Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eva Veigas

Numerologia, Tarot, Xamanismo

Eva Veigas

Numerologia, Tarot, Xamanismo

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Bio

Consultas

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2009

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2013

Meses Pessoais em 2011

Meses Pessoais em 2012

Meses em 2013

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
11
Jan17

Frequências numerológicas do dia 11/01/2017 - 11:1:1

Eva Veigas

balsamo.jpg

 

Frequências numerológicas do dia 11/01/2017 - 11:1:1

 

Regente natural do dia - 11

Regente universal do dia -13:4

 

Hoje é dia 11/01/2017, o que traduzido para a Numerologia resulta na seguinte frequência - 11:1:1

 

Hoje é um dia especial. Especial não só por ser raro, mas sobretudo por causa da sua especificidade, da sua singularidade.

 

São quatro, os uns que marcam este dia, e os primeiros dois, formam o Número 11, um Número que cada vez mais povoa a mente e a imaginação de muitas pessoas.

 

Todos se perguntam porque é que o observam ou registam tantas vezes, sobretudo nas horas, nas matrículas dos carros, nos números das portas, etc.

 

Toda a vida este Número existiu, sempre esteve lá para quem se permitia vê-lo, mas só recentemente, a maioria o começou a reconhecer, a princípio com desconfiança, pensando que era o seu cérebro a pregar partidas, depois, aos poucos, acostumou-se a ele e agora parece que não se vive sem a sua presença.

 

Trata-se de um fenómeno próprio do nosso tempo, assim como noutros tempos e lugares outros Números, outras frequências ou outros sinais têm a sua função.

 

O 11 que nós vemos a cada passo, é o desdobramento de uma onda gigante composta de múltiplas características específicas, que “cobriu” a Terra aquando da abertura do primeiro portal 11:11.

 

É disso que se trata - um portal dimensional que nós todos, a grande maioria sem disso ter consciência, ajudámos a abrir, de modo a possibilitar a ascensão desta dimensão.

 

É natural que quando vemos um 11 ou mais do que um, as nossas dinâmicas internas, que se encontram bastante enferrujadas, adormecidas, anestesiadas ante toda a dor e sofrimento que entretanto criámos, se movam um pouco, e portanto, é também natural que surja a confusão, o questionamento interno e a desconfiança acerca do que é que está a acontecer.

 

Muitas pessoas “sentindo” pela primeira vez nas suas vidas sensações “estranhas” ou desconfortáveis no corpo, pensamentos de qualidade diferente da habitual (geralmente mais elevada e aferida), urgência em perdoar, urgência em compreender o propósito das suas vidas, etc., ativam ainda mais os seus medos, sem se aperceberem que esses mesmos medos, os fantasmas do passado, aquilo que fizeram tão inconscientemente, tão maquinalmente, tão automaticamente, surgem agora de forma mais e mais consciente nas suas mentes, no seu coração, no seu corpo (porque o corpo pelas suas características é o que envia e mostra mais sinais, quando partes específicas deixam de funcionar ou de funcionar bem), de modo a tornar verdadeiramente visível todas as dinâmicas que necessitam de cura e de purificação, de limpeza e desintoxicação a todos os níveis.

 

Este é o momento de transmutar, de reciclar conscientemente todas as dores, todo o constrangimento, toda a carga pesada que temos vindo a acumular, não só nesta vida, como em outras que estão energeticamente atadas a esta.

 

É tempo de resgatar as partes de nós que não se cumpriram ainda, de trazê-las para a luz, de permitir que sejam iluminadas pelo nosso Sol Interior, de sair das nossas profundezas com confiança, envoltos em inocência, afirmando a nossa vontade de sair do obscurantismo, trazendo vida e equilíbrio à nossa estrutura.

 

O 11 surge assim como um bálsamo curador, para ser usado em doses homeopáticas, pois ele contém a genuína alegria, a maturidade conquistada e a vontade de cooperar, num nível mais digno e mais de acordo com a nossa humanidade.

 

Esta é a condição que podemos criar para realizar este trabalho magnífico de nos cumprirmos enquanto filhos e filhas da Terra.

 

 

 

Em Profunda Comunhão com a Vida

Eva Veigas

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Bio

Consultas

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2009

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2013

Meses Pessoais em 2011

Meses Pessoais em 2012

Meses em 2013

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D