Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Eva Veigas ~ Terapeuta Holística

The Way of Silence

Eva Veigas ~ Terapeuta Holística

The Way of Silence

28
Dez14

Janeiro 2015 - Regente Numerológico 9

Eva Veigas

awakening.jpg 

Análise Numerológica para Janeiro 2015

 

9 – O Regente de Janeiro 2015

 

Não deixa de ser curioso o facto de 2015 ter início com um mês regido pelo 9, o número que representa o fim de um ciclo.

Fica-se com a sensação de que 2014 só encerrará por completo durante este mês.

Na verdade, não se deve estranhar muito, pois a frequência de 7 com que fomos banhados em 2014, sintonizou-nos com aspetos muito enraizados e que nos obrigaram a mergulhar profundamente na nossa essência. Perceber quem somos, reconhecer o nosso Poder de Decisão e o que estamos a fazer com ele é uma tarefa difícil e ainda não está totalmente terminada, por isso é natural que ainda tenhamos de fazer alguns ajustes.

Nada como fazê-lo no início de 2015, cujo regente é 8 e que nos permite tomar um rumo mais concreto e decidir e agir de forma mais coerente e mais certeira, no que diz respeito ao nosso destino e consequentemente ao destino da Humanidade.

Assim, aproveitemos para resolver tudo o que está pendente, e tudo o que precisa de ser arrumado, resolvido, decidido, isto no que toca à parte prática da questão.

Num outro nível, mais abrangente, o 9 pede-nos que assumamos quem somos de uma vez por todas. Assumir a nossa própria luz, assumir que somos o nosso próprio farol, reconhecer que o amor que está ancorado em nós é tão grande, tão imenso, tão profundo, que possibilita a cura de todas as feridas que ainda carregamos. Este amor por nós, é um bálsamo que cura o próprio e ainda se expande para curar e harmonizar tudo e todos à nossa volta.

Aqueles que ainda não se lembraram disto terão um mês mais difícil, mais duro em termos de aprendizagens, pois terão que tomar consciência de que o caminho que os leva de volta a si mesmos ainda agora começou.

Terão de ficar, provavelmente, pela primeira vez em muito tempo, de frente para si próprios e com certeza esse processo será ainda doloroso, difícil, constrangedor, penoso, mas necessário. Sim, necessário!

Há que ter em consideração que essa etapa é essencial para que tudo se desenrole em direção a uma primeira tomada de consciência.

Há muito tempo que estas almas estão adormecidas, pois foram mergulhadas em sucessivos véus de esquecimento e já não se lembram de quem são, pois entretanto identificaram-se com padrões de pensamento e de comportamento, negativos, distorcidos e alienantes.

Ao longo de muitas vidas a semente do amor foi distorcida, mal interpretada, mascarada, violada.

Agora é o momento de abrir mão desses contratos, dessas crenças limitadoras, falsas, obsoletas, desfasadas da verdade de tudo o que É.

Não é fácil encarar tudo isto, mas há que ter a capacidade de encarar a si mesmo (2) há que ter muita Fé (0) há que ter muita coragem (1) e há que querer libertar se das amarras do ego/mente (5). 2015 no seu melhor!

E claro, não menos importante, há que sonhar e voar (9).

Sob o Regente 9, o Senhor dos Sonhos, podemos materializar e manifestar os nossos sonhos mais profundos, aqueles que temos mantido escondidos nos nossos baús com medo de assumir que somos diferentes e mais, que gostamos de ser diferentes.

Este medo de assumir quem somos tem impedido a Humanidade de dar grandes saltos na direção do Amor e da Liberdade, porque até aqui, o que nos era dito, era que tudo o que é diferente é para rejeitar.

Portanto, temos rejeitado grandes pedaços de nós: os sonhos que sonhámos, a forma de nos expressarmos em grupo, a possibilidade de ultrapassarmos os nossos limites, a capacidade de nos maravilharmos e de nos deixarmos deslumbrar com as coisas pequeninas, numa palavra a nossa imensa e infinita capacidade de amar.

 

 

Nota importante: 02/01/2015, 11/01/2015 e 20/01/2015 são regidos pela vibração-mestre 11*.

 

*O Número Mestre 11 representa a energia do 1 amplificado. Assim, nestes dias poderemos sentir mais coragem, mais força, mais determinação, mais vontade de seguir em frente com a nossa vida, com os nossos projetos, objetivos e ideias. Teremos maior eficácia na execução das nossas tarefas diárias e sentiremos muita energia, sobretudo mental, mas também física.

 

Um abraço intergaláctico

Eva Vilela Veigas

28
Dez14

2014 - 2015

Eva Veigas

O Natal foi um tempo de celebração, de família, de confraternização. De uma maneira ou de outra é sempre um momento de interiorização, um tempo para nos voltarmos para dentro e para tomar consciência de tantas experiências vividas.

flow.jpg

 

Houve experiências e vivências que já integrámos e outras que ainda teremos que integrar à Luz das novas energias que iremos viver em 2015.

Agora é o momento de separar o trigo do joio.

De que é que já me consigo desprender?

O que é que já consigo deixar ir sem dor?

Já consigo agradecer a experiência?

O meu coração consegue ver apenas o Bem Maior em cada um dos acontecimentos da minha vida?

Já existe uma disponibilidade interna total para abrir os braços à experiência, ao novo, ao inesperado, na minha vida?

Consigo perceber quem sou?

Admito que ainda estou a crescer?

Abro espaço para continuar a evoluir?

Estas e outras perguntas devem ser feitas e respondidas, uma a uma, no espaço sagrado e seguro do nosso coração.

Calmamente, as respostas surgirão e serão elas a luz que nos servirá de guia e nos acompanhará ao longo de todo o ano que se avizinha.

Será um ano intenso, com energias únicas, especiais, que deverá ser muito bem aproveitado e essencialmente sentido, vivendo cada segundo com coragem, determinação e alegria.

Preparamo-nos para nos despedirmos de 2014, deixemos ir tudo com gratidão. Tudo o que sucedeu foi para um Propósito Maior cujos contornos a pequenez da nossa humanidade ainda não consegue alcançar, nem imaginar.

Preparemo-nos para celebrar a entrada de um Novo Ano, que traz consigo a esperança do Novo, que traz consigo todas as possibilidades e todas as oportunidades, que traz consigo todo o potencial de começar tudo de novo.

É isto que iremos celebrar - o Novo, o Desconhecido, o Inesperado!

 

 

Um abraço intergaláctico

Eva Veigas

 

 

21
Dez14

Mensagem de Natal

Eva Veigas

jesus.jpg

 

 

 

O Natal é um tempo de celebração. Mas o que estamos a celebrar?

Que momento é este? O que é que estamos a fazer com este momento que se repete a cada ano?

E estou a falar para quem o celebra, evidentemente.

Celebramos sequer?

Eu não chamaria celebração a quem anda numa correria desenfreada de loja em loja à procura do presente mais bonito, mais caro, ou melhor, para oferecer.

E muito a menos a tentar por todos os meios ter a árvore mais bem enfeitada e o presépio mais magnífico e perfeito.

Depois faltam as iguarias, os manjares, as bebidas de excelência. E ainda há que postar mil e uma mensagens no Facebook, no Twitter, etc.

A ideia transversal à maioria, é que nada pode faltar nesses dias (e há uma corrida desenfreada em direção aos supermercados) … parece que o mundo vai acabar no dia seguinte!

Mas o que está na mente e no coração de cada um enquanto passa por todo este conjunto de situações?

Está a ansiedade, o stress, o medo de falhar, o medo de não ser aceite, o medo de se esquecer de alguém e assim por diante.

Se o coração estiver tranquilo e se a intenção de cada um for efetivamente celebrar o Natal, isto é, celebrar o nascimento da criança no seu coração, então não haverá motivos para se esquecerem de nada ou de ninguém.

Este é um tempo que requer atenção interior. O que se passa dentro do coração? Para que serve este (re) nascimento? Que disponibilidade tem cada um para parar e sentir o que representa este nascimento do Menino?

Ele habita em cada um de nós e nasce e renasce a cada momento, mas há que estar disponível e dar essa permissão interna, para que tudo suceda, para que cada um de nós dê à Luz a Luz do Mundo.

Não será preferível olhar para nós e para quem está à nossa volta, observando as reais necessidades de cada um?

Não será mais importante abraçar aquela mãe, aquele pai, aquele irmão, aquele vizinho que está a implorar há tanto tempo um bocadito de amor, mas para o qual nunca há tempo, porque há imensas compras para fazer e imensos presentes para comprar?

Os presentes não compram amor, nem o maior e mais caro presente do mundo substitui um abraço, uma palavra, um momento de atenção.

Celebremos pois o Amor em nós, a Luz em nós, e depois espalhemo-la. Esse é o maior presente de Natal que podem dar a vós mesmos e aos outros.

 

Feliz Natal

16
Dez14

Kryon

Eva Veigas

"Eu estou aqui como uma parte de Deus e, enquanto estiver na Terra, serei um Farol de Luz* e uma âncora. Serei uma fonte de refúgio para os meus amigos com problemas. Serei um lugar de paz, num tempo de distúrbios. Estarei cheio de soluções em vez de desafios. Estarei a lidar com muitas coisas ao mesmo tempo, coisas em que outros nunca tocariam por lhes parecerem demasiado difíceis.

Usarei um ‘Manto de Divindade’. Serei um Farol de Luz na tempestade da vida.»

1594322-bigthumbnail.jpg

 * Em Astrologia, Sagitário é o signo número 9 – um número tão largamente citado e analisado por Kryon, como no «11.9», por exemplo. Este signo - regido por Júpiter, o Senhor dos Céus! –, que representa a iluminação e a busca dos planos superiores do Ser, tem, como um dos seus símbolos, precisamente, o farol. Não admira que seja o signo dos hierofantes e dos mestres, dos gurus e dos iluminados!

15
Dez14

Ano Pessoal 9 em 2015

Eva Veigas

Conjunção do Ano Pessoal 9 ou do Ciclo de Aniversário 9 com o Ano Universal 8

 

ap9.jpg

 

 

“Vai, com confiança, na direção dos teus sonhos. Vive a vida que imaginaste.”

 

Thoreau

 

 

9 – 8 (Ar e Fogo / Terra)

Esta poderia ser considerada uma combinação numerológica quase perfeita. Só lhe falta o Elemento Água para estar completa.

Um ano pessoal 9 representa o fecho de um ciclo ou a oportunidade que se cria para podermos concluir situações ou assuntos pendentes.

Fecha-se um ciclo para logo se abrir um outro novinho em folha. Mas antes que esse novo ciclo se inicie há lugar a uma preparação para a sua entrada. Temos que estar preparados para usufruir de novas oportunidades e novas possibilidades. Assim, durante este ano teremos a oportunidade de arrumar e concluir, fechar e terminar tudo o que estiver pronto para se deixar ir. É um tempo de largar o que já não nos faz falta. Honremos as pessoas e as experiências que nos serviram de mestres, que nos devolveram a verdade de quem somos e que nos espelharam, por vezes de forma dura e terrível a nossa essência. Com eles devemos ter aprendido importantes lições de vida e para a vida e a eles devemos ser gratos.

Se algo chega ao fim é porque já cumpriu o seu propósito na nossa vida, então temos que ter a coragem e a maturidade de deixar ir em vez de, teimosamente, nos agarrarmos com toda a força a uma pessoa ou situação que já não representa crescimento ou amadurecimento.

Saber deixar ir e agradecer pela experiência quer ela tenha sido agradável ou desagradável é sinal de grande maturidade e inteligência emocional e de que estamos preparados para enfrentar novos desafios.

Este ano é para fazer o balanço deste último ciclo, isto é, dos oito anos anteriores, para tirarmos conclusões construtivas acerca das ideologias, atitudes, comportamentos, crenças, que temos abraçado e que têm definido a nossa vida. Possivelmente ao longo de um ano com estas características deveremos ir fazendo várias sínteses, chegando mesmo a rir de nós próprios ao olhar para trás em comparação com o momento presente. Aqueles que souberem rir de si próprios e forem fazendo esta análise com uma boa dose de sentido de humor serão os que viverão com mais leveza um ano pessoal 9.

Para os outros poderá ser bem mais difícil, pois quem se leva demasiado a sério, quando confrontado com os fantasmas do passado, costuma fugir, apavorado com a própria sombra. Porém, não devem desperdiçar o ano, fugindo de si mesmos. Devem antes aproveitar esta oportunidade única, para se conhecerem melhor e avaliarem o nível em que se encontra a sua própria consciência.

Fugir não trará crescimento, nem colocará luz nos problemas que se vão repetindo e acumulando ao longo da vida (muitas vezes herdados de vidas anteriores). Fugir só aumentará a sombra, o medo irracional, o descontrole emocional, o bloqueio mental, etc. contribuindo eventualmente para uma possível manifestação de doença no corpo físico.

É preciso, pois, estar muito atento e possuir grande abertura à possibilidade de curar e harmonizar as velhas feridas do passado que surgem sempre, uma e outra vez, à espera que as detetem e lhes apliquem o bálsamo adequado para as cicatrizar para sempre. Esses bálsamos, possuem todos um princípio ativo comum chamado - AMOR POR MIM MESMO E POR TUDO O QUE ME RODEIA.

 

Ponto Forte desta conjunção

A Fé e a capacidade de acreditar que é possível realizar qualquer coisa é o ponto forte desta combinação numerológica. Este é um período onde a manifestação da cura pode ocorrer a qualquer nível e em qualquer momento.

Esta vibração concede energia para enfrentar com coragem todos os fantasmas que assombram a nossa mente. Estaremos munidos por uma força inquebrantável que vem de dentro e nos tornará mais destemidos do que nunca. Mesmo aqueles de entre nós, considerados mais tímidos, mais “apagados”, sentirão uma energia e uma força novas, crescer dentro deles, dando-lhes estímulo e ânimo para combater essas sombras que lhe invadem o espírito.

É preciso querer a cura, é preciso já ter estado nos dois extremos de uma mesma situação, para agora se poder escolher o caminho do meio, transcendendo assim a dualidade própria dos seres humanos em evolução. Este é o tempo de todas as transformações e de todas as possibilidades, há que aproveitar e não perder tempo com futilidades ou interrogações. É um tempo de agir, ao mesmo tempo que limpamos as feridas e deixamos ir com amor tudo aquilo que um dia nos dilacerou a alma (quer tenhamos sido nós a provoca-lo ou não).

 

Ponto Fraco desta conjunção

O ponto fraco desta combinação assenta na possibilidade de nos tornarmos arrogantes perante a vida e os outros. O excesso de autoconfiança pode complicar este cenário já de si complexo, dado que o 9 na polaridade negativa representa o egocentrismo e o egoísmo.

Só que o mundo não gira à nossa volta e nesse aspeto a vida é suficientemente inteligente para nos devolver a verdade acerca dos nossos comportamentos individualistas, mesquinhos e sem escrúpulos.

Este é o momento de olharmos de frente para nós, e de reconhecermos todo o trabalho que ainda temos de fazer para nos harmonizarmos com os outros, com o Todo e com a vida.

Teremos que aprender a colocar-nos no lugar do outro a cada momento e a deixar de ter uma atitude tão ressentida em relação ao que nos rodeia.

 

heart1.jpg

 

AMOR / AFECTOS / FAMÍLIA

Apesar de não ser o ano mais indicado para iniciar novos relacionamentos é possível que se possa encontrar um grande amor, sobretudo durante uma deslocação ao estrangeiro ou pode ser que esse estrangeiro se cruze connosco no trabalho, na fila do cinema ou no café que costumamos frequentar.

Por outro lado, dado que o ano 9 é dado a fechos e conclusões, pode indicar o fim de uma relação, mas apenas naqueles casos onde as relações estão desgastadas e onde já não há qualquer possibilidade de continuar a alimentar essa experiência.

No nível familiar e afetivo pode ser um ano muito proveitoso, onde se encontre equilíbrio, harmonia e tolerância entre todos os membros da família.

 

dinheiro.jpg

 

DINHEIRO / FINANÇAS / TRABALHO

Sob esta influência as possibilidades são inúmeras e devem ser analisadas com muita maturidade e calma. As propostas que possam surgir para trabalhar no estrangeiro, devem ser levadas em consideração.

Relativamente a investimentos deverão ser ponderados, calculando todos os riscos, de modo a evitar cometer erros que poderão sair muito caros no início do ciclo que se segue.

saude.jpg

 

 

SAÚDE

Trata-se de um ano que anuncia o fim de um ciclo, portanto prepare-se para deixar ir os velhos e maus hábitos que lhe retiram a saúde, a beleza e o bem-estar. Defina novos objetivos que melhorem a sua aparência física e a sua alegria de viver. Acredite que a saúde é o principal pilar onde assenta toda a nossa vida.

 

espiritualidade.jpg

 

ESPIRITUALIDADE

A lição de vida presente durante este ano é das mais difíceis. Enfrentar as nossas sombras é uma tarefa penosa, mas faz parte do processo individual de cada ser na presente encarnação.

Durante muito tempo alimentámos e venerámos uma imagem de nós próprios que construímos cuidadosamente. Aos poucos essa imagem refletida no espelho começou a devolver-nos dúvidas, inquietações e medos, dos quais queremos fugir a todo o custo, escondendo-nos atrás de máscaras, cada vez mais rebuscadas.

Mas essas máscaras estão cada vez mais difíceis de segurar, pois o seu peso faz-nos vergar e um dia elas vão quebrar-se e esmagar-se contra o solo.

Este é o ano que nos dá a força, a coragem e a determinação para deixar cair essas máscaras e ficar bem de frente com a nossa essência, mas também com tudo o que resultou dessas escolhas do passado.

Com firmeza e com muita compaixão por nós aprenderemos sob esta vibração a ser essência

 

sep.jpg

 

 

Anos Pessoais e Ciclos de Aniversário

 

Ano Pessoal – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia 1 de Janeiro e termina no dia 31 de Dezembro.

Calcula-se somando o dia e o mês de nascimento à vibração do ano universal que se quiser calcular.

 

Ciclo de Aniversário – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia do aniversário e termina na véspera do dia de aniversário seguinte.

Calcula-se somando os resultados das reduções do ano de nascimento e do ano que se pretender calcular.

 

Exemplo: pessoa nascida a 12/6/1957.

 

Cálculo do ano pessoal para 2015:

12/06/2015 = 1 + 2 + 6 + 2 + 1 + 5 = 17 = 1 + 7 = 8

Ano pessoal 8 – influência do ano pessoal tem início em 01/01/2015 e termina em 31/12/2015.

 

Cálculo do Ciclo de Aniversário para 2015:

1957 = 1 + 9 + 5 + 7 = 22

2015 = 2 + 0 + 1 + 5 = 8

22 + 8 = 30

30 = 3 + 0 = 3

Ciclo de aniversário 3 – influência do ciclo de aniversário tem início no dia 12/06/2015 e termina em 11/6/2016.

 

Nestes casos aconselho a ler as duas combinações possíveis para 2015.

Exemplo: Leia a conjunção do Ano Pessoal 8 com o Ano Universal 8 e depois leia a conjunção do Ciclo de Aniversário 3 com o Ano Universal 8. Cruze os dados de ambos os textos e terá uma visão ainda mais ampliada do que o espera em 2015.

 

Os anos pessoais e os ciclos de aniversário permitem obter uma leitura única e personalizada num mapa numerológico natal, pois possibilitam contextualizar qualquer momento passado, presente ou futuro, no desenrolar dos grandes ciclos de vida, ajudando-nos a escolher de acordo com o fluxo natural da nossa própria energia. Para quê fazer escolhas num sentido se as nossas vibrações mostram tão claramente o caminho?

 

Eva Vilela Veigas

15
Dez14

Ano Pessoal 8 em 2015

Eva Veigas

Conjunção do Ano Pessoal 8 ou do Ciclo de Aniversário 8 com o Ano Universal 8

 

 

ap8.jpg

 

 

“Os sonhos passam à realidade pela ação, da ação, nasce de novo o sonho, e esta interdependência produz a mais elevada forma de viver.”

 

Anaïs Nin

 

 

 

8 – 8 (Terra / Terra)

Esta combinação pode ser neutra, positiva ou negativa, tudo irá depender da posição de outros números nos respetivos mapas pessoais, precisamente devido ao facto da sobreposição do número 8.

Existe assim um excesso ou um predomínio do Elemento Terra que como já vimos configura os aspetos materiais da existência.

Aqueles que viverem um ano pessoal ou um ciclo de aniversário 8, estarão alinhados com a vibração universal de 2015 que rege o coletivo, e desse modo poderão ter finalmente a oportunidade por que tanto esperavam - a de ver concretizada a sua obra, como por exemplo: terminar um curso ou uma formação; terminar um projeto; concretizar um negócio; ver finalmente a empresa (pequena ou grande) dar lucros, e assim por diante.

Mas a esfera material da vida não se resume apenas a questões práticas do quotidiano, a concretizações ou realizações materiais. Ela é muito mais abrangente e está relacionada com o nosso veículo ou corpo físico e à forma como o vemos.

O que representa para cada um de nós, o nosso corpo? Cuidamos dele com que intenção? Cuidamos dele sequer? Temos para com ele apenas os cuidados básicos, mínimos ou essenciais ou vamos mais longe? Cuidamos dele para sermos os mais belos, os melhores, os mais importantes? Que imagem se pretende passar para fora, tendo em conta que o nosso corpo físico é o nosso primeiro cartão-de-visita?

Este ano vai ajudar-nos a colocar em perspetiva a relação que temos com o nosso corpo. Consequentemente, a síntese que faremos após várias conclusões acerca desta questão, irá repercutir-se em praticamente todos os campos da nossa existência, sobretudo material.

Outro aspeto fundamental desta vibração assenta na questão do karma ou do dharma, dependendo do momento em que nos encontramos face às nossas dívidas ou créditos acumulados de outras vivências / existências.

Se ainda existirem dívidas com o passado (desta ou de outras vidas) que estejam relacionadas com dinheiro, bens materiais ou saúde física, é natural que durante este ano se passe por perdas, possíveis doenças ou acidentes a fim de equilibrar as contas da nossa balança pessoal. Nada há a reclamar. Tudo o que se pode fazer é aceitar, confiar e deixar ir. Se perdemos é porque não nos pertencia por direito.

Se, por outro lado, temos algo a haver, então sem dúvida iremos ativar as leis do dharma e certamente haverá lugar a lucros e ganhos inesperados e ainda poderemos gozar de uma boa forma física e de um bem-estar geral.

 

Ponto Forte desta conjunção

O ponto forte deste ano representa a possibilidade de trabalhar a partir da nossa Fé, que certamente irá crescendo ao longo de todo este período.

Algures nesta vida ou noutra qualquer, resgatámos a nossa Fé, a nossa autoconfiança, a nossa integridade, a nossa verdade. Algures no passado reencontrámos o nosso caminho e voltámos, felizes, a percorrer a nossa senda pessoal, banhados por uma luz que só os que perderam a Fé e a conquistaram novamente podem ostentar.

Assim, munidos dessa coragem, poderemos iniciar todo o tipo de empreendimentos que desejarmos durante este ano. Tudo será expandido, abençoado e amplificado. Este ponto forte irá ajudar-nos a ancorar a nossa energia no planeta, por outras palavras, permitirá um melhor e mais forte enraizamento.

Iremos também ter a oportunidade de despir velhas roupagens, aqueles andrajos completamente esfarrapados que tão bem nos serviram noutras eras, noutras existências, mas que agora já não têm qualquer utilidade, nem para nós nem para ninguém. É hora de queimar simbolicamente esses farrapos na fogueira do Amor Incondicional (amor por nós mesmos, por todas as nossas relações), para que tudo possa ser transmutado e transformado em luz e benefícios para todos. Teremos a oportunidade de nos despirmos do ego e de o dissolver na nossa essência única e especial, mas para isso teremos que ser muito ousados, fortes e determinados, sem hesitar por um só momento.

 

Ponto Fraco desta conjunção

O ponto fraco deste ano é precisamente a não existência de nenhum ponto fraco em particular, o que pode facilitar a vida a uns e dificultar a de outros.

Os que souberem aproveitar esta benesse tirarão partido deste ano e poderão experimentar algo completamente novo, que é o fluir dos acontecimentos, sem grandes obstáculos ou impedimentos aos seus empreendimentos que serão muitíssimo proveitosos.

Quanto aos restantes, será bem possível que criem (lembrem-se que todos somos criadores da nossa própria existência) os mais variados obstáculos e barreiras em diferentes níveis das suas vidas, aniquilando assim o imenso potencial deste ano que nos presenteia com uma configuração tão única e especial. Portanto, sejam firmes e claros nas vossas intenções e ousados nas vossas atitudes.

 

heart1.jpg

 

Amor / Afetos / Família

A área do amor será uma das mais difíceis deste ano, pois o excesso de Terra poderá contribuir para tornar áridas as suas relações afetivas. De facto, terá tendência a dar prioridade a outras áreas, nomeadamente à do “Dinheiro / Finanças / Trabalho”, como verá a seguir, o que impedirá o desenvolvimento da sua vida romântica, bem como das restantes relações familiares. Tenha cuidado para não passar a imagem de pessoa fria ou calculista, interessada apenas em sexo e sedução.

O 8 é um conquistador por natureza, todavia deverá ser moderado neste aspeto ou poderá colocar em perigo a sua relação amorosa ou mesmo afastar a pessoa amada.

 

dinheiro.jpg

 

Dinheiro / Finanças / Trabalho

Ano excelente para investir, terá que ter apenas cuidado com os excessos, não vá cometer alguma imprudência dado o excesso de confiança gerado pelo 8 que está a dobrar, e, claro tenha em conta a questão essencial que referi acima acerca do karma e do dharma.

De qualquer modo é um bom período para empreender os seus projetos e concretizar muitos dos seus sonhos (aqueles nos quais tem estado a investir e aos quais falta apenas um passo para os ver materializados).

É também um período de grande estabilidade económica e portanto usufrua daquilo que conquistou à sua custa e, já agora, seja generoso com aqueles que neste momento possam de alguma forma estar a passar alguma dificuldade ou carência. Por exemplo: se estiver ao seu alcance, crie postos de trabalho.

 

saude.jpg

 

Saúde

A saúde é um dos pontos fortes do ano, pois será favorecido com imensa energia, força e capacidade para trabalhar, divertir-se e usufruir da vida em pleno. Têm que cuidar dos ossos, aqueles que têm tendência para ser obstinados, casmurros e inflexíveis (os ossos podem quebrar)!

 

 

espiritualidade.jpg

 

Espiritualidade

Em termos de espiritualidade é um ano muito rico que o levará para o plano do empreendedorismo, podendo tornar-se uma pessoa muito mais determinada, prática, mas de horizontes largos arrastando outras pessoas com o seu entusiasmo e jovialidade.

Alargue a sua existência, expanda-se em todas as direções, desenvolva as suas capacidades e os seus talentos e verá a sua vida crescer de uma forma completamente nova. Mantenha uma mente aberta e poderá ser testemunha de certas maravilhas na sua vida que nunca poderia ter imaginado, nem nos seus sonhos mais utópicos. Seja grato.

 

sep.jpg

Anos Pessoais e Ciclos de Aniversário

 

Ano Pessoal – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia 1 de Janeiro e termina no dia 31 de Dezembro.

Calcula-se somando o dia e o mês de nascimento à vibração do ano universal que se quiser calcular.

 

Ciclo de Aniversário – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia do aniversário e termina na véspera do dia de aniversário seguinte.

Calcula-se somando os resultados das reduções do ano de nascimento e do ano que se pretender calcular.

 

Exemplo: pessoa nascida a 12/6/1957.

 

Cálculo do ano pessoal para 2015:

12/06/2015 = 1 + 2 + 6 + 2 + 1 + 5 = 17 = 1 + 7 = 8

Ano pessoal 8 – influência do ano pessoal tem início em 01/01/2015 e termina em 31/12/2015.

 

Cálculo do Ciclo de Aniversário para 2015:

1957 = 1 + 9 + 5 + 7 = 22

2015 = 2 + 0 + 1 + 5 = 8

22 + 8 = 30

30 = 3 + 0 = 3

Ciclo de aniversário 3 – influência do ciclo de aniversário tem início no dia 12/06/2015 e termina em 11/6/2016.

 

Nestes casos aconselho a ler as duas combinações possíveis para 2015.

Exemplo: Leia a conjunção do Ano Pessoal 8 com o Ano Universal 8 e depois leia a conjunção do Ciclo de Aniversário 3 com o Ano Universal 8. Cruze os dados de ambos os textos e terá uma visão ainda mais ampliada do que o espera em 2015.

 

Os anos pessoais e os ciclos de aniversário permitem obter uma leitura única e personalizada num mapa numerológico natal, pois possibilitam contextualizar qualquer momento passado, presente ou futuro, no desenrolar dos grandes ciclos de vida, ajudando-nos a escolher de acordo com o fluxo natural da nossa própria energia. Para quê fazer escolhas num sentido se as nossas vibrações mostram tão claramente o caminho?

 

Eva Vilela Veigas

15
Dez14

Ano Pessoal 7 em 2015

Eva Veigas

Conjunção do Ano Pessoal 7 ou do Ciclo de Aniversário 7 com o Ano Universal 8

 

 

ap7.jpg

 

 

“Não podes ajudar ninguém a subir a montanha sem te aproximares do cimo.”

 

Provérbio

 

 

 

7 – 8 (Ar / Terra)

Esta é uma das combinações mais difíceis do ano. A vibração do 7 está alinhada com a espiritualidade e com todos os aspetos psicológicos dos seres humanos, enquanto o 8 está alinhado com a materialidade, o materialismo e o corpo físico. São assim frequências aparentemente opostas que produzem na prática uma divisão interna em muitos de nós.

A verdade é que não existe nada de errado nesta combinação, aliás, em termos cósmicos tudo funciona na perfeição.

A questão fundamental reside nas crenças de cada um, sobretudo naqueles que ainda creem que para sermos espirituais temos que nos despojar dos bens materiais.

A ser assim, nem deveríamos ter corpo físico, pois o corpo, como já referi, está codificado na esfera material da vida. Mas o problema não está no corpo, está na mente de quem alimenta crenças limitadoras e que ao longo dos anos foram sendo mais e mais alteradas, comprometendo gravemente a forma como vemos quer o mundo do espírito quer o da matéria.

É por isso que o ano será muitíssimo desafiante, porque de facto, estas energias irão levantar as grandes questões filosóficas que acompanham o Homem desde a primeira vez que ele questionou quem é, de onde vem e para onde vai?

Em primeiro lugar há que compreender que tudo é energia. A energia pode estar mais ou menos visível (aos nossos olhos físicos) dependendo se ela se encontra no plano mental, emocional ou físico, onde é mais densa, logo palpável e visível, concreta.

Esta combinação faz-nos pensar em optar por uma das polaridades, enquanto não acedemos a frequências mais elevadas de conhecimento e consciência. Na verdade, o que esta vibração nos pede é que tenhamos a capacidade de deitar por terra um conceito tão obsoleto e rocambolesco como o de acharmos que a matéria está desligada do espírito. Se assim fosse a matéria seria inanimada e hoje sabe-se que nada poderia estar mais longe da verdade. Porém este conhecimento não é novo, bem pelo contrário, a novidade prende-se com o facto de nos nossos dias dispormos de ferramentas científicas, que apenas nos ajudam a comprovar a informação que nos foi legada pelos nossos ancestrais, nesse passado tão longínquo para nós.

Nós somos energia, a matéria que cobre o nosso corpo físico é energia os nossos objetos, os bens materiais, as casas, os carros, tudo o que é visível é energia desacelerada. E por que as partículas de energia desaceleraram tanto tornaram-se densas, logo visíveis.

Portanto, a matéria já é sagrada, divina, espiritual, nós só temos que reconhecer esse facto.

 

Ponto Forte desta conjunção

Este ano é para resgatar a nossa paixão pela vida. Muitos vivem na desesperança, sentem-se por demais infelizes, sós, melancólicos, etc. Perderam a alegria de viver, perderam a paixão, aquela “coisa” que nos faz saltar da cama e ir lá para fora, dar o nosso contributo para enriquecer este mundo, já de si tão belo e maravilhoso. Temos que nos apaixonar, mas não pelo outro em primeiro lugar. Temos que nos apaixonar por quem somos, pela nossa essência, pela nossa luz, pela nossa capacidade de sorrir e fazer sorrir… temos que nos apaixonar por nós e manter acesa essa paixão a cada momento.

Temos que sentir borboletas na barriga, pois essas borboletas mais não são do que a nossa maravilhosa energia que é recarregada a cada instante, pois é enviada pelos canais, com os quais hoje em dia já estamos tão familiarizados – os chakras.

Portanto há que manter os canais limpos de detritos pesados (estados mentais negativos, estados emocionais descontrolados, etc.).

Só dessa forma podemos receber mais e mais energia, para que as nossas células, mergulhadas nessa luz possam despertar e brilhar como pequenos sóis. É por isso que brilhamos, percebem?

Apaixonemo-nos por Tudo, pelo Todo e pela Parte, para que coletivamente seja possível integrar mais e mais informação / luz / amor.

 

Ponto Fraco desta conjunção

A falta de determinação e a incapacidade de confiar em nós mesmos é a tónica deste ponto fraco. O 7 representa aspetos da mente pensante, configurando sistemas de crenças tanto limitadoras quanto potenciadoras. Assim, o ponto fraco dominará precisamente aqueles que se autossabotam devido ao tipo de pensamentos corrosivos que alimentam diariamente. Este padrão de pensamento negativo leva-os para frequências do 7 que vibram na densidade, remetendo-os para um silêncio por vezes assustador ao mesmo tempo que criam fortes barreiras que impedem o seu normal relacionamento com as outras pessoas.

O grande desafio deste ano será precisamente contrariar esta tendência e ir verificando os seus padrões repetitivos. Seria bom ir anotando em que circunstâncias estes padrões ficam mais vincados, dessa forma poderão começar um trabalho interno de auto-observação com o intuito de ir mudando o que tiver de ser mudado. A mente/ego cria diversas ilusões e distrações para manipular a essência. Apenas os mais atentos conseguirão romper com o padrão.

 

heart1.jpg

 

Amor / Afetos / Família

Se quiser evitar problemas nesta área terá que prestar mais atenção aos que o rodeiam, sobretudo à sua família, mais próxima. O seu par ou os seus filhos poderão sofrer com o seu “afastamento” durante este período, pois eles não irão entender que precisa de se distanciar um pouco do mundo ao longo deste ano. Na verdade, gostaria de poder retirar-se do mundo e ficar a sós consigo mesmo, e, de facto isso seria o ideal, porém, sabemos que na prática isso não será possível, pelo menos na grande maioria dos casos.

Sendo assim, e caso sinta de forma muito intensa essa necessidade de se isolar, fale com a sua família acerca das suas necessidades, exponha sem receio de ser julgado que precisa de um tempo para si. É preferível tomar um tipo de atitude deste género do que gerar a dúvida ou o mal-estar no seu seio familiar. Lembre-se que a vibração universal do ano 2015 é 8 e que o Senhor da Expansão amplia tudo em qualquer uma das polaridades.

 

dinheiro.jpg

 

 

Dinheiro / Finanças / Trabalho

Nesta área é necessária muita cautela, pois este não é um ano indicado para grandes investimentos financeiros. Será melhor aguardar por anos mais propícios. Para quem anda à procura de emprego também não é um ano fácil, dado que estará sob uma vibração mais introspetiva e com muito pouca vontade de se expor. Além disso a sua desconfiança e a sua falta de fé também estarão em causa o que tornará tudo mais complicado. Neste caso terá que resgatar a fé e a confiança em si mesmo, nos outros e na vida.

Haverá mais oportunidades para os especialistas das diversas áreas, pois este é o seu ano: investigadores em qualquer área, professores, mecânicos, pilotos, enfim, quanto mais especializado, melhor.

 

saude.jpg

 

Saúde

No campo da saúde deverá estar atento a tudo o que se relacione com a esfera mental. Este é um campo sensível, pois uma mente desordenada, cheia de problemas, incapaz de ver as soluções pode ter comportamentos desajustados face à vida e aos outros. Portanto convém aprender a relevar certos problemas, a encarar um facto de cada vez, e sobretudo convém respirar.

Aproveite aqueles momentos em que quer estar sozinho e faça uma caminhada, à beira mar, num jardim, num bosque. Aproveite e faça da caminhada uma meditação.

 

espiritualidade.jpg

 

Espiritualidade

Na área da espiritualidade estão várias lições para aprender e este é um campo fértil para a evolução da alma.

A nossa alma busca por um constante amadurecimento, ela quer aprender sempre mais e mais. É como uma criança que se deslumbra a cada descoberta. É o ego que distorce a beleza destas aprendizagens procurando a todo o custo arranjar desculpas para não nos deixar ir mais longe e mais fundo em nós.

Portanto temos aqui uma magnífica oportunidade para amadurecer a nossa alma. Os mais maduros e inteligentes do ponto de vista emocional são aqueles que olham para a vida como uma eterna bênção e fonte de aprendizagem.

Cabe a cada um de nós escolher o caminho para fazer esse crescimento.

 

sep.jpg

 

Anos Pessoais e Ciclos de Aniversário

 

Ano Pessoal – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia 1 de Janeiro e termina no dia 31 de Dezembro.

Calcula-se somando o dia e o mês de nascimento à vibração do ano universal que se quiser calcular.

 

Ciclo de Aniversário – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia do aniversário e termina na véspera do dia de aniversário seguinte.

Calcula-se somando os resultados das reduções do ano de nascimento e do ano que se pretender calcular.

 

Exemplo: pessoa nascida a 12/6/1957.

 

Cálculo do ano pessoal para 2015:

12/06/2015 = 1 + 2 + 6 + 2 + 1 + 5 = 17 = 1 + 7 = 8

Ano pessoal 8 – influência do ano pessoal tem início em 01/01/2015 e termina em 31/12/2015.

 

Cálculo do Ciclo de Aniversário para 2015:

1957 = 1 + 9 + 5 + 7 = 22

2015 = 2 + 0 + 1 + 5 = 8

22 + 8 = 30

30 = 3 + 0 = 3

Ciclo de aniversário 3 – influência do ciclo de aniversário tem início no dia 12/06/2015 e termina em 11/6/2016.

 

Nestes casos aconselho a ler as duas combinações possíveis para 2015.

Exemplo: Leia a conjunção do Ano Pessoal 8 com o Ano Universal 8 e depois leia a conjunção do Ciclo de Aniversário 3 com o Ano Universal 8. Cruze os dados de ambos os textos e terá uma visão ainda mais ampliada do que o espera em 2015.

 

Os anos pessoais e os ciclos de aniversário permitem obter uma leitura única e personalizada num mapa numerológico natal, pois possibilitam contextualizar qualquer momento passado, presente ou futuro, no desenrolar dos grandes ciclos de vida, ajudando-nos a escolher de acordo com o fluxo natural da nossa própria energia. Para quê fazer escolhas num sentido se as nossas vibrações mostram tão claramente o caminho?

 

Eva Vilela Veigas

 

15
Dez14

Ano Pessoal 6 em 2015

Eva Veigas

Conjunção do Ano Pessoal 6 ou do Ciclo de Aniversário 6 com o Ano Universal 8

 

 

ap6.jpg

 

 

“Acredito que todos nós somos capazes de aventura. Mas a grande aventura é enfrentar as responsabilidades de cada dia.”

 

William Gordon

 

 

 

6 – 8 (Água / Terra)

A sensibilidade do 6 bate de frente com a frontalidade e com a aparente indiferença do 8, o que faz desta conjunção numerológica uma combinação difícil. O Elemento Água que rege o 6, combinado com o Elemento Terra que rege o 8, vai nutrir a Terra desse elemento imprescindível. A combinação terá que ser perfeita e nas doses certas pois se houver Água em excesso haverá uma inundação, ou seja, o campo das emoções levará a melhor sobre o campo das coisas concretas e do lado prático da vida, o que fará com que deixemos de ser objetivos e imparciais. Se houver uma carência de Água a Terra tornar-se-á dura e deixará de poder ser moldada, pelo que corremos o risco de nos tornarmos insensíveis e rígidos.

Não será um ano fácil, todavia, os que vibrarem mais perto do equilíbrio entre estas duas frequências poderão viver um ano bastante harmonioso e suave.

O 6 é o ano que nos dá a possibilidade de nos tornarmos mais responsáveis acerca das escolhas que queremos fazer e dos caminhos que pretendemos percorrer na estrada da vida. Adquiriremos maior maturidade e mais confiança em nós próprios depois de um ano turbulento, como foi o ano anterior (ano pessoal 5 em 2014). Estamos aptos a tomar as rédeas da nossa vida e a impedir que tudo volte a ser como era, cientes que estamos do nosso crescimento interior.

Este é um ano onde tudo o que se relaciona com dar e receber amor (de todas as formas que possam imaginar) estará em evidência. É importante aceder ao nosso coração e sentir o que acontece cá dentro quando damos e quando recebemos. Que sentimentos acompanham cada um desses movimentos. Devemos escrutinar o nosso ser para perceber por onde andam os nossos valores morais e espirituais. O que nos move de facto a dar? E quando recebemos algo, estamos mesmo dispostos a abrir os braços e a receber? E recebemos da mesma maneira o agradável e o desagradável? Eis a grande lição de vida oculta nesta combinação. É evidente que esta é uma das mais difíceis lições que podemos ter que experienciar, pois ninguém lida facilmente com um facto da vida doloroso ou com uma notícia desagradável, mas a verdade é que para o Grande Espírito isso não tem a menor importância, pois tudo é uma coisa só. As nossas reações ante as situações negativas que a vida nos devolve são coisas que dizem respeito apenas à nossa condição humana, terrena e efémera.

Daí a importância de irmos praticando o equilíbrio face à forma como reagimos ante o bom e o menos bom.

 

Ponto Forte desta conjunção

O ponto mais forte desta conjunção assenta em profundas mudanças ao nível da nossa estrutura mental (pensamentos, ideias, conceitos, preconceitos (pré-conceitos), julgamentos, crenças limitadoras, etc.).

O equilíbrio que nos é devolvido por uma mente saudável, firme nas suas convicções mas sempre pronta a ouvir os outros, com a sensibilidade e o bom senso suficientes para se ir transformando a cada momento, não tem preço.

Trata-se de um ano exigente uma vez que a emoção terá que andar de mão dadas com a razão o que nem sempre é fácil (com amor e dedicação tudo se consegue), provocando grandes alterações na nossa forma de sentir o nosso pequeno mundo.

Porém, sob estas vibrações, existe uma forte possibilidade de transcender este desafio, tornando a vida mais harmoniosa e mais serena.

 

Ponto Fraco desta conjunção

O ponto fraco do ano está relacionado com a falta de assertividade e a desvalorização pessoal. Será necessário trabalhar a sua autoestima, elevando-a e mantendo-a num nível que lhe permita trabalhar a partir de uma base emocional estável.

Estará mais suscetível do que nunca e sentir-se-á facilmente magoado ou ofendido pela mais pequena situação. Não leve tudo para o campo pessoal, pois as coisas que são ditas nem sempre se dirigem a si (aliás, na maioria dos casos não são para si).

Na verdade, quando nos sentimos afetados pelas circunstâncias externas, significa que teremos mesmo que olhar para essas feridas antigas e profundas que ainda carregamos na alma, pois foi chegado o momento de abrirmos mão delas. Só expondo a ferida ao ar é que se obtém a cura!

De qualquer modo experimente começar a relevar. Comece por pequenas coisas e vá explorando a sua excessiva sensibilidade, aos poucos verá como se vai tornando mais fácil lidar com os outros e como se sentirá bem consigo mesmo por ir conquistando pequenas vitórias.

 

heart1.jpg

 

AMOR / AFECTOS / FAMÍLIA

Esta é a área mais importante do ano 6. Podemos mesmo considerar o 6 como o número das uniões bem-sucedidas, dos casamentos, da família, do lar, das crianças.

Está ainda associado a causas de carácter solidário, às amizades e a tudo o que envolva grupos de trabalho de carácter humanitário.

Esta área será a mais sensível e poderá haver necessidade de dar um passo atrás para avaliar o que está a precisar de ser reestruturado. Não há que recear fazê-lo, pois se deixarmos de ter comportamentos infantis e encararmos as nossas vidas com a maturidade e a responsabilidade que elas pedem, mesmo as situações mais problemáticas seguirão o seu curso natural e terão com certeza o desfecho certo para cada um de nós.

 

dinheiro.jpg

 

DINHEIRO / FINANÇAS / TRABALHO

A energia do 6 nesta área leva-nos a trabalhar de novo a responsabilidade e a assumir as nossas escolhas (mesmo que por vezes não sejam as melhores). Parece que estou sempre a falar da mesma coisa, mas de facto responsabilidade e maturidade são as duas palavras-chave no que respeita a esta vibração 6.

Assim, também aqui, quer se trate de bens, do cargo que ocupamos no emprego, da procura de um novo trabalho, do dinheiro que queremos investir, etc., teremos que ter uma atitude pró-ativa e agir de modo responsável e sério. Não é bom ficar à espera que tudo nos caia do céu porque não vai cair. É importante sim, tomar consciência do nosso papel e parar de culpabilizar os outros, o Estado (porque em primeiro lugar, nós somos o Estado), o clima, o aquecimento global, ou seja lá o que as nossas mentes indisciplinadas gostam de arquitetar para nos fazer perder tempo. É hora de agir de acordo com o que temos e não de acordo com as nossas atitudes ainda tão infantis que nos atiram para uma dimensão ilusória, completamente desfasada da realidade.

 

saude.jpg

 

SAÚDE

A saúde poderá ficar enfraquecida devido ao excesso de trabalho. Há que ter cuidado e procurar um equilíbrio entre as tarefas diárias e o descanso. Não esquecer de guardar algumas horas para o lazer que é muito importante em anos onde o peso das responsabilidades é maior. Atenção ao excesso de ingestão de doces por via das questões emocionais mal geridas ou mal resolvidas.

 

espiritualidade.jpg

 

ESPIRITUALIDADE

Esta lição de vida está intimamente relacionada com a aprendizagem de valores nobres como o amor, a gentileza, a responsabilidade e a busca de equilíbrio nos relacionamentos em geral.

As situações que atrair para a sua vida durante este ano proporcionar-lhe-ão a oportunidade de assumir responsabilidades e compromissos, principalmente ao nível social e/ou familiar. Estas experiências são de extrema importância para a sua evolução pelo que não deve deixar passar estas oportunidades.

 

sep.jpg

 

 

Anos Pessoais e Ciclos de Aniversário

 

Ano Pessoal – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia 1 de Janeiro e termina no dia 31 de Dezembro.

Calcula-se somando o dia e o mês de nascimento à vibração do ano universal que se quiser calcular.

 

Ciclo de Aniversário – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia do aniversário e termina na véspera do dia de aniversário seguinte.

Calcula-se somando os resultados das reduções do ano de nascimento e do ano que se pretender calcular.

 

Exemplo: pessoa nascida a 12/6/1957.

 

Cálculo do ano pessoal para 2015:

12/06/2015 = 1 + 2 + 6 + 2 + 1 + 5 = 17 = 1 + 7 = 8

Ano pessoal 8 – influência do ano pessoal tem início em 01/01/2015 e termina em 31/12/2015.

 

Cálculo do Ciclo de Aniversário para 2015:

1957 = 1 + 9 + 5 + 7 = 22

2015 = 2 + 0 + 1 + 5 = 8

22 + 8 = 30

30 = 3 + 0 = 3

Ciclo de aniversário 3 – influência do ciclo de aniversário tem início no dia 12/06/2015 e termina em 11/6/2016.

 

Nestes casos aconselho a ler as duas combinações possíveis para 2015.

Exemplo: Leia a conjunção do Ano Pessoal 8 com o Ano Universal 8 e depois leia a conjunção do Ciclo de Aniversário 3 com o Ano Universal 8. Cruze os dados de ambos os textos e terá uma visão ainda mais ampliada do que o espera em 2015.

 

Os anos pessoais e os ciclos de aniversário permitem obter uma leitura única e personalizada num mapa numerológico natal, pois possibilitam contextualizar qualquer momento passado, presente ou futuro, no desenrolar dos grandes ciclos de vida, ajudando-nos a escolher de acordo com o fluxo natural da nossa própria energia. Para quê fazer escolhas num sentido se as nossas vibrações mostram tão claramente o caminho?

 

Eva Vilela Veigas

 

15
Dez14

Ano Pessoal 5 em 2015

Eva Veigas

Conjunção do Ano Pessoal 5 ou do Ciclo de Aniversário 5 com o Ano Universal 8

 

 

ap5.jpg

 

 

“Não sigas até onde o caminho te pode levar. Vai, antes, por onde não houver caminho e deixa um trilho.”

 

Autor desconhecido

 

 

 

5 – 8 (Fogo / Terra)

Este ano poderá dar-lhe a liberdade pela qual tanto ansiava, se tiver trabalhado para isso nos quatro anos anteriores, caso contrário será uma autêntica prisão onde se poderá sentir ainda mais perdido e sem rumo.

Neste último caso, é necessário ter grande controlo sobre os seus instintos mais primários, respirar bem fundo e olhar bem de frente para os problemas que o afligem e perturbam. Busque uma estratégia simples, mas bem definida e dê um pequeno passo todos os dias, até se sentir mais inteiro e apto a tomar decisões mais firmes e determinadas.

Esta combinação é uma das mais dinâmicas e poderosas deste ano. O 5 como regente deste ano pessoal ou como regente de um ciclo de aniversário, representa exatamente o meio do ciclo de 9 anos, que neste caso terminará em 2019.

O quinto ano de qualquer ciclo é sempre o momento em que ainda nos encontramos a tempo de alterar o nosso percurso, mudar as nossas escolhas, derrubar tudo e começar de novo, sem medo e sem culpas.

Mas é necessária grande coragem e acima de tudo estar em perfeita paz interior, conscientes do passo que vamos dar.

O 5 é tão versátil, criativo e imaginativo quanto impulsivo e magnético. O 5 só por si pode tudo, desde que saiba o que está a fazer e com objetivos bem definidos.

Ora este ano, o 5 combina-se com a fortíssima energia do 8 que o estimula a voar ainda mais alto. Não existe grande perigo de se perder porque o 8 dá aos protegidos por esta vibração 5, a estabilidade que eles necessitam para os seus empreendimentos.

No entanto, há que ir reforçando a firmeza e a determinação do 8 ao longo do ano e ir aliando a criatividade, a imaginação e a curiosidade do 5 para que este ano seja pleno de realizações e mudanças construtivas e positivas.

Talvez sinta necessidade de destruir ou de derrubar alguma coisa, para depois edificar uma nova construção em cima desses escombros. Não receie fazê-lo, mas não ceda a uma impulsividade descontrolada. Faça o que fizer, faça-o em consciência, ciente do passo que pretende dar, sabendo de antemão que todos os nossos atos geram consequências.

Nada há a recear e como diz o poeta: “o caminho faz-se ao andar”.

 

Ponto Forte desta conjunção

O ponto forte deste ano pessoal é a grande capacidade que estas pessoas terão em transformar as suas vidas. Claro que será necessário grande empenho, muita determinação e muita disciplina para o fazer, o que parece um pouco ilógico, dado que o 5 é precisamente uma vibração que contraria as regras e as rotinas. O que é facto, é que não se pode ignorar que cada vibração numerológica possui várias frequências e que os pontos fortes de cada conjunção serão mais sentidos por aqueles que já vibram em frequências mais altas, ou seja, aquelas pessoas que já ganharam mais consciência de quem são, mais consciência do papel que os outros representam na sua vida, mais consciência planetária e assim por diante.

Desta forma, o ano pessoal 5 será mais produtivo, mais desafiante, mais dinâmico e mais poderoso, pois proporcionará as mudanças que tanto esperavam e para as quais tanto trabalharam.

 

Ponto Fraco desta conjunção

Este ponto fraco prende-se com a dificuldade em cumprir as regras e as rotinas necessárias para que este ano seja um sucesso. Uma combinação deste tipo gera muitas distrações que o arrastarão para uma dispersão sem limites.

Seja prudente e arranje uma estratégia que lhe permita ultrapassar as armadilhas que este ano tem para si. A estratégia passa por criar uma rotina simples e que saiba que vai ser capaz de cumprir. Não coloque muitas regras, nem exagere na quantidade de coisas que vai querer fazer, mantenha apenas duas ou três coisas em mente e deixe fluir o resto, caso contrário, irá desobedecer a si mesmo, criando um mal-estar interno que posteriormente lhe dará a justificação perfeita para desistir dos seus intentos. Cuidado com a mente / ego controlador!

 

heart1.jpg

 

AMOR / AFECTOS / FAMÍLIA

Haverá lugar a diversas mudanças nesta área da sua vida. As ruturas (divórcios, separações, etc.), caso tenha vindo a arrastar situações em relação às quais nada fez para as equilibrar ou simplesmente não teve coragem de lhes colocar um ponto final, serão o prato forte deste ano. Atenção que sob esta vibração também pode ser apanhado de surpresa. Isto é, pode acontecer que o seu par desista da relação de um dia para o outro, sem lhe dar a menor explicação do que o levou a tomar essa decisão. Nesse caso, terá que aprender (e crescer) com essa lição encarando os factos. Não adianta zangar-se, explodir ou pior, engolir todas essas emoções e ainda ver a sua saúde pagar por isso.

 

dinheiro.jpg

 

DINHEIRO / FINANÇAS / TRABALHO

Este é um ano de altos e baixos nesta área. Tudo irá depender do tipo de lições que cada um tem como aprendizagem. Conforme a lição for sobre ganhos ou sobre perdas assim será a tónica do ano. Pouco mais se pode acrescentar, a não ser reafirmar que se tiver lucros ou ganhos inesperados eles serão elevados e tenderão a aumentar e da mesma forma se tiver que perder o seu dinheiro, os seus investimentos, etc. as perdas serão volumosas. Portanto seja muito cauteloso nesta área que é uma das mais sensíveis desta combinação e talvez de todos os anos pessoais. A lição oculta nesta combinação encontra-se na sua generosidade.

 

saude.jpg

 

SAÚDE

A saúde estará em alta ao longo de todo o ano, pois haverá imensa energia disponível, gerada por esta dinâmica entre o 5 e o 8. Esta energia maravilhosa não deve ser desperdiçada em exageros e em assuntos que não tragam crescimento, amadurecimento e realização para a alma.

Aqueles que viverem esta combinação na sua polaridade oposta poderão sentir quebras na energia, cansaço, irritabilidade, nervosismo e impaciência. Esses terão que prestar muito mais atenção a este campo para não sofrerem um qualquer tipo de colapso nervoso.

De resto, aproveitem bem estas vibrações numerológicas que trarão boas ondas de energia e momentos únicos de vitalidade e frescura.

 

espiritualidade.jpg

 

ESPIRITUALIDADE

Trata-se de um período maravilhoso, recheado de oportunidades de crescimento numa área muito sensível e importante para os seres humanos: a Liberdade!

Crescer e ganhar consciência do que implica ser livre, é das lições mais difíceis desta escola que é a Vida. Ser livre não é fazer o que se quer. Ser livre implica mais responsabilidades do que se pode imaginar, mais maturidade sobretudo emocional, mas também espiritual, mental, planetária…

Implica maior abertura e cada vez mais flexibilidade ao nível das ideias, dos ideais, das ideologias, dos conceitos e dos julgamentos.

Queres ser Livre? Liberta-te!

 

sep.jpg

 

Anos Pessoais e Ciclos de Aniversário

 

Ano Pessoal – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia 1 de Janeiro e termina no dia 31 de Dezembro.

Calcula-se somando o dia e o mês de nascimento à vibração do ano universal que se quiser calcular.

 

Ciclo de Aniversário – tem a duração de um ano e a sua influência tem início no dia do aniversário e termina na véspera do dia de aniversário seguinte.

Calcula-se somando os resultados das reduções do ano de nascimento e do ano que se pretender calcular.

 

Exemplo: pessoa nascida a 12/6/1957.

 

Cálculo do ano pessoal para 2015:

12/06/2015 = 1 + 2 + 6 + 2 + 1 + 5 = 17 = 1 + 7 = 8

Ano pessoal 8 – influência do ano pessoal tem início em 01/01/2015 e termina em 31/12/2015.

 

Cálculo do Ciclo de Aniversário para 2015:

1957 = 1 + 9 + 5 + 7 = 22

2015 = 2 + 0 + 1 + 5 = 8

22 + 8 = 30

30 = 3 + 0 = 3

Ciclo de aniversário 3 – influência do ciclo de aniversário tem início no dia 12/06/2015 e termina em 11/6/2016.

 

Nestes casos aconselho a ler as duas combinações possíveis para 2015.

Exemplo: Leia a conjunção do Ano Pessoal 8 com o Ano Universal 8 e depois leia a conjunção do Ciclo de Aniversário 3 com o Ano Universal 8. Cruze os dados de ambos os textos e terá uma visão ainda mais ampliada do que o espera em 2015.

 

Os anos pessoais e os ciclos de aniversário permitem obter uma leitura única e personalizada num mapa numerológico natal, pois possibilitam contextualizar qualquer momento passado, presente ou futuro, no desenrolar dos grandes ciclos de vida, ajudando-nos a escolher de acordo com o fluxo natural da nossa própria energia. Para quê fazer escolhas num sentido se as nossas vibrações mostram tão claramente o caminho?

 

Eva Vilela Veigas

 

 

Pág. 1/3

Bênçãos! Se chegaste até aqui é porque escutaste o chamado da tua alma!

Convido-te a navegar por este espaço. Se gostares fica e subscreve o blogue. És muito bem-vindo/a.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Consultas / Terapias

Numerologia Karmica, Tarot, Tarot Karmico, Oráculos, Cura Xamânica*, Meditação Guiada*, Cura e Resgate da Criança Interior*, Cura da Criança Lunar e Solar* *apenas sessões presenciais

Consultas online

Mensagens

Find us on Facebook

Partilha e difusão de conteúdos

Agradecemos a partilha e difusão de conteúdos, desde que sejam salvaguardados os devidos créditos da autora do blogue e demais fontes por ela citadas.

Consultas / Terapias / Retiros Individuais

Consultas

Ano Universal

Cursos / Ws

Textos de Apoio

  •  

Artigos Numerologia

Dias de Nascimento

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

  •  

Entrevistas

Parcerias

Sapo Astral

Sapo Desporto

Tertúlia

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D