Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Wolf Heart

Arqueologia da Alma: Numerologia Arcana, Tarot, Tarot Karmico, Cura Xamânica, Viagens e Iniciações Xamânicas

Eva Wolf Heart

Arqueologia da Alma: Numerologia Arcana, Tarot, Tarot Karmico, Cura Xamânica, Viagens e Iniciações Xamânicas

Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses.

Inscrição no Oráculo de Delfos

Trazendo mais luz à consciência

22213907_LA0Ru.jpeg

Todo o trabalho a que te dedicaste até aqui, todo o esforço, toda a atenção, foco e intenção que colocaste na tua obra interior é reconhecida pelos teus devas internos.

As consequências das tuas acções, gestos, palavras, comportamentos, pensamentos, sentimentos, intenções, intuições, etc. estão à vista, na tua vida diária, para que possas assimilar cada experiência; para que possas fazer novas escolhas ou simplesmente efectuar pequenos ou grandes ajustes.

Foram os teus desejos, ditos em silêncio, as tuas preces, cobertas de lágrimas, as tuas orações proclamadas com fé, que atraíram para ti todas as bênçãos de que agora és digno/a.


Observa-as, uma por uma, e agradece por cada uma, e por cada uma oferece o teu alento, amor e cura a uma parte de ti que precise de integrar mais luz, mais consciência, mais profundidade.

 

Cascais, 31 Agosto 2021

Semana Numerológica: 22/08/21 a 31/08/21

240512104_608239473526883_4499349473418849074_n.jp

 

Numerologia de 22 a 31de Agosto - Regente 3

 

No período que vai desde o dia 22 até ao dia 31 de Agosto, existe uma influência forte do Número 3, o qual resulta da redução teosófica de 21. Desta forma, irei expor as principais linhas de orientação para este momento actual.

Comecemos por falar do número 3. O 3 refere-se à trindade, simbolizando os três aspectos divinos que todos conhecemos das diversas religiões e credos, como por exemplo as tríades Pai/Filho/Espírito Santo; Osíris, Ísis e Hórus; Brahma, Vishnu e Shiva; etc.

Na verdade, o 3 representa exactamente, o Filho, ou fruto da combinação de 1 + 2, ou, se preferirem, das forças criadoras do masculino e do feminino, as quais manifestam toda a Vida que conhecemos.

Por essa razão associamos ao 3, palavras ou conceitos como: prosperidade, abundância, fertilidade, fartura, fruto, etc., e ainda outro género de associações como arte, comunicação, expressividade, beleza, criatividade, encantamento, entre muitas outras.

Dado que este 3, diante do qual nos encontramos, resulta, como se disse anteriormente, da redução teosófica de 21, teremos que considerar a influência desse número também, pois a sua força reside precisamente na combinação dessas duas forças entrelaçadas.

Assim, o 21 como representante de uma consciência mais ampliada, mais virada para contribuir com soluções inovadoras que podem melhorar o mundo à nossa volta, começando, obviamente pelo nosso mundo interior, deve ser levada em consideração e estudada de forma séria e íntegra.

Existem muitas almas empenhadas em trazer ao mundo os seus conhecimentos profundos e ancestrais, pelo que chegou o momento desse movimento se tornar mais visível, mais tangível.

Veremos isso acontecer com grande intensidade a uma escala mundial. Muitos dos que têm permanecido calados, nos bastidores, virão agora para o palco, onde as luzes incidem com verdade e rigor, assumir quem são, na medida em que estão prontos para fazer a sua magia acontecer – trazendo as suas medicinas antigas, fruto das suas experiências feitas de milhares de caminhos percorridos em Integridade e Amor, em Verdade e Humildade, em Respeito e Liberdade, em incontáveis vidas vividas. As almas antigas estão avivando as suas Chamas Internas para que todos possam ver o seu brilho, não por vaidade e necessidade de exposição, mas por que chegou a Hora de libertar a humanidade da sua escravidão.

Elas iluminarão o Caminho e cada um caminhará por si, é certo, porém ciente das múltiplas possibilidades que surgirão diante dos seus olhos ainda cegos por terem passado tanto tempo na escuridão.

A oportunidade é para todos e para cada um! Alguns não escolherão ainda abrir os olhos, pois ainda duvidarão do Poder do Amor Manifestado, porém uma grande quantidade de seres ultrapassará, creio, com êxito o derradeiro teste. Evidentemente que não será por artes mágicas e só porque sim, mas antes pelo seu empenho e pela preparação que têm vindo a fazer, embora possam não estar plenamente conscientes dessa situação.

Assim, este final de Agosto será farto, abundante, próspero em experiências muito enriquecedoras para a alma. Muitas validações internas terão lugar e mais do que nunca teremos que aprender a confiar na nossa intuição e activar a nossa fé e convicções profundas de que estamos no caminho certo e adequado para nós.

Este é um momento de partilhar as nossas conquistas, de celebrar os nossos feitos e vitórias sobre nós mesmos. É um ponto de viragem e um momento de brilhar, pois estaremos a viver a partir de um lugar interior semelhante àquele que se atinge quando escalamos uma montanha e atingimos o topo. Como sabemos, alcançar o topo é maravilhoso e importante, na medida em que validamos e compreendemos todo o esfoço empreendido para chegar até ali. Porém, sabemos de antemão, que não iremos ficar muito tempo nesse lugar, apenas o necessário para retemperar forças e usufruir da beleza que os nossos olhos alcançam, e logo iniciaremos o caminho da descida, o qual, por vezes, ainda é mais difícil do que o da subida, pois são forças diferentes que terão de ser conjugadas, para chegarmos ao sopé da montanha do lado oposto ao que tomámos para subi-la.

Todo este movimento nos ajudará a ampliar a visão, a reconhecer o lugar onde nos encontramos e a partir do qual poderemos redirecionar a nossa vida, trazendo assim uma consciência muito diferente, muito mais inteira e purificada, muito mais forte e responsável, muito mais honesta e verdadeira. As nossas decisões serão afectadas por todo este movimento que existe dentro e fora de nós e aprenderemos que somos nós mesmos que o geramos e assim compreenderemos um pouco mais acerca da forma como o Poder Cósmico e as Forças Angélicas trabalham através de nós, sempre que nós nos preparamos para colaborar com elas. Não é milagre, não é arte mágica, é Manifestação de Poder em Acção!

 

Eva Veigas

Numeróloga Transpessoal

 

Imagem: Goddess of the Living World by Cristina McAllister

Caminhante das Estrelas

22239529_ckBHc.jpeg

O Caminho faz-se ao andar, diz o poeta, mas o Caminho só é Caminho se for trilhado com consciência. Os pés na terra, a cabeça no céu e o coração no lugar que lhe pertence, a fazer a ponte com as polaridades. 

E se não é Caminho, é atalho, e atalhar, é o mesmo que queimar etapas essenciais do Caminho.

Assim quem percorre o Camino (o Caminho) sabe que cada passo, cada respiração, cada momento de contemplação, cada atitude, cada decisão, cada olhar, cada segundo é estar e ser Caminho.

Para quem percorre  a Estrada que nos leva de regresso a Casa, ao Caminho do Coração, do Entendimento e da Responsabilização por ser e estar aqui, compreende que a Jornada na Terra é um sopro que corresponde a um estado de consciência; que a Morte nos leva a um novo estado de consciência por via da transformação que ocorre nos nossos corpos; que a Vida é um entrelaçamento de Eternidades e que a Alma é uma Caminheira no Espaço Quântico.

Saibamos Caminhar e aproveitar a Viagem em vez de nos preocuparmos tanto em querer chegar a algum lugar.

 

Eva Veigas

Cascais, 4 Agosto 2021

A Força Curadora do Amor

22213897_bQQG0.jpeg

Na vida, quando um problema te atinge de frente, o melhor é olhá-lo e enfrentá-lo. Depois aos poucos vai mudando de posição, até descobrires o melhor ângulo para o resolver / harmonizar / curar / sanar, sobretudo quando o que está em causa é a tua enorme ferida escancarada, mesmo a tempo de ser observada (e não julgada ou criticada) através dos olhos da Alma, dessa essência amorosa que carregas contigo.


A vida tem uma forma muito sui generis de te mostrar o que tens dentro de ti para curar, ao mesmo tempo que te revela o teu verdadeiro dom: o poder de curar qualquer coisa que precises ou que estejas pronto para deixar ir.

O nosso poder de harmonizar e curar é uma Fonte Sagrada que jorra infinitamente, mas que muitas vezes se encontra bloqueada no seu fluxo, fruto da nossa incapacidade de nos vermos de forma transparente e inequívoca. Perdemo-nos de nós mesmos, ficamos à deriva e à mercê do nosso ego ferido, enleados em mil e uma questões que apenas nos devolvem confusão e nos fazem perder o norte, só porque não paramos um pouco para colocar nós mesmos as perguntas certas.

Geralmente desesperamos e com essa atitude surgem invariavelmente as perguntas: "Porquê?"; "Porquê eu?"; "Porquê comigo?" e assim por diante.
Na verdade, as perguntas poderiam ser algo como: "Que posso aprender com esta situação?" ou "O que é que esta situação me está a mostrar?"

É só no momento em que nos abandonamos nas Asas do Amor e nos colocamos no lugar do(s) outro(s) que é possível desbloquear essas forças curadoras, essas águas que sanam qualquer dor, por mais intensa e amarga que seja.

Quando o assunto ou o tema é maior do que nós (do nosso ego), quando ele toca diversas pessoas de uma mesma família ou de um mesmo grupo, e tu percebes que todos, em níveis diferentes, claro, irão ser mergulhados numa energia mais harmónica, emerge um sentimento mais elevado, uma frequência mais elevada que toca partes do nosso ser que se encontravam congeladas e nesse exacto momento acontece algo que muitos chamam "cura", outros "milagre", outros ainda "consciência".

Ora, consciência é luz (iluminação), luz é energia, energia é AMOR!

Portanto, nesses momentos o que verás, se estiveres muito atento, em total quietude dentro, será o AMOR actuando, dançando, vibrando, agitando as suas ondas em todas as direcções.

Deixa o AMOR girar através dos teus eixos e rodas, deixa que ele seja o teu Guia, deixa que ele mostre o caminho, deixa que ele seja o próprio Caminho, a própria Verdade, a própria Vida.
 
Cascais, 4 Agosto 2021
 

Partilha de Conteúdos e Créditos de Imagem

Partilha de Conteúdos - Por uma questão de respeito pelo meu trabalho, a partilha dos conteúdos deste blog deve ser sempre feita através do link da publicação e com referência à sua autoria. "NÃO FAÇAS AOS OUTROS O QUE NÃO QUERES QUE TE FAÇAM A TI!" - Grata pela tua compreensão. / Créditos de Imagem - As imagens que ilustram as publicações deste blog são da minha autoria ou de bancos de imagens gratuitas: https://unsplash.com/ - https://pixabay.com/pt/ - https://kaboompics.com/ - Caso seja detectada alguma imagem que não esteja de acordo com os critérios acima mencionados, agradeço que me contacte e a imagem será de imediato removida.