Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eva Veigas - Medicine Woman

Numerologia * Tarot * Oráculo das Vidas Passadas * Cura Xamânica * Meditação Guiada * Cura e Resgate Karmico * Cura e Resgate da Criança Interior * Cura da Criança Lunar e Solar * Cura e Resgate do Mestre Interno

Eva Veigas - Medicine Woman

Numerologia * Tarot * Oráculo das Vidas Passadas * Cura Xamânica * Meditação Guiada * Cura e Resgate Karmico * Cura e Resgate da Criança Interior * Cura da Criança Lunar e Solar * Cura e Resgate do Mestre Interno

Bênçãos! Se chegaste até aqui é porque escutaste o chamado da tua alma!

Este é um espaço sagrado, de partilha e de respeito pelo outro, pela sua história, pela canção sagrada do seu coração, pela sua dança, pela sua magia.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

About me

Não me defino pelo que faço, nem pelo que sou. Sou tudo e não sou nada. Sou grande e sou pequena. Sou Sol e sou Lua. Sou Fogo e sou Água. Sou Sombra e sou Luz.

A Deusa da Floresta

Uma outra face de Medicine Woman http://deusadafloresta.blogs.sapo.pt/

Partilha e difusão de conteúdos

Agradecemos a partilha e difusão de conteúdos, desde que sejam salvaguardados os devidos créditos da autora do blogue e demais fontes por ela citadas.

Consultas

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
20
Dez16

Ser Livre!

Eva Veigas

Happy21.jpg

 

"Nunca permitas que alguém destrua as tuas preciosas sementes mesmo antes de as poderes plantar. Não fales dos teus sonhos e segredos mais profundos, porque a tua essência é perfumada demais para ser espalhada de qualquer maneira."

 

 

Nunca permitas que alguém roube o teu mais valioso tesouro!

 

Nunca permitas que alguém te diga o que fazer. Quando não souberes que caminho seguir, fecha os olhos, respira devagarinho e observa-te a sair da confusão da tua mente. Deixa chegar a resposta de forma suave, sem esforço da tua parte. Confia!

 

Nunca permitas que alguém coloque limites ou formatações nos teus sentimentos mais puros. Pessoas sem escrúpulos buscam vítimas a todo o momento. Sai da vitimização e agarra as rédeas da tua vida!

 

Nunca permitas que alguém tome conta da tua VIDA. Oferecer o controlo da tua vida a outra pessoa é abdicar do teu Poder Pessoal.

 

Nunca permitas que alguém te humilhe, e te retire a esperança e a confiança que depositas nos teus sonhos. Aprende a confiar na tua intuição. Confia que és capaz de fazer acontecer.

 

Nunca permitas que alguém destrua os teus sonhos, mesmo aqueles que à partida parecem impraticáveis, impossíveis ou utópicos. Sonha grande mas evita colocar a fasquia demasiado alta. É preferível dividir uma grande tarefa, em tarefas mais pequenas que sejas capaz de executar, do que desistir a meio por te parecer tudo demasiado gigantesco e amedrontador. Lembra-te: Devagar se vai ao longe.

 

Nunca permitas que alguém destrua as tuas preciosas sementes mesmo antes de as poderes plantar. Não fales dos teus sonhos e segredos mais profundos, porque a tua essência é perfumada demais para ser espalhada de qualquer maneira.

 

Nunca permitas que alguém retire a tua paz e a tua serenidade interior. Não permitas que pessoas zangadas com elas próprias e de mal com a vida tenham o prazer de te retirar aquilo que tu, simplesmente, já estás preparado para receber e saborear.

 

Nunca permitas que alguém te diminua, te refreie, te estilhace e te desfaça em pedaços. É fácil perceber quem são aqueles que não gostam do teu brilho, do teu magnetismo pessoal. São aqueles que em nome de um amor ou de uma amizade hipócrita te sorriem pela frente e te denigrem pelas costas.

 

Nunca permitas que alguém te faça sentir que não és merecedor de amor, de atenção, de oportunidades, ou de seja o que for. Tu Mereces tudo o que a vida te oferece!

 

Nunca permitas que alguém te faça sentir o pior dos seres à face da Terra. Somos todos filhos e filhas da mesma Fonte de Amor Infinito.

 

E acima de tudo…

 

Nunca abdiques da tua Alegria, do teu Amor-próprio e do AMOR que irradias de dentro de ti.

 

 

Find us on Facebook

Mensagens

1 comentário

Comentar post

Bênçãos! Se chegaste até aqui é porque escutaste o chamado da tua alma!

Este é um espaço sagrado, de partilha e de respeito pelo outro, pela sua história, pela canção sagrada do seu coração, pela sua dança, pela sua magia.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

About me

Não me defino pelo que faço, nem pelo que sou. Sou tudo e não sou nada. Sou grande e sou pequena. Sou Sol e sou Lua. Sou Fogo e sou Água. Sou Sombra e sou Luz.

A Deusa da Floresta

Uma outra face de Medicine Woman http://deusadafloresta.blogs.sapo.pt/

Partilha e difusão de conteúdos

Agradecemos a partilha e difusão de conteúdos, desde que sejam salvaguardados os devidos créditos da autora do blogue e demais fontes por ela citadas.

Consultas

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D