Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Way of Silence

by Eva Veigas

The Way of Silence

by Eva Veigas

Mais sobre mim

Sessões

Numerologia, Tarot, Leitura de Oráculos, Massagem, Resgate e Cura Vibracional, Prática Xamânica, Cura Intuitiva.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Facebook

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
28
Dez14

Janeiro 2015 - Regente Numerológico 9

Eva Veigas

awakening.jpg 

Análise Numerológica para Janeiro 2015

 

9 – O Regente de Janeiro 2015

 

Não deixa de ser curioso o facto de 2015 ter início com um mês regido pelo 9, o número que representa o fim de um ciclo.

Fica-se com a sensação de que 2014 só encerrará por completo durante este mês.

Na verdade, não se deve estranhar muito, pois a frequência de 7 com que fomos banhados em 2014, sintonizou-nos com aspetos muito enraizados e que nos obrigaram a mergulhar profundamente na nossa essência. Perceber quem somos, reconhecer o nosso Poder de Decisão e o que estamos a fazer com ele é uma tarefa difícil e ainda não está totalmente terminada, por isso é natural que ainda tenhamos de fazer alguns ajustes.

Nada como fazê-lo no início de 2015, cujo regente é 8 e que nos permite tomar um rumo mais concreto e decidir e agir de forma mais coerente e mais certeira, no que diz respeito ao nosso destino e consequentemente ao destino da Humanidade.

Assim, aproveitemos para resolver tudo o que está pendente, e tudo o que precisa de ser arrumado, resolvido, decidido, isto no que toca à parte prática da questão.

Num outro nível, mais abrangente, o 9 pede-nos que assumamos quem somos de uma vez por todas. Assumir a nossa própria luz, assumir que somos o nosso próprio farol, reconhecer que o amor que está ancorado em nós é tão grande, tão imenso, tão profundo, que possibilita a cura de todas as feridas que ainda carregamos. Este amor por nós, é um bálsamo que cura o próprio e ainda se expande para curar e harmonizar tudo e todos à nossa volta.

Aqueles que ainda não se lembraram disto terão um mês mais difícil, mais duro em termos de aprendizagens, pois terão que tomar consciência de que o caminho que os leva de volta a si mesmos ainda agora começou.

Terão de ficar, provavelmente, pela primeira vez em muito tempo, de frente para si próprios e com certeza esse processo será ainda doloroso, difícil, constrangedor, penoso, mas necessário. Sim, necessário!

Há que ter em consideração que essa etapa é essencial para que tudo se desenrole em direção a uma primeira tomada de consciência.

Há muito tempo que estas almas estão adormecidas, pois foram mergulhadas em sucessivos véus de esquecimento e já não se lembram de quem são, pois entretanto identificaram-se com padrões de pensamento e de comportamento, negativos, distorcidos e alienantes.

Ao longo de muitas vidas a semente do amor foi distorcida, mal interpretada, mascarada, violada.

Agora é o momento de abrir mão desses contratos, dessas crenças limitadoras, falsas, obsoletas, desfasadas da verdade de tudo o que É.

Não é fácil encarar tudo isto, mas há que ter a capacidade de encarar a si mesmo (2) há que ter muita Fé (0) há que ter muita coragem (1) e há que querer libertar se das amarras do ego/mente (5). 2015 no seu melhor!

E claro, não menos importante, há que sonhar e voar (9).

Sob o Regente 9, o Senhor dos Sonhos, podemos materializar e manifestar os nossos sonhos mais profundos, aqueles que temos mantido escondidos nos nossos baús com medo de assumir que somos diferentes e mais, que gostamos de ser diferentes.

Este medo de assumir quem somos tem impedido a Humanidade de dar grandes saltos na direção do Amor e da Liberdade, porque até aqui, o que nos era dito, era que tudo o que é diferente é para rejeitar.

Portanto, temos rejeitado grandes pedaços de nós: os sonhos que sonhámos, a forma de nos expressarmos em grupo, a possibilidade de ultrapassarmos os nossos limites, a capacidade de nos maravilharmos e de nos deixarmos deslumbrar com as coisas pequeninas, numa palavra a nossa imensa e infinita capacidade de amar.

 

 

Nota importante: 02/01/2015, 11/01/2015 e 20/01/2015 são regidos pela vibração-mestre 11*.

 

*O Número Mestre 11 representa a energia do 1 amplificado. Assim, nestes dias poderemos sentir mais coragem, mais força, mais determinação, mais vontade de seguir em frente com a nossa vida, com os nossos projetos, objetivos e ideias. Teremos maior eficácia na execução das nossas tarefas diárias e sentiremos muita energia, sobretudo mental, mas também física.

 

Um abraço intergaláctico

Eva Vilela Veigas

28
Dez14

2014 - 2015

Eva Veigas

O Natal foi um tempo de celebração, de família, de confraternização. De uma maneira ou de outra é sempre um momento de interiorização, um tempo para nos voltarmos para dentro e para tomar consciência de tantas experiências vividas.

flow.jpg

 

Houve experiências e vivências que já integrámos e outras que ainda teremos que integrar à Luz das novas energias que iremos viver em 2015.

Agora é o momento de separar o trigo do joio.

De que é que já me consigo desprender?

O que é que já consigo deixar ir sem dor?

Já consigo agradecer a experiência?

O meu coração consegue ver apenas o Bem Maior em cada um dos acontecimentos da minha vida?

Já existe uma disponibilidade interna total para abrir os braços à experiência, ao novo, ao inesperado, na minha vida?

Consigo perceber quem sou?

Admito que ainda estou a crescer?

Abro espaço para continuar a evoluir?

Estas e outras perguntas devem ser feitas e respondidas, uma a uma, no espaço sagrado e seguro do nosso coração.

Calmamente, as respostas surgirão e serão elas a luz que nos servirá de guia e nos acompanhará ao longo de todo o ano que se avizinha.

Será um ano intenso, com energias únicas, especiais, que deverá ser muito bem aproveitado e essencialmente sentido, vivendo cada segundo com coragem, determinação e alegria.

Preparamo-nos para nos despedirmos de 2014, deixemos ir tudo com gratidão. Tudo o que sucedeu foi para um Propósito Maior cujos contornos a pequenez da nossa humanidade ainda não consegue alcançar, nem imaginar.

Preparemo-nos para celebrar a entrada de um Novo Ano, que traz consigo a esperança do Novo, que traz consigo todas as possibilidades e todas as oportunidades, que traz consigo todo o potencial de começar tudo de novo.

É isto que iremos celebrar - o Novo, o Desconhecido, o Inesperado!

 

 

Um abraço intergaláctico

Eva Veigas

 

 

21
Dez14

Mensagem de Natal

Eva Veigas

jesus.jpg

 

 

 

O Natal é um tempo de celebração. Mas o que estamos a celebrar?

Que momento é este? O que é que estamos a fazer com este momento que se repete a cada ano?

E estou a falar para quem o celebra, evidentemente.

Celebramos sequer?

Eu não chamaria celebração a quem anda numa correria desenfreada de loja em loja à procura do presente mais bonito, mais caro, ou melhor, para oferecer.

E muito a menos a tentar por todos os meios ter a árvore mais bem enfeitada e o presépio mais magnífico e perfeito.

Depois faltam as iguarias, os manjares, as bebidas de excelência. E ainda há que postar mil e uma mensagens no Facebook, no Twitter, etc.

A ideia transversal à maioria, é que nada pode faltar nesses dias (e há uma corrida desenfreada em direção aos supermercados) … parece que o mundo vai acabar no dia seguinte!

Mas o que está na mente e no coração de cada um enquanto passa por todo este conjunto de situações?

Está a ansiedade, o stress, o medo de falhar, o medo de não ser aceite, o medo de se esquecer de alguém e assim por diante.

Se o coração estiver tranquilo e se a intenção de cada um for efetivamente celebrar o Natal, isto é, celebrar o nascimento da criança no seu coração, então não haverá motivos para se esquecerem de nada ou de ninguém.

Este é um tempo que requer atenção interior. O que se passa dentro do coração? Para que serve este (re) nascimento? Que disponibilidade tem cada um para parar e sentir o que representa este nascimento do Menino?

Ele habita em cada um de nós e nasce e renasce a cada momento, mas há que estar disponível e dar essa permissão interna, para que tudo suceda, para que cada um de nós dê à Luz a Luz do Mundo.

Não será preferível olhar para nós e para quem está à nossa volta, observando as reais necessidades de cada um?

Não será mais importante abraçar aquela mãe, aquele pai, aquele irmão, aquele vizinho que está a implorar há tanto tempo um bocadito de amor, mas para o qual nunca há tempo, porque há imensas compras para fazer e imensos presentes para comprar?

Os presentes não compram amor, nem o maior e mais caro presente do mundo substitui um abraço, uma palavra, um momento de atenção.

Celebremos pois o Amor em nós, a Luz em nós, e depois espalhemo-la. Esse é o maior presente de Natal que podem dar a vós mesmos e aos outros.

 

Feliz Natal

16
Dez14

Kryon

Eva Veigas

"Eu estou aqui como uma parte de Deus e, enquanto estiver na Terra, serei um Farol de Luz* e uma âncora. Serei uma fonte de refúgio para os meus amigos com problemas. Serei um lugar de paz, num tempo de distúrbios. Estarei cheio de soluções em vez de desafios. Estarei a lidar com muitas coisas ao mesmo tempo, coisas em que outros nunca tocariam por lhes parecerem demasiado difíceis.

Usarei um ‘Manto de Divindade’. Serei um Farol de Luz na tempestade da vida.»

1594322-bigthumbnail.jpg

 * Em Astrologia, Sagitário é o signo número 9 – um número tão largamente citado e analisado por Kryon, como no «11.9», por exemplo. Este signo - regido por Júpiter, o Senhor dos Céus! –, que representa a iluminação e a busca dos planos superiores do Ser, tem, como um dos seus símbolos, precisamente, o farol. Não admira que seja o signo dos hierofantes e dos mestres, dos gurus e dos iluminados!

Pág. 1/5

Mais sobre mim

Sessões

Numerologia, Tarot, Leitura de Oráculos, Massagem, Resgate e Cura Vibracional, Prática Xamânica, Cura Intuitiva.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Facebook

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D