Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

𝓔𝓿𝓪 𝓥𝓮𝓲𝓰𝓪𝓼

Arqueologia da Alma - Numerologia & Tarot

𝓔𝓿𝓪 𝓥𝓮𝓲𝓰𝓪𝓼

Arqueologia da Alma - Numerologia & Tarot

Movimento de transição da energia entre Agosto e Setembro 2022

hummingbird-hawk-moth-7386464_1920.jpg

Movimento de transição da energia entre Agosto e Setembro 2022

 

Passamos um momento de transição bastante desafiante, na realidade, é mais um, entre tantos que já passámos e outros tantos que iremos passar. A tendência não apresenta indícios de acalmia, bem pelo contrário, mas isso não significa que os eventos e as experiências que viveremos sejam forçosamente negativas, até porque isso depende da nossa perspectiva, experiência de vida, sabedoria interna, postura e atitude diante das contrariedades, dos desafios e das armadilhas próprias desta caminhada na Terra.

Em termos numerológicos, dizemos que nos encontramos em transição, por exemplo, nos períodos que abrangem os últimos 10 dias de um mês e, os primeiros 10 dias do mês seguinte.

No que diz respeito ao momento presente, o período que teve início em 22/8/2022 e que irá terminar em 31/8/2022, está sob a regência do Número 22; enquanto o período que se inicia no dia 1/9/2022 e termina no dia 7/9/2022, estará sob a influência do Número 6, o qual irá reger, também, todo o mês de Setembro; finalmente teremos ainda a influência do Número 3 que se inicia no dia 8/9/2022 e continua até ao dia 14/9/2022. Mas claro a zona de influência desta transição termina dia 10/9/2022, sob a influência do 3.

Esta transição diz respeito a essa mudança gradual, que todos iremos sentindo, enquanto o 22 vai dando lugar ao 6 e posteriormente ao 3. Mas nós vamos fixar-nos apenas na transição do 22 para o 6.

Na prática, isso pode ser um pouco desconcertante, dado que sairemos de um lugar em que a energia é muito alta - do nível da alta frequência -, para uma energia mais baixa - e por baixa não quero dizer, negativa ou densa, muito pelo contrário. O que acontece é que as frequências dos Números se apresentam de modo muito distinto, sendo que algumas pertencem a dimensões ou campos onde essas frequências são muitíssimo subtis ou elevadas, que é o caso do 22.

Ora, nem todos os seres humanos são capazes de captar essas frequências, pois para isso teriam que apurar, previamente, muitas das suas habilidades naturais, as quais nunca foram experimentadas, porque nunca criaram espaço dentro de si para as conhecerem, para as reconhecerem em si mesmos, para as sentir, usar, compreender e manipular, no sentido de as fazer funcionar de forma eficiente, em seu proveito e em proveito dos demais, do Todo.

Assim, não colocar esses recursos ao Serviço do Bem Maior, significa que toda essa carga energética (referente aos temas do 22) se encontra estagnada, parada, não podendo ser alcançada pelos próprios seres humanos. No entanto a energia em si mesma está sempre vibrando – só não está sendo utilizada por quem deveria prestar atenção nela.

Posto isto, já podemos compreender melhor porque é que este impacto será mais forte, isto é, saímos da zona de influência de 22, que é o Número que permite empreender projectos de grande responsabilidade, de grande envergadura, abrangência, alcance e de grandes repercussões, para a influência do 6, que é o número que nos irá cobrar todo o movimento realizado neste final de Agosto.

Portanto, se iniciámos algo, com uma determinada intenção, apoiados pela nossa forte intuição, presentes e conscientes dos nossos passos e acções (sobretudo aqueles que estão a ressoar com a mudança pedida pelo Número 5, regente de Agosto), então em 6 seremos questionados acerca desse movimento: se estamos realmente aptos a levar esses propósitos adiante ou se simplesmente deixámos apagar essa chama, essa força, essa determinação, essa garra, esse planeamento (que vem apoiado e sustentado pelo 22); se nos responsabilizamos pelos nossos actos e palavras ou se deixamos cair o véu e percebemos que demos um passo maior do que a perna.

Na verdade, qualquer coisa que seja iniciada sob esta vibração do final de Agosto, terá um impacto e uma repercussão fortíssima, mais à frente na nossa vida, e, nessa altura, talvez não nos recordemos do motivo pelo qual iremos estar colhendo essas consequências, por isso deveremos acautelar-nos neste momento tão sensível e importante.

Por isso, viver este período de forma consciente, presente em cada acção que tomamos, em cada pensamento que emanamos, em cada palavra proferida, em cada gesto efectuado é muito importante, pois esta transição para uma influência de 6, que devolve um cenário que busca harmonização interna e externa, que busca equilibrar os opostos e que nos questionará acerca dos eventuais desequilíbrios que provocámos com as nossas discussões, com o eco das nossas palavras amargas e destrutivas, através dos sentimentos associados a muitos pensamentos ruins, negativos, cujas ondas têm origem em nós e a nós regressam com intensidade triplicada, depois de terem atravessado universos, galáxias e dimensões cósmicas, terá consequências em todos os níveis da nossa vida. Todos!

O 6 é o início do caminho daquilo que por ora, designamos por Amor, e que nos guia até ao plano do Amor Incondicional.

É o primeiro contacto com o Amor, depois de termos experimentado um Amor inicial em 2 (embora este seja um Amor que ainda está muito focado na dependência mútua, na comparação, na competitividade, na actividade sexual, etc.); em 6 começam a desenhar-se os primeiros traços dessa tal “coisa” a que chamamos Amor, quando nos começamos a aperceber da responsabilidade que temos sobre as nossas próprias vidas e as dos outros seres, não só do reino humano, mas também de outros reinos, como o animal e o vegetal.

Então aqui começamos a aprender a colocar algumas Leis Universais em acção, como a Lei do Equilíbrio ou a Lei do Não Julgamento.

Tudo aspectos para refletirmos ao longo do próximo mês de Setembro.

Relativamente ao plano do Amor Incondicional, trata-se de algo muitíssimo subtil e muito incompreendido e abstracto para muitos humanos, que só é alcançado depois de muitas mudanças na nossa consciência e após termos superado um número incrível de armadilhas onde facilmente tropeçamos (mesmo aquelas pessoas que se autodenominam espirituais, facilmente caem, se não agora, mais à frente, pois os testes são também eles subtis e as rasteiras são quase impercetíveis para os mais atentos, quanto mais para aqueles que não estão presentes e conscientes de cada movimento da sua própria respiração).

Espero que com estas considerações tenha ajudado um pouco, aqueles que amam os movimentos numerológicos, a trazer mais clareza ao momento actual.

Lembro ainda, que hoje, particularmente, a vibração do dia é também 22, portanto podemos lançar as últimas cartadas sob esta influência, enquadrada na energia de Agosto, no que diz respeito às nossas intenções e empreendimentos. O que te motiva a fazer o que estás a fazer? O que sustenta as tuas ações, palavras e gestos? O que esperas alcançar no final desta empreitada?

Desejo a todos uma transição cheia de Luz sustentada pelo Amor Maior que a todos Une!

Eva Veigas

Numeróloga

Cascais, 26 de Agosto de 2022

 

Os Arcanos XXII, IV e XIII - De 22/08/22 a 31/08/22

Numerologia Semanal: 22/08/2022 a 31/08/2022

Mês, Agosto, Flores, Caligrafia, Letras, Decorativo
 
 
Actualização da energia, à luz da Numerologia, em Agosto 2022
 
 
Desde ontem, 22/8/2022, e até ao final do mês, que nos encontramos mergulhados na energia do Número 22.
 
Este duplo 2, também designado por Número-Mestre ou Número dobrado, coloca a nossa atenção, em primeiro lugar na simplicidade das coisas, dos eventos, dos pequenos nadas, mas que na realidade, são os verdadeiros responsáveis pelas grandes transformações interiores do nosso Ser, quando vistos através dos olhos sensíveis da nossa alma.
 
O 2 pode trazer à tona todos os processos de dualidade que precisamos ver, compreender, aceitar e harmonizar dentro de nós, e aí reside uma das chaves mais importantes para viver esta lição pelo lado de dentro, que é precisamente aprender a equilibrar os opostos, aprender a viver esta complexidade, de forma simplificada. Sim, é um paradoxo, mas uma das nossas metas aqui na Terra, é, exactamente, aprender a viver (n)o paradoxo.
 
Dado que esta energia se encontra duplicada, isso significaria um trabalho redobrado, onde a nossa atenção ficará retida por mais tempo, explorando essas áreas onde nos sentimos divididos, onde sentimos essa cisão, e onde devemos buscar, com todas as nossas forças, um meio de unir esses dois aspectos de uma qualquer polaridade, fazendo-os convergir num só.
 
Dessa forma, extrairemos mais intensidade, mais poder, mais clareza, mais certeza quando formos usar esse recurso, pois teremos então unido o melhor dos dois mundos ou dos dois aspectos que antes nos pareciam diametralmente opostos.
 
É um empreendimento gigante e não muito fácil, que se apresenta para todos nós, porém, só os persistentes, os resilientes, os verdadeiramente comprometidos com o seu crescimento e com o seu próprio projecto de vida, poderão ter sucesso em mais um passo desta tarefa.
 
Em segundo lugar o 22, remete-nos para a importância de ter uma plataforma de apoio sob os nossos pés, um lugar bem implantado, com alicerces e raízes fortes, que nos permitam crescer, expandir, progredir e construir o nosso templo interior sem receio que ele desabe.
 
Esta é a solidez do 4 (2+2=4), a qual promove uma estabilidade, uma segurança, uma fortaleza, para quem possui princípios e valores sagrados, e que faz questão de os honrar, incorporando-os na sua vida a todo o momento.
 
Sem uma firme estrutura por base, nenhum edifício subsistirá, nenhum empreendimento chegará ao fim, nenhuma obra prevalecerá.
 
Cuidemos bem deste momento e aproveitemos todas as oportunidades que a vida nos dá para acolher estas lições, pois logo a seguir, já em Setembro, seremos chamados de novo a escolher com responsabilidade, maturidade e sensibilidade.
 
 
Numeróloga

Agosto 2022 - Um mês governado pelo Número 5

Agosto 2022.png

 

Agosto 2022

Regente Numerológico 5

A Renovação

 

Aspectos positivos do 5 em evidência durante este mês:

 - Mudança

- Adaptabilidade

- Versatilidade

- Criatividade

- Movimento

 

Aspectos Negativos do 5 em evidência durante este mês:

- Incerteza

- Instabilidade

- Nervosismo

- Impulsividade

- Evasão

 

forest-6607631_960_720.jpg

 

Todos temos duas vidas.

A que nos dão e a que podemos fabricar.

Mary Carpenter

 

 

O Número 5

Elemento – Fogo

Fogo é vida, é criação, é criatividade, é ânimo e impulso para viver, é ir em busca da realização dos nossos sonhos. 

É o elemento que aquece e ilumina, o mesmo que queima e destrói tudo o que toca.

Num momento ilumina a vida, afastando a escuridão, para que possamos caminhar mais à vontade, sem tropeçar. Tanto nos liga à nossa natureza mais íntima, provocando constantes alterações nas nossas consciências, como nos permite cozinhar o alimento que nos nutre. Esse calor que nutre a alma e o corpo.

Porém, logo num outro momento, o Fogo queima e destrói para sempre, em minutos ou segundos, tudo aquilo que parecia ser estável, durável, indestrutível até. O Fogo coloca em movimento a Lei da Impermanência. ‘Nunca as mesmas flores, mas sempre a Primavera’. Nada permanece igual como nos mostra este belo ditado chinês.

Aquilo que observamos ao nosso redor e em nós mesmos, muda de forma, num ápice – é uma transformação ou uma transmutação. Pode ser uma experiência aterradora, benéfica, mais ou menos difícil de lidar, mais ou menos desagradável, pode surgir de repente ou pode anunciar a chegada muito tempo antes.

Seja de que forma for, mais cedo ou mais tarde, teremos de aprender a aceitar cada mudança na nossa vida, e a conviver com ela de forma natural, já que faz parte de um conceito universal. Nada permanece igual à forma original em que foi criada. Ideias, formas, sentimentos, entidades, seres, tudo, sem excepção, está sujeito a uma permanente transformação. 

É em virtude desta situação que não é possível resolver um problema no mesmo estado, na mesma energia ou consciência em que foi criado. É que de facto, entre a origem ou causa do problema e o momento em que lhe queremos dar solução, já muitas mudanças ocorreram e ninguém consegue parar esse processo!

Por isso podemos e devemos buscar soluções novas, pensar em alternativas diferentes, inovadoras, nunca experimentadas, sendo que todos estes adjectivos correspondem a características do Número 5.

 

Simbolismo

O 5 simboliza a União, o Equilíbrio, a Harmonia, a Perfeição, o Universo, o Centro e o Homem; a sua representação pode ser observada num Pentáculo, numa Estrela de 5 pontas, nas 5 vogais, nos 5 sentidos, nos 5 dedos de cada mão, nos 5 dedos de cada pé, na Rosácea de 5 pétalas, na Cruz (4 braços ou linhas rectas em oposição a um centro) e assim por diante. Para uns é considerado um símbolo de instabilidade e mau augúrio e para outros de boa sorte e felicidade. Para os esotéricos, é o quinto elemento ou a quinta-essência, o éter.

 

Como regente do mês de Agosto em 2022

O Número 5 impele à renovação, tudo renasce e floresce, tudo se renova de forma cíclica, e a Natureza demonstra isso mesmo, se a observarmos com atenção. Portanto ao longo deste mês devemos buscar equilibrar nas nossas vidas, todos os aspectos que não estejam alinhados com o nosso verdadeiro propósito, com a nossa meta maior.

Evidentemente, sabemos que não é tão simples assim, e por isso, é importante lembrar antes de mais, que cada um de nós tem ao seu dispor todos os recursos internos de que necessita para lutar por aquilo que quer e que precisa. Obviamente, teremos que definir o que queremos, teremos que saber articular as perguntas certas, teremos que ser muito honestos connosco e também realistas ou cairemos na ilusão e na fantasia de querer viver coisas que ainda não estão ao nosso alcance.

Claro que dá trabalho, exige disciplina e requer concentração e foco, método e planeamento (algo que poderíamos ter aproveitado bem, sob a vibração 4 que governou o mês anterior). Ainda assim, essa é uma tarefa que poderemos retomar em qualquer momento que queiramos, tendo em conta que precisaremos firmar esse compromisso connosco e permanecer fiéis a essa decisão, caso contrário, as intenções, por melhores que sejam, esfumar-se-ão, pois serão queimadas pelo Fogo destruidor do 5 e no final, restarão apenas cinzas.

Ora de acordo com os tópicos que descrevem os aspectos principais atribuídos ao Número 5, este é um período de grande agitação e mudança, de instabilidade e de movimento, etc. Estes aspectos inerentes à própria vida, estão presentes no nosso quotidiano, embora nós tenhamos uma certa tendência a ignorá-los ou a não querer reconhecê-los, pois preferirmos sempre fugir das oscilações para viver uma vida mais confortável e não nos sujeitarmos ao preço de viver esta vida na Terra. 

Sob esta vibração de 5 surge uma forte e abundante energia, uma fonte inesgotável de recursos e com eles podemos criar uma vida nova, mais adaptada ao novo eu que, irremediavelmente, se vai renovando.

Porém, se não soubermos usufruir desta energia usando-a com uma verdadeira intenção, que beneficie os outros e não apenas a nós mesmos, e obstruirmos o seu fluxo com os nossos próprios medos e fantasmas interiores, iremos descarregar esse excesso - essa abundância de energia maravilhosa para criar, inovar e reinventar – em todo o tipo de vícios ou maus hábitos: abusando da comida, do álcool, do cigarro e de todo o tipo de dependências, pois o 5 gosta de experimentar e estimular os sentidos e de se levar ao limite.

Como sabemos, além das adições nos prejudicarem o corpo físico, elas atrasam a nossa evolução, pois adoptamos uma postura dormente, vivemos um pouco (ou muito) anestesiados (dependendo do tipo de adição), alheados do mundo e da nossa própria realidade, e, dessa forma a dor e o sofrimento podem aparentar ser menores. Claro que tudo isso não passa de mais uma ilusão, e quando esse véu cair não teremos outra possibilidade se não a de encarar a realidade, reerguer o nosso edifício e continuar a caminhar. Mas há que ponderar que muitas vezes é tarde demais, pois o edifício pode ruir completamente e restarão apenas escombros.

No que diz respeito à saúde, sob esta vibração convém tomar cuidado com os seguintes aspectos ou zonas do corpo:

Coluna vertebral, Cabeça, Visão, Ossos, Aparelho Reprodutor, Alimentação (saltar refeições, comer depressa ou comer em excesso), Sistema Nervoso, Problemas circulatórios.

Sugestões: Aumentar ingestão de água; praticar desportos aquáticos; natação; meditação; experimentar algum tipo de massagem que leve ao relaxamento profundo.

Aprender a conhecer, escutar e confiar no corpo, é de suma importância, pois ele guia-nos de volta ao equilíbrio natural, restaurando a energia e regenerando as células, promovendo assim, a saúde e a vitalidade que nos permitirão executar as nossas tarefas.

Temos diante de nós, a possibilidade de seguir este fluxo de mudança ou mesmo tornarmo-nos em agentes de mudança, - ‘Sê a mudança que queres ver no mundo’ diria Gandhi -, mas esse apelo é como um adorno, como uma coroa real, é belíssima, mas também pesada, ou seja, exige que estejamos preparados para a usar, é por isso que a maioria das pessoas fantasia acerca daquilo que quer, mas não faz nada em termos práticos para o conseguir.

Após estas considerações, realizamos que este é um tempo de lutar pelos nossos sonhos mais loucos, por aqueles que nos fazem bater o coração, por aqueles que nos animam e nos fazem vibrar de alegria e de vontade de mudar o nosso mundo interior, de experimentar a nossa vida de forma totalmente diferente, ou, no mínimo, mais ajustada a nós e às nossas necessidades actuais.

É preciso actualizarmo-nos, deixar ir o velho criando espaço para que o novo se instale e possa prosperar e invadir cada canto da nossa vida, tornando-a numa aventura ímpar. Podemos pensar que temos tempo para isso e ir adiando os nossos projectos, mas as circunstâncias da vida mostram claramente o contrário; podemos inclusive acreditar na transmigração da alma, mas precisamos de compreender que esta jornada é finita, é uma janela de oportunidade que uma vez fechada, não volta a acontecer!

Muitos de nós anseiam por uma liberdade ainda não conquistada. Falta-nos o tempo, dizem uns; não há espaço para mais nada, dizem outros!... Estamos escravizados pelo tanto de informação, pela variedade de coisas para experimentar. Vivemos do lado de fora da nossa essência, com a atenção sempre virada para fora, para o mundo lá fora, para todo o tipo de fenómenos que nos prendem a atenção.

Mas será que paramos um pouco para reflectir na trapalhada que resulta de tanta adição que nos consome o tempo e a energia?

A própria espiritualidade está desvirtuada, a busca de um sentido para a vida, tornou-se vã, banal, vazia, negociável, capaz de encher e inchar ainda mais o ego de pessoas que lutam desesperadamente para provar que são mais espirituais do que os outros, ou que pretendem mostrar que atingiram um determinado patamar espiritual encontrando-se assim acima da maioria dos “pobres mortais”.

Talvez seja o momento de encarar a espiritualidade do lado de dentro, de compreender que não é algo de que nos apropriaremos, ninguém vai ter nota nem diploma para publicar numa qualquer rede social, a espiritualidade é algo que viveremos em total comunhão com a Natureza e com a nossa própria natureza interna, algo que nos permitirá experimentar a nossa própria humanidade, que nos conduzirá à plenitude, ainda dentro da nossa fisicalidade, do nosso campo material. 

Enfim, é tempo de olhar para tudo o que nos vicia, tudo o que nos formata e escraviza, e continua a retirar do verdadeiro caminho de retorno ao sagrado em nós.

 

Mensagem final: Abrir espaço para que a Mudança se manifeste.

 

Mantra do Mês: Eu Sou a Mudança que gera a Renovação da Vida.

 

Eva Veigas

Numeróloga Transpessoal

Partilha de Conteúdos e Créditos de Imagem

Partilha de Conteúdos - Por uma questão de respeito pelo meu trabalho, a partilha dos conteúdos deste blog deve ser sempre feita através do link da publicação e com referência à sua autoria. "NÃO FAÇAS AOS OUTROS O QUE NÃO QUERES QUE TE FAÇAM A TI!" - Grata pela tua compreensão. / Créditos de Imagem - As imagens que ilustram as publicações deste blog são da minha autoria ou de bancos de imagens gratuitas: https://unsplash.com/ - https://pixabay.com/pt/ - https://kaboompics.com/ - Caso seja detectada alguma imagem que não esteja de acordo com os critérios acima mencionados, agradeço que me contacte e a imagem será de imediato removida.