Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Numerologia Arcana

por Eva Veigas

Numerologia Arcana

por Eva Veigas

Sab | 05.01.13

Ano Pessoal 4 em 2013

Eva Veigas

“Perdidas, ontem, entre a aurora e o ocaso, duas horas compostas por sessenta minutos refulgentes. Não se oferece recompensa pois todas as horas perdidas são irrecuperáveis.”

Horace Mann

 

Características do 4

Energia equilibrada: ordem, organização, trabalho, método, segurança, solidez, concretização, apego, dever, eficiência, disciplina, pragmatismo, responsabilidade, estrutura, esforço, concentração, perseverança, seriedade, detalhe, rigor, estabilidade, competência.

Energia demasiado ativa: domínio, prepotência, rigidez, inflexibilidade, criticismo, conservadorismo, tirania.

Energia demasiado passiva: incompetência, preguiça, inação, cobardia, avareza, negligência, mesquinhez.

 

Correspondência numerológica com as letras do alfabeto: D – M – V

 

Correspondência com as letras-números do código da cabala: DALETH

 

Cores: castanho, verde, cinzento

 

Elemento: Terra

 

Símbolos geométricos: quadrado, cruz, tetraedro regular

 

Pedras e Cristais: azurite, selenite, cornalina

 

Pessoas famosas que nasceram num ano pessoal 4: Elliot Gould, Woody Allen, Annie Besant, Clint Eastwood, Frank Sinatra, Margaret Thatcher, Nat King Cole, Arnold Schwarzenegger, Oprah Winfrey

 

 

Combinação do Ano Pessoal 4 com o regente 6 em 2013

 

4 – 6

Esta combinação é bastante boa e indica a possibilidade de viver um ano bastante produtivo e sólido, uma vez que, por um lado temos um ano 6, que clama por equilíbrio e um ano pessoal 4 que nos envolve com a sua energia metódica, organizada e pragmática. As pessoas que viverem sob a energia do 4 em 2013, sentir-se-ão compelidas a cumprir rigorosamente com os seus deveres e obrigações. No entanto, este esforço será certamente amenizado pela sensibilidade, emoção e doçura exortada pelo 6.

 

 

Lado Luz do 4

O 4 é o quaternário, o quarteto, o quádruplo. O 4 não gosta de confusão, desorganização ou desarrumação, aliás, o 4 é aquele que vem impor a ordem ao caos estabelecido pelo 3. Sendo assim, este ano pessoal 4 vai permitir-lhe pôr em ordem um sem número de coisas que tem vindo a adiar. Portanto, mãos à obra. O 4 é um número de trabalho, ou seja, se durante este ano pouco ou nada fizer no sentido de criar, manter ou melhorar a sua estrutura de vida, compreenda que num futuro relativamente próximo, essa decisão terá, seguramente, graves consequências para si.

Sem os pés devidamente assentes na terra, é difícil manter a funcionar o lado prático da vida. Então, resolva tudo o que estiver ao seu alcance, não deixando situações pendentes. Há rotinas necessárias ao nosso crescimento, aprenda a amá-las, aproveitando a boleia de um ano 4 que promove, precisamente, os métodos adequados a cada situação, para que possa cumprir as suas tarefas sem se sentir entediado.

Aprenda a gerir o tempo e invista em si. Não se irá arrepender.

Durante este ano irá estar, com certeza, mais atento aos detalhes, porém, mantenha o seu foco para não se dispersar com coisas sem importância.

 

 

Lado Sombra do 4

Se a sua energia estiver demasiado ativa, fique atento para não se tornar demasiado rígido, até porque este comportamento terá consequências nefastas para o seu corpo físico, o que acarretará maior sofrimento. Aprenda a relaxar e usar o seu discernimento para evitar situações complicadas. Atitudes inflexíveis e tirânicas produzirão um ambiente pesado à sua volta e poderão afastar, temporária ou definitivamente, as pessoas que o rodeiam e que tentam, em vão, aproximar-se de si. Ninguém gosta de se relacionar com uma pessoa que está permanentemente a criticar tudo e todos, com orgulho e altivez. Você não é uma ilha e muito menos está acima de ninguém. Dê oportunidade às pessoas que o amam de se expressarem, respeitando a sua forma de estar. Domine o seu autoritarismo e prepotência. A humildade é a chave para se relacionar com os outros de forma equilibrada e amorosa. Seja um amparo para as outras pessoas e não um déspota cruel. Há tantas formas de ajudar.

Por outro lado, se a sua energia se encontrar demasiado passiva, terá tendência para adiar as suas tarefas, o que obviamente lhe trará bastantes dissabores. Não deixe que a preguiça se apodere do seu ser. Seja responsável pela sua vida. É sua! Ninguém pode vivê-la por si.

Sob esta vibração e sobretudo se não estiver atento, poderá transformar o seu ano e os anos vindouros, num período extremamente difícil, onde a incompetência e a negligência reinarão à vontade. Claro que esta conduta terá prejuízos incalculáveis, mas mais uma vez e como sempre, cabe a si escolher de forma clara e consciente o caminho deve tomar.

Não fique inativo perante os problemas, segure as rédeas da sua vida e viva cada dia como se fosse o último.

 

 

Síntese

Acima de tudo simplifique. Seja o que for, simplifique! Seja prático e descomplicado no seu dia-a-dia. Não arrisque em qualquer negócio e sobretudo não mergulhe de cabeça sem estar totalmente informado acerca da situação. Este é um ano em que os riscos desnecessários devem ser evitados a todo o custo. Avalie qualquer possível investimento, detalhadamente e com muita calma. Invista na sua formação pessoal e profissional e lembre-se que a vida não é apenas trabalho e responsabilidade. Não leve tudo tão a sério. Aprenda a distanciar-se do que o consome e renove a sua energia a cada dia. Tire um tempo para si, aprenda a relaxar e sobretudo divirta-se

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.