Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas ~ The Way of Silence

Eva Veigas ~ The Way of Silence

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Consultas

Numerologia

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2014

Anos Pessoais 2013

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2009

Meses em 2014

Meses em 2013

Meses Pessoais em 2012

Meses Pessoais em 2011

Participações especiais

Sapo Astral

Sapo Desporto

Tertúlia

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
13
Mar15

Janeiro 2015 - VI Copas

Eva Veigas

TAROT DA TRANSMUTAÇÃO PARA O ANO 2015

 

A proposta do Tarot para nos transformarmos de dentro para fora, durante este ano, mês a mês.

 

Janeiro - VI Copas

VI Copas

IMG_20150310_182836.jpg

 

é a carta que simboliza o que podemos transformar e transmutar ao longo deste mês de Janeiro 2015.

Em primeiro lugar devemos atentar no naipe de Copas que está associado com o elemento Água e por isso está configurado com as emoções (mais ou menos conscientes) e com os sentimentos (mesmo aqueles que não queremos sentir) e todo o tipo de comportamento, daí resultante.

Estes comportamentos podem ser mais equilibrados ou totalmente distorcidos e mais uma vez teremos que nos apoiar na energia do ano – o II Espadas, que nos poderá permitir distanciar do drama ou da distorção e cair no nosso coração, de modo a encarar a realidade bem de frente.

O VI Copas remete-nos para questões do passado, velhas feridas, velhos amores e desamores que não estão ainda bem resolvidos em nós.

É possível que os antigos fantasmas do passado nos voltem a assombrar e para isso há que estar bastante atento a tudo o que vem ter connosco e ter a capacidade de separar as águas.

É vital, durante este período manter o nosso discernimento bem ativo, para que não tropecemos em nós próprios.

O tempo de limpar feridas e de devolver, em amor, o que já não nos vivifica, o que nos tira a paz, o que não nos devolve harmonia e tranquilidade, é este. Está aqui e agora! É a grande oportunidade de deixar ir o passado com amor e olhar para trás apenas como uma referência: algo já vivido que nos trouxe uma lição mas que já foi aprendida e não mais se faz necessária.

Se em todo o caso, tivermos que viver algo outra vez, que seja na consciência e na plenitude deste agora.

A proposta, o desafio irá manter-se não só ao longo do mês, como de certa forma e noutros níveis, ao longo de todo o ano.

É necessária a nossa presença e determinação, mas também é importante estar ciente de que a cada momento nos é permitido escolher em consciência, o que queremos experimentar.

É importante definir e validar o nosso caminho a cada momento para não sermos levados a repetir eternamente as mesmas velhas experiências.

 

02
Mar15

Necessidades do ego versus Necessidades da essência

Eva Veigas

 

 

gnome1.jpg

 

O ego tem muita necessidade de se afirmar. Ele quer afirmar-se de todas as formas que conhece tentando manipular a atenção de todos em seu redor.

 

Quando um ser humano se refere a algo que já vivenciou ou experimentou de uma forma leve, sem julgamentos nem interferências do seu próprio ego, pois o Espírito falou através dele, logo emergem muitos egos ao seu redor opinando, desdenhando com altivez, ou seja , tentando baixar a frequência desse ser humano, ou, por outro lado elevando para patamares que também não são a realidade que esse ser humano experimentou, tentando, mais uma vez através da manipulação “endeusá-lo. De uma maneira ou de outra pretende-se sempre com isso, consciente ou inconscientemente chamar a atenção sobre si mesmo.

 

O ego tem destas necessidades. Não lhe basta ouvir, integrar e fazer a própria síntese, isto, quando permite sequer que o outro chegue a concluir a partilha que iniciou. Na maior parte das vezes os egos tiram conclusões precipitadas, tão entretidos que estão em julgar os outros, sem nunca terem passado por determinadas vivências.

 

É preciso, começar a aprender a adestrar o ego, pois ele é indisciplinado, não gosta de regras, nem de obedecer a frequências mais elevadas onde a linguagem é de tal modo simples e amorosa que isso o chega a irritar, pois não se pode entender a linguagem do coração até se ter caído dentro do próprio coração.

 

O ego é muito importante no nosso caminho espiritual, pois é através dele que entramos em contacto, no início da caminhada, com os aspectos mais leves da nossa alma, com o lado mais inefável do Ser, e isso de início pode ser de tal modo assustador, que é preferível escarnecer, desdenhar ou virar as costas ao chamamento.

Sim, a alma chama-nos, a nossa essência lança apelos desde a nossa mais tenra idade, em todas as existências terrenas, mas nós teimamos em ignorá-la. Preferimos seguir o nosso caminho de teimosia, de indiferença em relação aos outros e a tudo o que nos rodeia, e essa escolha é-nos dada, através do nosso livre-arbítrio.

A essência não nos condena, nem nos julga, porque ela não tem necessidades.

 

Oh! Mas devem estar admirados… então agora estou a contradizer-me? Então o título desta pequena mensagem não é exactamente “Necessidades do ego versus Necessidades da essência”?

 

E agora digo que afinal a essência não tem necessidades?

 

Digo, sim! Afirmo e repito!

 

O título foi só para confundir os egos dos mais distraídos, porque os atentos, esses repararam logo na “armadilha”.

A essência não tem necessidade de nada porque ela já É! A essência não existe para prover as necessidades do ego. Pois… não mesmo!

 

A essência tem todo o tempo do mundo, todas as eternidades, pois o seu “papel” serve “apenas” a função de nos ajudar a cumprir-nos a cada momento. O seu chamamento um “dia” (um momento qualquer da existência) vai ser ouvido e nesse momento tudo o que foi, deixará de existir.

 

E a essência será revelada ainda no corpo físico, pois nesse momento todos poderão observar que aquela alma foi tocada pelo Grande Espírito, porque ela se permitiu receber toda a Compreensão, toda a Cura, toda a Harmonia, toda a Beleza, toda a Generosidade que lhe estava destinada podendo assim cumprir-se em Amor.

 

Onde está a tua necessidade agora?

 

 

Eva Colibri Azul 11

 

 

02
Mar15

Março 2015 - Regente Numerológico 11:2

Eva Veigas

março 2015.jpg

 Análise Numerológica para Março 2015

 

11:2 – O Regente de Março 2015

 

Março está sob a regência do Número Mestre 11 que se apresenta como uma oportunidade única durante todo o ano.

O 11 representa um portal magnético onde tudo pode acontecer: desde nos rebelarmos contra todo o tipo de estruturas rígidas, montadas pelas sociedades e que têm permanecido inalteráveis por séculos, até sentirmos um forte apelo interno que nos levará a enfrentar essas estruturas, pondo à prova a nossa coragem, força e determinação, chegando ao ponto de sermos pioneiros no que diz respeito a tomar a iniciativa de começar a desmontar essas mesmas estruturas.

 

Trata-se portanto de um mês com uma importância fulcral, pois muitos dos factos que ocorrerão sob esta vibração, serão fruto das escolhas e das decisões de quem se alinha com esta poderosa vibração numerológica.

 

A onda 11:11 ou o portal 11:11, está evidentemente mais intenso em períodos 11, quer se trate da frequência de anos, meses, semanas, dias, horas, propósitos de vida, dias de nascimento, e assim por diante.

 

Porém, esta frequência especial, e é especial apenas por ser diferente e não melhor do que as outras, irá ressoar em níveis diferentes em cada um de nós e de acordo com a consciência, que cada um tem de tudo o que É, a cada momento.

 

Lembrem-se que esta frequência é magnética, portanto ela atua como íman, ou seja tem o poder de atrair ou de rejeitar determinadas vibrações.

O 11 atrai tudo o que encontrar pelo caminho e que esteja de acordo com o cumprimento do seu propósito e logicamente rejeitará todo o tipo de vibrações que não ressoem com ele.

 

Portanto, vai provocar vários danos na vida daqueles que desprezam, escarnecem, ignoram e rejeitam as Leis Universais.

 

Os sentimentos de revolta, raiva, a falta de escrúpulos para se conseguir o que se quer (ainda que para isso tenham que destruir tudo à sua volta) serão ativados naqueles que não estiverem sintonizados com o caminho da Luz e do amor incondicional.

 

Claro que as escolhas desses seres terão que ser respeitadas do ponto de vista cósmico, mas o 11 se encarregará de mostrar que não tolera comportamentos distorcidos, nada que vibre fora do Amor, será tolerado.

 

Por outro lado, aqueles que há muito tempo, fizeram a escolha de querer mudar a si mesmos, ainda que não tivessem muita consciência de que ao fazê-lo estariam a mudar o mundo (“Sê a mudança que queres ver no Mundo” M. Ghandi), usufruirão dos benefícios desta forte vibração, pois neles reside a semente da compaixão.

 

Eles têm a capacidade de perceber com bastante distância o rumo dos acontecimentos, sabem que são guiados amorosamente a cada momento e usam a sua intuição de forma inteligente e madura. Sabem perdoar, mas não confundam a sua capacidade de perdoar com fraqueza.

É que quem aprendeu a perdoar fez uma escolha surpreendente, que se traduz por uma indisponibilidade interna de carregar uma energia tóxica e pesada, dentro do seu coração.

 

Quem perdoa liberta-se e liberta!

 

De facto, este mês vai mesmo colocar-nos a todos à prova, sem exceção, e aqueles que “passarem no teste”, irão encontrar dentro de si as respostas que necessitam a cada momento da sua permanência nesta existência.

 

A energia do 11 tem este condão: a de nos ir despindo o ego.

 

Portanto fica a questão: vais permitir-te despir essas roupagens?

 

 

Nota importante: 29/03/2015 é regido pela vibração-mestre 22*.

 

*O Número Mestre 22 representa a energia do 2 amplificado. Sentiremos um imenso aumento da nossa capacidade de trabalho. Poderemos trabalhar mais horas sem nos sentirmos tão cansados. Dias como este são excelentes para trabalhos de grupo, em equipa, onde a sinergia gerada pelo todo será exponencialmente aumentada e expandida.

 

Eva Veigas

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Consultas

Numerologia

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2014

Anos Pessoais 2013

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2009

Meses em 2014

Meses em 2013

Meses Pessoais em 2012

Meses Pessoais em 2011

Participações especiais

Sapo Astral

Sapo Desporto

Tertúlia

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D