Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas

The Silent Path

Numerologia - Outubro 2018

15.10.18 | Eva Veigas

Bussula.jpg

 Photo by Jordan Madrid

 

Numerologia

Outubro 2018

 

O Número Natural, ou Regente Numerológico Natural, atribuído a este mês é 10, por se tratar do décimo mês do ano. Como 10, ele representa um mês de renovação, de regresso ao princípio, de recomeço. Mas afinal o que estamos a recomeçar? Para onde estamos a regressar?

 

Encontramo-nos novamente no ciclo pós colheita, o ciclo que sucede o Verão. Mas o Outono é uma estação muito especial, pois ela permite-nos recolher, escolher, guardar, conservar tudo o que colhemos, ao mesmo tempo que continuamos a colher, pois esta estação é rica em frutos e legumes próprios desta época: castanhas, nozes, avelãs, maçãs, marmelos, etc... Mas a nossa colheita não se refere apenas a alimentos, como sabem. Pego nesta imagem para ser mais fácil entender e porque a Natureza quando observada de perto, nos devolve tantas e tantas lições de amor.

 

Karolina.jpg

 Photo by Karolina Badzmierowska

 
 

Escolhemos sementes e guardamos as melhores para a próxima sementeira, conservamos frutas e legumes, fazemos compotas e doces, e começamos a acender as fogueiras pois as temperaturas começam a descer gradualmente (ou pelo menos assim se espera) preparando-nos para o inverno.

 

Mas Outubro tem um Regente Numerológico Universal (Número 21:3) que juntamente com o Regente Numerológico Natural (Número 10:1), nos irá dar uma ideia mais precisa da proposta do momento.

 

É através desta sinergia que compreendemos para onde estamos a regressar e que direcção é esta.

 

Assim, esta proposta consiste em colocar em retrospectiva, os 9 anos anteriores (2009 foi, tal como 2018 é, um ano 11). Também pode ser interessante olhar para o que estávamos a viver, ou seja, que desafios estávamos a sentir, e em que áreas, em Novembro de 2017, pois esse mês foi também regido pelo Número 21:3.

 

Da mesma forma que escolhemos as sementes podemos também escolher as experiências, ou as sínteses das mesmas, que nos devolvam qualidade, conhecimento, crescimento, amplitude e expansão da mente e do coração. Se é para guardar (na memória) que seja bom, que nos devolva alegria, que seja leve, que nos coloque um sorriso no rosto e que nos faça sentir emoções saudáveis capazes de nos tornar mais sábios, mais humanos, melhores pessoas.

 

Se é para conservar algo, que seja apenas o que nos desafia a transcender as nossas dificuldades, os nossos limites; que seja algo que nos permita desenvolver a paciência, a compaixão, a alegria, a generosidade, o perdão, nem que seja apenas connosco.

 

É que as principais características do Número 21 estão relacionadas com a capacidade que temos de colaborar e confiar em nós mesmos e de nos transcendermos.

 

A direcção somos nós. É tempo de virar para dentro, de regressar à unidade - ao centro do ser.

 

A energia vital é muito importante, daí ser necessário e importante reflectir acerca dos nossos recursos que não devem ser levados ao limite. Ir além das nossas forças e limites é algo que devemos evitar neste momento, embora a nossa energia esteja em alta e até fortalecida, não é boa ideia adoptar um estilo de vida com muitos excessos. O ideal é respeitar as horas de descanso, de refeições, de trabalho, etc.

 

Se queres mesmo "ver-te livre" do que te incomoda, experimenta olhar para dentro de ti e esforça-te para ver que aquele que consideras ser o teu principal inimigo dorme, na realidade, dentro de ti. Então, quando compreenderes que essa coisa peganhenta, como uma pastilha elástica, da qual te queres livrar, é uma parte de ti, chegarás ao ponto de partida. O único ponto desde o qual podes ver-te a ti mesmo, sem distorções para que possas escolher as sementes que pretendes depositar na tua terra sagrada, na próxima sementeira.

 

Talvez queiras transformar a pastilha elástica em algo melhor...talvez chegues à compreensão de ti mesmo, através das tuas emoções, se apenas te permitires sentir... talvez depois disso queiras apenas aprender através desses sentimentos... talvez um dia sejas apenas sentir... e talvez um dia sejas apenas um ser muito humano... que aprendeu a ser divino... ou será ao contrário?

 

Eva Veigas 
Numeróloga Transpessoal