot

    Videos

    Cursos / Ws Realizados

    PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

    •  
    •  

    Entrevistas

    Parcerias

    Sapo Astral Vídeos

    Sapo Desporto

    Arquivo

      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D