Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas ~ Terapeuta Holística

The Way of Silence

Eva Veigas ~ Terapeuta Holística

The Way of Silence

29
Set17

O Tesouro Interno e a Roda da Fortuna

Eva Veigas

tesouro.jpg

 

E a Roda gira... gira sem parar... já diz o povinho: Cá se fazem cá se pagam!


Este ano então é sempre a despachar não fosse o ano da Roda da Fortuna. E que grande Fortuna! Mas é só para quem tem olhos, ouvidos e demais sentidos sintonizados com o AMOR.

 

O AMOR Real e não as paixonetas, o AMOR Real e não o que lhe convém, O AMOR Real e não o "só te amo se tu me amares" ou "só gosto de ti se fizeres o que eu digo e se não fizeres és má pessoa".

 

A Roda gira, não se detém ante os "egozinhos" e as "pessoinhas" (graças a todos os deuses que assim é)!

 

A Roda gira, indiferente à passagem do tempo, às dores, sofrimentos ou limitações de cada um.

 

Quem tem ouvidos que ouça, quem tem olhos que veja... que veja através dos véus do seu próprio egoísmo e presunção, arrogância e prepotência.

 

Praticar a humildade nos dias que correm é coisa para poucos e esses poucos não precisam nem querem disso fazer alarde. A humildade, como tantas outras virtudes, está disponível para todos, mas nem todos estão disponíveis para a praticar, para a viver, para a sentir e experimentar nas mais variadas situações... mas depois são todos só luz e amor e tal... pois sim... continuam mergulhados na mesma falsa ilusão do ego. A diferença é que dantes escondiam-se atrás da religião, agora escondem-se atrás da falsa espiritualidade da New Age.

 

Moderno, agora, é dizer tudo e "mais um par de botas" em nome da Nova Era... como se soubessem o que isso é! A maior parte das pessoas conhece a palavra cooperação do dicionário ou então repetem-na à exaustão como papagaios.

 

A palavra-chave da Nova Era é Cooperação... ai e tal eu sou Aquário, tenho Úrano não sei onde, eu sou um 11 e um 22 e um 45, 5... dizem alguns com um grande orgulho e convicção, sem nunca terem estudado a fundo os seus mapas, não no papel, mas em si mesmos.

 

Sem perceberem que o caminho que estão a tomar está a levá-los ao mesmo sítio de sempre. A diferença é o cenário e a tecnologia, mas é mais do mesmo: pura ilusão! Continuam a não saber do que falam quando falam em Cooperação e muito menos em Nova Era ou Espiritualidade. Continuam com os mesmos medos e com as mesmas mentes, mas concluem que estão todos iluminados.

 

A Fortuna, (a Roda ou a Parte) nada tem a ver com caprichos do ego, nem com comprinhas no shopping, nem com a aquisição do último modelo do carro xpto, ou da casa na praia (até porque isto com os "tsunamis", tem de se ter cautela).

 

A Fortuna é um tesouro interno, mas não é um tesouro fácil de aceder ou de descobrir, é por isso que ele está escondido (oculto) no nosso interior. Se fosse no exterior já o teriam encontrado. Mas como ele reside no mais recôndito espaço das pessoas, e elas, por sua vez, não querem ter trabalho de partir pedra, de fazer mudanças, de desbravar caminho, de caminhar pelos próprios pés, de ferir as mãos, de encontrar o cajado interno que as apoiaria sempre e até ao "final" desse caminho, jamais o irão encontrar. agarrados ao ego, à ilusão, à mentira pessoal, agarrados como lapas às rochas, com medo que o mar os leve e lhes lave a alma.

 

E a Roda gira... e girará sempre, tal como os planetas giram nas suas órbitas, eternamente, sem parar...

 

#innertreasure #wheeloffortune #wakeup

Eva Veigas

25
Set17

Conversas com Maghno-riah, uma Árvore no meu Jardim

Eva Veigas

 

Foto de Eva Vilela Veigas.

 

Olha para mim. Observa o meu troco, os meus ramos, as minhas folhas. Repara como me expando, cresço e ocupo o meu próprio espaço na Terra. Sente o pulsar da vida em mim. Observa a minha relação com as outras plantas que vivem e absorvem o mesmo ar que eu. Observa como as formigas, as borboletas, as abelhas, os pássaros e outros animais interagem comigo. Eu não me importo que eles me toquem, pousem nos meus braços ou se protejam do sol ou da chuva nos meus ramos.


Olha para mim. Eu balanço ao vento, conheço o seu poder e ele conhece o poder da terra onde as minhas raízes estão entrelaçadas.


Olha para mim. Firme e forte, porém flexível e elástica. Olha para mim. Eu não desisto pois tenho um só propósito: Ser!
Não importa como os outros me olham, se me julgam, se me comparam, se me dilaceram os ramos, se desdenham porque não dou frutos, ou se implicam porque se dou frutos, ora são azedos, ora são maduros de mais. Eu não me importo, pois eu apenas sou. Sou uma no meio de milhares de irmãs árvores.


Não cedas à tentação de te deixar intoxicar pelos pensamentos impuros dos outros, pela mesquinhez nem pela avidez humana, nem pela inveja ou por qualquer outro sentimento menos nobre.


Assume o comando e simplesmente Sê!

 

Eu sou Maghno-riah e vivo num não-lugar, no não-espaço e no não-tempo, a que tu chamas o teu jardim.

 

in Conversas com Maghno-riah, uma Árvore no meu Jardim

25
Set17

Amar sem limites

Eva Veigas

treelove.jpg

Experimenta dar onde normalmente estás habituado/a a pedir. Experimentar dar-te em amor por ti, sem esperares absolutamente nada em troca. Experimentar dar primeiro e em todos os momentos, respira, entra em contacto com o teu ser como um todo e não apenas com o corpo físico e prepara-te para receber incontáveis bênçãos, que só tu poderás apreciar, que só tu testemunharás, mas que te preencherão a níveis que antes não poderias imaginar.

Experimenta... não custa nada e além disso, podes sempre voltar à tua forma anterior de mendigar por amor, atenção ou qualquer outra coisa.

 

25
Set17

New Beginnings...

Eva Veigas

New beginings.jpg

 

Começar de novo, recomeçar, iniciar projetos novos, aliciantes, frescos é a proposta do Arcanjo Miguel para o dia de hoje.

A cada dia a vida oferece-nos novas oportunidades. O momento presente é isso mesmo, um presente, uma dádiva, uma oportunidade de criar ou recriar a nossa vida, a partir do zero, do nada.

As maiores descobertas foram detetadas a partir do nada, ou o que comummente as pessoas designam por “acaso”. Porém na vida nada é por acaso, muito pelo contrário. Nada no universo ocorre sem um propósito bem delineado, ainda que a nós nos pareça tudo bastante caótico. Neste ponto, a nossa natureza humana tende a impor ordem no aparente caos e é também neste ponto que nos deparamos, na maior parte das vezes, com um beco sem saída. O universo, a vida não é algo para se por em ordem. A vida coloca-nos constantes desafios e cabe a nós vivê-los, contornando-os, como disse Augusto Cury, referindo-se à sabedoria da água: a água nunca discute com um obstáculo, simplesmente o contorna.

Portanto, eis ante nós, diariamente, eu diria mais, momento a momento, a oportunidade de contornar os desafios, vencendo-os, um após outro, criando a e recriando as nossas experiências, com alegria, dinamismo, vibrantes e com uma vontade superior no comando do nosso Eu.

 

Desejo a todos bons começos!

Eva Vilela Veigas

25
Set17

Sábio é...

Eva Veigas

 

"Sábio é aquele cuja vibração tem o poder de despertar e incentivar o que há de mais nobre e recôndito na natureza dos que o rodeiam."

in o Sétimo Círculo

25
Set17

Acerca do Novo Homem...

Eva Veigas

 

"A Nova Era requer novos homens. E o Novo Homem surge do reencontro consigo mesmo. Surge ao preencherdes o absimo que vos separa da Realidade. Surge pela força apelativa do Amor. Surge pelo esforço reintegrativo num Todo Maior."

 

in o Sétimo Círculo

22
Set17

Equinócio de Outono

Eva Veigas

 

equinocio.jpg

 

22/9/2017

Feliz Equinócio de Outono

 

"Em 2017, o Equinócio de Outono, ocorre no dia 22 de Setembro às 20h02 (tempo universal), 21h02 em Portugal continental e na Região Autónoma da Madeira, e às 20h02 na Região Autónoma dos Açores. Este instante marca o início do Outono no Hemisfério Norte. Esta estação prolonga-se até ao próximo Solstício que ocorre no dia 21 de Dezembro às 16h28 em Portugal continental."
Fonte: http://oal.ul.pt/equinocio-de-outono-2017/

 

Trânsito numerológico:
Ano 2017
Vibração Universal do Ano 10:1
Mês 9 (Setembro)
Vibração Universal do Mês: 19:10:1
Dia de Calendário: 22
Vibração Universal do Dia: 4
Data 22/9/2017
Vibração Universal da Data: 23:5

 

O equinócio ocorre sob a influência do Número 5 que é o resultado reduzido da soma da presente data.

O 5 surge aqui como indicador de mudança de direcção, como uma nova oportunidade de aprendizagem e/ou de aplicar o que se tem vindo a aprender.


Este dia marca um momento de viragem séria, responsável, ousada também, pois é necessária muita coragem, confiança e entrega para assumir finalmente o nosso verdadeiro papel.

 

É tempo de usar sabiamente os nossos recursos internos, os nossos dons, capacidades e talentos tanto a nível físico como e especialmente a nível extra-físico.

 

A nossa mestria pessoal tem aqui uma excelente oportunidade de se colocar ao serviço da humanidade, dos outros, nas suas diferentes e variadas formas e forças de expressão.

 

É tempo de nos levarmos pela nossa própria mão e nos deixarmos guiar pelas poderosas forças de amor que habitam o nosso coração, trabalhando com e para a luz num novo patamar de frequência mais elevada. Nós podemos e temos a necessária sapiência para o fazer.

 

Quem ainda não o faz está ainda e apenas a vibrar no medo e as escolhas que faz para a sua vida baseiam-se no medo de se expor, de se vulnerabiizar, de se enganar, de errar, de ser julgado pelos outros, etc.

 

Este é o momento, não vale a pena protelar, de mostrar a si próprio de que é capaz. Pode não haver outra oportunidade. Permita-se! Pode ser que fique surpreendido/a com o resultado.

 

Tudo isto se inscreve num ano em que a palavra chave é recomeçar (mas banhados por uma nova energia, a qual devemos buscar dentro de nós e não fora), num mês que anda de mãos dadas com o ano mostrando-nos claramente o reforço das energias 10:1, que nos pedem mudanças radicais, mas coerentes, sobretudo a nível das nossas mais profundas e sérias intenções.

 

Tudo isto nos empurra para a frente e para cima, mesmo sem entendermos muitas vezes como conseguimos, como tudo acaba por se manifestar, por vezes sem grande esforço, para que possamos testemunhar os verdadeiros milagres e compreender e aceitar que somos nós os agentes da mudança.

 

Tudo isto acontece sob a subtil e empoderada energia dos números 22, 2, do zero à direita e à esquerda do 2.

 

O 2 representa o princípio universal feminino,o yin, a receptividade, a espera, o silêncio, a sabedoria, a noite, o escuro, o oculto, o ventre, o sagrado, a interioridade, a gestação, a meditação.

 

Portanto esta noite, para aqueles que puderem e quiserem, recolham-se, meditem, orem, criem o vosso próprio ritual, repensem ou reforcem a vossa intenção. Saiam do medo e caminhem na vossa própria direcção.

 

#happyequinox2017

Eva Veigas
Terapeuta Holística

17
Set17

Daily Numbers

Eva Veigas

 

 

Wishing you a(6).png

 

Um dia que marca o final de um ciclo e o início de outro. Há aspectos das nossas densas carapaças que estão prontos para ser dissolvidos e integrados nas nossas aprendizagens.

 

Há vagas de seres a fazer a travessia,para um lado e para o outro do véu, com profunda consciência do trabalho realizado e do que falta realizar.

 

 

Há múltiplos despertares de consciência que trazem novidades e descobertas em vários ramos da ciência, da cura quântica, de achados arqueológicos, e assim por diante.

 

Muitos véus estão a cair e irão continuar a cair e as verdades há muito escondidas virão ao de cima e serão reconhecidas por todos os que não se têm conformado, resignado, calado e ficado indiferentes ao sofrimento da Terra e de muitos dos seus filhos.

 

Todos os assuntos, relacionamentos, questões, decisões que estejam presos por um fio apenas, irão simplesmente ser levados pelos ventos, pois já não há qualquer tipo de sustentação. Os cortes serão radicais para quem não souber deixar ir.

 

Todo aquele que ignorar ou esquecer os seus deveres e obrigações será chamado à responsabilidade, será abanado e esmagado pelo peso das suas próprias decisões, ou seja, provará do seu próprio veneno.

 

Aqueles que ponderam reorganizar-se, reestruturar-se, religar-se, revitalizar-se, renascer são convidados a fazê-lo em grande amor por si mesmos.

 

Seremos testados quanto à nossa flexibilidade, tolerância, capacidade de adaptação ao novo, vontade de mudar, capacidade de amar, cuidar e nutrir a nós mesmos, aos outros, ao ambiente, aos animais, à Natureza.

 

Ao mesmo tempo virá ao de cima toda a nossa natureza arrogante, altiva, prepotente, tirânica... não para nos colocarmos como vítimas ou como impotentes perante as nossas escolhas, mas como forma de nos libertarmos de todo o condicionamento e de todas as formas de dor que nos acompanham há muito tempo. A verdade é que todos podemos fazer diferente. Se não fazemos é porque não queremos. Basta de desculpas fúteis e de nos escondermos atrás uns dos outros. Querer é poder!

 

Este é um tempo de libertação, de purificação de energia, de começar de novo, de criar novos impulsos, de sermos nós mesmos os novos seres que PODEM trazer ( porque a podem captar, acumular, transmitir e irradiar), a Luz a esta humanidade.

 

Tu Podes
Eu Posso
Nós Podemos!

#poderpessoal #poderescolher #poderser #quererépoder

 

Eva Veigas

15
Set17

15/9/2017 = 25:7

Eva Veigas

Wishing you a(2).png



Múltiplas forças actuando em conjunto, trabalham no sentido de libertar porções de memórias (até há bem pouco tempo ocultas no nosso inconsciente) para aquela parte de nós que já se encontra mais desperta, mais consciente de si.

Nesse lugar, onde há mais luz em nós, isto é, onde existe maior clareza mental, maior discernimento, onde as emoções se encontram mais harmonizadas, ou seja, onde já nos é possível distanciar do drama, existe uma condição específica que nos possibilita entrar em contacto com essas mesmas memórias, a fim de as podermos sentir e observar a partir de um lugar isento dentro de nós. Por isenção quero dizer, que podemos e devemos libertar-nos do auto-julgamento. Só assim poderemos compreender essas memórias, esses pensamentos que afloram à nossa consciência, sem que aparentemente tenhamos feito qualquer esforço para que isso acontecesse.

Durante esse processo poderemos além de lhes dar significado, pois a mente lógica, cognitiva, apressar-se-á a fazê-lo, libertar o que já estiver resolvido e integrar as experiências resultantes quer das vivências que geraram essas memórias, quer da vivência presente que nos colocará em perspectiva relativamente à nossa própria história.

O dia de hoje com as suas forças invisíveis actuantes em diversas dimensões internas, permite-nos aprofundar muitas situações, sobretudo aquelas que carecem de resolução, que aguardam por um desfecho, que anseiam por uma conclusão.

Os desafios de hoje prendem-se com algumas questões fundamentais:

1) Falta de foco, dispersão de energia, sensação de nos estarem a puxar em direcções opostas.

2) Nervosismo, ansiedade, querer fazer tudo ao mesmo tempo sem dar espaço e atenção a um assunto de cada vez, o que provavelmente irá criar caos e confusão (aumentando assim a dispersão (ver ponto 1) e frustração, dado que, no final do dia, chegaremos à conclusão que não fizemos nada bem feito, que não houve progressão e no entanto sentir-nos-emos extenuados.

3) Desânimo, falta de confiança, irritabilidade, vontade de desistir dos planos, objectivos ou intenções que tínhamos traçado para hoje ou para os próximos dias.

4) Dificuldade em pedir ajuda, em parar para nos reposicionarmos relativamente ao rebuliço interno. Teremos ainda que lidar com a nossa própria altivez e alguma prepotência, sobretudo em relação aos outros.

O que podemos fazer?

1) Harmonizar as forças contrárias enfrentando os desafios. Procurar tirar prazer do que está a fazer sobretudo se é algo de que não se gosta ou que se faz por dever e obrigação.

2) Pedir ajuda; delegar.

3) Trabalhar a assertividade; dividir o trabalho de hoje em pequenas tarefas e fazer uma de cada vez, fazendo pequenos intervalos, para descomprimir (o dia de hoje promete); dar prioridade ao que é mais importante hoje.

4) Concluir trabalhos e tarefas que estão adiados por preguiça, desmotivação ou falta de atenção.

5) Rever a forma como estamos a fazer as coisas, mudar de atitude ou de perspectiva; refrescar as ideias, renovar a energia. Dar um passeio na Natureza ou fazer uma curta meditação pode ajudar.

 

Eva Veigas

14
Set17

14/9/2017 = 24:6

Eva Veigas

Wishing you a(1).png

 

O caminho para a cura e harmonização de processos adiados depende da intensidade que se coloca na vontade de mudar desde dentro.

 

A doce transformação de formas-pensamento agressivas e negativas, e de emoções ácidas e destrutivas, é possível.

 

Essas forças destruidoras, que acolhemos em nós e às quais nos agarramos com tanta força, para não perder o controlo sobre nada, são geradoras das mais variadas doenças, desde as físicas, às emocionais ou mentais.

 

Para obter resultados profundamente transformadores há que libertar essas mesmas emoções que se encontram enraizadas no nosso sistema de crenças.

 

Dessa forma, é importante, urgente e necessário, rever o sistema de crenças (o conjunto de regras, normas, verdades, etc. que nos limitam, impedem, castram ou derrubam) de forma a podermos criar um novo sistema (ou actualizar o anterior) que esteja mais de acordo com o novo ser que vai despertando em nós.

 

Eva Veigas

Pág. 1/2

Bênçãos! Se chegaste até aqui é porque escutaste o chamado da tua alma!

Convido-te a navegar por este espaço. Se gostares fica e subscreve o blogue. És muito bem-vindo/a.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Consultas / Terapias

Numerologia Karmica, Tarot, Tarot Karmico, Oráculos, Cura Xamânica*, Meditação Guiada*, Cura e Resgate da Criança Interior*, Cura da Criança Lunar e Solar* *apenas sessões presenciais

Consultas online

Mensagens

Find us on Facebook

Partilha e difusão de conteúdos

Agradecemos a partilha e difusão de conteúdos, desde que sejam salvaguardados os devidos créditos da autora do blogue e demais fontes por ela citadas.

Consultas / Terapias / Retiros Individuais

Consultas

Ano Universal

Cursos / Ws

Textos de Apoio

  •  

Artigos Numerologia

Dias de Nascimento

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

  •  

Entrevistas

Parcerias

Sapo Astral

Sapo Desporto

Tertúlia

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D