Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas ~ Terapeuta Holística

The Way of Silence

Eva Veigas ~ Terapeuta Holística

The Way of Silence

27
Jun17

Número 106: A Essência de Junho

Eva Veigas

Foto de Eva Veigas - The Way of Silence.

 

Número 106: A Essência de Junho

A redução de 106 é 7, portanto falamos de uma essência composta que nos devolve uma natureza profundamente amorosa e amadurecida. Existe a necessidade de fazer escolhas ao nível da alma, deixando de lado as preferências, os desejos e os caprichos da personalidade.

 

Há que sacrificar partes da nossa complexa persona (as partes mesquinhas, vaidosas, arrogantes, orgulhosas...) em prol do Bem Maior, o que inclui fazer tudo o que estiver ao nosso alcance pelo nosso próprio Bem.

 

Por vezes este "fazer tudo" pode significar integralmente não fazer nada. O acto de "não fazer" é dos maiores desafios para o Ser Humano, pois a sua mente desocupada, desenfreada, deseducada, não concebe o conceito de "não fazer", como algo verdadeiramente "produtivo".

 

Reparem que sempre que temos uma dificuldade ou um problema para resolver, a nossa primeira reacção é afirmar (expressando fora ou dentro): «Tenho que fazer alguma coisa!»

 

Em muitos casos o "não fazer" (o não dizer; o não pensar/ruminar sobre o assunto) seria a melhor opção.

 

Para chegar a esse patamar, porém, é necessário anets de mais, fazer silêncio dentro de nós mesmos, para podermos criar uma condição especial, de forma a podermos escutar a verdade que queima desde o mais profundo de nós.

 

Essa verdade, essas "palavras" surgem como uma voz, de início muito sumida, é a voz da consciência, que nos devolve a direção, o caminho a tomar, mas que, é bem sabido, teimamos em ignorar e calar, fazendo muito ruído dentro e fora de nós.

 

Respirar e meditar serenamente, contemplar a natureza, por exemplo, criam o cenário ideal para permitir essa conexão. Claro que não podemos esquecer de somar a tudo isto a nossa vontade, sendo que esse é o único esforço que teremos que fazer, nesta fase.

 

Aos poucos este exercício colocar-nos-à em contacto com partes de nós amadurecidas e sábias que não dependem da aprovação de mentes distorcidas e emoções doentes de outras pessoas. Esse estádio costuma abrir-nos para novos campos inexplorados por nós até esse momento, e portanto desconhecidos, permitindo-nos sentir por exemplo, o gosto da tolerância e da compaixão pelos outros seres e acima de tudo por nós próprios.

 

Aos poucos querermos experimentar-nos mais e mais nesta e noutras vivências. Aos poucos o nosso caminho abrir-se-à à nossa frente como um lugar secreto, cheio de riquezas e tesouros, que ser algum jamais poderá arrancar-nos.

 

Bom Caminho

#escutainterna #tolerânciageracompaixão

 

Créditos de imagem: https://people.desktopnexus.com

 

22
Jun17

Numerologia - 22/6/2017

Eva Veigas

 

Foto de Eva Veigas - The Way of Silence.

 

Numerologicamente o dia 22/6/2017 é regido pelos Números 20:11:2.



Como é visível, hoje, o Número 2 encontra-se em destaque quer na data propriamente dita, quer nos Números que nos revelam o tema de hoje.



O 2 representa o Princípio Feminino Universal e portanto devemos centrar-nos nos aspectos femininos, negativos, receptivos ou meditativos do dia.



Mas antes de nos referirmos a esses aspectos devemos falar antes de mais do Número 22, que, obviamente, corresponde ao dia de calendário.


O Número 22 é um Número dobrado ou Número Mestre, que se desdobra 12 vezes ao longo de cada ano.



Como regente do dia de calendário o 22 representa uma oportunidade mensal de entrarmos em contacto com esferas e frequências mais elevadas, de vibração mais intensa que nos permite religar com mundos e planos superiores onde residem as sementes das grandes realizações e concretizações humanas.



Por exemplo, todas as obras majestosas que servem a humanidade de modo geral, e que podem inscrever-se em áreas como a arte, a engenharia, a arquitectura, a literatura; ou, em áreas científicas, arqueológicas, antropológicas, etc.


Todas as criações de relevo estão sob a regência do 22.



É um Número da Terra (Elemento Terra) com uma expressão Aquosa (Elemento Água), emocional, sensível, que nos inspira sentimentos elevados, nobres, sinceros.



Os rios emocionais correm sobre o leito da Mãe Terra, por isso o 22 autosustenta-se. Ele é o apoio de si mesmo. Não se vitimiza, não se lamenta, não perde tempo - avança, por vezes a uma velocidade vertiginosa. Ele possui uma capacidade incrível de resistência aos bloqueios, aos limites, que ele derruba facilmente por meio das suas Águas primevas que irrompem límpidas, frescas, vigorosas.



Este regente 22 é tão ou mais importante do que o Número que rege a data de hoje, pois ele nutre, regenera, revitaliza, refresca, restaura. As suas águas são vida e dão vida à terra, à matéria, à energia densificada. Água mole em pedra dura... (já diz o povo)!


Entretanto, os aspectos que dão cor ao tema de hoje são complementares, por um lado, e catalisadores, por outro, de toda esta dinâmica.



O 20 religa-nos à sabedoria de cura que dorme em todos nós. O poder de regenerar o corpo celular, o nosso e o dos outros, está a despertar. É tempo de cantar para as nossas células, para o nosso corpo, e sobretudo para as partes do corpo que se encontram doentes, desprovidas de energia, baças, sem vida. Água e som é tudo de bom!



O 11 reconduz-nos ao caminho interior do autoconhecimento, ao qual devemos dedicar-nos de forma empenhada e eficiente. Outro Número dobrado que nos abana, nos atira ao ar e logo a seguir ao chão, que nos estilhaça desde dentro e nos mostra uma e outra vez, como tão facilmente escorregamos e caímos ao longo do caminho. Se estamos distraídos da vida o 11 encarrega-se de chamar a nossa atenção para esse facto, quase sempre de forma bastante abrupta. Cabe a nós entender a lição e seguir em frente.



Finalmente, o 2 recorda-nos da necessidade de fazer pausas a seguir aos esforços. Quem se empenha no seu próprio processo individual, termina, mais cedo ou mais tarde, por se envolver de verdade com os seus semelhantes, em pleno respeito e humildade, portanto, esse discípulo sabe que tem de respeitar os seus próprios limites e descansar sempre que precisar de recuperar as suas forças para logo a seguir continuar a caminhar.



Assim, hoje é um dia para respeitar limites - os nossos e os dos outros -, para criar limites saudáveis, caso eles ainda não existam ou para os fazer reviver, caso tenhamos andado distraídos.





Créditos de imagem: https://abstract.desktopnexus.com/

21
Jun17

Solstício de Verão 2017

Eva Veigas

Summers cauldron.jpg

 "Summers Cauldron" by Emily Balivet

Créditos de imagem: https://www.etsy.com/shop/EmilyBalivet

 

 

"O solstício de verão de 2017 ocorre a 21 de junho, mais precisamente às 04h24 em Portugal. Este momento marca oficialmente o início do verão.

(...) O solstício de verão é o momento em que o Sol atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do Equador, em junho no hemisfério norte, e em dezembro no hemisfério sul.

O termo "solstício" vem do Latim sendo composto pelas palavras sol e sistere (que não se mexe). Visto da Terra, o sol parece parado, mantendo uma posição fixa ao nascer e ao se pôr, durante algum tempo. (...)"

Fonte:https://www.calendarr.com/portugal/solsticio-de-verao/

 

 

 

Numerologicamente o dia 21/6/2017 é regido pelos Números 19:10:1.

 

Este conjunto de Números que têm por base ou raiz o Número 1, salientam os aspectos fundamentais que podem ser usados para trabalhar nas mais variadas direcções, tanto fora como dentro de nós.

 

Assim, o 19 representa o infinito ciclo de renovação: nascimento - crescimento - morte - renascimento; o 10 representa o início de um novo ciclo e o 1 representa o estímulo criador, a centelha da vida que se renova a cada instante.

 

Não deixa de ser curioso notar que estes números se entrelaçam num dia que marca exactamente o solstício de verão no hemisfério norte e de inverno no hemisfério sul e que no caso de Portugal tem hora marcada às 04:24 da madrugada e que esses números adicionados sucessivamente resultam no Número 10, que assim se vai revelando ao longo do dia.

 

É um dia de renovação, reorientação, reposicionamento, reordenação, reorganização, reenquadramento do nosso papel no mundo no que toca à forma como nos relacionamos connosco, com os outros, como o mundo, com tudo o que está dentro e fora de nós.

 

A qualidade dos diferentes tipos de relações irá ditar a qualidade das nossas experiências; a forma como lidamos com os desafios diariamente e capacitar-nos com diferentes capacidades de resposta aos mesmos.

 

O dia proporciona diversas aprendizagens ou lições a serem superadas:

Lições dos Números 3, 2, 1 e 5 - Dificuldade em permanecer focado; dificuldade em definir prioridades; excesso ou falta de confiança, tendência para a agressividade; estar à defesa e/ou ao ataque; dificuldade em enfrentar os problemas e permanecer na dificuldade para sentir o que precisa de mudar (vontade de fugir, de abandonar o barco, fuga para a frente, incapacidade de lidar com o desafio. Expressões como "tirem-me daqui", "não aguento", "não estou para aturar isto", não tenho paciência", "não quero sentir o que estou a sentir", etc. denotam bem a impaciência e a intolerância à capacidade de sentir.


Claro que é mais fácil (aparentemente, entenda-se) abandonar o barco e virar as costas à situação, porém isso só irá complicar ainda mais as coisas, já que só por si, essa atitude não encaixa numa energia criadora, criativa, veiculadora de soluções e possibilidades ilimitadas.

 

A chave para resolução dos desafios encontra-se na procura de um equilíbrio eficiente entre as partes disfuncionais de uma qualquer situação (ou da nossa visão interna distorcida) e as partes sãs, maduras que se alinham numa visão de conjunto, as quais irão mediar o conflito, quer se trate de um conflito internos ou externo, quer a questão nos diga respeito a nós ou envolva mais do que uma pessoa.

 

Acima de tudo este é um dia para usar e aplicar a nossa sabedoria, a nossa humanidade e a nossa maturidade, mostrando a nós mesmos que já somos suficientemente crescidos para lidar com a dor e com a dificuldade.

 

É o momento de sair da sombra e assumir a nossa verdadeira identidade.

 

 

20
Jun17

A Letra A

Eva Veigas

A.jpg

 Credits: https://www.etsy.com/shop/EmilyBalivet

 

A letra A corresponde ao Número 1. No alfabeto hebraico ela é Aleph cujo símbolo é "Touro".

 

A letra A como pedra basilar do nome representa força, saúde, vitalidade, vida longa, abundância, poder de decisão, determinação, reacção ou resposta rápida a situações inopinadas e rectidão.

 

Dois traços, como dois pilares oblíquos são amparados por um traço horizontal a meio que nos devolve a imagem de um certo equilíbrio, deixando transparecer também certa verticalidade; a ligação no vértice superior que aponta para o alto está assente nos dois pilares bem ancorados na terra. A energia (semente) que vem do alto (do céu) desce pelos pilares em direcção ao mundo da matéria e da forma (à terra). Essas sementes trazem em potencial novos ideais e ideias originais, os quais precisam de cuidado para poderem germinar e florescer, materializando-se em sucessivas formas.

 

Assim, as pessoas que possuem a letra A no início do nome são geralmente ricas em ideias originais, porém, e dependendo das restantes letras do nome e de muitos outros elementos numerológicos presentes no seu mapa natal, poderão ficar face a face com diferentes dificuldades (umas mais complicadas que outras) no que toca à concretização dos seus ideais.

 

É importante que manter uma postura humilde pela vida fora,sobretudo se a letra A estiver presente em grande número, ou caso estejam presentes no nome outras letras que correspondam igualmente ao Número 1, como é o caso das letras J e S. (Há ainda outras letras que conjugadas com esta também poderão tornar a pessoa tendencialmente mais autoritária, arrogante ou prepotente em relação às outras pessoas.)

 

No entanto, as pessoas cujo nome começa por esta letra revelam grande dinamismo e criatividade, são ambiciosas, fortes e auto confiantes. São enérgicas e possuem forte capacidade de iniciativa. São ainda muito assertivas e habitualmente exprimem-se de forma clara e directa, e em alguns casos, até, de forma um pouco rude.
Geralmente são mais racionais do que emotivas e costumam ser teimosas.

 

Quando alinhadas com os seus propósitos de vida, estas pessoas passam a usar a letra A de forma positiva, e frequentemente, encontramos associada a esta letra, líderes, pessoas capazes de mostrar e abrir novos caminhos, administrar e começar coisas novas com autoridade e coragem.

 

Como o seu pensamento é ágil beneficiam de grandes quantidades de inspiração para as suas ideias, portanto, o portador desta radiosa letra deve aprender a usar e a emitir esse brilho para a sua própria evolução.

 

Estas pessoas possuem um sentido de independência e originalidade bastante desenvolvido e portanto é natural que a sua ambição os leve a querer alcançar sempre o primeiro lugar em tudo o que fazem. Gostam de estar na ribalta e apenas têm de ter cuidado para não se deixarem cair nas armadilhas da vaidade, do orgulho e da arrogância.

 

 

 

19
Jun17

A Importância das Letras na Numerologia (parte 1)

Eva Veigas

Queen of Cups.jpg

Créditos de Imagem: https://www.etsy.com/shop/EmilyBalivet

 

Sabia que a primeira letra do seu nome possui um significado específico e é considerada relevante em qualquer estudo numerológico?

 

A primeira letra do nome surge como a pedra basilar do nome completo, pois é nela que assentam os primeiros e principais recortes da nossa personalidade, que se denvolverão e nos servirão de impulso para a uma interação saudável e correcta com as outras pessoas ao longo de toda a nossa vida.

 

Geralmente consideramos a primeira letra do primeiro nome, mas há casos em que temos que levar também em consideração a primeira letra do nome pela qual a pessoa é mais conhecida.

 

Tomemos como exemplo uma pessoa com os seguintes nomes próprios: Maria Joana, mas todos a chamam apenas pelo segundo nome: Joana. Neste caso consideraríamos a primeira letra do nome "M" como pedra basilar, em conjunto com a letra "J".

 

O conjunto formado pelas duas letras e os seus Números correspondentes mostrariam a importância destas letras na vida desta pessoa bem como os seus pontos fortes e fracos.

 

As letras A J S correspondem ao Número 1.
As letras B K T correspondem ao Número 2.
As letras C L U correspondem ao Número 3.
As letras D M V correspondem ao Número 4.
As letras E N W correspondem ao Número 5
As letras F O X correspondem ao Número 6.
As letras G P Y correspondem ao Número 7.
As letras H Q Z correspondem ao Número 8.
As letras I R correspondem ao Número 9.

 

Ao longo das próximas publicações irei falando da especificidade de cada letra.

10
Jun17

Semanas Numerológicas de Junho - 22 a 30 de Junho (Parte 4)

Eva Veigas

Asteria goddess.jpg

 https://www.etsy.com/shop/EmilyBalivet

 

Semanas Numerológicas de Junho

 

22 a 30 de Junho (Parte 4)

 

O regente deste período é o Número 22. Trata-se de um número dobrado, também conhecido por número mestre, precisamente pela repetição dos dígitos, o que o torna um número dotado de certa especificidade.

 

Neste caso o 22 não se reduz, embora eu leve em consideração o 4 que lhe está irremediavelmente associado.

 

É uma semana numerológica que afina por uma certa tensão, dado que o "peso" do 22 pode gerar uma certa carga de ansiedade nos indivíduos que tenham dificuldade em elevar as suas vibrações, em ligar-se à divindade interna, em assumirem a responsabilidade sobre os seus próprios processos individuais de forma a tomarem novas posições e decisões de se transformarem a si mesmos e pararem de querer controlar a vida com todas as experiências e consequências que lhe são inerentes.

 

O mês é regido por 16:7 e durante este período concreto surge o 22:4 a pedir para se mudarem hábitos destrutivos, observando sem nenhum juízo de valor o que nos leva a repetir padrões automáticos (a inconsciência em que nos encontramos mergulhados, o véu da ignorância que teimamos em manter, com muito medo de vermos o que precisamos de ver, porque é muito difícil aceitar a besta que dorme dentro de cada um de nós; é muito difícil e desencorajador aceitar que somos sombra, pois é mais fácil e mais simpático imaginar que somos só luz).

 

É preciso cuidar e cuidar bem da nossa energia e se queremos despertar para a verdade da nossa própria condição, vamos aprender a fazer isso bem e não nos deixarmos mais contaminar pelas massas e a deixarmos de contaminar os outros com as nossas negações, comparações, complexos de inferioridade disfarçados de superioridade e vice-versa.

 

Vamos crescer e ser crianças maduras e pararmos com birras e teimosias que prejudicam tudo e todos, incluindo nós mesmos.

É tempo de crescer e aceitar que somos capazes de fazer melhor, muito melhor do que temos feito até aqui.

 

Se te sentes exausto, se sentes que já ultrapassaste todos os limites dou-te os meus parabéns! Estás no momento adequado para iniciares a tua mudança de paradigma.

 

Eva Veigas

10
Jun17

Semanas Numerológicas de Junho - 15 a 21 de Junho (Parte 3)

Eva Veigas

Ceres.jpg

 https://www.etsy.com/shop/EmilyBalivet

 

Semanas Numerológicas de Junho

 

15 a 21 de Junho (Parte 3)

 

O regente desta semana numerológica é 42:6. Trata-se de um número bastante estruturado que de alguma forma nos proporciona uma visão mais alargada da vida enquadrando os diversos aspectos de cada experiência, mesmo aqueles que aparentemente causam maior desarmonia, num cenário onde as possibilidades são infinitas ainda que nos sintamos envoltos pelo caos e pela escuridão.

 

Há um apelo à transformação profunda (mais uma) que exige uma purificação emocional através do contacto com a terra (contacto directo) e com a Terra, com a Mãe Natureza, com os milhares de seres que formam este conjunto imenso de consciências que se movem ao seu ritmo caminhando em direcção ao nosso próprio despertamento interior.

 

Mas não basta imaginar seres de luz, cheios de cores e luzes, ou eventualmente imaginar que se é um deles para atingir estádios cada vez mais complexos e puros de consciência cristalina.

 

É preciso descristalizar as emoções que estão a impedir-nos de sentir com mais intensidade e profundidade o Amor, o Amor real, o verdadeiro Amor Incondicional. Sempre que se fala em amor as mentes dos velhos egos ganham vida e logo tratam de imaginar belos príncipes e princesas que os irão tirar da solidão, do sofrimento e do desamor em que vivem. Não há maior ilusão do que essa.

 

É preciso sentir o que estamos a fazer, ou melhor, o que não estamos a fazer na nossa vida, por nós mesmos e que nos atira para um canto e nos restringe, nos constrange, nos atordoa e nos anestesia, tornando-nos incapazes de tocar as nossas próprias vestes reais, incapazes de sentir o amor que pulsa dentro de nós, esse amor que tudo perdoa, tudo cura, tudo harmoniza, tudo abraça.

 

Eva Veigas

10
Jun17

Semanas Numerológicas de Junho - 8 a 14 de Junho (Parte 2)

Eva Veigas

il_570xN.243694974.jpg

 https://www.etsy.com/shop/EmilyBalivet

 

Semanas Numerológicas de Junho

 

8 a 14 de Junho (Parte 2)

 

Este segundo período do mês é regido pelo Número 26, cuja redução é 8 e que vem aliviar um pouco as tensões sentidas anteriormente.

 

O Elemento Terra que não estava presente no período anterior e que nos devolvia uma sensação de falta de apoio, falta de chão, faz-se agora sentir para nos deixar assentar a energia e nos permitir voltar a sentir as âncoras debaixo dos nossos pés. Na verdade, nunca estivemos sem chão, mas a sensação que se experimenta é muito aproximada a esta imagem.

 

As águas (o Elemento Água) estavam praticamente invisíveis, como se estivessem ocultas para nós e por isso todo o nosso campo emocional sofreu com uma certa incapacidade em se exprimir. Houve muita contenção, muita água turva, muita dificuldade em sentir e fazer passar para o exterior aquilo que de facto estava a acontecer dentro de nós.

 

Agora e sob a regência do Número 26, as águas tornam-se mais visíveis e as emoções já podem aflorar e expressar-se de forma mais fluída. Contudo, é necessário que saibamos agora fazer a transição suave de um estado vibracional para outro.

Todo este movimento é acompanhado de perto por uma Lua Cheia fortíssima a pedir que ganhemos consciência das resistências que fazemos ao nosso próprio crescimento.

 

Este Número regente 26:8 vai espremer-nos para que ganhemos verdadeira consciência da nossa força interior, da nossa convicção e fé inabalável, da nossa estrutura que já está preparada para lidar com tanta dificuldade mas que ainda não encontrou um meio de se assumir detentora do seu próprio poder interior.

 

É isto que precisamos resolver: a tensão gerada pelos polos que aparentemente nos parecem querer desunir, mas que na verdade se encontra a aguardar pelo momento em que nos levantemos dos nossos lugares, ditos de conforto, e caminhemos em direcção à nossa própria consciência Crística, ao Deus em nós.

Como alguém me disse um dia, não basta ter coragem, é preciso ter confiança em si mesmo e no processo da Vida, é preciso dedicarmo-nos em total entrega a nós mesmos, se queremos de facto transmutar o medo.

 

Eva Veigas

10
Jun17

Semanas Numerológicas de Junho - 1 a 7 de Junho (Parte 1)

Eva Veigas

Her Secrets.jpg

 Imagem: https://www.etsy.com/shop/EmilyBalivet

 

Semanas Numerológicas de Junho

 

1 a 7 de Junho (Parte 1)

 

Conforme prometido, irei agora falar sobre as tensões geradas pelas dinâmicas entre os Números em trânsito ao longo deste mês. As dificuldades resultantes dessas tensões guardam em si mesmas as chaves que abrem as portas das soluções criativas, dos relacionamentos correctos e adequados para uma boa convivência familiar e social.

 

Assim observámos até dia 7 de Junho uma forte tensão gerada pelo regente dessa semana numerológica (Número 16) em trânsito com o regente numerológico do mês que é exactamente igual. (Isto repete-se todos os meses: o período de 1 a 7 de cada mês é sempre regido pelo mesmo Número que rege o mês).

 

Os dois Números 16 formam uma tensão em oposição gerada pela linha imaginária que une estas duas forças, por isso é natural que tenhamos sentido um aperto, uma vontade de escapar, de rebentar, de entrar em ruptura, de nos rasgarmos por dentro, em processos mais ou menos dolorosos, dependendo da consciência de cada um.

 

Se para uns o processo foi um pouco menos denso, para outros foi extremamente difícil e desencorajador. Todavia, não é de todo essa, a proposta da Numerologia. O que está em causa é compreender esta espécie de oposição, neutralizando-a com o nosso pensamento construtivo, com o poder da mente criando novos hologramas onde possamos experimentar-nos em diferentes vibrações entoadas pelos acordes amorosos e compassivos do nosso coração luminoso e consciente.

 

Se adicionarmos os dois Números 16, obteremos o Número 32, cuja redução é 5 e é aqui que se encontra uma das chaves codificadas para obtenção de orientação, criação de soluções firmes e integradas, capazes de regenerar e resgatar os nossos piores temores.

 

O 5 é um Número que pede alteração e mudança daquilo que está a impedir e a limitar a nossa capacidade de ser e assumir a nossa verdade. É preciso ser muito criativo, imaginativo, versátil, inteligente e sensível para dar um novo rumo à nossa vida.

Portanto, aquilo que nos está a ser pedido, é que deu esse passo em frente, que sejamos nós mesmos, inteiros e sem máscaras, sem medo de sermos julgados e consequentemente abandonados, rejeitados, humilhados ou prejudicados de qualquer forma.

 

Eva Veigas

Bênçãos! Se chegaste até aqui é porque escutaste o chamado da tua alma!

Convido-te a navegar por este espaço. Se gostares fica e subscreve o blogue. És muito bem-vindo/a.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Consultas / Terapias / Retiros Individuais

Numerologia Karmica, Tarot, Tarot Karmico, Oráculos, Cura Xamânica*, Meditação Guiada*, Cura e Resgate da Criança Interior*, Cura da Criança Lunar e Solar* *apenas sessões presenciais

Consultas online

Find us on Facebook

Partilha e difusão de conteúdos

Agradecemos a partilha e difusão de conteúdos, desde que sejam salvaguardados os devidos créditos da autora do blogue e demais fontes por ela citadas.

Consultas / Terapias / Retiros Individuais

Consultas

Cursos / Ws

Textos de Apoio

  •  

Artigos Numerologia

Dias de Nascimento

Ano Universal

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

  •  

Entrevistas

Parcerias

Sapo Astral

Sapo Desporto

Tertúlia

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D