Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

𝓔𝓿𝓪 𝓥𝓮𝓲𝓰𝓪𝓼

Arqueóloga da Alma

𝓔𝓿𝓪 𝓥𝓮𝓲𝓰𝓪𝓼

Arqueóloga da Alma

18/06/2014 - 22:4

 

 

1+8+6+2+1+4 = 22

 

Vibração Universal do dia: 22

 

O momento é de pura transformação interna. É preciso querer mergulhar em nós, com muita coragem e Fé total, mas esse movimento tem que ser gentil, suave como uma pena a cair do céu... ela tem um movimento que ondula ao sabor da brisa e demora a cair na terra.

Sempre que fazemos movimentos bruscos, duros, entramos em fricção com o deus/deusa interna que repousa suavemente no nosso coração. Não devemos acordar a divindade de forma áspera. Esse acordar deve ser suave como a respiração de um bebé a dormir.

Sempre que há atrito entre o ego e a divindade interna surgem conflitos, tensões e zangas internas.

É por isso que devemos mergulhar suavemente, sem pressas, sem horários, sem objetivos, sem pressão interna e, muito menos externa.

Entrar em contacto com a divindade interna é um momento único, maravilhoso, grandioso, integrador. Há algo em nós que reconhece a grandiosidade desse momento, que sente essa experiência como uma intensidade tão profunda, que não é possível ser confundida com nenhuma experiência terrena.

A Luz em nós acende-se e com essa Luz como farol, permitimos-nos pela primeira vez (em muitas vidas, talvez) entrar em contacto com  a mais subtil partícula de Amor, que reside no âmago do nosso Ser.

A transformação começa com a vontade de mergulhar, continua durante o mergulho, atinge potenciais inimaginados durante o processo de desmantelamento de crenças, padrões e valores profundamente enraizados no ego, que não só não nos permitiam ver a realidade, como ainda a distorciam amplamente.

É necessária grande prudência, persistência, determinação, coragem e motivação, para que as nossas ações posteriores sejam guiadas por esta força maravilhosa, curadora e libertadora das máscaras do ego.

Transformemos-nos pois, de forma gentil, suave e humilde.

Acordemos a divindade com a mais harmoniosa sinfonia que pudermos compor.

 

Eva Veigas

 

Partilha de Conteúdos e Créditos de Imagem

Partilha de Conteúdos - Por uma questão de respeito pelo meu trabalho, a partilha dos conteúdos deste blog deve ser sempre feita através do link da publicação e com referência à sua autoria. "NÃO FAÇAS AOS OUTROS O QUE NÃO QUERES QUE TE FAÇAM A TI!" - Grata pela tua compreensão. / Créditos de Imagem - As imagens que ilustram as publicações deste blog são da minha autoria ou de bancos de imagens gratuitas: https://unsplash.com/ - https://pixabay.com/pt/ - https://kaboompics.com/ - Caso seja detectada alguma imagem que não esteja de acordo com os critérios acima mencionados, agradeço que me contacte e a imagem será de imediato removida.