Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eva Veigas

Medicina para a Alma

Eva Veigas

Medicina para a Alma

Ano Pessoal 7 em 2015

Conjunção do Ano Pessoal 7 ou do Ciclo de Aniversário 7 com o Ano Universal 8

 

 

ap7.jpg

 

 

“Não podes ajudar ninguém a subir a montanha sem te aproximares do cimo.”

 

Provérbio

 

 

 

7 – 8 (Ar / Terra)

Esta é uma das combinações mais difíceis do ano. A vibração do 7 está alinhada com a espiritualidade e com todos os aspetos psicológicos dos seres humanos, enquanto o 8 está alinhado com a materialidade, o materialismo e o corpo físico. São assim frequências aparentemente opostas que produzem na prática uma divisão interna em muitos de nós.

A verdade é que não existe nada de errado nesta combinação, aliás, em termos cósmicos tudo funciona na perfeição.

A questão fundamental reside nas crenças de cada um, sobretudo naqueles que ainda creem que para sermos espirituais temos que nos despojar dos bens materiais.

A ser assim, nem deveríamos ter corpo físico, pois o corpo, como já referi, está codificado na esfera material da vida. Mas o problema não está no corpo, está na mente de quem alimenta crenças limitadoras e que ao longo dos anos foram sendo mais e mais alteradas, comprometendo gravemente a forma como vemos quer o mundo do espírito quer o da matéria.

É por isso que o ano será muitíssimo desafiante, porque de facto, estas energias irão levantar as grandes questões filosóficas que acompanham o Homem desde a primeira vez que ele questionou quem é, de onde vem e para onde vai?

Em primeiro lugar há que compreender que tudo é energia. A energia pode estar mais ou menos visível (aos nossos olhos físicos) dependendo se ela se encontra no plano mental, emocional ou físico, onde é mais densa, logo palpável e visível, concreta.

Esta combinação faz-nos pensar em optar por uma das polaridades, enquanto não acedemos a frequências mais elevadas de conhecimento e consciência. Na verdade, o que esta vibração nos pede é que tenhamos a capacidade de deitar por terra um conceito tão obsoleto e rocambolesco como o de acharmos que a matéria está desligada do espírito. Se assim fosse a matéria seria inanimada e hoje sabe-se que nada poderia estar mais longe da verdade. Porém este conhecimento não é novo, bem pelo contrário, a novidade prende-se com o facto de nos nossos dias dispormos de ferramentas científicas, que apenas nos ajudam a comprovar a informação que nos foi legada pelos nossos ancestrais, nesse passado tão longínquo para nós.

Nós somos energia, a matéria que cobre o nosso corpo físico é energia os nossos objetos, os bens materiais, as casas, os carros, tudo o que é visível é energia desacelerada. E por que as partículas de energia desaceleraram tanto tornaram-se densas, logo visíveis.

Portanto, a matéria já é sagrada, divina, espiritual, nós só temos que reconhecer esse facto.

 

Ponto Forte desta conjunção

Este ano é para resgatar a nossa paixão pela vida. Muitos vivem na desesperança, sentem-se por demais infelizes, sós, melancólicos, etc. Perderam a alegria de viver, perderam a paixão, aquela “coisa” que nos faz saltar da cama e ir lá para fora, dar o nosso contributo para enriquecer este mundo, já de si tão belo e maravilhoso. Temos que nos apaixonar, mas não pelo outro em primeiro lugar. Temos que nos apaixonar por quem somos, pela nossa essência, pela nossa luz, pela nossa capacidade de sorrir e fazer sorrir… temos que nos apaixonar por nós e manter acesa essa paixão a cada momento.

Temos que sentir borboletas na barriga, pois essas borboletas mais não são do que a nossa maravilhosa energia que é recarregada a cada instante, pois é enviada pelos canais, com os quais hoje em dia já estamos tão familiarizados – os chakras.

Portanto há que manter os canais limpos de detritos pesados (estados mentais negativos, estados emocionais descontrolados, etc.).

Só dessa forma podemos receber mais e mais energia, para que as nossas células, mergulhadas nessa luz possam despertar e brilhar como pequenos sóis. É por isso que brilhamos, percebem?

Apaixonemo-nos por Tudo, pelo Todo e pela Parte, para que coletivamente seja possível integrar mais e mais informação / luz / amor.

 

Ponto Fraco desta conjunção

A falta de determinação e a incapacidade de confiar em nós mesmos é a tónica deste ponto fraco. O 7 representa aspetos da mente pensante, configurando sistemas de crenças tanto limitadoras quanto potenciadoras. Assim, o ponto fraco dominará precisamente aqueles que se autossabotam devido ao tipo de pensamentos corrosivos que alimentam diariamente. Este padrão de pensamento negativo leva-os para frequências do 7 que vibram na densidade, remetendo-os para um silêncio por vezes assustador ao mesmo tempo que criam fortes barreiras que impedem o seu normal relacionamento com as outras pessoas.

O grande desafio deste ano será precisamente contrariar esta tendência e ir verificando os seus padrões repetitivos. Seria bom ir anotando em que circunstâncias estes padrões ficam mais vincados, dessa forma poderão começar um trabalho interno de auto-observação com o intuito de ir mudando o que tiver de ser mudado. A mente/ego cria diversas ilusões e distrações para manipular a essência. Apenas os mais atentos conseguirão romper com o padrão.

 

heart1.jpg

 

Amor / Afetos / Família

Se quiser evitar problemas nesta área terá que prestar mais atenção aos que o rodeiam, sobretudo à sua família, mais próxima. O seu par ou os seus filhos poderão sofrer com o seu “afastamento” durante este período, pois eles não irão entender que precisa de se distanciar um pouco do mundo ao longo deste ano. Na verdade, gostaria de poder retirar-se do mundo e ficar a sós consigo mesmo, e, de facto isso seria o ideal, porém, sabemos que na prática isso não será possível, pelo menos na grande maioria dos casos.

Sendo assim, e caso sinta de forma muito intensa essa necessidade de se isolar, fale com a sua família acerca das suas necessidades, exponha sem receio de ser julgado que precisa de um tempo para si. É preferível tomar um tipo de atitude deste género do que gerar a dúvida ou o mal-estar no seu seio familiar. Lembre-se que a vibração universal do ano 2015 é 8 e que o Senhor da Expansão amplia tudo em qualquer uma das polaridades.

 

dinheiro.jpg

 

 

Dinheiro / Finanças / Trabalho

Nesta área é necessária muita cautela, pois este não é um ano indicado para grandes investimentos financeiros. Será melhor aguardar por anos mais propícios. Para quem anda à procura de emprego também não é um ano fácil, dado que estará sob uma vibração mais introspetiva e com muito pouca vontade de se expor. Além disso a sua desconfiança e a sua falta de fé também estarão em causa o que tornará tudo mais complicado. Neste caso terá que resgatar a fé e a confiança em si mesmo, nos outros e na vida.

Haverá mais oportunidades para os especialistas das diversas áreas, pois este é o seu ano: investigadores em qualquer área, professores, mecânicos, pilotos, enfim, quanto mais especializado, melhor.

 

saude.jpg

 

Saúde

No campo da saúde deverá estar atento a tudo o que se relacione com a esfera mental. Este é um campo sensível, pois uma mente desordenada, cheia de problemas, incapaz de ver as soluções pode ter comportamentos desajustados face à vida e aos outros. Portanto convém aprender a relevar certos problemas, a encarar um facto de cada vez, e sobretudo convém respirar.

Aproveite aqueles momentos em que quer estar sozinho e faça uma caminhada, à beira mar, num jardim, num bosque. Aproveite e faça da caminhada uma meditação.

 

espiritualidade.jpg

 

Espiritualidade

Na área da espiritualidade estão várias lições para aprender e este é um campo fértil para a evolução da alma.

A nossa alma busca por um constante amadurecimento, ela quer aprender sempre mais e mais. É como uma criança que se deslumbra a cada descoberta. É o ego que distorce a beleza destas aprendizagens procurando a todo o custo arranjar desculpas para não nos deixar ir mais longe e mais fundo em nós.

Portanto temos aqui uma magnífica oportunidade para amadurecer a nossa alma. Os mais maduros e inteligentes do ponto de vista emocional são aqueles que olham para a vida como uma eterna bênção e fonte de aprendizagem.

Cabe a cada um de nós escolher o caminho para fazer esse crescimento.

 

sep.jpg

 

Anos Pessoais e Ciclos de Aniversário

 

Ano Pessoal – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia 1 de Janeiro e termina no dia 31 de Dezembro.

Calcula-se somando o dia e o mês de nascimento à vibração do ano universal que se quiser calcular.

 

Ciclo de Aniversário – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia do aniversário e termina na véspera do dia de aniversário seguinte.

Calcula-se somando os resultados das reduções do ano de nascimento e do ano que se pretender calcular.

 

Exemplo: pessoa nascida a 12/6/1957.

 

Cálculo do ano pessoal para 2015:

12/06/2015 = 1 + 2 + 6 + 2 + 1 + 5 = 17 = 1 + 7 = 8

Ano pessoal 8 – influência do ano pessoal tem início em 01/01/2015 e termina em 31/12/2015.

 

Cálculo do Ciclo de Aniversário para 2015:

1957 = 1 + 9 + 5 + 7 = 22

2015 = 2 + 0 + 1 + 5 = 8

22 + 8 = 30

30 = 3 + 0 = 3

Ciclo de aniversário 3 – influência do ciclo de aniversário tem início no dia 12/06/2015 e termina em 11/6/2016.

 

Nestes casos aconselho a ler as duas combinações possíveis para 2015.

Exemplo: Leia a conjunção do Ano Pessoal 8 com o Ano Universal 8 e depois leia a conjunção do Ciclo de Aniversário 3 com o Ano Universal 8. Cruze os dados de ambos os textos e terá uma visão ainda mais ampliada do que o espera em 2015.

 

Os anos pessoais e os ciclos de aniversário permitem obter uma leitura única e personalizada num mapa numerológico natal, pois possibilitam contextualizar qualquer momento passado, presente ou futuro, no desenrolar dos grandes ciclos de vida, ajudando-nos a escolher de acordo com o fluxo natural da nossa própria energia. Para quê fazer escolhas num sentido se as nossas vibrações mostram tão claramente o caminho?

 

Eva Vilela Veigas

 

Eva Veigas

foto do autor

Contactos

Email: evaveigas@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

  •  
  • Exercícios e Orações

    Numerologia: 2018

    Numerologia

    Significado dos Dias de Nascimento

    Runas

    Tarot

    Videos

    Cursos / Ws Realizados

    PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

    •  
    •  

    Entrevistas

    Parcerias

    Sapo Astral Vídeos

    Sapo Desporto

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D