Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eva Veigas

Numerologia, Tarot, Xamanismo

Eva Veigas

Numerologia, Tarot, Xamanismo

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Bio

Consultas

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2009

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2013

Meses Pessoais em 2011

Meses Pessoais em 2012

Meses em 2013

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
20
Jan13

Outubro 2013 - Regente 16:7

Eva Veigas

 

Análise Numerológica para Outubro 2013

 

“Pensamos demasiadamente, sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas, mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida de tornará violenta e tudo se perderá.”

 

Charles Chaplin

 

 

16:7 – O Regente de Outubro 2013

 

Tal como Janeiro, também o mês de Outubro é regido, pela vibração 7. Parece que 2013 nos quer mostrar a importância desta energia, já que aparece repetida no início do primeiro e do ultimo trimestre do ano.

Energias repetidas representam uma chamada de atenção. Talvez queira olhar mais de perto para esta questão.

A energia 7 do mês de Outubro resulta da redução de 16 (1 + 6 = 7) que também aqui será levada em conta. Quando falamos destas combinações de energia, designamo-las como 7/16 ou 16/7.

O 7 está em associação com a lâmina do Tarot - A Carruagem de Hermes1 (ver artigo referente a Janeiro 2013).

O 16 está associado à carta da destruição2 no Tarot, que representa uma rutura, uma crise do ego dominador. Na verdade, não se trata de uma destruição sem qualquer fundamento ou de um castigo dos deuses, mas antes de uma destruição destinada a cortar com os nossos antigos e ultrapassados modelos de atuação. Porém, há um propósito maior nesta experiência que pode ser devastadora, sobretudo ao nível material da existência (desde uma doença grave à perda do conforto material até aí conquistado). Trata-se, afinal, de criar um novo paradigma de vida e é neste ponto que o 16/7 representa uma imensa possibilidade de renovação.

Estas situações ocorrem, geralmente, por causa da nossa extrema arrogância ou vaidade, que é em muitos casos, velada. Ou seja, a pessoa, é dona de uma falsa modéstia. Criou para si, uma imagem de humildade, que na verdade ainda não é real. No entanto, acredita de tal modo na sua própria mentira que tudo o que faz é apenas investir mais e mais energia nessa inverdade.

Quando surge uma perda repentina, uma doença, etc. a pessoa é obrigada a olhar para si própria e a ver-se tal como é, o que provoca uma série de ocorrências difíceis de vivenciar. O processo é de tal forma doloroso que a maior parte das pessoas entra em verdadeira depressão. É aqui que começa a luta entre um ego inflamado e a expressão da vontade divina. E é também neste ponto que surge, pela primeira vez a possibilidade de curar este aspeto “doente” em nós. Quando o ego aprender a aceitar, sem qualquer mágoa, ódio, revolta ou rancor os reveses da vida, a verdadeira humildade surgirá com todo o seu esplendor, integrando mais um aspeto do ego.

Deste modo, passará a perceber a vida num outro nível de entendimento e ela deixará de lhe parecer tão dura e cruel.

Esta é um dos caminhos, que embora árduo e difícil, poderão conduzi-lo a um maravilhoso, embora lento, desenvolvimento espiritual.

 

1 Arcano VII – O Carro ou Carruagem

2 Arcano XVI – A Torre

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Bio

Consultas

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2009

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2013

Meses Pessoais em 2011

Meses Pessoais em 2012

Meses em 2013

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D