Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

𝓔𝓿𝓪 𝓥𝓮𝓲𝓰𝓪𝓼

Arqueologia da Alma - Numerologia & Tarot

𝓔𝓿𝓪 𝓥𝓮𝓲𝓰𝓪𝓼

Arqueologia da Alma - Numerologia & Tarot

Caminhante das Estrelas

22239529_ckBHc.jpeg

O Caminho faz-se ao andar, diz o poeta, mas o Caminho só é Caminho se for trilhado com consciência. Os pés na terra, a cabeça no céu e o coração no lugar que lhe pertence, a fazer a ponte com as polaridades. 

E se não é Caminho, é atalho, e atalhar, é o mesmo que queimar etapas essenciais do Caminho.

Assim quem percorre o Camino (o Caminho) sabe que cada passo, cada respiração, cada momento de contemplação, cada atitude, cada decisão, cada olhar, cada segundo é estar e ser Caminho.

Para quem percorre  a Estrada que nos leva de regresso a Casa, ao Caminho do Coração, do Entendimento e da Responsabilização por ser e estar aqui, compreende que a Jornada na Terra é um sopro que corresponde a um estado de consciência; que a Morte nos leva a um novo estado de consciência por via da transformação que ocorre nos nossos corpos; que a Vida é um entrelaçamento de Eternidades e que a Alma é uma Caminheira no Espaço Quântico.

Saibamos Caminhar e aproveitar a Viagem em vez de nos preocuparmos tanto em querer chegar a algum lugar.

 

Eva Veigas

Cascais, 4 Agosto 2021

A Força Curadora do Amor

22213897_bQQG0.jpeg

Na vida, quando um problema te atinge de frente, o melhor é olhá-lo e enfrentá-lo. Depois aos poucos vai mudando de posição, até descobrires o melhor ângulo para o resolver / harmonizar / curar / sanar, sobretudo quando o que está em causa é a tua enorme ferida escancarada, mesmo a tempo de ser observada (e não julgada ou criticada) através dos olhos da Alma, dessa essência amorosa que carregas contigo.


A vida tem uma forma muito sui generis de te mostrar o que tens dentro de ti para curar, ao mesmo tempo que te revela o teu verdadeiro dom: o poder de curar qualquer coisa que precises ou que estejas pronto para deixar ir.

O nosso poder de harmonizar e curar é uma Fonte Sagrada que jorra infinitamente, mas que muitas vezes se encontra bloqueada no seu fluxo, fruto da nossa incapacidade de nos vermos de forma transparente e inequívoca. Perdemo-nos de nós mesmos, ficamos à deriva e à mercê do nosso ego ferido, enleados em mil e uma questões que apenas nos devolvem confusão e nos fazem perder o norte, só porque não paramos um pouco para colocar nós mesmos as perguntas certas.

Geralmente desesperamos e com essa atitude surgem invariavelmente as perguntas: "Porquê?"; "Porquê eu?"; "Porquê comigo?" e assim por diante.
Na verdade, as perguntas poderiam ser algo como: "Que posso aprender com esta situação?" ou "O que é que esta situação me está a mostrar?"

É só no momento em que nos abandonamos nas Asas do Amor e nos colocamos no lugar do(s) outro(s) que é possível desbloquear essas forças curadoras, essas águas que sanam qualquer dor, por mais intensa e amarga que seja.

Quando o assunto ou o tema é maior do que nós (do nosso ego), quando ele toca diversas pessoas de uma mesma família ou de um mesmo grupo, e tu percebes que todos, em níveis diferentes, claro, irão ser mergulhados numa energia mais harmónica, emerge um sentimento mais elevado, uma frequência mais elevada que toca partes do nosso ser que se encontravam congeladas e nesse exacto momento acontece algo que muitos chamam "cura", outros "milagre", outros ainda "consciência".

Ora, consciência é luz (iluminação), luz é energia, energia é AMOR!

Portanto, nesses momentos o que verás, se estiveres muito atento, em total quietude dentro, será o AMOR actuando, dançando, vibrando, agitando as suas ondas em todas as direcções.

Deixa o AMOR girar através dos teus eixos e rodas, deixa que ele seja o teu Guia, deixa que ele mostre o caminho, deixa que ele seja o próprio Caminho, a própria Verdade, a própria Vida.
 
Cascais, 4 Agosto 2021
 

Partilha de Conteúdos e Créditos de Imagem

Partilha de Conteúdos - Por uma questão de respeito pelo meu trabalho, a partilha dos conteúdos deste blog deve ser sempre feita através do link da publicação e com referência à sua autoria. "NÃO FAÇAS AOS OUTROS O QUE NÃO QUERES QUE TE FAÇAM A TI!" - Grata pela tua compreensão. / Créditos de Imagem - As imagens que ilustram as publicações deste blog são da minha autoria ou de bancos de imagens gratuitas: https://unsplash.com/ - https://pixabay.com/pt/ - https://kaboompics.com/ - Caso seja detectada alguma imagem que não esteja de acordo com os critérios acima mencionados, agradeço que me contacte e a imagem será de imediato removida.