Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas

NUMEROLOGIA ARCANA

NUMEROLOGIA ARCANA

Presença na "Grande Tarde" - SIC, 30/01/2015

Minhas queridas essências de todas as cores e de todas as frequências de luz e amor

A todos os que assistem a programas da tv, aos que só assistem de vez em quando e aos que não assistem de todo

Amanhã vou estar no programa da SIC - Grande Tarde a falar um bocadinho sobre Numerologia, estão todos convidados a participar

 
 
Beijinhos e abraços
 
Eva

25/01/2015 - 16:7

Data 25/01/2015

uni.jpg

 

Como usar as frequências do dia de hoje?

Hoje temos, como aliás se tem vindo a verificar ao longo de todo o mês de Janeiro, a mesma energia repetida ao longo da data, e, no seu resultado, depois de reduzido a um dígito.

 

Dia 25 = 2 + 5 = 7

25/01/2015 = 2 + 5 + 1 + 2 + 1 + 5 =16

16 = 1 + 6 = 7

E o 7 enquanto redução propriamente dita.

 

Como podemos olhar para isto, o que nos pede este dia?

O que nos pedem estes números?

O 7 é o número daqueles que aprenderam a usar a mente com sabedoria, sensatez e amor.

O conhecimento traz-nos riqueza de saberes, a organização mental ajuda-nos a arrumar os pensamentos, que por sua vez nos permitem formular conclusões, através das quais faremos as sínteses necessárias para avançarmos para novos níveis de entendimento.

Um novo nível de entendimento torna-nos cientes de quem somos e do que podemos fazer de acordo com a nossa verdadeira essência - e é tanto o que podemos fazer.

Na verdade, aquilo que mais nos atrapalha, se não a única coisa, são os medos, e são muitos os medos que todos temos.

O medo é esse obstáculo que nos impede de nos realizarmos e crescermos como seres humanos e espirituais que somos.

Mas o medo não é real, exceptuando os dois medos básicos transversais aos humanos e aos animais (até provas em contrário) que é o medo de cair e o medo do barulho. Mas esses dois medos fazem parte do nosso instinto de sobrevivência e são naturais.

Todos os outros medos são construções mentais.

É disso que este dia fala, por detrás de todos estes 7.

Resgatemos os medos infundados que ainda habitam o nosso ser naquela parte da mente que fala baixinho, mas que repete todo o dia, qual disco riscado, a mesma mensagem desoladora, de como somos incompetentes nesta ou naquela área, de como nunca seremos ninguém, de como falhamos constantemente aqui e ali, de como estamos aquém dos nossos sonhos e ideais, de como nunca seremos capazes de atingir um sucesso, porque isso é para pessoas especiais e assim por diante.

Então, hoje teremos que ser muito confiantes e ir buscar a nossa caixa de ferramentas e começar a indagar-nos sobre quando foi a primeira vez que ouvimos alguém dizer-nos que nós nunca conseguiremos, ou que não merecemos, ou que não somos suficientes inteligentes, bonitos, eficazes, assertivos , etc..

Mas também pode ser que nunca ninguém nos tenha dito nada disso e que pura e simplesmente tenhamos sido nós a acreditar nessa história como justificação de não querermos dar o passo que nos libertaria da nossa zona de conforto. Desse modo criámos todo o tipo de barreiras que impedem os outros de ver quem realmente somos, que somos realmente preguiçosos, inconstantes, incoerentes, arrogantes, prepotentes, etc..

Seja de que maneira for, hoje é um dia que nos permite sarar todas essas feridas da alma (aliás todo o mês de Janeiro nos pede que arrumemos bem a nossa casa e que não tenhamos medo de abrir as gavetas, para onde atirámos toda a espécie de situações não resolvidas e, que entretanto, por falta de as encararmos, se foram para ali amontoando, ganharam bolor, pó e teias de aranha), pois este é o momento de limpar amorosa e carinhosamente todo esse lixo e de parar de imputar culpas a nós ou aos outros, ao estado do país, ao clima, ao mundo em que vivemos, ou até ao efeito da Lua ou do Sol.

Paremos de uma vez por todas de alinhar nesse joguinho traiçoeiro que nos leva repetidamente a cometer os mesmos erros.

Usemos sabiamente a nossa Mente Divina, aquela parte de nós que sabe que tudo isso são desculpas esfarrapadas e enfrentemos os medos, com a confiança e o empenho de quem sabe que é urgente mudar este estado de espírito em relação a nós mesmos.

É um tempo de transmutação profunda, de olhar para dentro, mas não de estagnação. É olhar, sentir e agir!

 

Caminhos maravilhosos estes que nos levam à libertação.

 

Eva Vilela Veigas

Resultado das cartas dos Anjos do dia 20/01/2015

Anjos20_10001.jpg

 

Carta 1 - Support

 

Neste momento és totalmente apoiado por Deus, pelos Anjos e pelos Arcanjos, pelos Mestres Ascensos, pela energia do teu Eu Superior, enfim pela tua equipa espiritual que te acompanha em todos os teus caminhos.

Tudo o que pensas, dizes, fazes e que esteja em completa consonância entre si trará benefícios e consequencias importantíssimas para a tua vida, para os que te rodeiam, para o local onde habitas e inclusivamente para o planeta inteiro.

Fazes parte de um desígnio amoroso que coloca seres de ressonâncias e frequências idênticas a trabalhar em equipa para o Bem Comum.

Sempre que vacilares ou duvidares de ti ou dos outros, pede ajuda à tua equipa. Pergunta e depois permite-te ouvir a resposta.

 

Carta 2 - Emerging

 

Não tenhas receio de mostrar toda a tua beleza interior. Do teu coração irradia luz, uma luz muito brilhante, única, que tem o poder de tudo transformar e envolver no seu abraço.

Por vezes, pensas que se mostrares e assumires quem és autenticamente ficas à mercê do julgamento alheio, mas acalma os teus receios, pois eles são infundados. Aprende a ser tu próprio. Quanto mais te libertares do julgamento externo mais depressa resgatarás o teu Poder Interno.

Faz apenas aquilo que o teu coração ordenar, em sintonia com as mais altas frequências da Glória de Deus e do Amor Que emana de tudo e de todas as coisas.

 

Carta 3 - Divine Guidance

 

Confia na tua voz interior, na tua intuição, segue-a ardentemente. Quando te permites apenas ser, transformas-te num canal através do qual a voz de Deus e dos Anjos se podem expressar livremente.

Atenta nos sinais que estão presentes na tua vida a cada momento, regista os teus insights as tuas visões, as tuas intuições, tudo isso em conjunto te está a indicar um caminho - o teu.

Pisa na senda da tua verdade com a inocência de uma criança e com a confiança de um deus.

Não rejeites nada, acolhe tudo. Respira.... permanece e depois avança serenamente pela vida.

 

Um abraço interdimensional

Eva Vilela

 

 

 

Pág. 1/3

Blog em actualização

Seremos breves. Gratos pela compreensão.

Honras e Bênçãos

A Todos os que vierem por Bem! Caminhemos juntos nesta jornada de autodescoberta e superação. Sejamos, a cada dia, mais e melhores humanos. Eva Veigas

A Cura Começa em Ti

Se não sabes por onde começar... começa por ti mesmo, cura a tua criança ferida e curarás a tua mãe e o teu pai, as tuas avós, os teus avôs e os teus antepassados todos - homens e mulheres que pisaram a Terra antes de ti, que viveram e lutaram, que riram e derramaram lágrimas, que caíram no sono da morte, mas que deixaram a semente para que tu possas estar aqui hoje. - Eva Veigas - Cascais, 18 Dezembro 2019

Ma'at

~ ~ ~ ~ "Destas penas de avestruz da Dupla Verdade, tão delicadas que o mais subtil hálito mental pode agitar, pendem através das correntes da Causa e do Efeito, os pratos ou esferas onde o Alpha (o primeiro) e o Ómega (o último) , se equilibram. Não é possível deixar cair um alfinete sem provocar uma reacção correspondente em cada estrela." ~ ~ ~ ~ A. Crowley, O Livro de Thoth

Eva Veigas

foto do autor

Filha das Estrelas

A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas. Sou mais antiga que a Terra. Mais antiga que a Lua e que o Sol. Viajei entre Galáxias. Visitei outros espaços. Outras dimensões. Trago na Alma. A Sabedoria dos Tempos. E de outros lugares. A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas © Eva Veigas

Regra de Ouro

Nenhum estudante jamais realizará qualquer progresso no desenvolvimento espiritual se saltar de um sistema a outro, utilizando ora algumas afirmações do Novo Pensamento, ora alguns exercícios de respiração a posturas meditativas da ioga, para prosseguir depois com algumas tentativas nos métodos místicos de oração. Cada um desses sistemas tem o seu valor, mas esse valor só é real se o sistema é praticado integralmente." Dion Fortune

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub