Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eva Veigas

Numerologia, Tarot, Xamanismo

Eva Veigas

Numerologia, Tarot, Xamanismo

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Bio

Consultas

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2009

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2013

Meses Pessoais em 2011

Meses Pessoais em 2012

Meses em 2013

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
20
Jan12

Mês Pessoal 9 em 2012

Eva Veigas

 

Este é um mês importantíssimo especialmente para quem estiver sob a influência do ano pessoal 9. A energia encontra-se dobrada e consequentemente sentirá os seus efeitos do mesmo modo.

Durante este mês convém dar reposta a tudo o que se encontre pendente. Sendo o fecho do ciclo, é a altura ideal para fazer um balanço de tudo quanto já conseguiu fazer e do que falta ainda concluir. Esta vibração pressupõe um abrandamento ao nível do mundo interior.

O que distingue este mês dos demais, é precisamente, a possibilidade que ele nos dá de nos evadirmos da agitação diária, através do pensamento, da reflexão e da meditação. Mergulhar no silêncio, olhar para o nosso interior com verticalidade e imparcialidade, sem julgamentos, permite-nos perceber as nossas necessidades reais (e não os caprichos do ego) e chegar às conclusões que, obviamente, nos facilitarão escolher em consciência, qual a direcção a tomar na nossa vida. Quando escolhemos em consciência, isto é, quando nos sentimos verdadeiramente responsáveis pela nossa vida e já não cobramos dos outros, sentimo-nos revigorados, livres e prontos para enfrentar toda e qualquer eventualidade. É uma força incrível que a maior parte desconhece possuir.

Este é o momento para deixar para trás velhos hábitos, velhas crenças, velhos dogmas. Está na hora de mandar o Velho do Restelo para a reforma…

Não receie mudar, transformar-se, actualizar-se. Desfaça-se do velho e abrace o novo. Desfrute! É uma sensação maravilhosa que traz consigo uma libertação e um sentimento delicioso de que nada é para sempre.

Lembre-se que o aspecto material da vida tem de evoluir a par com o progresso espiritual. É necessário que a transformação interior ocorra, é imperativo renovar o que conhece ou cairá na armadilha tecida pela ilusão de que nada nem ninguém evolui. Depressa dará por si, a queixar-se da vida como de costume.

Entenda que a verdadeira transformação ocorre a partir do interior e no interior. Tome consciência que o que ocorre no exterior é apenas um reflexo do que sucede no interior. Portanto, não adianta queixar-se e muito menos atirar as culpas para cima de terceiros.

Quando me refiro a olhar para dentro, não estou a dizer-lhe que se isole do mundo, nem a sussurrar-lhe que fuja das suas responsabilidades, mas sim a afirmar-lhe que é possível recolher-se no seu mundo interior e dedicar tempo a investigá-lo, tal como faria um cientista. Este trabalho requer paciência, dedicação, coragem, ânimo e muito amor por si próprio.

Terá que aprender a distanciar-se emocionalmente, isto é, a tornar-se independente do ponto de vista emocional ou afectivo. É uma tarefa árdua, sem dúvida, mas muito compensadora a longo prazo. Encontre a sua luz interior e aprenda a brilhar como um farol. Pratique, pratique, pratique! Depois torne-se um porto de abrigo para os outros até chegar a ser um modelo ou um guia para uma só pessoa ou para toda a Humanidade.

Em termos práticos este é um mês em que deve aproveitar para concluir e encerrar tarefas ou projectos de menor dimensão. Pode aproveitar para fazer mudanças, limpezas, arrumações, quer em casa, quer no local de trabalho. Nessa altura, lembre-se dos necessitados, dos sem-abrigo, das causas nobres. Aquilo que já não lhe faz falta pode ser muito útil a alguém que nada possui.

Se pretende livrar-se de um mau hábito, de um vício, de um padrão de pensamento negativo, de uma rotina desgastante e assim por diante, este também é o mês ideal para o fazer, pois a energia flui em sintonia com os que pretendem pôr fim ao que quer que seja.

Sendo o 9 por excelência, a energia associada ao amor incondicional, este é também o momento ideal para praticar o bem. Apostar no voluntariado pode ser uma opção interessante, sobretudo se tem suficiente tempo livre. É sempre melhor do que ficar em casa lamentando-se por tudo o que lhe acontece. Uma excelente forma de curar as nossas feridas é olhar em volta e verificar a quantidade de pessoas que vivem situações tão difíceis, por vezes, mesmo ao nosso lado.

O 9 gosta de ajudar, de cooperar e de contribuir para um mundo melhor, portanto, este é o momento de agir e de participar activamente para melhorar a vida de alguém, quer seja na família, na comunidade, no país ou no mundo.

E por falar em amor incondicional. Aquele amor que tanto se anseia, de que tanto se fala, acerca do qual tanto se escreve mas que se pratica tão pouco. Pratiquemos mais e falemos menos!

O egoísmo prolifera. A intolerância é praticada a toda a hora. A incapacidade para compreender os outros parece aumentar. E estamos todos à espera uns dos outros… Sim! Estamos à espera que os outros mudem para então nós darmos o passo!

Bem, sob esta energia não podemos simplesmente ficar à espera, temos que agir. Muda e o mundo à tua volta mudará! Sob esta energia o abrandamento é apenas interior, como já foi dito acima. No exterior, ou seja, no dia-a-dia, é preciso actuar. Porque é que não pode ser você a mudar? Porque é que tem que ser o outro a dar o primeiro passo? Afinal, o que é que você ganha com isso? Será que ganha mesmo alguma coisa? Aqui só entre nós, acredite, você ganha: Zero! Isso mesmo. Nada! Não ganha nada, mas perde muito. Perde a sua oportunidade de perdoar e consequentemente libertar-se a si e aos outros dos grilhões energéticos da amargura, do ressentimento, da raiva, do ódio, que nos prendem numa roda que gira interminavelmente. Quer mesmo continuar a alimentar essa energia doente e perniciosa? Esta energia doente é responsável pela maioria das nossas doenças físicas, desde uma simples dor de cabeça ou de estômago a uma doença grave ou mesmo fatal. Opte por perdoar e siga em frente, aproveitando o fluxo harmonioso da energia 9. Sintonize-se com o elemento filosófico Fogo e “queime” todas as dores, todas as tristezas e todos os rancores. Sinta-se maravilhosamente vazio! Depois preencha o vazio com a Luz Branca do Amor Incondicional. Perdoe a si mesmo por tudo o que pensou, fez ou disse de errado.

Se é do tipo de pessoa que costuma afirmar: “Eu perdoo, mas não esqueço”, saiba que ainda não perdoou.

O Perdão é uma energia de cura maravilhosa. Quando perdoamos realmente, a partir do centro do nosso coração, produz-se um verdadeiro milagre. Um milagre natural que só poderá vivenciar experimentado o verdadeiro perdão, com a intenção sincera de se libertar e libertar o outro.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

♥♥♥

Bio

Consultas

Dias de Nascimento

Ano Universal

Anos Pessoais 2009

Anos Pessoais 2010

Anos Pessoais 2011

Anos Pessoais 2012

Anos Pessoais 2013

Meses Pessoais em 2011

Meses Pessoais em 2012

Meses em 2013

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D