Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arcanos & Cia. by Eva Veigas

Vem, caminha comigo. Levo-te pela mão ao encontro de caminhos não percorridos através do universo mágico da Numerologia e do Tarot. Vem! Eva Veigas

Arcanos & Cia. by Eva Veigas

Vem, caminha comigo. Levo-te pela mão ao encontro de caminhos não percorridos através do universo mágico da Numerologia e do Tarot. Vem! Eva Veigas

28.09.20

Numerologia: A Data de Nascimento


Eva Veigas

Pagar, Números, Dígitos, Matemática, Contar, Escola

Definição e Cálculo da Data de Nascimento para conhecer o Número do Propósito de Vida.

 
 
A Data de Nascimento é um dos pilares do mapa numerológico natal. O outro é, obviamente, o Nome Completo, formado pelas letras-número, ou seja, as letras depois de convertidas em números.
 
A Data de Nascimento, formada por três elementos ou números essenciais, dia, mês e ano, está relacionada com os 3 Grandes Ciclos de Vida propostos pela Numerologia.
 
Através do calculo da data de nascimento obtém-se um Número, que pode ser conhecido por Número de Vida, Caminho de Vida, Número de Origem, Número do Destino, etc. Aqui ele é designado por Número do Propósito de Vida, o qual revela o propósito de cada existência terrena e a respectiva proposta de aprendizagem.
 
Este Número é considerado por muitos numerólogos, o mais importante do mapa natal, uma vez que é impossível alterar a data de nascimento e consequentemente, impossível alterar o Propósito de cada um.
 
Este Número irá influenciar todo a nossa vida nos seus múltiplos aspectos e manifestações. A análise de todo o mapa numerológico é feita sempre com base neste número que se entrelaça com as restantes (e muitas) frequências numéricas, tais como: ciclos de vida, equilíbrio karmico, dons e talentos, anos pessoais, aprendizagens, lições e desafios de vida, e assim por diante.
 
 
 

Calcular a Data de Nascimento

 

Exemplo: data de nascimento de Charles Darwin
12/02/1809
 
 
Somam-se todos os números horizontalmente. Também existe o método vertical, mas eu prefiro o anterior.
 
1 + 2 + 0 + 2 + 1 + 8 + 0 + 9 = 23
 
2 + 3 = 5
 
Assim, o Número do Propósito de Vida de Charles Darwin é o Número 5.



Agora um outro exemplo (propositado, pois estes números aparecem com menos frequência), porque sei que surgem muitas dúvidas por causa dos Números Dobrados ou Números Mestre.
 
Exemplo: Alguém que nasceu a 27/12/1970.
 
 
2 + 7 + 1 + 2 + 1 + 9 + 7 + 0 = 29
 
2 + 9 = 11
 
Assim, o Número do Propósito de Vida da pessoas nascida nesta data é o Número 11. O 11 é um Número Mestre e chama-se assim, por ser um Número Dobrado ou Duplicado.
 
Numa consulta de Numerologia, estes Números Mestre, são ainda reduzidos ao seu Número Raiz, que no caso do 11 é 2 (1 + 1 = 2), para efeitos de cálculo do mapa completo.
 
 
Portanto, temos dois exemplos de dois Números do Propósito de Vida o 5 e o 11.
 
 
 

No próximo artigo farei um resumo de cada um dos Números do Propósito de Vida.

Eva Veigas
Numeróloga
Eva Veigas
23.09.20

A Roda da Fortuna: 23/09 a 22/10


Eva Veigas

4 (5).png

 

 

TAROT 2020

 

A Roda da Fortuna

 

 

Período: 23/09/2020 – 22/10/2020

O Sol está no signo de Balança (Elemento Ar)

A Roda da Fortuna é o 10º Arcano do Tarot e corresponde ao signo astrológico de Virgem (Elemento Terra)

Numerologicamente transita-se do Número 4 (Elemento Terra) para o Número 5 (Elemento Fogo), entre os dias 20 de Setembro e 10 de Outubro.

 

4 (6).png

 

Um novo ciclo tem início. A possibilidade de evoluir e progredir, tendo em conta as experiências anteriores, devolve-nos a possibilidade de crescer e aprender com os nossos erros.

A Roda da Fortuna, que gira ininterruptamente, conduz o fluxo da energia, transportando-nos, ora para cima, ora para baixo, dependendo do momento em que cada um de nós se encontre.

Assim que surjam as condições adequadas para cada um de nós, o que pode significar um qualquer instante nesta jornada ou na próxima, poderemos experimentar o desejo manifestado de sair da roda do samsara – a roda interminável de nascimento, morte e renascimento.

Mas por agora, e enquanto isso não acontece, concentremo-nos na conjugação deste intrincado e complexo conjunto de energias que se está desenhando sobre nós, por forma a gerar uma nova e rica oportunidade de mudança e ajustamento do caminho.

Para que tal suceda precisamos de nos entregar às forças invisíveis do “Moinho das Transformações”, este Arcano X, que irá triturar, moer e destruir tudo o que precisamos de purificar interiormente – a tal transformação interna, ou seja, os velhos padrões ainda tão enraizados, os hábitos nocivos de todo o género, os instintos ainda tão primitivos e brutos, as forças opostas que vivem no nosso interior e que ainda não foram neutralizadas e transmutadas, a impulsividade, os desejos egóicos, e assim por diante.

Este Arcano marca o recomeço de um novo dia, de uma nova era, de um novo ciclo. Demarca uma etapa que se concluiu e anuncia o novo e ainda desconhecido caminho que havemos de trilhar.

Esta radiação conjuga-se com o momento de transição numerológica do Número 4 (que rege o mês de Setembro), para o Número 5, que irá reger o mês de Outubro.

Isto significa, que as estruturas rígidas ou os limites exagerados exigidos pelo 4 e todas as formações cristalizadas por este Numero deverão cair e estilhaçar-se para dar lugar ao novo - ao 5 - que é o Número da transformação interior que produz mudança, em virtude de se almejar o conhecimento, que nos conduzirá um dia, à mestria pessoal.

É importante recordar aqui que o regente de Setembro, o Número 4, é a redução de 13, este sim, o Número da verdadeira transformação alquímica, da organização do nosso sistema interno, do próprio esqueleto, da reestruturação interna, da reorganização interior que se dá de dentro para fora.

Portanto, esta reestruturação implica sempre um ajustamento e uma adequação ao novo estado de ser, ao novo patamar da consciência e, por conseguinte, haverá sempre algo que cairá, que ficará para trás. Haverá sempre destroços e detritos que não cabem nesta renovação, pelo que devem ser triturados, moídos, desfeitos em pó, o qual deve ser levado pelo vento (AR). Este Ar que Balança nos empresta para que nos revigoremos e possamos respirar mais livremente, enchendo os pulmões, para deixar ir embora a tristeza e assim permitir que a Alegria, tome o seu lugar, pois só ela nos pode conduzir para fora da estrutura pesada que carregamos há tanto tempo.

Este momento vai permitir, de um modo geral, trabalhar interiormente no sentido de obter equilíbrio em todas as áreas da vida, uma vez que nos está a ser pedido que reformulemos tudo em nós.

Que qualidades queremos expandir, que qualidades queremos nós transportar e irradiar? Haverá muito questionamento interior em relação a tudo o que está manifestamente visível na nossa vida prática e quotidiana: relacionamento a dois; filhos; família; saúde; profissão; etc.; mas também em tudo o que diz respeito à nossa vida interior; à nossa espiritualidade e à forma como é vivida, sentida e manifestada.

Este é um tempo de analisar o passado através do Elemento Ar, para “ver” o que estamos a “sentir”! Um momento de decantação das emoções produzidas por um passado de dor, de sofrimento, de dificuldade, de medo, de obstinação, de arrogância, de orgulho, de vaidade, de prepotência, etc.

Todas as emoções geradas por estados de contrariedade e de sofrimento, de resistência à mudança, de incapacidade de lidar com cada situação, de não-aceitação das experiências que vamos vivenciando, resultaram em processos de cristalização no nosso fluxo energético, as quais são as principais causadoras da nossa destruição, ou melhor seria dizer, de auto destruição. No fundo, são estas emoções doentes e distorcidas que, sendo somatizadas, nos conduzem a estados enfraquecidos, de qualidade energética muito densa e baixa, as quais causam aquilo que conhecemos por doenças.

Não devemos ficar admirados por ficarmos doentes. Enquanto não adentrarmos este mundo emocional com o único sentido de o harmonizar e de o compreender, e para o harmonizar e neutralizar há que o compreender, não seremos capazes de ir transformando tudo o que não tem qualidade, de forma imediata, não dando espaço para que essas emoções, quais raízes de ervas daninhas, proliferem na nossa terra interior.

Precisamos muito de olhar e ver que sentimentos são estes que afloram à nossa mente, para que possamos trabalhar com os nossos recursos internos de forma a transformar de modo permanente e eficaz a nossa essência, para que manifestemos e cumpramos o mais elevado em nós!

Neste ponto, a energia de Virgem, o signo que corresponde a este Arcano X, pode dar-nos uma ajuda extra, uma vez que é ela quem nos ensina a trabalhar e a conhecer o Elemento Terra – o Elemento que permite a materialização e manifestação do mental, dando-lhe forma e utilidade.

Assim, este novo ciclo pede que coloquemos em ordem o nosso mundo interior e bem assim o nosso mundo exterior. É um momento que irá exigir trabalho, empenho, cuidado e bastante rigor. É preciso dar atenção aos pormenores e não deixar nada ao acaso. Contudo, é essencial não cair na armadilha do perfeccionismo ou do criticismo ou ainda da autocrítica.

Sigamos então o fluxo, o convite desta Roda da Fortuna, e aceitemos essa Parte da Fortuna em nós. Que este seja o instante, o ápice em que olhando a partir de uma visão mais elevada, mais dinâmica e mais subtil, mais divina e sagrada, possamos aceitar a nossa condição e ao mesmo tempo, possamos fazer a escolha correcta de permanecer no lugar que agora nos cabe preencher ou por outro lado, saibamos distinguir que este é o nosso momento de avançar e fazer o que tem de ser feito!

Alta Pax

Eva Veigas

Mais sobre mim

foto do autor

Reprodução de conteúdos

Por uma questão de respeito pelo meu trabalho, a reprodução dos conteúdos deste blog deve ser sempre feita com referência à sua autoria. "NÃO FAÇAS AOS OUTROS O QUE NÃO QUERES QUE TE FAÇAM A TI!" - Grata pela tua compreensão.
These pains you feel are messengers. Listen to them. ~ Rumi

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  •  
  • Glossário

  •  
  •  
  • Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D

    Numerologia & Tarot

    Auto conhecimento e desenvolvimento pessoal e espiritual.