Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eva Veigas ~ Terapeuta Holística

The Way of Silence

Eva Veigas ~ Terapeuta Holística

The Way of Silence

01
Dez16

Numerologia Dezembro 2016

Eva Veigas

65.jpg

 

 

Regente Numerológico – 21:3

Abertura de novos Portais: Amplificação da Consciência nas diferentes expressões de Amor

 

 

E, chegamos ao último mês deste ano regido pelo Número 9. Dezembro tem como regente o Número 3, redução de 21, e é deste trânsito que nos iremos ocupar ao longo destas linhas.

 

O ano 9 é como se sabe um ano muitíssimo desafiante e este em particular, dado que os dois últimos dígitos de 2016, representam simbolicamente a queda ou desmoronamento de superestruturas que há muito davam sinais de vir a colapsar.

 

Assistimos, impotentes a muita destruição, guerra, fome, e desalojamento de milhares de famílias, obrigadas a abandonar o seu país de origem, deixando para trás as suas terras, as suas casas, as suas tradições, enfim uma preparação para começar de novo – expressão tão característica deste elemento 9 (nove que em latim é “novum”, que significa “novo”)!

 

Observamos as mudanças políticas, sociais e económicas, que têm um profundo impacto em cada um de nós. Esses movimentos, esses acontecimentos, aparentemente externos, convidam-nos a olhar para dentro de nós, na busca de um esclarecimento, de uma explicação, para tudo o que está a suceder.

 

As respostas são poucas, e pouco claras, gerando ainda mais perguntas, aumentando cada vez mais a já instalada confusão mental.

 

A Torre (por analogia ou associação é a carta Número 16 do Tarot, que ressoa com o ano 2016) desmoronou por cima das nossas cabeças, estamos perdidos no meio dos escombros, tacteando no escuro, tentando abrir caminho no meio do caos que agora é gigantesco. É gigantesco do nosso pequeno e limitado ponto de vista (o do ego, que a todo o custo tenta sobreviver à sua própria destruição).

 

O ego não compreende que está moribundo, não alcança o patamar mais elevado desta experiência, e tenta sobrepor-se com toda a sua força à essência cristalina do ser que veio à Terra, para purificar a sua existência.

 

A alma aguarda serenamente que o processo natural de libertação dessas resistências acabe por suceder, por via da própria exaustão do ego pessoalizado.

 

O Regente Numerológico deste mês é na verdade um 21 disfarçado de 3. O 21 é o número espelho (ou número inverso) do 12, que é o regente natural do mês de calendário (o 12º mês do ano).

 

Sendo o 12 um número par, ele relembra-nos da necessidade de buscar o equilíbrio em qualquer situação e obviamente, a procurar esse mesmo equilíbrio dentro de nós – convida-nos a buscar, a encontrar e a permanecer nesse centro.

 

Permanecer nesse equilíbrio no centro resultará na organização harmoniosa dos ciclos de experiências e vivências que se repetem, perpetuamente, ao longo das eternidades cósmicas.

O 21, sendo ímpar, representa as dinâmicas internas que vão alimentando a construção de um sistema, que vai resolvendo os opostos, os conflitos e as tensões. Uma vez resolvida a tensão e integrado esse processo, logo surgirá novo conflito, em novo patamar de consciência e assim sucessivamente. São estes movimentos cósmicos internos que nos mantêm no caminho da evolução!

 

Assim, este será um mês onde o ser terá a oportunidade de se aproximar mais da sua autenticidade, da sua essência, podendo demitir-se dos velhos processos regidos pelas dores do passado, regressando a si, ao seu centro, fazendo novas escolhas onde a responsabilidade por si mesmo, será a tónica dominante do momento.

 

Em simultâneo preparamo-nos para dar o salto para a nova energia, para o novo ciclo novenal que se aproxima, pois 2017 será um ano regido pelo Número 1.

 

Encontramo-nos em plena energia de transição de 9 para 10, em sentido literal, aritmético e numerológico.

 

As semanas serão vistas em maior profundidade noutros artigos, porém a tónica dominante remete-nos para uma forte e concreta consciência de fazer parte deste gigantesco processo de criação em conjunto com as Forças Cósmicas que regem este Universo.

 

A essência do mês é 9, pelo que não fazmal nenhum sonhar, manter o foco nos nossos ideais, acalentar os nossos sonhos e intenções, e idealizar, e cocriar uma vida mais afinada com a Criação Cósmica.

 

O ponto forte deste mês é o poderoso Número 111 – que desvela um caminho que está pronto a ser percorrido, onde cada passo dado no desconhecido, será uma conquista pessoal de cada um.

 

E, finalmente, o ponto fraco do mês, é 6, que revela a necessidade de deixarmos de ser possessivos, em relação a tudo e todos; revela que está na hora de largar o controlo das experiências; por isso, os testes que a vida irá colocar durante o mês de dezembro irão confluir no sentido de ganharmos consciência das nossas prisões e dependências emocionais.

 

A vida nos irá mostrar o quanto ainda estamos dependentes do reconhecimento e aceitação dos outros, para podermos avançar, decidir e fazer o que é suposto sem pedir autorização a ninguém.

 5.jpg

 

Dados numerológicos do mês:

- Vibração Universal do ano 2016: 9

- Dezembro: 12º mês do ano

- Vibração Universal de Dezembro 2016: 3

 

- Semanas numerológicas em Dezembro:

De 01 a 07 de Dez: 3

De 08 a 14 de Dez: 3

De 15 a 21 de Dez: 6

De 22 a 30 de Dez: 33

 

Essência do mês: 9

Ponto forte: 111

Ponto Fraco: 6

 

 

Fases da Lua*

07/12/2016

- Quarto Crescente

 

14/12/2016

- Lua Cheia (Super Lua)

 

21/12/2016

- Quarto Minguante

 

29/12/2016

- Lua Nova

 

* Fonte: http://oal.ul.pt/

 

Regentes Numerológicos dos dias em Dezembro

01/12/2016 – Dia 4

02/12/2016 – Dia 5

03/12/2016 – Dia 6

04/12/2016 – Dia 7

05/12/2016 – Dia 8

06/12/2016 – Dia 9

07/12/2016 – Dia 1

08/12/2016 – Dia 2

09/12/2016 – Dia 3

10/12/2016 – Dia 4

11/12/2016 – Dia 5

12/12/2016 – Dia 6

13/12/2016 – Dia 7

14/12/2016 – Dia 8

15/12/2016 – Dia 9

16/12/2016 – Dia 1

17/12/2016 – Dia 2

18/12/2016 – Dia 3

19/12/2016 – Dia 22

20/12/2016 – Dia 5

21/12/2016 – Dia 6

22/12/2016 – Dia 7

23/12/2016 – Dia 8

24/12/2016 – Dia 9

25/12/2016 – Dia 1

26/12/2016 – Dia 2

27/12/2016 – Dia 3

28/12/2016 – Dia 22

29/12/2016 – Dia 5

30/12/2016 – Dia 6

31/12/2016 – Dia 7

 

Legenda:

 

Dias de vibração 1 – Início de ciclos curtos (de 9 dias), bons para criar intenções a curto prazo; períodos ricos em ideias que podem dar frutos; cuidado com os impulsos produzidos pelo fogo deste mês (3) associados ao ar da vibração destes dias (1), cuja duração é equivalente ao riscar de um fósforo – o impulso tende a perder força e toda a energia gerada para dar forma à ideia, será gasta inutilmente, o que invariavelmente culminará em frustração e vontade de desistir.

 

Dias de vibração 2 – Dias indicados para trabalhar as resistências internas. É aconselhável meditar, caminhar ou praticar algum tipo de modalidade que faça mexer o corpo mas de forma suave e delicada. Nada de exageros. As águas paradas não devem ser agitadas de forma brusca. Tudo deve ser feito com serenidade e em presença, isto é, trazer a consciência, a atenção ao momento presente, para que as emoções que se encontram congeladas possam derreter gradualmente.

 

Dias de vibração 3 – Dias indicados para expressar a criatividade de formas variadas, ou pura e simplesmente dar continuidade a projectos que se encontravam em suspenso, a aguardar novas inspirações, novas ideias, no fundo, um novo fôlego. Excelente vibração para socializar, fazer novas amizades, novos contactos ou voltar ao contacto com pessoas com quem há muito tempo não se interage.

 

Dias de vibração 4 – Dias indicados para organizar, arrumar, limpar e deitar fora o que já não serve a fim de criar espaços, tanto a nível interno (arrumar ideias), como externo (organização de um espaço físico); são também indicados para trabalhar em todo o género de projectos minuciosos, que requeiram atenção aos detalhes. São quase sempre dias um pouco cansativos, mas que devolvem a sensação do dever cumprido, quer se goste muito ou pouco do que se faz.

 

Dias de vibração 5 – São quase sempre dias agitados, por vezes confusos ou mesmo caóticos. É importante ir fazendo pequenas pausas ao longo do dia para poder gerir esta energia de mudança, que é sempre repentina e chega sem avisar, alterando bruscamente as rotinas. Aprender a aceitar estas mudanças, seguindo o fluxo do rio, é sempre mais favorável, do que lutar contra ele. Os mais resistentes acabarão, eventualmente por quebrar, sendo arremessados e levados na corrente da vida, quer queiram quer não.

 

Dias de vibração 6 – São dias onde o sentido de responsabilidade se torna mais visível e intenso. As questões que envolvem a responsabilidade sobre o casamento, a família, o lar, os filhos, a sociedade, a comunidade, etc., estarão em destaque, como é hábito, sob a regência do poderoso 6. A qualidade e a quantidade de experiências nestas áreas, espelhará, o nível de responsabilidade que cada um assume sobre a sua própria vida, em todos os níveis.

 

Dias de vibração 7 – São dias em que a introversão e a introspeção poderão fazer-se muito presentes. A necessidade de isolamento é muito forte, até para poder meditar sobre o sentido que se está a dar à vida. Dias indicados para mergulhar nos estudos, nos trabalhos que requeiram pesquisa e investigação, para meditar, para treinar a mente, para dar uso à mente (lembro que a mente é uma ferramenta como tantas outras de que dispomos – a mente não somos nós!).

 

Dias de vibração 8 – Dias para realizar projectos, dar forma às ideias, planear atividades futuras, mas concretas. São dias de vibração de materialidade, isto é, dias indicados para arregaçar as mangas e colocar as mãos na massa: pode traduzir o simples e literal acto de fazer um bolo, ou a idealização, projeção e construção de um arranha-céus ou de uma nave espacial. São dias em que a destreza mental é aliada às capacidades manuais, que implicam evidentemente, saber manusear as ferramentas tecnológicas de que dispomos.

 

Dias de vibração 9 – Dias de fecho dos ciclos curtos (de 9 dias). São propícios, tal como o nome indica para fechar, concluir ou terminar projectos, mas também para deixar ir crenças auto impostas; situações ou pessoas, que já não devolvem nenhum tipo de aprendizagem e das quais nos podemos ou devemos distanciar, agradecendo, entretanto, pelas lições mais ou menos dolorosas, que essas interaçõesou experiências nos devolveram.

 

Dias de vibração 22 – Dias regidos por um número-mestre que indicam um ou mais momentos onde, ao longo do mês, surgirão oportunidades especiais para poder concretizar projectos únicos, de grande impacto, quer na nossa vida pessoal, quer na vida dos que nos rodeiam e que de alguma forma podemos manifestamente influenciar, com as nossas visões, ideias ou obras. (Nota: aconselho a ler, neste caso, o texto referente aos “Dias de Vibração 4”, uma vez que o 4 é a redução de 22 e portanto estes dias (22) podem ser vividos na sua vibração mais modesta que é 4.)

 

 

 

By Eva Veigas

 

Em Profunda Comunhão com a Vida!

Abraço-vos de coração

 

 

  

 

Bênçãos! Se chegaste até aqui é porque escutaste o chamado da tua alma!

Convido-te a navegar por este espaço. Se gostares fica e subscreve o blogue. És muito bem-vindo/a.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Consultas / Terapias / Retiros Individuais

Numerologia Karmica, Tarot, Tarot Karmico, Oráculos, Cura Xamânica*, Meditação Guiada*, Cura e Resgate da Criança Interior*, Cura da Criança Lunar e Solar* *apenas sessões presenciais

Consultas online

Find us on Facebook

Partilha e difusão de conteúdos

Agradecemos a partilha e difusão de conteúdos, desde que sejam salvaguardados os devidos créditos da autora do blogue e demais fontes por ela citadas.

Consultas / Terapias / Retiros Individuais

Consultas

Cursos / Ws

Textos de Apoio

  •  

Artigos Numerologia

Dias de Nascimento

Ano Universal

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

  •  

Entrevistas

Parcerias

Sapo Astral

Sapo Desporto

Tertúlia

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D