Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas

NUMEROLOGIA ARCANA

NUMEROLOGIA ARCANA

Os 3 Grandes Ciclos de Vida na Numerologia

3.jpg

 

De acordo com a Numerologia, a vida é dividida em 3 Grandes Ciclos: Formação, Produtividade e Realização.

Cada um destes  Ciclos é governado por um dos números da data de nascimento, e a análise das suas respectivas características, devolve-nos orientações de carácter geral referentes ao período em questão.

Um Ciclo pode indicar informações acerca dos nossos gostos, prioridades ou interesses, servindo assim como um guia  que nos orienta através desses longos períodos, revelando o tipo de atitude e de comportamento que mais se adequa à nossa necessidade, vontade e decisão de levar a cabo aquilo a que nos propomos na vida.

Evidentemente que o nosso foco, bem como as nossas atitudes, preferências, interesses, etc. tendem a sofrer alterações, sempre que o fim de um ciclo dá lugar a outro na nossa vida.

Podemos afirmar que os Ciclos correspondem ao pano de fundo onde a nossa vida se desenrola, representando uma espécie de cenário, onde nos movimentamos, e onde experimentamos as nossas vivências, as quais serão influenciadas pelo Número que governa cada Ciclo em particular.

A passagem entre cada Ciclo acontece sempre de forma progressiva e gradual, por isso ela nem sempre é sentida por nós de forma imediata ou concreta. É preciso algum distanciamento - a passagem do tempo - para se poder observar a mudança a que vamos sendo sujeitos e a forma como nos vamos adaptando e reagindo às influências de cada número.

Eva Veigas

Correio dos leitores!

blog_ciclos.jpg

 

Esta é uma nova rubrica do meu blog que servirá para responder às vossas dúvidas e questões mais pertinentes.

O post com a resposta será associado a um dos separadores para facilitar a consulta dos diferentes assuntos do blog.

 

Grata a todos pela vossa participação activa.

Eva Veigas

Pensamento do Dia 22/02/2021

art2.jpg

𝓚𝓪𝔀𝓪𝓼𝓮 𝓗𝓪𝓼𝓾𝓲

 

𝓟𝓪𝓻𝓪 𝓻𝓮𝓬𝓮𝓫𝓮𝓻𝓮𝓼 𝓽𝓾𝓭𝓸 𝓽𝓮𝓷𝓼 𝓭𝓮 𝓪𝓫𝓻𝓲𝓻 𝓶ã𝓸 𝓮 𝓭𝓪𝓻.

 

𝓣𝓪𝓲𝓼𝓮𝓷 𝓓𝓮𝓼𝓱𝓲𝓶𝓪𝓻𝓾

Pensamento do Dia 21/02/2021

Cherry Blossoms 8Scenes, Sankeien Garden - Digital Remastered Edition is a painting by Yoshida Hiroshi 

 

𝓐𝓼 𝓯𝓵𝓸𝓻𝓮𝓼 𝓪𝓹𝓪𝓲𝔁𝓸𝓷𝓪𝓭𝓪𝓼 𝓫𝓮𝓶 𝓹𝓸𝓭𝓮𝓶 𝓯𝓪𝔃𝓮𝓻 𝓬𝓱𝓸𝓿𝓮𝓻

𝓪𝓼 𝓼𝓾𝓪𝓼 𝓹é𝓽𝓪𝓵𝓪𝓼: 𝓸 𝓻𝓲𝓫𝓮𝓲𝓻𝓸 𝓹𝓻𝓸𝓼𝓼𝓮𝓰𝓾𝓮 𝓸 𝓼𝓮𝓾 𝓬𝓾𝓻𝓼𝓸, 𝓲𝓶𝓹𝓪𝓼𝓼í𝓿𝓮𝓵.

 

𝓣𝓻𝓪𝓭𝓲çã𝓸 𝓹𝓸𝓹𝓾𝓵𝓪𝓻 𝓬𝓱𝓲𝓷𝓮𝓼𝓪

Fevereiro 2021 - Regente Numerológico 7

Buda.jpg

 

O Número 7 traz-nos uma proposta maior, mais elevada, mais adequada a estes novos tempos. Se é visível a olho nu, se é passível de ser reconhecida com facilidade esta proposta? Não, nem sempre, talvez... Tudo depende do grau de lucidez de cada um de nós. Há diferentes e multivariados graus de consciência, os quais desconhecemos na sua grande maioria. De modo algum deveremos julgar ou classificar uns aos outros, de acordo com o grau de consciência, pois nem sequer existe um critério ou parâmetros adequados à nossa condição humana, para o fazer.

 

Apenas nos cabe reconhecer quão lúcidos nos encontramos face a cada situação com que nos vamos deparando; face a cada sentimento que vai preenchendo o nosso ser; face a cada pensamento que vai perpassando a nossa mente; face a cada gesto que fazemos ou repetimos ao longo de cada dia.

 

Essa observação, essa autoanálise, vai-nos ligando ao nosso maravilhoso mundo de recursos internos, onde se encontram guardados os nossos verdadeiros tesouros: a nossa capacidade de amar a tudo e a todos (incluindo a nós mesmos); a nossa luz orientadora interior, a nossa compaixão, a nossa bondade, a nossa gentileza, a nossa delicadeza, a nossa atenção e foco, a nossa habilidade intuitiva, etc. Em contacto com esses recursos, habilidades emocionais, manuais e outras, partimos para a experimentação pondo ao nosso serviço e ao serviço dos outros essas mesmas habilidades e recursos.

 

A prática continuada e constante das nossas qualidades e atributos, nos levará a criar uma ideia acerca de nós mesmos, uma espécie de autoconhecimento ou de autoimagem que vamos formando a nosso respeito.

 

Entretanto, discernimento é uma ferramenta que precisamos desenvolver e ampliar para que não fiquemos submetidos a essa auto imagem e muito menos dependentes dela, daí que seja de imperiosa necessidade exercitar uma certa elasticidade mental e emocional, as quais se adquirem, praticando certo desapego de nós mesmos, por forma a não nos tornarmos entorpecidos, bloqueados ou petrificados ou, como agora é hábito dizer: formatados!

 

É nesta direcção que o 7 nos orienta: a conhecer mais a nós mesmos, a aproximarmo-nos mais de nós, embora isso precise de ser feito de forma lenta e gradual. Ora é precisamente neste ponto que muitos seres humanos perdem o contacto com o seu centro, porque o ser humano é impaciente por natureza, é ávido, é ansioso e vive muito dentro de um sistema que é nutrido e sustentado pelo seu corpo de desejos, o qual envia estímulos a todo o instante para o nosso cérebro e para todas as células. 

 

Precisamos de nos "descolar" um pouco todos os dias, desses milhares de estímulos e desejos constantes para fazer uma escolha (a tal escolha de 6 (regente de Janeiro e de Outubro de  2021), madura e responsável, lúcida e transparente) adequada à condição de cada um e que esteja mais de acordo com o ritmo, caminho, missão e verdade de cada ser humano.

 

É neste sentido que o Número 7 nos empresta as suas qualidades, saibamos nós usá-las, aproveitá-las, adequá-las e adaptá-las à nossa vida e a todas as condições actuais em que vivemos e em todos os níveis. É por isso que o 7 está intrinsecamente associado à introspecção, à reflexão, ao pensamento filosófico e à meditação. Qualquer um destes exercícios deve ser praticado de forma equilibrada, para ajudar a movimentar esta pesada maquinaria de engenharia avançada que é a complexidade humana.

 

Em primeiro lugar precisamos de entender que a energia de adaptação e adequação às mudanças está presente na energia do Ano, que é 5, pois esses atributos e características são inerentes a toda a simbologia deste poderoso Número. Em segundo lugar perceber que sendo o 5 fogoso e rápido, vertiginoso e estimulador, tende a tornar qualquer experiência muito superficial. As emoções, por exemplo, os sentimentos, e tudo o que daí decorre carece de observação e integração quando nos ficamos apenas por esta energia. Precisamos de entender a correlação directa e necessária com o 7, o regente deste mês, que insere nas nossas práticas diárias a necessidade de filtrar, seleccionar e identificar cada experiência que necessita de aprofundamento e de reconhecimento interno.

 

Um estado meditativo, uma boa reflexão e autoanálise, destituída de severo julgamento interno, é um remédio infalível, na boa condução da nossa vida.

 

É o 7 que nos coloca no caminho da Sabedoria, enquanto o 5 nos conecta com o Conhecimento das coisas, com a experiência sensorial, e assim por diante. Ambos são necessários e não há razão para gostarmos mais de um ou de outro, já que é no meio das suas virtudes que adquirimos estrutura e espaço suficiente para ancorarmos mais luz divina em nós.

 

Paz e Bênçãos!

 

Eva Veigas

Numeróloga Transpessoal

Pág. 1/2

Blog em actualização

Seremos breves. Gratos pela compreensão.

Honras e Bênçãos

A Todos os que vierem por Bem! Caminhemos juntos nesta jornada de autodescoberta e superação. Sejamos, a cada dia, mais e melhores humanos. Eva Veigas

A Cura Começa em Ti

Se não sabes por onde começar... começa por ti mesmo, cura a tua criança ferida e curarás a tua mãe e o teu pai, as tuas avós, os teus avôs e os teus antepassados todos - homens e mulheres que pisaram a Terra antes de ti, que viveram e lutaram, que riram e derramaram lágrimas, que caíram no sono da morte, mas que deixaram a semente para que tu possas estar aqui hoje. - Eva Veigas - Cascais, 18 Dezembro 2019

Ma'at

~ ~ ~ ~ "Destas penas de avestruz da Dupla Verdade, tão delicadas que o mais subtil hálito mental pode agitar, pendem através das correntes da Causa e do Efeito, os pratos ou esferas onde o Alpha (o primeiro) e o Ómega (o último) , se equilibram. Não é possível deixar cair um alfinete sem provocar uma reacção correspondente em cada estrela." ~ ~ ~ ~ A. Crowley, O Livro de Thoth

Eva Veigas

foto do autor

Filha das Estrelas

A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas. Sou mais antiga que a Terra. Mais antiga que a Lua e que o Sol. Viajei entre Galáxias. Visitei outros espaços. Outras dimensões. Trago na Alma. A Sabedoria dos Tempos. E de outros lugares. A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas © Eva Veigas

Regra de Ouro

Nenhum estudante jamais realizará qualquer progresso no desenvolvimento espiritual se saltar de um sistema a outro, utilizando ora algumas afirmações do Novo Pensamento, ora alguns exercícios de respiração a posturas meditativas da ioga, para prosseguir depois com algumas tentativas nos métodos místicos de oração. Cada um desses sistemas tem o seu valor, mas esse valor só é real se o sistema é praticado integralmente." Dion Fortune

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub