Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alma Arcana

Numerologia, Tarot, Xamanismo - Desvende os seus Tesouros Internos e Transforme a sua Vida

Alma Arcana

Numerologia, Tarot, Xamanismo - Desvende os seus Tesouros Internos e Transforme a sua Vida

Semana Numerológica: 15/06/16 a 21/06/16

11.jpg

 

"Não é preciso muita força para se agarrar, mas é preciso muita força para se libertar.

J.C. Watts

 

Como sabem, este é um mês regido pelo Número 6 que resulta da redução de 15. Este aspecto foi analisado no artigo sobre o mês de Junho de 2016.

 

O período de 15 a 21 de Junho tem como Regente Numerológico o Número 3, que resulta da redução de 12.

 

Assim, o período de 15 a 21 de Junho é na verdade co regido pelo Número 12, cuja proposta nos devolve oportunidades únicas devido aos aspectos, também eles únicos deste período em concreto.

 

Como sabem, vou sempre avivando a memória dos mais distraídos lembrando que nos encontramos num ano 9 que representa uma transição, nem sempre fácil, é certo, do velho para o novo. Estamos a largar processos antigos, a encerrar assuntos, a resolver questões pendentes, a fazer balanços profundos, ainda que por vezes não tenhamos muita consciência disso. (Geralmente isso acontece uns meses, ou mesmo uns anos mais tarde, quando olhamos para trás, geralmente noutro ano 9 (ou num mês 9) e nos deparamos com as mudanças que entretanto, gradualmente, foram tomando conta da nossa vida.)

 

Estamos no fundo, a preparar o terreno para o próximo ciclo que ao nível colectivo terá início em 2017.

Claro que o impacto de um ano 9 é diferente para cada um de nós e a intensidade da sua força depende em grande parte do ano pessoal que cada um estará a viver neste ano 2016.

 

Encontramo-nos praticamente a meio do ano, num mês cujo regente Numerológico é 15:6. Trata-se portanto de um 6 onde predomina a energia do 15 acerca da qual já escrevi, mas onde acima de tudo nos é pedido que nos libertemos das prisões que nós mesmos construímos.

 

Claro, que é preciso identificar essa construção e antes de mais aceitar que somos nós os arquitectos da mesma, o que não é mesmo nada fácil, mas é para isso que os Números vão criando esta grelha onde se vão formando múltiplos aspectos e onde as várias facetas de cada um deles nos vão dando oportunidade de nos conhecermos cada vez mais em profundidade e intensidade.

 

Camada a camada iremos encontrando o caminho do coração e é ele que nos vai iluminando no meio da escuridão (inconsciência) apontando soluções, abrindo portas que nos levarão a regressar a nós mesmos, resgatando pedaços de nós que se encontravam perdidos, soltos, totalmente desidentificados da nossa essência.

 

Posto isto, chegaremos ao momento em que nos sentiremos prontos para derrubar essas prisões, dissolvendo-as pelo poder do Amor que habita em nós: amor por nós mesmos!

Temos que nos amar, isto é, temos que respeitar a nós mesmos, temos que ser impecáveis connosco (ser isento de pecado é permanecer sem mácula no coração, perdoando as nossas falhas e as dos outros, corrigindo o que possa e deva ser corrigido).

 

E assim neste período a que agora me refiro, estando sob a pura energia de 12, é tempo de buscar equilíbrio de dentro para fora.

É preciso aprender a perdoar do coração para poder largar tudo, desde a crença mais arreigada à crença fraca, por estar mal ou pouco sustentada – a crença que cai rapidamente por falta de argumentos.

 

É preciso desnudarmo-nos ante nós mesmos, ficando na transparência total. Largaremos tudo menos a nossa essência divina, esse perfume tão subtil que para o sentirmos e saborearmos é preciso criar uma sintonia perfeita com essa parte de nós que está acima do que é mundano. Está acima da crítica e do julgamento, está acima do desespero, da vaidade, da arrogância, do orgulho e da ambição desmedida entre outros aspectos do ego inferior e com o qual a maioria de nós se identifica.

 

É um trabalho de paciência, de cuidado, de entrega, porque é lento, suave e mal se dá conta dele. Mas é o trabalho que nos libertará da dor, da infelicidade, da tristeza e da melancolia, da frustração, da raiva e da ira.

 

Mais uma vez a palavra de ordem é a Purificação. É importante que purguemos cada uma dessas emoções que se vão descongelando e mostrando diante nós. Mais vale aceitar logo de uma vez que aquelas sombras são nossas, para não continuarmos a cair no erro de continuar a produzir ilusões. Sim, somos nós que contribuímos para a malha ilusória que nos envolve. Todos os dias tecemos um bocado. Está na hora de começar a desfazer o que tecemos, de modo a criar novos espaços para que o Fogo da Criatividade (Número 3) possa expressar-se e manifestar-se de forma tangível e diversificada.

 

As novas teias da vida serão muito diferentes daquelas que conhecemos, pois elas vibram em novas frequências. Assim cada um de nós reconheça o seu papel criador e assuma o seu lugar nesta imensa hierarquia.

 

Este é um tempo de criação de novos valores, tal como já venho dizendo há décadas, esta é uma crise de valores e não uma crise económico-financeira. Esta é uma crise necessária, para que as diferentes sociedades possam reflectir sobre os princípios e os valores pelos quais se regem e para se questionarem sobre se pretendem continuar a seguir o mesmo padrão ou se estão preparadas para criar e manifestar novos paradigmas onde todos colherão benefícios, mas onde o principal beneficiado será o nosso Planeta.

 

Um padrão novo incluirá a segurança, proteção e bem-estar de todas as espécies e não só a humana, que é apenas mais uma no meio da biodiversidade incrível deste Planeta que é a Terra.

 

A espécie humana que se destaca pelas suas particulares características tem a obrigação de cuidar das outras espécies e do seu habitat e enquanto isso não suceder continuaremos a ver guerras, epidemias, crises financeiras e acima de tudo catástrofes naturais a devastarem sociedades inteiras.

 

Mas acima de tudo a escolha é de cada um, não podemos continuar a escudar-nos atrás de velhas frases sem sentido: “Não posso fazer nada: a sociedade é assim.”; “Sou assim e não vou mudar, foi a vida que me fez desacreditar.”

Não foi a vida que te fez desacreditar, foste tu que aproveitaste a deixa para justificares a tua incapacidade de lutar, por não seres capaz de sair da tua zona de conforto, onde estás comodamente sentado a criticar, excluindo-te da tua própria obrigação.

 

É mais fácil essa posição, mas ela está a desabar e tu estás em total desequilíbrio.

 

É essa o convite que a vida nos faz neste momento: Larga, desaba de uma vez. É preciso cair para entrar em contacto com a terra!

 

Em contacto com a terra (Terra) podes religar-te à Terra-Mãe e a partir daí as tuas escolhas jamais serão as mesmas.

Estás preparado/a?

 

 

Um abraço fraternal

Em Profunda Comunhão com a Vida

Eva Veigas

Hawwah

Honras e Bênçãos

A Todos os que vierem por Bem! :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Caminhemos lado a lado nesta jornada de autodescoberta, guiados pela Luz Divina. Tornemo-nos, a cada dia, mais e melhores humanos. ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Filha das Estrelas

A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas. Sou mais antiga que a Terra. Mais antiga que a Lua e que o Sol. Viajei entre Galáxias. Visitei outros espaços. Outras dimensões. Trago na Alma. A Sabedoria dos Tempos. E de outros lugares. A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas © ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Eva Veigas :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Numerologia, A Arte dos Números

A Numerologia é uma Arte. Um instrumento sagrado que o numerólogo usa com Arte, Conhecimento, Sabedoria, Intuição e Amor, para descodificar e traduzir esta linguagem simbólica, composta de signos (números e letras) numa linguagem acessível para todos. A Numerologia não julga, nem critica, ela levanta o véu que cobre a nossa ignorância, acerca de nós mesmos, para revelar a nossa essência mais pura. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Estudo, pratico e aplico esta arte milenar, que é a Numerologia, há mais de 20 anos. Sou completamente rendida a este saber, a este conhecimento único que o universo nos transmite através dos Números presentes em tudo na nossa vida. De acordo com Pitágoras, "Todas as coisas são Números" e na verdade são. Não há nada que não contenha Números ou que não se expresse em Números, estejam eles visíveis ou ocultos. ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: As consultas de Numerologia, constituem uma fonte inesgotável de conteúdo precioso para quem se encontra verdadeiramente comprometido no caminho do auto conhecimento, para quem não gosta de se sentir estagnado e pretende evoluir, aprender e progredir na vida. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: As consultas abrangem diversos temas e áreas e podem ser realizadas em qualquer momento da vida, dado que o nosso mapa natal sofre mudanças a cada ano, mês, semana e hora que passa. Na vida nada permanece estático, tudo evolui e se transforma. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Para agendamento e outras informações leia os Termos e Condições :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

O Tarot

O Tarot é uma ferramenta sagrada, riquíssima de simbolismo, onde estão representados Números, Cores, Figuras, Objetos, Elementos, Flores, Árvores, Animais... ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: É composto por 78 cartas ou lâminas, comummente designadas por Arcanos, os quais se dividem em 22 Arcanos Maiores e 56 Arcanos Menores. ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Os Arcanos Menores estão agrupados em conjuntos de 4 naipes, de 10 cartas numeradas de 1 (Ás) a 10, mais as respectivas Figuras da Corte (Pajem ou Valete, Cavaleiro, Rainha e Rei). :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Cada naipe corresponde a um campo ou esfera da vida humana: Paus (Fogo) - Esfera Espiritual; Copas (Água) - Esfera Emocional; Espadas (Ar) - Esfera Mental e Ouros (Terra) - Esfera Material. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Nunca desistas de ti!

Que nada te impeça de seres tu mesma. Que a tua deusa interna se revele. ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Ma'at

"Destas penas de avestruz da Dupla Verdade, tão delicadas que o mais subtil hálito mental pode agitar, pendem através das correntes da Causa e do Efeito, os pratos ou esferas onde o Alpha (o primeiro) e o Ómega (o último) , se equilibram. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Não é possível deixar cair um alfinete sem provocar uma reacção correspondente em cada estrela." :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: A. Crowley, O Livro de Thoth :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Regra de Ouro

"Nenhum estudante jamais realizará qualquer progresso no desenvolvimento espiritual se saltar de um sistema a outro, utilizando ora algumas afirmações do Novo Pensamento, ora alguns exercícios de respiração a posturas meditativas da ioga, para prosseguir depois com algumas tentativas nos métodos místicos de oração. Cada um desses sistemas tem o seu valor, mas esse valor só é real se o sistema é praticado integralmente." ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Dion Fortune :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Blog

Altair - Constelação da Águia (Astrologia) https://altair.blogs.sapo.pt/

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2006
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub