Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Numerologia: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

Numerologia: A Assinatura da Alma

by Eva Veigas

A Rainha de ♣️ Arcano regente de 30/4 a 6/5.

30.04.18 | Eva Veigas

24 Rainha de Paus.jpg

  

A Rainha de  
O Arcano regente de 30/4 a 6/5.



A Rainha de Paus traz-nos uma proposta maravilhosa: a de descobrirmos os nossos dons naturais ou inatos.



Todos nós nascemos com um dom ou talento. Há, na verdade, quem afirme que nascemos com 5 (cinco) dons ou capacidades específicas, as quais teremos de descobrir e identificar e, caso seja essa a nossa escolha, de as conhecermos, de as desenvolvermos, de nos abeirarmos delas e tentar compreender o que elas têm para nos oferecer.



Assim, durante este período, é favorável viajar ao encontro destes dons e capacidades escondidas, ocultas muitas vezes debaixo do manto da falta de fé e de confiança em nós mesmos. 



A crença de que somos incapazes de fazer seja o que for, reside muitas vezes numa verdadeira limitação auto imposta, mas que também dá muito jeito para justificar a nossa preguiça, a nossa inércia e a nossa falta de resiliência.


Desta forma, a Rainha de Paus vem ajudar-nos a abrir caminho em direcção aos nossos dons e capacidades, e a ela podemos recorrer (já que a sua presença se encontra dentro de cada um de nós), pois ela possui a chave que abre as portas do auto conhecimento, a magia pura e simples, uma certa clarividência, e a sensatez e firmeza necessárias para percorrer esse caminho.


Bons encontros e aproveitem bem este momento

 

Bênçãos e Paz
Eva Veigas

25/4/2018 = 22

25.04.18 | Eva Veigas

cravos.jpg

 

O Regente de hoje, Dia da Liberdade, é o Número Mestre 22, quando se comemoram exactamente 44 anos, outro Número Mestre.


Não há coincidências! 


O 22 é o Número que nos eleva e nos inspira a construir mundos novos, cujas estruturas assentam em padrões de elevada índole, de elevada nobreza e altruísmo. 


O 22 rege esta data concreta, este momento, um entre tantos e tantos, portanto o que tem de especial?
Provavelmente nada, a não ser a forma como o sentimos. 


Há 44 anos este dia constituiu um marco, uma viragem na nossa História - a História de Portugal - um País tão pequeno e com uma História tão grande e tão vasta (tantas vezes mal contada, é certo), mas plena de feitos e conquistas (nem todas belas e gloriosas como nos fizeram crer), mas onde um Povo mostrou tantas vezes a sua raça: o sangue, a carne, o espírito, a massa de que é feito.


Há 44 anos a numerologia deste dia, mostrava um padrão bem distinto do de hoje. O dia era regido pelo Número 5 e o caminho 13 que apontava morte e destruição, foi como que transformado em outra coisa. E ainda bem ou teríamos assistido a um 25 de Abril, que hoje talvez não gostássemos tanto de recordar.
A chave de resolução do conflito era um 9, que apontava claramente uma conclusão, o fim de um ciclo, de um tempo de medo e inquietação e foi isso que aconteceu.


Hoje, o dia é regido por 22, que pede que olhemos para dentro, para cada um de nós e nos questionemos acerca do que realmente queremos construir. Que País e que mundo queremos construir. Em que bases e princípios, valores humanos e morais, nos queremos estabelecer?


O caminho 19 aponta soluções criativas, originais, completamente novas, desde que não nos deixemos envaidecer e não nos afastemos do objectivo principal, do amor que une e que traz sempre soluções.


A chave de resolução dos conflitos é 12 que pede que abandonemos toda a resistência e nos entreguemos a criar e a manifestar amor por todos os meios que nos sejam possíveis.

 

44 anos é quase meio século e quase 50 anos é mais do que tempo suficiente para compreender com alguma distância o que pode e deve ser alterado em benefício de um Nobre Povo e de uma Nação Valente e Imortal.

 

Viva a Liberdade de Ser e de Criar em Amor!

Nascido no Dia 2

22.04.18 | Eva Veigas

02.jpg

 

O nativo deste dia é por natureza sensível, o que lhe empresta uma imaginação poderosa, um sentido artístico peculiar, uma certa disponibilidade para ajudar e colaborar com os outros.

Possui todas as aptidões para ajudar e fazer contactos e prefere usar o seu poder de persuasão, a sua simpatia e cooperação em vez de tentar usar a força.

É uma pessoa amigável, diplomata, por vezes modesta, adaptável e muito sensível ao comportamento alheio.

Procura a calma e a gentileza, é uma pessoa sensível, inspirada e cuidadosa. Sabe exatamente como ser o 'braço direito'.

Vivido de forma negativa, este número pode conduzir a uma emotividade e passividade excessivas e à instabilidade no humor.

Outra característica que pode levar a críticas, é a sua inibição excessiva, devido a crenças injustificadas, aos seus medos ou a uma instabilidade na sua autoconfiança.

 

Leia mais sobre os Dias de Nascimento

Nascido no Dia 1

22.04.18 | Eva Veigas

01.jpg

 

Os nativos deste dia são por natureza líderes natos. Capazes de tomar o seu destino nas suas próprias mãos, dado o elevado nível de autoconfiança, vitalidade e dinamismo, estes nativos gozam de grande inteligência e articulam facilmente as suas ideias com as decisões e as iniciativas que necessitam de tomar para realizar os seus intentos.

São originais, ousados, inovadores e bastante impulsivos e geralmente usufruem de uma vitalidade e energia invejáveis.

Costumam ter orgulho em si próprios e adoram iniciar projectos novos. Aliás, é precisamente a antecipação dessas iniciativas que lhes empresta uma energia poderosa com a qual entusiasmam os que os rodeiam. No entanto, nem sempre terminam o que começam.

Por outro lado, apreciam e precisam muitas vezes de estímulos externos para conseguir levar os seus projetos adiante.

Se este nativo optar por viver a sua vibração de nascimento no seu aspecto negativo é possível que desenvolva a crença de que receber é mais importante do que doar, o que naturalmente leva ao comportamento equivalente o que obviamente lhe devolve grandes dissabores.

Existe uma tendência para sofrer de excesso de autoritarismo, orgulho e inveja.

 

Leia mais sobre os Dias de Nascimento

Nascido no Dia 30

22.04.18 | Eva Veigas

30.jpg

 

A vibração deste dia proporciona o gosto pela comunicação e incita à extroversão e aos contactos. Pode alcançar o sucesso seguindo carreiras ligadas à criatividade e ao mundo artístico. A sua capacidade de persuasão é um facto. É uma pessoa agradável, sedutora, sempre sociável e otimista. O número 30 contém a vibração do 3, mas numa oitava acima, o que lhe confere um enorme carisma, muita energia e uma intuição desenvolvida. Todas essas qualidades favorecem o sucesso em quaisquer áreas relacionadas com a comunicação, a expressão e a criação. Em geral, os seus investimentos são bem-sucedidos e estáveis. A sua vida afetiva costuma ser bem-sucedida e não precisa de enfrentar grandes obstáculos, exceto talvez a dificuldade em tomar decisões. Quando se compromete com alguém, é leal até o fim, pois a sua vida afetiva interior é, geralmente, bem resolvida. Vivida negativamente, esta vibração pode conduzir a um caminho de frivolidade, de superficialidade, agitação infundada e até mesmo mediocridade ou mau uso dos seus talentos.

Nascido no Dia 31

22.04.18 | Eva Veigas

31.jpg

 

A vibração deste dia traz equilíbrio, estabilidade, esforço, aptidão para o trabalho e para a organização. O seu sucesso é muito provável. Por vezes, pode beneficiar de circunstâncias favoráveis e de inspiração, mas não conte somente com a “sorte”. Também é capaz de alcançar o sucesso graças à sua consciência, perseverança e energia, aliados ao seu talento e à sua sociabilidade que impulsiona os seus relacionamentos. Ainda que precise de equilíbrio para ter estabilidade, também sente necessidade de criar e cultivar fantasias e por isso sente atração pela diversidade, criatividade, humor, comicidade e gosta de entrar em grandes desafios. Pode-se dizer que não reage bem à solidão e portanto sente necessidade de procurar companhia e amigos. Vivida negativamente, esta vibração pode levar à intolerância, à falta de recetividade e até a depressão.

Numerologia Abril 2018

21.04.18 | Eva Veigas

Venus1.jpg

 Imagem: O Nascimento de Vénus  de Sandro Botticelli

 

Numerologia Abril 2018

 

Regente Numerológico – 15:6

 

Dados numerológicos do mês:

- Vibração Universal do ano 2018: 11:2

- Abril: 4º mês do ano

- Vibração Universal de Abril 2018: 15:6

 

 

“Aqueles que dão têm tudo: aqueles que guardam para si não têm nada.”

Provérbio Hindu

 

 

Este mês teve início num dia dedicado ao Sol – Domingo, o que auspicia um período rico em tomadas de consciência, rico em “pequenas iluminações” ou pelo menos assim se poderia esperar.

 

O Sol é sinónimo de consciência, de iluminação. É ele que ilumina as partes mais escondidas, mais sombrias da nossa alma e ao fazê-lo expõe as nossas feridas mais enterradas, mais ocultas – aquelas que ninguém quer ver, muito menos abordar, tocar, falar delas ou, no mínimo, identifica-las como suas.

 

Mas Abril proporcionará espaço para entrar em contacto com essas partes frias, congeladas pelo tempo e pela nossa negligência. É claro que é apenas o medo, que faz com que congelemos essas emoções, ou a expressão das mesmas. O medo de um dia termos de aceitar que essas partes escuras e feias fazem parte deste todo que é o ser em humanização (estamos a aprender a ser humanos)!

 

No dia em que formos humanos, deixaremos de precisar de viver estas lições, estas aprendizagens e seguiremos para a nossa evolução por outros caminhos, outras aprendizagens com novos conteúdos, novos desafios, em novas paragens.

 

Por agora, tratemos dos assuntos terrenos de modo a facilitar o acesso ao caminho do Espírito na Terra.

 

Este Número 6, como todos sabem, é um Número que está rotulado, por assim dizer, por Número do Lar, da Família e do Casamento ou da União de dois seres em amor.

 

Pode parecer à primeira vista que os temas do 6 e do Sol não estão relacionados, mas nada poderia estar mais longe da realidade.

 

É através das relações, dos relacionamentos entre os humanos que ganhamos consciência da maior parte (se não totalmente) das feridas que carregamos na alma há incontáveis eras. Sem elas (as relações) não teríamos possibilidade de nos revermos ou espelharmos nos outros e sem essa possibilidade não teríamos oportunidade de nos conhecermos um pouco mais todos os dias.

 

Sem o auto conhecimento não há progresso e sem progresso não há evolução, nem crescimento interno.

 

Assim, este mês regido pelo Número 6 coloca em evidência o estado em que nos encontramos relativamente aos nossos relacionamentos em geral, e ao relacionamento amoroso, em particular.

 

O 6 questiona-nos acerca do nosso papel no nosso próprio relacionamento, do nosso papel no seio familiar:

 

Quem sou eu enquanto mulher/marido, namorado(a), amante?

Quem é o outro e que papel tem na minha vida?

Aceito o meu papel e honro-o, cumprindo-o? Aceito o papel do outro e honro-o?

Que feridas estão ocultas por baixo do manto de fingimento que optei por envergar?

Porque é que não dispo este manto e encaro de uma vez as minhas dificuldades?

Porque é que o meu coração se fecha ou se abre demasiado?

De onde vem o medo de encarar a responsabilidade sobre a minha própria vida e sobre as minhas escolhas e decisões.

Porque receio encarar o passado?

Porque faço tanta questão de enterrar bem fundo as minhas emoções?

 

Este é o momento de olhar bem de frente os nossos demónios, os nossos fantasmas, os nossos medos e de os trazer à luz, para que possam ser vistos e observados por nós mesmos, com toda a segurança e com toda a firmeza.

 

Se não te sentes capaz de o fazer sozinho(a), procura ajuda de um profissional, para te guiar nos primeiros passos, até que tenhas adquirido a capacidade de o fazeres sem bengalas.

 

 

Mantra do mês: Consciência gera consciência.

 

 

Eva Veigas

Pág. 1/2