Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas

Consultas de Numerologia e Tarot * Autoconhecimento e expansão da consciência

Consultas de Numerologia e Tarot * Autoconhecimento e expansão da consciência

Dezembro 2013 - Regente 18:9

Análise Numerológica para Dezembro 2013

 

"Ninguém, depois de acender uma vela, a cobre com um vaso ou a põe debaixo da cama; coloca-a no candeeiro a fim de que os que entram vejam a luz. O oculto será descoberto, e o secreto será conhecido e trazido à luz do dia."

São Lucas 8:16-17

 

 

18:9 – O Regente de Dezembro 2013

 

Dezembro é o último mês do ano e curiosamente termina com uma vibração 9, que representa um fim, um fecho ou uma conclusão. Tal como nos dois meses precedentes, também este mês possui uma combinação numérica interessante. O 9 resulta da redução de 18 (1 + 8 = 9).

O 18 está em analogia com a Lua1 cujaluz nos proporciona uma visão enganadora da paisagem, alterando as cores e as formas de tudo o que nos rodeia. Essa visão cria ilusões de todo o tipo, levando-nos a cometer todo o tipo de erros e enganos, responsáveis pelas nossas dores, mágoas e sofrimentos, que mais tarde ou mais cedo trarão sérias consequências para a nossa vida.

Neste caso, o 18 simboliza tudo aquilo que está escondido, velado. Representa os nossos medos mais profundos, as nossas mágoas recalcadas, os nossos segredos, os nossos “pecados”. Sim, porque nos disseram que pensar, dizer ou fazer determinada coisa era pecado, e nós acreditámos! Enfim, o 18 representa um sem fim de fantasmas que se entretêm a fazer-nos sentir mal e a tornar a nossa vida um verdadeiro inferno na Terra.

Estes fantasmas gritam-nos do fundo da nossa alma a pedir para serem libertados, mas nós não temos a coragem de o fazer. Dói demais ou temos medo que alguém descubra o quão “fracos” ou vulneráveis somos. Na verdade, somos bastante fortes para carregar tamanhos fardos durante uma vida inteira. Se soubéssemos que a vulnerabilidade não é sinónimo de fraqueza de carácter talvez a nossa vida mudasse substancialmente.

O problema é que a pressão gerada pelos ditos fantasmas, se faz sentir cada vez mais forte. Os gritos que outrora foram meros sussurros, agitando de vez em quando a nossa consciência, estão agora cada vez mais audíveis e é preciso fazer alguma coisa com a maior brevidade.

 

Simbolicamente, o 18 representa tudo aquilo que necessita de emergir do inconsciente a fim de ser trazido para o consciente. Só quando a dor e a sua respetiva causa se torna consciente, tem início o processo de libertação dos fantasmas encarcerados há demasiado tempo. A cura vai ocorrendo à medida que os vamos libertando! 

Neste ponto, surgem novas possibilidades e depois de termos desenterrado o que jazia oculto no lugar mais recôndito do nosso ser, é hora trilhar o caminho inteiramente novo que se abre à nossa frente.

As ilusões e os enganos criados pela luz da Lua ficaram para trás. Finalmente dar-se-á a alquimia completa – a união entre a nossa personalidade e a nossa verdadeira essência, simbolicamente representada pelo grande casamento alquímico entre o Sol e a Lua.

A viagem interior iniciada pelo Eremita2 valeu a pena, porque daquela união surge a verdadeira Luz que ilumina inteiramente o ser e o afasta dos perigos próprios da ilusão.

É hora de celebrar!

Portanto, aproveite ao máximo a proposta deste mês e mergulhe diretamente no mais fundo da sua alma, encare os seus medos de frente e não receie ir ao fundo do poço, pois é lá que poderá encontrar o alívio para os seus males. Os fantasmas são meros bonecos, meras distrações para o fazer tropeçar e desviar-se do seu caminho de Luz e Amor.

Busque a sua essência e quando a encontrar dê-lhe as boas vindas e festeje!

 

1 Arcano XVIII – A Lua

2 Arcano IX – O Eremita ou O Eremitão

 

Novembro 2013 - Regente 17:8

Análise Numerológica para Novembro 2013

 

 “Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz!”

Mário Quintana

 

 

17:8 – O Regente de Novembro 2013

 

O mês de Novembro de 2013 é regido pelo 8, resultado da redução de 17 (1 + 7 = 8). Depois do colapso representado pela Torre, no mês de Outubro, surge agora uma nova etapa: a necessidade de reconstruir a nossa vida a partir dos escombros. É hora de fundar os alicerces do novo ser, que surge com uma nova visão, plena de fé e esperança.

No Tarot, o 8 é o arcano que representa a nossa capacidade de lidar com os instintos mais básicos ou inferiores do ser1.

Por seu lado, o 17 está associado à esperança2 e à eterna capacidade de renovação, que surge como consequência de uma forte tomada de consciência ao nível espiritual.

É tempo de reconstruir, de traçar e criar novos objetivos de vida, é o momento de abrir caminhos num mundo desconhecido, sem medo, com o coração aberto, repleto de esperança e alegria.

Sentir que estamos finalmente a percorrer o nosso caminho e não o que o nosso ego, com o seu autoritarismo, desenhou para nós, é motivo de suprema felicidade.

Também já não necessitamos mais da aprovação dos outros, para perseguir os nossos sonhos. Alcançámos a “maioridade” através do sofrimento. Poderia ter sido menos doloroso? Sinta a resposta real dentro de si. Sim ou não?

Neste aqui e agora, necessitamos, mais do que nunca de viver este período de renovação, que eu gosto de chamar de momento de cura, sentindo-nos perfeitamente ligados à Natureza, à Mãe-Terra. Sentir o seu apoio incondicional e constatar que ele esteve sempre ali. Apenas a nossa visão ofuscada pelo ego, nos impedia de ver a realidade.

Esta sintonia com a Mãe Natureza será sentida de uma forma plena. A nossa capacidade para sentir o seu coração aumentará sob a regência 17/8 e passaremos a confiar em absoluto na nossa intuição, sem dúvidas ou hesitações.

 

Aproveitemos este mês de novembro para realizar quaisquer rituais que queiramos. Rituais que celebrem a vida, o amor, a alegria e a esperança. Rituais que renovem e refresquem o nosso coração. Através deles, procuremos buscar a inspiração e alegria necessárias para realizar as nossas tarefas, desde a mais comum à mais grandiosa.

Deste modo, aproveite este mês para renovar tudo o que o seu coração lhe pedir. Abrace o seu silêncio e escute a sua voz interior atentamente. Pratique meditação. Se não sabe como fazer procure aprender. Se já sabe como o fazer não desista, persista.

Harmonize a sua mente com o coração. Sinta o amor brotar de dentro do seu ser e derramar-se à sua volta, alterando tudo o que toca e transformando todos à sua passagem.

 

1 Arcano VIII – A Força

2 Arcano XVII – A Estrela

 

 

Outubro 2013 - Regente 16:7

Análise Numerológica para Outubro 2013

 

“Pensamos demasiadamente, sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas, mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida de tornará violenta e tudo se perderá.”

Charles Chaplin

 

 

16:7 – O Regente de Outubro 2013

 

Tal como Janeiro, também o mês de Outubro é regido, pela vibração 7. Parece que 2013 nos quer mostrar a importância desta energia, já que aparece repetida no início do primeiro e do ultimo trimestre do ano.

Energias repetidas representam uma chamada de atenção. Talvez queira olhar mais de perto para esta questão.

A energia 7 do mês de Outubro resulta da redução de 16 (1 + 6 = 7) que também aqui será levada em conta. Quando falamos destas combinações de energia, designamo-las como 7/16 ou 16/7.

O 7 está em associação com a lâmina do Tarot - A Carruagem de Hermes1 (ver artigo referente a Janeiro 2013).

O 16 está associado à carta da destruição2 no Tarot, que representa uma rutura, uma crise do ego dominador. Na verdade, não se trata de uma destruição sem qualquer fundamento ou de um castigo dos deuses, mas antes de uma destruição destinada a cortar com os nossos antigos e ultrapassados modelos de atuação. Porém, há um propósito maior nesta experiência que pode ser devastadora, sobretudo ao nível material da existência (desde uma doença grave à perda do conforto material até aí conquistado). Trata-se, afinal, de criar um novo paradigma de vida e é neste ponto que o 16/7 representa uma imensa possibilidade de renovação.

Estas situações ocorrem, geralmente, por causa da nossa extrema arrogância ou vaidade, que é em muitos casos, velada. Ou seja, a pessoa, é dona de uma falsa modéstia. Criou para si, uma imagem de humildade, que na verdade ainda não é real. No entanto, acredita de tal modo na sua própria mentira que tudo o que faz é apenas investir mais e mais energia nessa inverdade.

Quando surge uma perda repentina, uma doença, etc. a pessoa é obrigada a olhar para si própria e a ver-se tal como é, o que provoca uma série de ocorrências difíceis de vivenciar. O processo é de tal forma doloroso que a maior parte das pessoas entra em verdadeira depressão. É aqui que começa a luta entre um ego inflamado e a expressão da vontade divina. E é também neste ponto que surge, pela primeira vez a possibilidade de curar este aspeto “doente” em nós. Quando o ego aprender a aceitar, sem qualquer mágoa, ódio, revolta ou rancor os reveses da vida, a verdadeira humildade surgirá com todo o seu esplendor, integrando mais um aspeto do ego.

Deste modo, passará a perceber a vida num outro nível de entendimento e ela deixará de lhe parecer tão dura e cruel.

Esta é um dos caminhos, que embora árduo e difícil, poderão conduzi-lo a um maravilhoso, embora lento, desenvolvimento espiritual.

 

1 Arcano VII – O Carro ou Carruagem

2 Arcano XVI – A Torre

 

Setembro 2013 - Regente 15:6

Análise Numerológica para Setembro 2013

 

“Se quer aprender o segredo das relações perfeitas, procure unicamente o divino em todo o homem e em todas as coisas e deixe o resto com Deus.”

J. Allen Boone in Kinship with all life

 

15:6 – O Regente de Setembro 2013

Setembro é regido pelo número 6, vibração igual à do ano 2013. Assim, somos levados a dar atenção redobrada a esta energia que se encontrará duplicada durante este mês.

Isto pode representar uma lição mais difícil ao nível dos relacionamentos uma vez que os dois 6 se encontram repetidos.

O 6 está relacionado com o amor e os relacionamentos e representa o amadurecimento do ser, nesse contexto.

Esta nova maturidade exige um maior grau de responsabilidade, quando chega o momento de fazer uma escolha, seja ela simples ou complexa, quer se trate de uma escolha do momento, como por exemplo, escolher entre ir ao cinema ou ao teatro ou de uma escolha para a vida, como por exemplo, a opção de ter ou não ter um filho.

A vida é composta de escolhas, tudo é escolhido e decidido por nós com mais ou menos lucidez, com maior ou menor consciência. Mesmo quando decidimos não escolher, (quando deixamos que o outro ou a vida escolha por nós) não deixamos de fazer uma escolha. Não há como sair desta situação. Na maioria dos casos, escolher, implica muitas vezes, sofrer.

Enquanto a dualidade estiver presente na nossa vida, teremos sempre que avaliar os prós e os contras de uma dada situação. Não há uma única escolha que só traga benefícios, nem outra que traga apenas malefícios. Nem tudo é completamente mau ou completamente bom.

A cura ou a salvação deste sofrimento consiste em unificar os opostos. Torná-los complementares. No fundo, trata-se de aprender a harmonizar a mente com o coração. Só dessa forma se pode superar toda a indecisão.

 

O amor e os relacionamentos estão relacionados com o sentimento de posse, responsável pelos ciúmes, e consequentemente pela tentativa absurda de querer controlar a vida dos outros (namorado, marido, filhos, etc.)

Este mês convida-o a fazer uma análise acerca do seu comportamento ao nível das suas relações amorosas, afetivas, parentais etc.

Os ciúmes e o sentimento de posse são, se não o principal, pelo menos, um dos principais motivos para qualquer relação resultar num fracasso, já que leva as pessoas a cometerem muitos atos irrefletidos em nome daquilo a que chamam amor.

Seja honesto consigo mesmo e verifique se possui um padrão de controlo em relação aos outros. Se a sua resposta for positiva, comece já a trabalhar no sentido de resolver essa questão. Quanto mais depressa melhor.

Estas questões não são fáceis de abordar e muito menos de resolver, mas para tudo existe solução. Basta estar aberto e disposto a mudar.

Numerologicamente o 6 está em analogia com a lâmina do Tarot - Os Enamorados1. Portanto, harmonize-se com o que ela representa: a complementaridade dos opostos. Escolha uma vida livre dos grilhões do sofrimento provocado pelo sentimento de posse.

 

1 Arcano VI – Os Enamorados ou Os Amantes

 

Agosto 2013 - Número 14:5

 

Análise Numerológica para Agosto 2013

 

“Sê a mudança que queres ver no mundo.”

Gandhi

 

14:5 – O Regente de Agosto 2013

 

É possível que sob esta vibração se sinta instável e inseguro. O 5 é uma vibração que provoca muito desequilíbrio sobretudo naquelas pessoas do tipo inseguro, avessas a mudanças ou cuja autoconfiança esteja comprometida.

A insatisfação pessoal pode começar a tomar conta de si, o que obviamente poderá complicar a sua vida. Se não tomar medidas para o evitar, o caos instalar-se-á durante este mês, trazendo consequências aborrecidas para o resto do ano.

Portanto, aja com determinação e aceite as mudanças que o mês lhe propõe. Por vezes são tão necessárias quanto o ar que respiramos.

O que nos faz sofrer, na realidade, não é a mudança em si, mas sim as expetativas que criamos em relação a ela. O processo de ansiedade que se desenvolve por causa da nossa resistência à mudança é causador de inúmeras doenças físicas e psicológicas. Portanto, avalie bem a sua situação. Seja rigoroso nessa análise. Situações mal digeridas fomentam uma incorreta expressão das emoções. Aprenda a expressar corretamente as suas emoções – se for preciso peça ajuda a um profissional. É sempre melhor, ter alguém com quem possa desabafar do que guardar isso tudo para si. Ninguém consegue viver para sempre a acreditar que está tudo bem, quando na realidade não está. Desmascare a sua mentira pessoal e a sua vida começara efetivamente a progredir e a mudar. Divida o seu peso com outra pessoa (de preferência um profissional, mas sobretudo alguém em quem confie de verdade) e tudo parecerá menos terrível.

Quando começar a perceber que a mudança faz parte da vida e que a metamorfose, pela qual está a passar, é não só necessária como benéfica, irá mergulhar de cabeça na mais bela e fascinante aventura da sua vida. Nem todo o processo é consciente, porém, fique atento e notará subtis mas importantes alterações no seu dia-a-dia.

Reflita nestas palavras de Osho e sinta o poder da transformação que este mês pode trazer: “Você não tem consciência de quem você é” (…) É possível dizer de uma lagarta que ela não tem consciência de que poderá transformar-se numa borboleta. (…) Todas as lagartas são bodhisattvas, (…) Um bodhisattva é alguém que tem potencial para transformar-se em borboleta, que pode vir a ser um buda, alguém que é um buda em semente, na essência… (…) A borboleta não consegue demonstrar que a lagarta é capaz de transformar-se em borboleta; não existe uma maneira lógica de fazê-lo. Mas a borboleta pode provocar um anseio na lagarta – e isso é possível.” Osho.

No final da transformação será a mesma pessoa sem o ser, portadora de uma nova visão, de um novo poder, de uma nova vida.

Observe o Hierofante1, já viveu múltiplas vidas dentro de uma só. Passou por muitas etapas, experimentou o bom e o mau, viveu todas as dualidades e transcendeu o ego. Representa um mestre, um sábio, um ser de fé, cuja alma foi purificada pelo fogo divino. Percorreu um longo caminho até poder partilhar os seus ensinamentos com aqueles que estão prontos para iniciar a sua iniciação espiritual. Tornou-se grande porque reconheceu o seu poder interno e agora consciente da imortalidade da sua alma, usa a sua maestria pessoal para revelar, através do seu exemplo de vida, o produto de uma imensa transformação.

 

1 Arcano V – O Hierofante ou O Papa

 

Pág. 1/5

Honras e Bênçãos

A Todos os que vierem por Bem! Caminhemos lado a lado nesta jornada de autodescoberta, guiados pela Luz Divina. Tornemo-nos, a cada dia, mais e melhores humanos. Eva Veigas

Eva Veigas

foto do autor

Filha das Estrelas

A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas. Sou mais antiga que a Terra. Mais antiga que a Lua e que o Sol. Viajei entre Galáxias. Visitei outros espaços. Outras dimensões. Trago na Alma. A Sabedoria dos Tempos. E de outros lugares. A Terra é o meu Lar. Mas eu venho das Estrelas © Eva Veigas

A Cura Começa em Ti

Se não sabes por onde começar... começa por ti mesmo! Cura a tua criança ferida e curarás a tua mãe e o teu pai, as tuas avós, os teus avôs e os teus antepassados todos - homens e mulheres que pisaram a Terra antes de ti, que viveram e lutaram, que riram e derramaram lágrimas, que caíram no sono da morte, mas que deixaram a semente para que tu possas estar aqui hoje. - Eva Veigas - Cascais, 18 Dezembro 2019

A Numerologia

A Numerologia é uma Arte. Um instrumento sagrado que o numerólogo usa com Arte, Conhecimento, Sabedoria, Intuição e Amor, para descodificar e traduzir esta linguagem simbólica, composta de signos (números e letras) numa linguagem acessível para todos. A Numerologia não julga, nem critica, ela levanta o véu que cobre a nossa ignorância, acerca de nós mesmos, para revelar a nossa essência mais pura.

O Tarot

O Tarot é uma ferramenta sagrada, riquíssima de simbolismo, onde estão representados Números, Cores, Figuras, Objetos, Elementos, Flores, Árvores, Animais... É composto por 78 cartas ou lâminas, comummente designadas por Arcanos, os quais se dividem em 22 Arcanos Maiores e 56 Arcanos Menores. Os Arcanos Menores estão agrupados em conjuntos de 4 naipes, de 10 cartas numeradas de 1 (Ás) a 10, mais as respectivas Figuras da Corte (Pajem ou Valete, Cavaleiro, Rainha e Rei). Cada naipe corresponde a um campo ou esfera da vida humana: Paus (Fogo) - Esfera Espiritual; Copas (Água) - Esfera Emocional; Espadas (Ar) - Esfera Mental e Ouros (Terra) - Esfera Material.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Ma'at

~ ~ ~ ~ "Destas penas de avestruz da Dupla Verdade, tão delicadas que o mais subtil hálito mental pode agitar, pendem através das correntes da Causa e do Efeito, os pratos ou esferas onde o Alpha (o primeiro) e o Ómega (o último) , se equilibram. Não é possível deixar cair um alfinete sem provocar uma reacção correspondente em cada estrela." ~ ~ ~ ~ A. Crowley, O Livro de Thoth

Regra de Ouro

Nenhum estudante jamais realizará qualquer progresso no desenvolvimento espiritual se saltar de um sistema a outro, utilizando ora algumas afirmações do Novo Pensamento, ora alguns exercícios de respiração a posturas meditativas da ioga, para prosseguir depois com algumas tentativas nos métodos místicos de oração. Cada um desses sistemas tem o seu valor, mas esse valor só é real se o sistema é praticado integralmente." Dion Fortune

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2008
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2007
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2006
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub