Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Numerologia Arcana

por Eva Veigas

És energia em movimento!

20.12.16 | Eva Veigas

galaxia.jpg

Tens dentro de ti a mesma força, a mesma energia, a mesma substância que faz o mundo o girar, os planetas moverem-se, as plantas crescerem, as flores darem fruto.

Nunca duvides da tua divindade, da tua força geradora de luz e amor divino. Nunca duvides da voz que te sussurra desde o ponto mais interior do teu ser, pedindo-te que seja apenas tu em qualquer circunstância.

Eva Veigas

 

 

 
 
 

 

Ser Livre!

20.12.16 | Eva Veigas

Happy21.jpg

 

"Nunca permitas que alguém destrua as tuas preciosas sementes mesmo antes de as poderes plantar. Não fales dos teus sonhos e segredos mais profundos, porque a tua essência é perfumada demais para ser espalhada de qualquer maneira."

 

 

Nunca permitas que alguém roube o teu mais valioso tesouro!

 

Nunca permitas que alguém te diga o que fazer. Quando não souberes que caminho seguir, fecha os olhos, respira devagarinho e observa-te a sair da confusão da tua mente. Deixa chegar a resposta de forma suave, sem esforço da tua parte. Confia!

 

Nunca permitas que alguém coloque limites ou formatações nos teus sentimentos mais puros. Pessoas sem escrúpulos buscam vítimas a todo o momento. Sai da vitimização e agarra as rédeas da tua vida!

 

Nunca permitas que alguém tome conta da tua VIDA. Oferecer o controlo da tua vida a outra pessoa é abdicar do teu Poder Pessoal.

 

Nunca permitas que alguém te humilhe, e te retire a esperança e a confiança que depositas nos teus sonhos. Aprende a confiar na tua intuição. Confia que és capaz de fazer acontecer.

 

Nunca permitas que alguém destrua os teus sonhos, mesmo aqueles que à partida parecem impraticáveis, impossíveis ou utópicos. Sonha grande mas evita colocar a fasquia demasiado alta. É preferível dividir uma grande tarefa, em tarefas mais pequenas que sejas capaz de executar, do que desistir a meio por te parecer tudo demasiado gigantesco e amedrontador. Lembra-te: Devagar se vai ao longe.

 

Nunca permitas que alguém destrua as tuas preciosas sementes mesmo antes de as poderes plantar. Não fales dos teus sonhos e segredos mais profundos, porque a tua essência é perfumada demais para ser espalhada de qualquer maneira.

 

Nunca permitas que alguém retire a tua paz e a tua serenidade interior. Não permitas que pessoas zangadas com elas próprias e de mal com a vida tenham o prazer de te retirar aquilo que tu, simplesmente, já estás preparado para receber e saborear.

 

Nunca permitas que alguém te diminua, te refreie, te estilhace e te desfaça em pedaços. É fácil perceber quem são aqueles que não gostam do teu brilho, do teu magnetismo pessoal. São aqueles que em nome de um amor ou de uma amizade hipócrita te sorriem pela frente e te denigrem pelas costas.

 

Nunca permitas que alguém te faça sentir que não és merecedor de amor, de atenção, de oportunidades, ou de seja o que for. Tu Mereces tudo o que a vida te oferece!

 

Nunca permitas que alguém te faça sentir o pior dos seres à face da Terra. Somos todos filhos e filhas da mesma Fonte de Amor Infinito.

 

E acima de tudo…

 

Nunca abdiques da tua Alegria, do teu Amor-próprio e do AMOR que irradias de dentro de ti.

 

Eva Veigas

19/12/2016 - 22:4

19.12.16 | Eva Veigas

star1.jpg

 

19/12/2016


(1+9+1+2+2+1+6 = 22)

 

Frequência 1:3:9

 

Momento de cura, sanação e/ou recuperação, regeneração dos corpos físico e emocional.
Um estado energético, vibracional que permite a criação de condições específicas para que a cura ou regeneração possa ocorrer.

 

A cura permite uma transformação súbtil da energia daqueles que buscam melhorar aspectos emocionais e físicos que os impeçam ou de alguma forma limitem as suas acções.

 

Inseguranças, medos, bloqueios, etc. permanecerão bastante visíveis ou perceptíveis ao longo de todo o dia com bastante intensidade, de modo a não deixar dúvidas, instigando cada ser a ganhar consciência de cada um dos aspectos que necessitam de transformação.

 

É importante ganhar clareza sobre a percepção que cada um tem sobre si próprio e perceber o fosso que existe entre a realidade que se formou e a verdadeira face da consciência que quer despertar.

 

É que os estados emocionais vão estar mergulhados em águas densas e pantanosas, à espera que cada um mergulhe numa vibração de purificação emocional, libertando tensões acumuladas ao longo de vidas e vidas.

 

Os aspectos positivos do dia ajudarão a organizar os aspectos mundanos a fim de os poder envolver e conciliar com o nosso mundo interno.

 

É importante definir uma intenção logo ao início da manhã, reforçando-a ao longo de todo o dia.

 

A descontração e uma boa dose de sentido de humor poderão ajudar a descongestionar a energia mais aglutinada.

 

Semana Numerológica: 15/12/16 a 21/12/16

15.12.16 | Eva Veigas

rivers.jpg

 

by Eva Veigas

Sou Numeróloga por Paixão!

 

“Nada lhe posso dar que não exista em si. Não posso abrir-lhe um outro mundo de imagens, além daquele que existe na sua própria alma. Nada lhe posso dar senão a oportunidade, o impulso, a chave. Eu ajudá-lo-ei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo.”

Hermann Hesse

 

 

Número Regente – 6

Abrindo os Portais do Campo Emocional – Cura e Sanação de Feridas Emocionais

 

 

Trânsito Numerológico: Ano Universal 9 – Mês Universal 21:3 – Semana 6

 

Ao trânsito de Fogo que temos vivido desde 1 de Dezembro, junta-se a partir de hoje, dia 15, um novo Elemento – a Água - essencial à transição para a qual nos estamos a preparar.

 

O ano aproxima-se do seu fim, não sem antes acolhermos e celebrarmos o Solstício de Inverno que nos convida ao recolhimento, à interioridade, à possibilidade de nos restabelecermos depois de todas as energias consumidas pelas estações anteriores: nascimento, crescimento e colheita.

 

Este é o tempo da morte, da congelação, do isolamento, do sossego, do silêncio, do momento em que nos retiramos do mundo.

 

As Águas de 6, vêm contribuir para acalmar o excesso de Fogo, de impaciência, de impulsividade, onde o foco tanto pode ser criador como destruidor. São as águas dos rios, dos ribeiros, águas que irrigam a terra, que refrescam, que arrefecem os impulsos do domínio do Fogo.

 

É tempo de abrandar, de serenar e de exteriorizar as nossas emoções, os nossos sentimentos, de forma mais harmoniosa, mais coerente, permitindo que os outros saibam o que pensamos, o que sentimos, o que desejamos.  

 

Colocar fora o que está reprimido dentro, permite ver de forma mais clara e objectiva, o que de facto causa incómodo, desconforto, medo, dor, agressividade ou qualquer outra emoção que leva as pessoas desde o descontrolo total até ao histerismo.

 

Ver e observar, de forma o mais isenta possível (isto é, sem fazer juízos de valor), comportamentos resultantes dessas emoções doentes, distorcidas ou corrompidas por anos e anos de formatação e rigidez mental, permite, finalmente, começar a discriminar e a escolher aquilo que tem de facto qualidade, aquilo que merece a nossa atenção, o nosso amor e a nossa entrega.

 

Escolher alterar um determinado padrão, implica uma mente activa, um compromisso consigo mesmo, uma decisão de tomar as rédeas da própria vida, o que nem sempre é confortável ou fácil. No entanto, só experimentado situar-se um pouco fora da zona de conforto habitual, pode o homem ou a mulher, permitir-se sentir uma nova liberdade.

 

O dia 19 de Dezembro, será regido pela energia particular do Número Mestre 22, que ajudará aqueles que necessitam de (re) colocar os pés na terra, já que este trânsito de Fogo, impede o mais incautos de o fazerem.

 

Assim, o 22, apesar de ser constituído por Água, tem na sua base a Terra necessária, para a construção dos limites e das fronteiras que alguns de nós terão que começar a criar nos próximos tempos. Esta criação deve ser feita de forma adequada, usando a sensibilidade das Águas de 22, que trazem o amadurecimento emocional necessário, de modo a estabelecer limites saudáveis que não quebrem ou destruam relações, sejam elas de que áreas forem, que apenas precisam de um ajustamento e não de um corte.

 

Dias a destacar:

19/12/2016 – Dia de vibração mestre 22

21/12/2016 – Solstício de Inverno (10h44m)

 

Ser Feliz é uma Escolha!

 

 

 

O Número Regente do dia 13 e o Arcano 13

13.12.16 | Eva Veigas

13 Morte.jpg

 

Outrora designado pelo Arcano Sem Nome, tal era o medo e o pavor de verbalizar a temida Morte!

 

O esqueleto que com a sua foice, ceifa pernas, braços, cabeças, está a reunir todos os elementos base que constituem o corpo físico.

 

A imagem do esqueleto não simboliza a morte física, é antes a representação sublime do que é Primordial, já que é a primeira estrutura que se forma no ser humano e a última a desaparecer.


O 13 é um Número que exige um grande sacrifício àqueles regidos pela sua vibração.

 

Porém, antes de mais, convém lembrar a origem da palavra "sacrifício", que significa 'o acto de manifestar o sagrado'.

 

Portanto, antes de tirarmos conclusões precipitadas, reduzindo o sentido que geralmente se atribui a esta palavra, que é o de privação, voluntária ou não, de algo, é bom reflectir um pouco, mergulhando nas origens, por vezes, obscuras, das palavras.

 

O sacrifício que o 13 propõe àqueles que são polarizados pela sua energia, implica o afastamento, provisório, é certo, da sua espiritualidade. Uma espécie de negação necessária, a fim de nos podermos distanciar das Leis do Céu (Leis Universais) para poder conhecer e aprender acerca das da Terra.

 

A tarefa de reunir os elementos base primordiais é trabalhosa e por vezes penosa, porém, exige um certo grau de organização mental, emocional e física, para que cada um possa edificar-se ou construir algo no plano material, visível.

 

Porém, é preciso ter em conta que toda a construção nesta fase da vida será perecível, como toda a matéria é. Assim que os objectivos estejam cumpridos e tenham servido o seu propósito é tempo de largar, de deixar de ir, de “MORRER” para essa construção!

 

E com isto, com esta experiência, tem início novo ciclo: por um lado, pode-se sempre recomeçar e por outro lado é tempo de compreender o verdadeiro significado de desapego – o de morrer constantemente para o passado, para o que foi feito, para o que foi dito, para quem fomos ou para quem desejávamos ser!

 

13/12/2016 - 16:7

13.12.16 | Eva Veigas

11001870_607599159374669_283339433920818115_n.jpg

 

13/12/2016

 

Redução da data de hoje: 4:3:9

 

Missão e lições do dia - 16:7

 

 

A transformação sobrevirá depois de forte derrocada interna. Quando os velhos alicerces da estrutura egóica, finalmente, se desmantelarem, então o processo da real tomada de consciência poderá ter início.

 

A derrocada pode ser violenta ou mais suave, mas essa percepção é apenas vista e sentida através dos nossos filtros, tantas vezes alinhados com o corpo de dor (alimentado pela nossa vítima).

 

A postura interna pede silêncio, sob o olhar atento da nossa alma, mergulhando-nos em profunda reflexão. Estar e permanecer em silêncio, sentados na quietude do dia é tudo o que poderemos fazer, ou melhor, não-fazer.

 

Estas frequências numerológicas convidam a uma reestruturação interna e portanto pouco ou nada devemos fazer fora.

 

Haverá aqueles, que em virtude da estranheza e do silencio contundente do dia, teimarão em preencher o vazio com mil e uma tarefas, pois este ainda não é o seu tempo de transformação.

 

12/12/2016 - 15:6

13.12.16 | Eva Veigas

forrest.jpg

12/12/2016

 

Redução da data de hoje: 3:3:9

 

Missão e lições do dia - 15:6

 

 

Hoje podemos "parar" para reflectir acerca das nossas paixões. O que nos move? A Paixão? O prazer? O dever e as obrigações? É possível transformar o dever em paixão de viver? É possível que essas paixões estejam desactualizadas e se tenham transformado em peso nas nossas vidas? É possível sentir prazer outra vez?

 

Não falo do prazer egoísta, mas do puro prazer de rir, de brincar, de colaborar, de estar e de se manter Presente a cada momento, a cada respiração!

 

Se nos sentirmos acorrentados a algo ou alguém, aos nossos próprios esquemas mentais, se acreditamos que não podemos ir mais longe, que não vale a pena o esforço, etc., hoje é um bom dia para voltar a olhar sobre a razão que se esconde por trás dessa dor que nos impede de avançar.

 

Aprender a usufruir das pequenas/grandes coisas da vida é acender ou reacender as paixões, o prazer, o entusiasmo, a vontade de experimentar algo novo que nos impulsione para a frente e para cima. E já agora, porque não espalhar essa onda de energia à nossa volta, contagiando os outros a fazer o mesmo?

 

O Número Regente do dia 12 e o Arcano XII

13.12.16 | Eva Veigas

12 Dependurado.jpg

 

Por vezes é melhor mudar de perspectiva!

 

Permancer muito tempo na mesma posição, defendendo as mesmas velhas ideias, conduz o indivíduo a uma tal rigidez e intransigência, que torna difícil a sua inclusão no mundo.

 

A dificuldade de relacionamento com o mundo, e a incapacidade de interagir com os outros, gera um campo de forças contrárias que obriga o indivíduo a esforçar-se demasiado, gastando assim demasiada energia.

 

Não admira pois, que quem se encontra neste estado se sinta exaurido, profundamente desconfortável na sua própria vida e consigo mesmo, ansiando para que algo ou alguém lhe alivie este peso, fazendo com que tudo isto termine... sem ter consciência que é ele próprio o responsável por essa mudança tão necessária na sua vida.

 

Enquanto ele não se render à sua condição humana, enquanto ele não permitir que a humildade lhe corra suavemente nas veias, exalando os aromas da aceitação (que ele tanto teme e rejeita) da sua própria totalidade, não será livre, não será inteiro, não será homem nem deus.

 

As Principais Características dos Números

07.12.16 | Eva Veigas

 

ID-10083564.jpg

 

À luz da Numerologia, os Números são representações simbólicas, são signos ou símbolos que representam determinadas qualidades ou características.

 

 

É importante clarificar que os Números não são bons nem maus, e que muito menos têm qualquer influência sobre nós, pois são abstrações, representações para que a nossa mente as possa entender.

 

Quem possui a qualidade ou característica somos nó, e somos nós que decidimos se a usamos de forma positiva ou construtiva, ou, se pelo contrário, a usamos de forma negativa ou destrutiva.

 

Quando me refiro a positivo e negativo, não me refiro a bom ou mau, mas apenas às próprias polaridades de cada qualidade. Refiro-me por exmplo ao dia por oposição à noite, não à oposição conflituosa, mas antes à complementaridade das duas polaridades. Na verdade, o dia nem é bom nem mau e o mesmo é válido para a noite. 

 

Ora a conjuntura numerológica de um mapa natal é um mecanismo vivo e vibrante que ganha relevo, assim que uma criança nasce e começa a expressar essas mesmas qualidades/características nas suas polaridades.

 

Um mapa numerológico é um esquema composto por determinadas casas ou posições no mapa, que estão organizados em volta de uma determinada data de nascimento e de um determinado nome, o que torna cada indivíduo único, especial e inimitável, como uma impressão digital.

 

 

Assim, para que se possa familiarizar um pouco mais com os Números e as suas qualidades, aqui ficam algumas características genéricas que lhes são atribuídas.

 

 

- Início, Coragem, Determinação, Vontade, Iniciativa, Autonomia, Pioneirismo, Idealismo, Atividade, Ambição, Aventura, Mudança Ousadia, Criatividade, Individualidade, Inovação, Independência, Originalidade, Liderança, Autoridade, Pragmatismo, Obstinação, Solidão, Egocentrismo, Egoísmo.

 

- Harmonia, Partilha, Dualidade, Sensibilidade, Diplomacia, Moderação, Cooperação, Tolerância, Emoção, Compreensão, Sensatez, Convívio, Trabalho em Equipa, Hipocrisia, Cinismo.

 

– Alegria, Comunicação, Expansão, Criatividade, Otimismo, Fertilidade, Sociabilidade, Versatilidade, Talento, Dispersão, Tristeza, Superficialidade, Incapacidade de manter o foco.

 

4 - Organização, Método, Segurança, Construção, Solidez, Concretização, Apego, Ordem, Dever, Eficiência, Disciplina, Pragmatismo, Responsabilidade, Estrutura, Esforço, Concentração, Limite, Perseverança, Execução, Seriedade, Pormenor, Rigor, Exaustão, Preguiça, Negligência, Rigidez, Incompetência.

 

5 - Liberdade, Conhecimento, Insatisfação, Procura, Inquietação, Ruptura com a Ordem estabelecida, Impulsividade, Instinto, Indisciplina, Versatilidade, Entusiasmo, Imaginação, Mudança, Originalidade, Diversidade, Excesso, Curiosidade, Agilidade (corpo e mente), Instabilidade, Agitação, Psiquismo.

 

6 - Solidariedade, Estabilidade, Afecto, Responsabilidade, Compromisso, Possessão, Perfeccionismo, Amor à Arte, Sensibilidade, Beleza, Serviço, Teimosia, Obstinação, Ciúme, Criticismo, Inflexibilidade, Auto comiseração

 

- Intuição, Interioridade, Introspecção, Espiritualidade, Fé, Misticismo, Solidão, Amargura, Cinismo, Criticismo, Estudo, Individualismo, Egocentrismo, Teimosia, Psiquismo, Sensibilidade.

 

- Força, Domínio, Perseverança, Concretização, Poder, Materialismo, Desonestidade, Prepotência, Indisciplina, Eficiência, Determinação, Equilíbrio, Criatividade, Vaidade, Teimosia, Materialismo, Organização, Optimismo, Exibicionismo, Ambição.

 

- Compaixão, Abnegação, Generosidade, Tolerância, Justiça, Humanitarismo, Filantropia, Espiritualidade activa, Egoísmo, Intolerância, Infelicidade, Criticismo, Ciúme, Indiscrição, Frieza, Inconstância, Cobardia, Paciência

 

by Eva Veigas

Numeróloga por Paixão

 

Semana Numerológica: 08/12/16 a 14/12/16

07.12.16 | Eva Veigas

golden.jpg

 

8 a 14 de Dezembro 2016

 

 

Número Regente – 30:3

Acedendo aos Portais Dourados da Criatividade

 

 

Trânsito Numerológico: Ano Universal 9 – Mês Universal 21:3 – Semana 30:3

 

Encontramo-nos diante de mais um período conduzido e regido por várias frequências do Número 3 e seus desdobramentos (9; 21; 30). Por sua vez estas frequências encontram-se sob o domínio do potente Elemento Fogo.

 

O Senhor do Fogo, implacável, destruidor e incinerador de tudo quanto é obsoleto, está pronto a queimar as velhas estruturas, enferrujadas, corroídas, mas que pela sua própria teimosia e resistência, insistem em manter-se pé, impedindo que o nosso plano emocional, representado pelo Elemento Água, se expresse através do Amor, da Verdade e da Coerência.

 

Depois do processo de reduzir a cinzas todo o lixo mental e emocional que já não mais nos serve, irromperão as Águas (na segunda quinzena deste mês) da purificação e da fluidez que abençoarão as nossas vidas e nos devolverão condições essenciais e especiais para que as mudanças que tanto queremos e precisamos de fazer possam ocorrer.

 

Este período, entre 8 e 14 de Dezembro, servirá para nos estabilizarmos, para buscarmos e/ou acedermos à nossa plataforma espiritual, ao nosso Fogo divino, trazendo à tona todo o nosso potencial criativo, tomando as rédeas da nossa vida, o que, obviamente, implicará deixarmos de necessitar da autorização e do reconhecimento dos outros.

 

Este período possibilita assim, continuar o nosso despertar individual, e claro, está implícita a repercussão desse mesmo despertar, ao nível coletivo, desde que mantenhamos uma postura e uma intenção isentas e claras relativamente às nossas metas pessoais e coletivas (consciência do papel que cada um representa no Todo).

 

Em termos práticos será um período onde as nossas aptidões artísticas (não apenas as dos artistas consagrados e reconhecidos, mas da arte que cada um de nós pode manifestar); a facilidade de comunicar e interagir com o mundo exterior e a capacidade de nos expressarmos claramente será manifestamente visível.

 

A possibilidade de sermos bem sucedidos, em qualquer área do nosso interesse ou na qual tenhamos experiência, é enorme e, certamente, produzirá, frutos a curto ou médio prazo.

 

 

Dia a destacar:

14/12/2016 - Lua Cheia (Última Super Lua deste ano)

 

 

 Ser Feliz é estar reconhecido à Vida!

 

 

 

Mensagens