Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Numerologia, Arcanos & Cia. by Eva Veigas

Numerologia, Arcanos & Cia. by Eva Veigas

26.04.20

15:6 - Regente Numerológico de 25/04/2020


Eva Veigas

blog_1.jpg

Imagem: Dmitry Tulupov

 

O Dia em que se comemora a Liberdade fica marcado pelo confinamento imposto pela situação actual.

O Número 6, que governa este dia, está também presente numa outra posição do mapa diário, o que nos permite compreender que hoje, tal como há, 46 anos ou tal como em determinados momentos cruciais, quer a nível individual, quer colectivo, é preciso continuar a Escolher!

Escolher nem sempre é fácil, pois muitas vezes receamos errar, outras vezes adiamos a escolha, pois só tomaremos tal ou tal decisão se nos assegurarem que tudo vai dar certo. Ora, como tal não é possível, abstemos-nos de tomar determinado caminho, e permanecemos à espera do dia ou do momento em que iremos receber o sinal verde para avançar - coisa que nunca acontecerá! Nesse caso estagnaremos e faremos outra escolha - a escolha de não escolher!

Portanto, façamos nós o que fizermos, fujamos ou permaneçamos hirtos, tudo nos levará à inevitabilidade da escolha.

Daí a importância de escolher em consciência. Mas para o fazer é preciso ter presente, de modo claro e distinto, que a responsabilidade de qualquer decisão, é, em última análise sempre nossa e que as consequências, sejam elas quais forem, dessa atitude, recairão sobre nós de igual modo.

Não adianta pois atirar para cima dos outros a culpa ou a responsabilidade daquilo que nos acontece.

A escolha quase sempre flutua entre o coração e a razão, e aquilo que hoje nos é pedido, é, que em vez de nos decidirmos por um ou por outro lado, busquemos unir estes dois pólos e dessa forma tornemos possível sustentar uma outra forma de Escolher!

O que está em causa neste dia, ou seja, as principais dificuldades, obstáculos ou problemas, tem relação com questões associadas à nossa capacidade de criar soluções, as quais estão presas, congeladas nas águas do subconsciente.

Este é o momento de proceder ao descongelamento das emoções presas no gelo, que em contacto com um pequeno movimento (por exemplo colocando as mãos sobre o cardíaco) começarão a mover-se, libertando o poder que aí permaneceu oculto por muito tempo.

Emoções presas, à luz da Numerologia de hoje, podem ser identificadas como dificuldade em descontrair, em chorar, em rir até soltar lágrimas, em libertar a mente dos seus condicionamentos, dos seus sistemas intrincados de crenças negativas, limitativas ou de impressões ou estímulos negativos recebidas do exterior, em expressar claramente o que se deseja, em sentir prazer nas pequenas coisas da vida, em sentir-se parte de uma grande família humana e cósmica.

Feridas como rejeição, abandono, vergonha, etc. resultam em mais resistência à vida, e consequentemente à dificuldade em fazer a escolha adequada. Adequada ao momento e à condição de cada um.

É importante tornarmo-nos flexíveis como a Água e contornar os obstáculos, em vez de lhes resistir.

A nossa Fé também está a ser revista sob o olhar atento do Número 25 e de um outro Número presente no mapa de hoje, que é o 16. Ambos se referem à Fé e à importância do Elemento Ar, aquele que transporta as nossas ideias, sonhos, pensamentos, ideais, filosofias, formas-pensamento que dão vida aos nossos mais nobres sonhos ou aos nossos maiores pesadelos.

Portanto é tempo de dar bom uso à nossa forma de crear - às nossas creações - porque a nossa criatividade, que tem estado presa, bloqueada, estagnada, pode agora regressar à vida, livre do medo e dos condicionamentos de outros tempos.

 

 

Eva Veigas