Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eva Veigas

Numerologia, Tarot, Xamanismo

Eva Veigas

Numerologia, Tarot, Xamanismo

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Bio

Consultas

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2009

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2013

Meses Pessoais em 2011

Meses Pessoais em 2012

Meses em 2013

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
13
Jan17

Frequências numerológicas do dia 13/01/2017 – 4:1:1

Eva Veigas

moon.jpg

 

Frequências numerológicas do dia 13/01/2017 – 4:1:1

 

Regente natural do dia – 13:4

Regente universal do dia -15:6

 

Hoje é dia 13/01/2017, o que traduzido para a Numerologia resulta na seguinte frequência - 4:1:1

 

(Re) nascemos! E agora?

 

A proposta do momento é começar a ganhar consciência do que necessitamos para que este renascimento seja a porta de entrada de uma nova consciência planetária.

 

Um aspeto está hoje em evidência: a importância de aplicar na prática, aquilo que se sente com o coração. E este é só por si um imenso desafio.

 

O nosso coração a pedir que nos vulnerabilizemos, que nos permitamos sentir, que expressemos em verdade o que nos vai alma e quando chega o momento ficamos constrangidos, tolhidos pelo medo de não sermos aceites, paralisados pelo medo de sermos julgados pelo que somos…

 

De acordo com as nossas velhas crenças acreditamos que dessa forma evitaremos o confronto e nessa postura irredutível permaneceremos sós, sem nos oferecermos a possibilidade de nos conhecermos mais um bocadinho, através do outro.

 

Nós queremos muito conhecer as outras pessoas, achando que sabemos mais do que elas, que sabemos o que é melhor para elas, quando na verdade, os outros refletem partes de nós que de outra forma seria impossível conhecer ou sequer saber da sua existência.

 

Imaginem este planeta sem água, sem nada que possibilitasse ver o nosso reflexo em lado algum. Teríamos nós a possibilidade de conhecer o nosso rosto? A cor dos nossos olhos? Certamente que não!

 

Do mesmo modo precisamos compreender que o reflexo que os outros nos revelam não é para continuarmos a fazer julgamentos e comparações sem nexo. O que precisamos de compreender e de reconhecer é o quão preciosa é a presença dessas pessoas na nossa vida, pois é através delas que nos conhecemos um pouco mais a cada instante.

 

Se há aspectos da nossa personalidade que gostaríamos de melhorar e se trabalhamos para os transformar, podemos agradecer aos mestres que se apresentam diante de nós a cada instante.

 

Podemos ficar irritados, zangados, furiosos, frustrados, no confronto com o outro, porém, tudo isso é fruto da nossa vaidade, dos nossos complexos de inferioridade/superioridade, da nossa falta de amor-próprio.

 

No momento em que abençoarmos cada ser que está à nossa frente, que nos devolve tanto de nós mesmos será fácil, sentir o eco dentro do nosso próprio coração.

 

Nesse momento podemos escolher em absoluta humildade e consciência um caminho de profunda transparência e verdade, onde a única coisa que importa é permanecer em aprendizagem permanente.

 

Abraço-me-nos de coração cheio!

 

 

Em Profunda Comunhão com a Vida

Eva Veigas

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Bio

Consultas

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2009

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2013

Meses Pessoais em 2011

Meses Pessoais em 2012

Meses em 2013

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D