Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eva Veigas

Medicina para a Alma

Eva Veigas

Medicina para a Alma

Ano Pessoal 1 em 2018

ap118.jpg

 

O Ano Pessoal 1 em 2018 resulta da redução dos Números 19 ou 28. Portanto quem está num ano Pessoal 1 receberá influência de um destes Números conforme a data do seu nascimento.

 

Em ambos os casos trata-se de um ano para procurar motivação nas mais pequenas coisas, sem esperar pelo apoio ou pelo incentivo de ninguém. A persistência, a determinação, a fé e a confiança em si mesmos, deverá ajudá-los a viver este ano pessoal com alegria e vontade de superar todo e qualquer obstáculo.

 

Este ano 1 faz um aspeto positivo com o Número do ano universal que é 11, portanto, trata-se de um ano com características um pouco diferentes das habituais.

O 1 triplicado revela a força e a intensidade criada pelo movimento sinérgico dos três 1s, que articulados entre si, em diferentes graus, representam todos os inícios, todas as iniciativas, toda a ação pioneira, todo o empreendedorismo, enfim, todo o potencial adormecido na semente da evolução e do progresso. Evidentemente, este é o ano que abre um novo ciclo, de todos aqueles que estiverem em 2018, a viver num ano pessoal 1.

 

A última vez que este trânsito numerológico se verificou foi em 2009 e a próxima será em 2027. Em qualquer dos casos nada se repete, pois as oportunidades, ainda que regressem ciclicamente, nunca serão exatamente iguais, mesmo que à primeira vista possam ter em comum muitos aspetos essenciais. Deste modo, há que aproveitar, diria eu, as especificidades deste ano 1 que faz um trânsito numerológico auspicioso ao 11 - regente numerológico de 2018.

 

19/1 – Será um ano muito forte embora um pouco fechado em si mesmo, pois possui a força igualmente intensa do 1 e do 9, os Números que abrem e fecham ciclos (mais ou menos longos). Talvez por essa razão a tendência se concentre em querer absorver demasiadas coisas ao mesmo tempo, na medida em que existe um desejo intenso de começar e terminar toda e qualquer tarefa a que se proponha. Todavia, é preciso contar com os imprevistos e com toda a espécie de impedimentos para não ser conduzido a níveis demasiado elevados de frustração e irritabilidade.

 

28/1 – Será um ano onde o potencial de realização será mais vincado. A capacidade do 8 de materializar a substância do plano mental será fortíssima se a somarmos à sensibilidade e à intuição infalível do 2. O mundo dos negócios será o mais destacado, o que equivale a dizer que deverá ter em consideração os relacionamentos de um modo geral, pois pessoas representam oportunidades, especialmente se soubermos respeitar o essencial – a confiança mútua.

 

O aspeto mais importante ou ponto forte deste ano está sob a regência do Número 3 e recai sobre a extraordinária capacidade de criar soluções a partir do nada. Isto pode parecer avassalador ou até exagerado, mas a configuração deste trânsito apresenta uma explosão de criatividade, onde a mente racional terá a possibilidade de se unir a uma sensibilidade muito especial, criando soluções inesperadas, capazes de resolver muitos problemas com os quais se tem debatido nos últimos meses ou mesmo anos.

 

A capacidade para gerar soluções criativas, pressupõe que se está habilitado a usar e a movimentar um poder interior muito grande, que movimenta enormes massas de energia positiva e construtiva. Porém, um grande número de pessoas sente-se completamente incapaz de o fazer, porque, e acima de tudo, não sabe como expressar as suas emoções nem a sua criatividade.

Ora, como sabemos, um dos fatores que mais afeta as pessoas, em diferentes graus e esferas da vida, é, exatamente, o bloqueio criativo. Podemos comparar este bloqueio a uma engrenagem avariada, enferrujada ou desafinada.

 

Expressar emoções é algo que deixa muitas pessoas num estado de profundo constrangimento, embaraço, vergonha, insegurança e ansiedade. Em muitos casos não sabem identificá-las e ainda menos o que fazer com elas, já que no seu interior experimentam uma luta constante entre o que sentem e o que dizem. Para além disso, existe uma forte tendência para racionalizarem o que estão a sentir, o que dificulta sobremaneira este processo.

 

Todos conhecemos pessoas que experimentam uma profunda dor, quer através dos seus silêncios e mutismos, quer através da sua agressividade ou indiferença, no que toca a expressar o que sentem.

 

As pessoas que estão sob a influência deste ano pessoal 1, poderão sentir esta dor agudizar-se ou acentuar-se, para poderem observar e compreender o que se está a passar no seu interior, tendo assim uma oportunidade de fazer algo por si mesmas, isto é, de transformar essa dor, aprendendo a expressar corretamente as suas emoções.

 

Tudo o que não é dito ou verbalizado é retido, gerando um bloqueio emocional e criativo (engole-se a emoção, retém-se ou impede-se a energia de fluir, bloqueia-se a expressão e a criatividade).

 

Tudo o que é dito ou verbalizado de forma agressiva gera uma distorção da própria energia do indivíduo o que bloqueia novamente o espirito criativo (sente-se uma coisa, pensa-se uma outra e verbaliza-se ainda uma outra completamente diferente).

 

Uma forma de libertar energia criativa que tem estado reprimida há muito tempo é fazer um trabalho de identificação acerca das suas principais qualidades e características positivas. Depois de as identificar poderá meditar sobre cada uma delas e reconhecê-las em si mesmo (ainda que possa reconhecer também o facto de ter dificuldade para as usar). Poderá escrever sobre cada uma das qualidades que deseja expressar e começar a aplicá-las na sua vida. Se fizer esta identificação com toda a honestidade e integridade, poderá obter uma visão maior acerca do que o tem estado a impedir de se expressar criativamente em áreas específicas da sua vida ou em todas de uma maneira geral.

 

O ponto fraco do ano é regido pelo Número 1, por isso poderá sentir como principal dificuldade uma ausência ou um decréscimo de confiança em si mesmo. Portanto, há que explorar os seus níveis de insegurança e medo de ser bem-sucedido na vida.

 

A dúvida não é necessariamente má, conquanto não tome conta da sua vida e o imobilize de tal forma, que não consiga tomar decisões de modo a manter-se fiel às suas intenções, correndo o risco de perder excelentes oportunidades na vida.

 

Eva Veigas

Eva Veigas

foto do autor

Contactos

Email: evaveigas@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

  •  
  • Exercícios e Orações

    Numerologia: 2018

    Numerologia

    Significado dos Dias de Nascimento

    Runas

    Tarot

    Videos

    Cursos / Ws Realizados

    PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

    •  
    •  

    Entrevistas

    Parcerias

    Sapo Astral Vídeos

    Sapo Desporto

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D